História Só Podia Virar Amor - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saga Crepúsculo, The Vampire Diaries
Tags Delena
Visualizações 193
Palavras 1.577
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 33 - Grande Susto


Rebekah e Enzo estavam a dançar quando Lívia apareceu assustada e pediu para eles a acompanharem até Elena que não estava bem. Os dois seguiram a menina e ficaram preocupados ao ver a amiga com a mão na barriga e cara de quem estava com dor.

- Lena. O que aconteceu? Está sentindo alguma coisa? – Bekah segurou no braço dela

- Preciso que me levem no hospital agora pois estou com uma cólica forte. – Disse com voz de choro

- Vou chamar o Damon. – Avisou Enzo e a morena segurou o braço dele

- Não. Nós brigamos e não o posso ver pois seria pior. Não quero arruinar a festa da Car. Me levem só por favor, a minha médica já está a minha espera.

- Tudo bem. – Trocou um olhar preocupado com a namorada e depois que Elena entrou no carro pediu que Lívia avisasse Damon sem esta saber.

- Não quer mesmo ver o Damon? – Perguntou Bekah mais uma vez

- Damon esta demasiado ocupado Bekah, deve estar a relembrar os velhos tempos. – Ela contorceu-se com as dores.

Os três partiram em direção ao hospital e Lívia foi a procura do seu pai pela festa. Ela encontrou-o falando com Charlote e alguns amigos e puxou o seu casaco.

- Papai preciso falar com você. – Ele olhou-a com um sorriso

- Mais tarde pois agora estou ocupado aqui.

- Mas o que tenho de falar é sério. – Insistiu e ele ficou irritado

- Porque não vai brincar com seus amigos Lívia? – Damon falou perdendo a paciência mas depois gelou com a resposta dela.

- Porque a Lena foi pra o hospital. – Todos olharam para a menina e Caroline mandou parar a música.

- O que você disse linda? – A loira foi para perto da sobrinha

- O tio Enzo e a tia Bekah levaram a Lena para o Hospital, ela estava passando mal. Estava com dores. – Disse triste

- Deve ter exagerado na bebida, não deve ser nada demais. – Disse Charlote e Car lançou-lhe um olhar mortal.

- Cala a boca que você não sabe o que está falando. Não sei como permiti que mamãe a convidasse. – Disse a loira

- E porque ela não pode ter exagerado na bebida como eu falei? Por acaso virou santa? – Perguntou Charlote e quem respondeu desta vez foi Damon fazendo todos ficarem perplexos com a sua revelação.

- Elena esta grávida.

Charlote não falou mais nada e Damon depois de um tempo saiu do seu estado de choque e disse que ia para o hospital.

- Eu vou junto. – Disse Car e os irmãos olharam-na

- E a sua lua-de-mel? – Quis saber o Stefan

- Estamos falando da Elena e não de uma pessoa qualquer. Vamos logo. - Klaus ia dirigindo o carro e Car não parava de falar com os nervos, só parou quando Damon falou.

- Nós brigamos. – Todos pararam de conversar e olharam-no

- Como assim brigaram? Vocês estavam ótimos. – Comentou Stefan

- Brigamos por causa da Charlote, eu meio que a defendi e Elena não gostou. Ela também estava com ciúmes e ficou mais furiosa quando eu disse que dançaria com a Charlote mesmo ela não querendo.

- COMO PODE SER TÃO IDIOTA. – Gritou Car com o irmão

- Calma sweet. – Pediu Klaus a esposa

- Como brigou com a Lena por causa daquela piranha? Se soubessem metade das coisas que ela aprontou com a gente e nós não contamos nem olhariam na cara dela.

- O importante agora é sabermos o que aconteceu com a Elena. A Charlote já deve estar voltando para a terra dela. – Stefan queria acalmar os ânimos

Quando chegaram no hospital encontraram Rebekah e Enzo e eles contaram que Elena tinha sentido uma cólica forte na barriga e que estavam esperando a médica dela vir trazer notícias. Todos se sentaram enquanto esperavam e as outras pessoas olhavam para Caroline pois ela ainda estava vestida de noiva.

Arizona estava observando Elena que estava com muito medo do que poderia acontecer ao seu bebé.

- Seu bebé esta bem Elena. Você deve ter-se enervado com algo e por isso teve essa cólica. Foi só um susto. – A morena ficou aliviada

- Eu me enervei ontem e hoje. Mas tem certeza que esta tudo bem mesmo né?

- Sim, só quero que passe aqui esta noite por precaução e vou receitar um calmante fraquinho para que descanse.

- Obrigada Arizona. Tive mesmo medo de perder meu bebé. – Disse com os olhos marejados e acariciou a sua barriga

- Deu para notar e a partir de agora tente ter uma gravidez mais calma.

