História Só Quero você - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jorge Blanco, Martina Stoessel, One Direction, Teen Wolf, Vanessa Hudgens, Violetta, Zac Efron
Personagens Harry Styles, Jorge Blanco, Josh Devine, Liam Payne, Louis Tomlinson, Lydia Martin, Martina Stoessel, Niall Horan, Personagens Originais, Stiles Stilinski, Vanessa Hudgens, Zac Efron, Zayn Malik
Tags Amizade, Drama, Jortini, Revelaçoes, Romance, Ruggarol, Stydia, Zanessa, Zercedes
Exibições 93
Palavras 1.517
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi Gente
Novo Capitulo
Espero que Goste
Beijos

Capítulo 23 - Fight Song


Fanfic / Fanfiction Só Quero você - Capítulo 23 - Fight Song

Por Ruggero

Logo que saímos do colégio, percebi que Clima entre Jorge e a Tini estava estranho, então para não fica com culpa, afinal eu cantei com a Tini e então provoquei assim ciúmes... Tudo bem, eu não tenho culpa dele ter ciúmes, na realidade a culpa é 100 % dele, porque esses ciúmes são inseguros e medo de perde a Tini se fosse eu, Já teria pedido ela em namoro, detalhe: eles estão namorando só assumi para eles e para os outros... Mas Enfim quando Disse para patinar eram só para eles ficarem sozinhos,porque disse,eu abaixei e sem a Tini Percebe,folguei o cadarço do Patins,olhei por Jorge que entendeu meu olha,logo patinamos,eu comecei patinar rápido,quando olhei para trás,não vim nenhum dos dois,dei um sorriso,continue patinado rápido,fiz algumas manobras .

-CUIDADO- ouvi alguém grita e alguns segundos assim, alguém esbarrou em mim.

Quando Olhei vi aqueles olhos brilhante que bem conheço

-Karol- falei- Sentiu saudade de mim?-perguntei provocando, ela revirou os olhos.

-Cala a boca, se quiser sabe não senti nenhuma saudade- falou, eu me aproximei patinado dela.

-Tem certeza?-perguntei

-Tenho, Por que não teria?-perguntou- Que sei, eu tenho mais que fazer do que conversa com Filhinho de Papai- disse saindo, mas puxei sua mão.

-Eu não sou filhinho de Papai- falei olhando fundo dos seus olhos verdes- Sou só o Ruggero- falou

Ela retribui o olhar

-Tudo Bem "Só Ruggero"- disse no Tom Brincalhão – Mas então pode me solta,eu preciso trabalha- falou,foi ai que percebi que ela já de Patins e com uniforme, logo me lembrei da sua Perna.

-Eu já melhorei- disse- Fui ao Medico e ele me liberou, só não Posso exagera, Infelizmente- falou suspirando- Então Pode me solta.

-Sim- afirmei- Com uma condição- ela me olhou com Interrogativa -Me deixe de te ajuda - falei

-Tudo bem- falou, eu soltei seu braço, ela virou para sair, mas olhou para mim- Não vem?-perguntei, dei um sorriso animado e saiu patinado atrás dela.

Por Martina

Assim que chegamos a casa, fui toma banho, coloquei uma roupa básica, fiz um Cookie no cabelo. Jorge já estava na cozinha com a minha mãe, ele ajudava ela termina o almoço.

-Posso ajuda?-perguntei

-Sim, faça o suco- falou minha mãe.

-Sim Senhora- falei e peguei alguns Maracujá para fazer o suco

...

Logo que terminamos tudo minha mãe colocou na mesa a Macarronada Bolonhesa, colocamos em nossos Pratos e começamos a comer.

-Ruggero?-perguntou minha mãe depois de um tempo

-Patinado- falou Jorge

-Sabe o amor do Ruggero por Patins me lembra do seu – falou minha mãe olhando para mim, eu sorrir envergonhada porque é verdade, tinha dia que passava dia todo patinado, me esquecia de comer, dormir e tudo mais.

-Tio não vai almoça Hoje?-perguntou Jorge para minha mãe

-Não, ele tem reunião muito importante só vai chega tarde- disse e Jorge assentiu.

Mudamos logo de assunto

(...)

Assim que terminamos de comer, Jorge e Eu fomos lava a Louça, enquanto minha mãe foi arrumar algumas os quartos com Olga, Eu e Jorge ficamos na cozinha.

-Sabe que estou com vontade de toma de sorvete- falei assim do nada

-Eu também- confessou o Jorge- sorte que eu posso realizar seu desejo- falou, abrindo a geladeira pegado um clássico sorvete caseiro de chocolate, colocamos em um corpo e começamos a saboreia o sorvete.

Até que uma Criatura Loira aparece na cozinha e senta ao nosso lado

-Boa tarde Mechi- disse Jorge

-Preciso de ajuda- disse- Que dizer da sua ajuda- disse apontando para mim, eu não tive tempo de responde, ela puxou meu braço e fomos por meu quarto.

-O que Houve?-perguntei sentando na cama

-Eu Tenho um encontro- falou a Mechi

-Com Zayn?-perguntei e ela assentiu- Então qual o Problema?-perguntei

-Eu não sei o que fazer como me comporta e nada do tipo, Me ajuda Please- disse e sentou ao meu lado.

- Mer, calma- disse- Olha Não Precisa sair ir gritado, o Zayn gosta de você, Então seja você mesma, Vestia roupas que sinta confortável e tudo mais, não fique igual uma louca- ela me interrompeu.

-Igual onde estou agindo agora?-perguntou e eu assenti- Eu estou nervosa Tini- falei, eu coloquei minha mão em cima da dela e sorrir.

-Eu sei amiga- falei- Mas calma, Confiança é fundamental nesse tipo de assunto- falou.

