História Só Tiro ( Twice, Gfriend, BlackPink, Mamamoo.) - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Black Pink, G-Friend, TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Eunha, Jennie, Jihyo, Jisoo, Jungyeon, Lisa, Mina, Momo, Nayeon, Rosé, Sana, SinB, Sowon, Tzuyu, Umji, Yerin, Yuju
Tags 2yeon, Dahmo, Dahyun, Jeongyeon, Jikook, Michaeyoung, Momo, Namjin, Sana, Satzu, Tzuyu, Yuri
Visualizações 318
Palavras 1.946
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ohyo Ohyo Ohyo!!! Tudo bom pistoleiros ( a ) ? Espere que gostem do capítulo!!! Fiz com muita merda na cabeça! Me desculpem por qualquer erro e boa leitura! ^3^

Capítulo 20 - Crazy in love : parte 10 : Cala a boca e me beija


Fanfic / Fanfiction Só Tiro ( Twice, Gfriend, BlackPink, Mamamoo.) - Capítulo 20 - Crazy in love : parte 10 : Cala a boca e me beija

     

    🌟 Tzuyu 🌟 On 🌟


Sana estava deitada em meu peito, não, não transamos! Mas enfim, estava na hora de acordar, porque nós tínhamos trabalho a fazer e logo em seguida tínhamos que ir para cada de Jihyo.

Tzuyu : Sana Unnie! Acorda, temos trabalho. - Eu falo a movendo de um lado para o outro.

Sana : Yah! Pare com isso! - ela diz e se vira.

Tzuyu : Sana, você vai nos atrasar! Tenho que ir trabalhar e você também,  ainda temos compromissos a noite. - eu falo me levantando. 

Sana : Hum... Só levanto se você me der um beijo. - Ela diz chegando perto de mim.

Tzuyu : Ok Sana, vai ser só um beijo. - eu falo e ela me puxa pela gola da blusa.

Sana : Me beija logo! - ela diz mordendo meu lábio e pedindo passagem com a língua, eu libero e seguro sua cintura, ela pega em meu pescoço e senta em meu colo, logo ela tira minha blusa e morde o lóbulo da minha orelha, sussurrando logo em seguida " continuamos depois Ok?! " ela diz e se levanta e começa a se despir na minha frente indo para o banheiro.

Tzuyu : " Ah! Sana eu não vou esperar! " - Eu penso, me levanto e vou até o banheiro dando de cara com a Sana nua em minha frente e suada com a água quente do chuveiro.

Sana : Tzuyu-ah! Eu disse para... - ela não consegue terminar pois eu começo a me despir em sua frente e ela fica meio boquiaberta.

Tzuyu : Vai esperar? - eu pergunto com um sorriso malicioso em meus lábios.

Sana : Eu nunca disse isso! - ela diz me puxando pela cintura para debaixo do chuveiro com ela. - Eu já te disse o quanto você fica gostosa no banho? 

Tzuyu : Não! Agora cala essa boca e me beija! - eu falo e assim ela faz, ela morde a ponta da minha língua, arrancando um gemido rouco meu, Sana não perde tempo e parte para meu pescoço, ela começa a chupar e dar mordidas no mesmo me deixando mais excitada, ela me jogou na parede de baixo do chuveiro nos molhando e deixando nossos corpos mais quente do que já estava, ela segura meus braços me prendendo na parede, ela passa a língua por meus seios me fazendo gemer rouco novamente, nós estávamos quase que transando quando o celular dela toca.

Sana : Mas que porra é essa? - ela diz se afastando de mim. - Que saco! Continuamos depois, vamos tomar banho juntas mesmo. 

Tzuyu : Aish! Eu já disse que não vou esperar! - eu me revolto e a jogo na parede, começo a beijá-la, pesso passagem com a língua e ela cede, logo desço minha mão para sua intimidade e começo a estimular seu clitóris. 

Sana : T-Tzuyu! - ela diz meu nome entre gemidos. 

Tzuyu : Depois dessa transa eu vou fazer você esquecer a Momo completamente. - eu falo em seu ouvido e mordo a pontinha da orelha dela, coloco dois dedos em sua intimidade e começo a fazer movimentos circulares, ela começa a gemer alto, ela se apóia em meus ombros e começa a morder meu pescoço, eu faço movimentos mais rápidos com os dedos, ela pega meu rosto e me beija, eu retribuo o beijo, sugo o lábio dela e dou uma leve mordida, depois do beijo ela se desfaz no meus dedos, eu levo meus dedos a minha boca e chupo. - Sana, eu te amo, te amo mais que tudo, você me faz feliz, eu gosto de estar com você! 