- Tudo bem.

- A enfermeira falou que além dos dois amigos que te trouxeram tem na sala de espera um casal de noivos e o Damon. Quer que o chame?

- Não posso ver o Damon agora ou irei ficar mais stressada. Explique que está tudo bem para ele mas não o deixe entrar. – Pediu

- Já percebi mais ou menos o que aconteceu. Quer que mande entrar alguém?

- Chama a Car, ela é a noiva por isso é fácil de achar. – Sorriu para a médica

Arizona saiu e foi direita a sala de espera. Damon quando a viu levantou e os outros fizeram o mesmo pois estavam preocupados.

- Como é que a Elena e o bebé estão Arizona? – Ele estava preocupado e a sentir-se culpado

- Pode ficar tranquilo que eles estão bem a Elena só sentiu dor pois enervou-se e pelo que me disse não foi apenas uma vez e sim ontem e hoje. Pensei que tinha sido clara quando avisei que a gravidez dela inspirava cuidados e que não seria fácil.

- Porque a gravidez dela não será fácil? – Perguntou Enzo e Arizona contou aos amigos.

- As mulheres da família da Elena tem tendência a ficar com a pressão alta nos últimos meses de gravidez e isso pode gerar complicações para a mãe e o bebé na hora do parto. Por isso recomendei que ela não se stressasse nestes primeiros meses. Quanto mais cedo ela se cuidar melhor será o final da gravidez.

- Você é mais idiota do que eu pensava Damon. Sabia disso tudo e mesmo assim brigou com ela. – Disse Car

- Não foi uma briga tão grande assim Car. O que aconteceu na sua festa foi muito pior.

- Do que está falando? – Perguntou confusa

- Katherine apareceu e ela e a Lena saíram no tapa. – Explicou Bekah

- Por isso é que ela hoje passará a noite aqui por precaução. – Disse Arizona

- Posso ir ver ela? – Arizona sorriu fraco

- Lamento Damon mas a Elena não quer te ver agora. Ela ainda está magoada e se te vir é bem capaz de se enervar e isso não pode acontecer de nenhuma forma.

- Tudo bem mas eu não vou sair daqui. – Avisou o moreno

- Ela pediu para a noiva entrar. – Caroline foi então com Arizona e Damon ficou na sala de espera se sentindo muito mal.

- Não fica assim Damon o que importa é que esta tudo bem. – Stefan tentava confortar o irmão

- Car tem razão eu foi muito idiota. A Charlote se atirou a mim enquanto dançávamos e eu dei um fora nela mas percebi que tudo que Elena tinha dito antes era verdade. Deveria tê-la procurado e pedido desculpa por termos brigados por quem não merecia.

- Ela não esta com raiva de você apenas esta magoada e não quer te ver para se acalmar. Ela te ama e esta pensando no bebé. – Explicou Bekah

- Você pisou na bola com a Lena mas ela continua te amando cara. – Disse Enzo. Arizona viu como Damon tinha ficado e sabia que Elena também o queria ver mas tinha medo de se exaltar.

- Damon. - Ele olhou a médica - Dei um calmante fraco para Elena passar a noite mais tranquila. Quando a sua irmã sair e a Elena estiver dormindo você pode ir lá ficar com ela se quiser. – Ele levantou-se e abraçou Arizona.

- Muito obrigada mesmo. Você é a melhor médica.

Caroline abriu a porta do quarto em que Elena estava e a amiga sorriu ao vê-la ainda com o vestido de noiva.

- Gostou tanto do vestido que já nem quer tirar? – Zombou da loira

- Como esta engraçada. Fiquei morrendo de medo que algo acontecesse a vocês e não tive nem tempo ou vontade de me trocar. – Disse a loira

- Por isso é a melhor cunhada e amiga.

- Como você está? O Damon contou tudo que aconteceu ontem e hoje.

- Estou bem Car apesar de tudo.

- Ele está morrendo de culpa lá na sala de espera. Veio o caminho todo a chorar. – Contou a amiga

- Não é para ele ficar assim. – Pegou na mão da loira - Só não o quis ver pois não quero exaltar-me mais hoje e só de pensar nele com a piranha de sua prima já fico louca.

- Todo mundo já sabe de sua gravidez. – Elena suspirou – Porque não contou que sua gravidez era de risco?

 - Porque não queria você preocupada na sua lua-de-mel. Por falar nisso, daqui a pouco está na hora do seu avião decolar.

- Eu não vou deixar minha amiga acamada em um hospital, posso viajar em outra altura.

- Arizona deve ter dito que não posso exaltar-me por isso não me contrarie. Sai daqui e vá curtir o seu marido que ficarei bem.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...