História Só por uma noite - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Karin, Kiba Inuzuka, Kushina Uzumaki, Mebuki Haruno, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shizune, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Amizade, Comedia, Drama, Gaasaku, Narusaku, Naruto, Romance, Sasukarin, Shikaino
Exibições 224
Palavras 1.385
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


A fic acaba aqui meus amores, espero que tenham gostado. Agradeço a todos que favoritaram e comentaram me incentivando assim a concluir mais essa história, muito obrigada mesmo! Não tenho previsão para uma nova fic, mas pretendo postar uma one de virada de ano hahaha
Obrigada pessoal, Jaa ne! 😘❤❤

Capítulo 20 - Capítulo 20 - The last


~ Sakura ~

Eu não esperava muita felicidade para a minha vida considerando meu passado, mas por mais clichê que pareça, a verdade é que o mundo da voltas. Olho para minha família e para o meu emprego e vejo como estou realizada, vejo no espelho o reflexo dos meus sorrisos que um dia foram lágrimas, sorrisos largos, gargalhadas altas e verdadeiras, ao lado do meu melhor amigo que agora é também meu marido, e de minha filha. Eu não imaginava que teria tudo isso, mas hoje já não consigo mais imaginar não tê-los.

Eu e Naruto estamos casados há quatro anos, a mesma idade de nossa pequena Kasumi. Ela é a coisa mais preciosa que eu poderia ter. Bem, Karin e Sasuke tiveram um menino, alguns meses mais novo que Kasumi, a gravidez da minha amiga foi uma surpresa assim como a minha e os dois oficializaram rapidamente a relação. Karin me ajuda trabalhando na administração da galeria. Ino e Shikamaru são completamente doidos, casaram em uma praia descalços e ela obrigou eu e Karin a nos vestirmos iguais, eles também tiveram um bebê, um menino um ano mais novo que minha pequena. Shikamaru trabalha desenvolvendo softwares para as empresas inclusive para a de Naruto e Sasuke e Ino conseguiu se tornar a grande estilista que queria ser, ela e Sai fizeram uma parceria. Ino comando a sede aqui em Konoha mas vende para Kiri, Suna e diversos outros países enquanto Sai comanda a filial em Tókio. Sai diz que ainda está solteiro, não encontrou a metade do seu limão azedo, e por enquanto ele é o tiozão que todos amam. Mamãe e eu nos acertamos, em meio a esse tempo eu consegui compreender o lado dela principalmente depois que Kasumi nasceu. Já Kushina é a avó mais coruja do universo. Naruto construiu nossa casa afastada do centro de Konoha, nós queriamos tranquilidade e sossêgo. Kushina mora em uma casa atrás da nossa, insistimos para ela ficar conosco mas ela disse que não queria atrapalhar nossa vida, então a proposta de morar no mesmo terreno mas em casas separadas pareceu convencê-la. Gaara e Matsuri também ficaram juntos, mas estão viajando pelo mundo porque o sonho dele era conhecer os mais variados tipos de arquitetura. Naruto e Sasuke evoluíram muito com a empresa, e já estão com filiais em Tókio e Nova Iorque; minha galeria tem atraido bastante gente e eu fico imensamente contente de poder ajudar as outras pessoas utilizando a arte. Pintar sempre foi a grande paixão da minha vida, poder pintar as pessoas que eu amo então, não há mais o que querer. Meu marido sentado na grama com nossa filha adormecida em seu colo e um por do sol maravilhoso ao fundo, adimirei a tela, era com certeza o quadro mais lindo que eu já havia feito. Larguei o pincel e caminhei até eles, Naruto acariciava os cabelos loiros dela e um sorriso bobo estava estampado em sua face, não pude evitar sorrir também.

— Quer entrar? — perguntei baixinho, ele levantou os olhos para me encarar ainda sorrindo.

— Já acabou? — ele perguntou, assenti com a cabeça. — E o que você estava pintando?

— Os amores da minha vida. — respondi sorrindo, ele puxou meu queixo delicadamente e depositou um selinho em meus lábios. Então levantou devagar para não acordar nossa filha.

— Vou leva-la para o quarto enquanto você guarda seus materiais, imagino que não vai me deixar ver o quadro. — ele disse sorrindo e depois revirou os olhos. Eu cruzei os braços e sorri presunçosa.