Sana : Tzuyu, temos que ir! - ela diz recuperando o fôlego. 

Tzuyu : Sana, não vai me dizer  nada?! - eu pergunto lavando os cabelos, quando eu abro meus olhos Sana já tinha saído. 

Sana : TZUYU EU TE ESPERO AQUI NA COZINHA! - ela gritou. 

Tzuyu : Que seja! - eu falo e logo em seguida fecho o chuveiro e pego a toalha, me seco e visto uma roupa social para ir trabalhar, vou para cozinha e ela estava me esperando na mesa para tomar o café.

Sana : Pensei que ia demorar mais. - ela diz pegando o pão. 

Tzuyu : Legal. - eu falo e tomo um gole  de café.

Sana : Por quê você está assim? - ela pergunta olhando em meus olhos.

Tzuyu : Sana, você é lerda o só finge? Eu me declarei para você, nós transamos pela segunda vez e você não me diz nada! Eu sou apenas um brinquedo para você? É isso? - eu digo me alterando. 

Sana : Tzuyu-ah não é isso, é que... - eu a interrompo.

Tzuyu : Para mim já chega! Eu não sou um brinquedo! - eu falo me levanto e vou para o quarto, logo assim que chego no quarto pego uma mala e abro colocando umas roupas minhas dentro da mesma.

Sana : O que você está fazendo? Vai embora? - ela me pergunta rindo. 

Tzuyu : Sim eu vou! Eu não vou dizer para você a onde eu vou, não quero mais ouvir falar de você! - eu falo e fecho a mala segurando a mala e indo até a porta. - A partir de hoje  eu não te conheço mais!

Sana : Tzuyu você não vai a lugar nenhum. - ela segura a porta. - Seu lugar é comigo! Escutou? - ela diz e segura meu antebraço com força marcando o mesmo. 

Tzuyu : Sana para! Está me machucando! - eu reclamo e ela segura meu queixo.

Sana : Não vou deixar você fugir! NUNCA! - ela diz e me prende na parede. - A partir de hoje você é minha.

Tzuyu : Foi isso que você fez com a Momo não é? Por isso que ela tem medo de você, até eu tô com medo de você. Eu não te conheço mais Minatozaki Sana. - eu empurro ela é abro a porta e saio correndo, pego meu celular e chamo um táxi, logo em seguida ligo para Nayeon. 

📵 Ligação 📵 On 📵 

- Nayeon sou eu Tzuyu! Eu preciso de ajuda! Posso ficar aí por um tempo? 

- Calma, fala devagar.

- Calma o caralho! SANA ESTÁ ATRÁS DE MIM IGUAL UMA LOUCA! ME AJUDA! POSSO FICAR AÍ NA SUA CASA?

- Tzuyu, melhor não, fica na casa da Momo, eu tenho certeza que ela vai vir te procurar aqui.

- Ok, mas por favor se ela te perguntar não diz onde eu estou, ela me decepcionou. 

- Tzuyu você está chorando? 

- Nayeon preciso desligar, o táxi chegou. 

- Ok, depois vem aqui para nós conversamos. 

- Ok.


📵 Ligação 📵 Off 📵 


Peguei o táxi e fui para o meu local de trabalho, uma agência de publicidade, sim, eu fazia os jornais da cidade, é sempre bom saber de tudo, assim que cheguei fui direto para minha sala, pegando um copo d'água e resfriando minha cabeça, eu ainda não acreditava naquilo, Mark veio para perto de mim.

Mark : Está tudo bem Tzuyu? - ele pergunta em um tom de deboche.

Tzuyu : Não é da sua conta Mark, o que você faz aqui?! - eu pergunto colocando meus óculos. 

Mark : Não é da sua conta querida, bom, tenho que ir ver meu Oppa, depois conversamos. - ele diz e me dá a língua. 

Tzuyu : Ok. - eu falo e ele se retira, depois de um tempo eu recebo uma ligação. - Porra outra ligação! - eu nem olho o visor e rejeito, logo em seguida o porteiro me dá uma notícia,  ele diz que  tem alguém me aguardando. 

Senhor porteiro : Com licença Senhorita Chou, tem alguém te aguardando lá fora. - ele diz sério. 