-Falando em confiança- falou- Você já contou por Jorge sobre sua mudança?-perguntou levantando a Sobrancelha

-Ainda não- afirmei- É Complicado não como fosse chega lar disse "Ola Jorge, minha mãe conseguiu um emprego em outro lugar e nós vamos nós mudarmos"... é tipo complicado-falei deitei na cama

- Mas você tem conta amiga, Imagina se ele descobri por outra pessoa e tal- disse.

-Eu sei, mas é complicado ainda mais com situação que estamos- disse.

-Que situação?-perguntou confusa

Levantei-me

-Ele está muito ciumento- contei- Tipo muito mesmo, o Jorge não é assim não sei o que ele tem- falei.

-Eu sei- disse simples e olhei para ela esperando uma resposta- Ele está com medo de ter perde, mas não tem coragem de dar o primeiro passo- disse óbvio.

Primeiro Passo, uma ideia surgiu na minha cabeça.

-JÁ SEI- gritei e Mechi se assustou- Eu vou Pedi ele namoro- falei com sorriso nos lábios e a Mechi caiu na gargalhada- Qual é a Graça?-perguntei sem entender

- Você Pediu o Jorge em namoro- disse rindo- Tini, os Garotos que pedem não o contrario.

-Estamos no Século 21, Isso não funcionar mais pelo menos não comigo- Exclamei, Mechi revirou os olhos, Porém concordou.

-Mas Enfim- disse a Mechi- Vem comigo no Shopping para compras as coisas por encontro e as Alianças- falou

-Claro,espera um minuto- Pedi,peguei meu celular e liguei por Ruggero

-Alo Rugge

-Ei Tinita, algum problema?

-Não é que- comecei fala sobre anel e tudo mais, ele me deu uma dica.

-Obrigada Rugge, Você é Demais.

-Eu Sei, Eu sei Pena que algumas pessoas não percebem.

-Algum Problema Rugge?

-Não Tinita, até daqui pouco.

-Até

Desliguei o celular

-Enrola o Jorge- pedi Mechi não entendeu muito bem, mas foi procura o Jorge que estava na sala, eu subi por quarto do Jorge, peguei uns dos anéis dele, fui ao meu quarto, coloquei o anel em uma bolsa minha, tomei banho, coloquei uma roupa, maquiagem básica,deixei meu cabelo soltou,coloquei sapato básico, alguns acessórios.

Sair do quarto.

-Borá Mechi?-perguntei chegando à sala

Jorge me encarou

-Aonde vai toda Linda?-perguntou sorrir, me aproximei dele e beijei seus lábios.

-Ao Shopping que ir com a gente?-perguntei e ele franziu a testa

-Shopping? Compras?-perguntou e eu assenti

-Estou Fora, Vou Chama o Povo e vamos fazer qualquer coisa- disse- Que ir mesmo?-perguntou

-Não quero- assumir- Mas a Mechi vai precisa de mim – e eu preciso compra nossas alianças de compromisso de namoro- completei por pensamento

-Tudo bem- falou e me puxou para outro beijo, mas diferente do outro cheio de desejo.

Nós separamos do beijo, fui avisa a minha mãe, depois eu e a Mechi seguimos por Shopping.

(...)

Cheguei a casa por Volta das sete da noite, Encontrei o Jorge deitado no sofá com o Ruggero.

-Que cara é essas meninos?-perguntou confusa

-Cansaço- falou o Ruggero

-E você Jorge?-perguntei

Ele deu um sorriso idiota nos lábios

-Você não sabe mesmo Martina?-perguntou frio, ele se levantou e eu neguei- Porque não contou para mim Martina, que iria se Mudar que iria embora dessa casa.

-Como?-perguntei baixinho

Ele negou com a cabeça e saiu da sala

-Ruggero?-perguntei, Rugge levantou, ele tocou no meu ombro e eu o abracei forte e ele sussurrou "calma Tinita".

Como ele descobriu? É a pergunta que não quer calar

-Como ele descobriu?-perguntei

- Bom minha Pequena Tinita- falou se afastado- Primeiro ele andou desconfiado sempre parecia que todos escondiam algo dele, mas enfim hoje, ele ouviu você e a Mechi conversando, mas achou que tinha ouvido errado, porque ele só ouviu uma parte da conversa, não se preocupe ele não ouviu sobre o pedido de namoro, enfim ele achou que estavam ouvido coisas que era o medo dele falando mais alto, Porém Hoje ele ouviu de novo Meu Pai falando com a Angie.

-E?-Perguntei com medo

-Ele resolveu conversa com meu Pai e ele contou tudo em todos os detalhes para seu sobrinho querido

-PORQUE NÃO IMPEDIU RUGGERO- gritei revoltada

-Calma Tini, bom primeiro eu não estava em casa cheguei agora a pouco e me joguei no sofá,segundo logo quando cheguei Jorge me contou e falei para ele conversa com tal,mas parece que ele não me ouviu muito.

-Você acha- sentei no sofá e Rugge sentou do meu lado

-O que vou fazer agora?-perguntei

-Tenha calma- falou e colocou a mão em cima da minha mão- Olha espere ele esfria a cabeça e depois converse, ele está sentido traído, mas vai passa, esse garoto te adoro Tini.

-Eu sei- falei com olhos cheios de lágrimas - Obrigada- falei e abracei o Ruggero

-Amigos são para essas coisas- falou, enquanto minha cabeça estava deitado no seu peito.

E todas aquelas coisas que eu não disse
Bolas demolidoras dentro do meu cérebro
Vou gritar bem alto hoje à noite
Você pode ouvir minha voz?

Fight Song- Rachel Platten

 


Notas Finais


O que acharam?
Até a Próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...