— Só no dia da exposição. — falei e mostrei a língua para ele, ele sorriu chacoalhando a cabeça e começou a caminhar pelo jardim em direção a nossa casa. Levei primeiro o quadro até meu ateliê no segundo andar da casa, depois voltei para o jardim para pegar o resto dos materiais. Olhei para o céu, uma nuvem negra havia se formado, já era de praxe as chuvas em noite de primavera. Apressei-me para levar tudo para dentro antes que a chuva começasse a cair mas quando voltei para pegar a cesta de piquenique e a coberta a água despencou do céu. Corri para dentro encharcada, deixei a coberta na lavanderia e subi para o quarto afim de tomar um banho e me trocar. Entrei no quarto e vi Naruto parado em frente à grande porta de vidro da sacada vendo a chuva cair lá fora, ele estava apenas com uma calça de moletom, estremessi.

— Ei Naruto, está tudo bem? — seus olhos voltaram-se para mim devagar, e quando me encararam senti meu corpo queimar com a intensidade do seu olhar.

— Está tudo ótimo. — ele disse sorrindo malicioso, seu olhar percorreu meu corpo. O vestido branco repleto de flores de cerejeira que ele me dera em um de meus aniversários estava totalmente colado ao meu corpo deixando quase tudo a mostra. — Como você consegue ser tão linda? — ele disse e começou a caminhar em minha direção. Eu sorri de leve sentindo minhas bochechas vermelhas. Sua mão tocou o meu rosto e ele me beijou lentamente, seu corpo encostou no meu e eu senti sua ereção, ele se moveu devagar numa provocação deliciosa.

— Naruto... Como é possível você me ter nas mãos dessa maneira? — falei sentindo minhas forças se esvairem.

— Porque nós pertencemos um ao outro. — ele disse sorrindo, nossos rostos ainda próximos, então senti seus lábios em minha orelha. — Que tal experimentarmos uma coisa nova?

— O quê? — sussurrei e um flash de todas as loucuras que já havíamos feito passou pelos meus olhos.

— Quero fazer amor com você... — ele sussurrou e mordeu o lóbulo da minha orelha antes de terminar. — Na chuva.

— Eu sou sua. — falei e o beijei outra vez. Ele me levantou do chão e eu imediatamente enganchei minhas pernas em volta da sua cintura. Ele caminhou em direção a porta e a abriu saindo para a sacada do quarto, fechou a porta sem me soltar e então prensou meu corpo contra o vidro gelado. Uma garoa forte caia sobre nossos corpos, ele abaixou a calça e ergueu a barra do meu vestido, afastou minha calcinha e quando dei por mim nos já éramos um só outra vez. Ele começou a se movimentar e eu gemi com o contraste do calor dos nossos corpos e a chuva gelada, aquilo era insano, apaixonante e maravilhoso, completamente contraditório. Mas nada nunca seria comum quando se tratasse de nós dois. Depois de chegarmos ao ápice juntos, Naruto me pegou no colo e caminhou comigo para o quarto. Retirou minhas roupas molhadas e depois sua calça e me carregou outra vez, dessa vez em direção a cama. Ele deitou meu corpo e logo em seguida o seu estava por cima de mim, suas mãos percorreram meu corpo e então ele penetrou minha intimidade.

— Naruto... — sussurrei e o beijei com paixão, ele acaricou meus cabelos e olhou fundo nos meus olhos.

— Eu te amo Sakura, e amo a nossa menina. Mas eu quero aumentar nossa família. — ele disse sorrindo sem jeito.

— Quer mais um bebê? — perguntei e ele assentiu ainda fazendo carinho em meus cabelos. — Eu também amo você, — respondi e o puxei pelos cabelos deixando nossas testas coladas, ele ofegou. — vamos fazer isso está noite então meu amor. Faça-me sua, Naruto. — sussurrei e ele sorriu e então me beijou começando a movimentar-se dentro de mim. Éramos um outra vez.

Depois de fazer amor, eu deitei minha cabeça no peito dele e ele me aninhou fazendo carícias nos meus cabelos até pegar no sono. Uma noite e minha vida mudou completamente, Uzumaki Naruto virou meu mundo de cabeça para baixo de uma maneira que só ele conseguiria. Sorri bobamente pensando na minha família, e que logo um novo Uzumaki estaria correndo pela casa. Eu sabia agora que a verdadeira felicidade estava ali, no abraço sincero do homem que eu realmente amava, no sorriso da minha filha e na sensação de estar preenchida, de estar em paz, e vendo o sorriso no rosto de meu marido adormecido eu sabia que ele também estava feliz e a felicidade da minha família agora era o que mais importava. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...