Tzuyu : Pode me dizer quem é por favor? - eu pergunto olhando para o computador e digitando.

Senhor porteiro : Ela disse que é sua namorada. - ele diz e olha para mim corado. 

Tzuyu : Tudo bem, pode mandar subir por favor? - eu pergunto abaixando a tela do meu notebook.

Senhor porteiro : Como quiser senhorita. - ele diz e se retira, logo em seguida Sana entra.

Tzuyu : Sana, eu vou te dar 10 minutos para falar tudo. - eu falo e cruzo as pernas. 

Sana : Tzuyu-ah, me desculpa, eu não queria fazer aquilo, eu não sei o que deu em mim, só não queria te perder. - ela diz com lágrimas nos olhos. - Chou Tzuyu, eu te amo!

Tzuyu : Sana, quem ama não fere, você viu o que fez no meu antebraço? Você não me ama. - eu falo e me dirijo até a geladeira.

Sana : Tzuyu, você não me entende! Se você me amasse me entenderia! Agora eu vou embora, vim me desculpar com você e me declarar e não ganhei nada. - ela diz e vai até a porta, mas eu seguro seu braço. 

Tzuyu : Sana Unnie, então me prova que me ama. - eu falo e ela se vira e sorri para mim.

Sana : Posso te buscar? - ela pergunta. 

Tzuyu : Tudo bem. - eu falo e a solto, ela me puxa pela gola e me beija. 

Sana : Até mais tarde então bebê. - ela diz e sai.



♡ Sowon ♡ On ♡ 


Eu acordei com a Eunha me dando beijinhos pelo meus rosto, eu estava fingindo e me segurando para não rir, até que não consegui mais segurar e abracei ela.

Sowon : Bom dia princesa. - eu falo e dou um selinho nela.

Eunha : Bom dia Sowon Unnie.  - ela sorri e me abraça. 

Yerin : BOM DIA AMORES!!! - diz Yerin pulando no chão. 

Sowon : Ih carai, vai brotar assim no inferno.  - eu falo e me cubro.

Eunha : Agora eu tenho certeza que a SinB mandou Nuds. - a menor diz e nós rimos. 

Yerin : Podia ser verdade, mas infelizmente não é. - ela diz. - Gente! A SinB estuda na mesma escola que nós! - ela diz e pula em cima da cama.

Sowon : Que bom para você. - eu falo e me levanto, pego minha blusa e um short e saio do quarto.

Eunha : Unnie volta aqui!  - ela diz e vem logo atrás. 

Yerin : Unnie eu tô com fome. - ela diz e me abraça por trás. 

Sowon : Credo, parece até que eu tenho duas filhas. - eu falo e elas me dão língua. 

Eunha : Yerin Unnie desgruda da Sowon. - Ela diz e faz um biquinho e cruza os braços. 

Yerin : Eu não quero essa girafa aqui não, eu prefiro minha Hwag. - ela diz e aperta minha bunda.

Eunha : Unnie! Ela está me provocando. - ela diz e aponta para Yerin. 

Sowon : Eu vou no mercado, quem vai comigo? - eu pergunto e as duas levantam a mão. - Ok minhas crias, vão se arrumar.

Eunha / Yerin : YEAH! - elas meio que gritam e vão correndo para o quarto, vou para o banheiro e faço minhas higienes, logo saio e vou para sala, me sento e pego meu celular, vejo que recebi mensagens. 


Mensagem ✉ On ✉ 


02:30 A.M. / Momorin : Unnie!!! Eu e Dahyun estamos namorando :333333


✉ Mensagem ✉ Off ✉


Quando eu li essa mensagem eu não me segurei e comecei a dançar, sim, eu sou muito retardada, me joguei no sofá e liguei o rádio e comecei a dançar. 

Yerin : SURUBA PORRA! - ela grita e se junta a mim.

Eunha : NINGUÉM SAI! - ela diz e se junta a nós duas. 

Sowon : Momorin e a Tofu estão namorando porra!!! - eu falo e beijo Eunha.

Yerin : Caralho! Eu vou fazer isso também quando a SinB estiver aqui! Vão me fazer segurar vela no inferno. - diz ela toda puta.



Continua....

 










Notas Finais


Shy Shy Shy!!! Obrigada por chegar até aqui meus pistolas! Fico feliz pelos favoritos e pelos comentários agradáveis e fodas de vocês, tenho os melhores leitores do mundo!!! Beijo na nuca, amo vocês 💖🌸🔝


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...