História Sob o Mesmo Teto - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Gaston, Luna Valente, Matteo, Nina, Personagens Originais, Simón
Tags Gastina, Lutteo, Simbar
Visualizações 154
Palavras 719
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltei!
Espero que gostem, fiz tudo muito rápido, mas com muito carinho.❤

Capítulo 3 - "Tudo iria mudar"


N I N A

Acordo com uma forte dor de cabeça, parece que minha cabeça vai explodir. Levanto meio tonta e vou em direção ao banheiro. Lavo meu rosto e me sinto um pouco melhor. Pego uma roupa simples no meu armário e vou até o chuveiro tomo um banho rápido, gelado e me visto rapidamente.

Pego a minha mala já arrumada e saio do meu dormitório. Escuto o meu celular, olho para a tela e vejo que são meus pais.

AHHHHH DROGA.

Atendo a chamada de vídeo e vejo meu pai e minha mãe me olhando com uma cara estranha e pensativa.

- Bom Dia filha!

- Bom Dia mãe!

- Já fez todos os deveres? Foi uma boa aluna? Tirou um 10 em todas as provas? – Mamãe pergunta animada.

- Err... Sim. – Respondo nervosa.

- Nina Simonetti, por que você está com uma mala na mão?

- Preciso ir mamãe.

Desligo o celular na mesma hora. Meus pais são um pouco rígidos, então de qualquer forma eles não podem saber que eu fui EXPULSA do colégio. Se eles descobrirem eu provavelmente vou morrer. Vou em direção ao refeitório, hoje está bem lotado. Pego um sanduíche, um suco, uma fruta e me sento sozinha numa mesa no canto. Observo como o dia está bonito.

Depois de comer todo o meu café da manhã, pego minha mala e vou para o lugar marcado com a diretora. A casa do lago é bem afastada então vou andar bastante.

Minha mala está pesada e a única coisa que eu quero é ir pro meu quarto e ler um livro, sendo que agora eu vou ter que morar numa casa completamente destruída com mais 5 pessoas que eu não conheço e que são totalmente diferentes de mim.

Depois de alguns minutos eu vejo a casa e encontro a diretora sentada nos esperando. Estão todos lá menos o Matteo Balsano.

- Alguém sabe onde está o Matteo? - A diretora pergunta sem paciência, como sempre.

- Deve estar pegando a Fernanda. Aquele casal vai e volta, diretora. Bota casaco, tira casaco. – Gastón responde se sentando no chão.

Todos ficamos encarando ele sentado naquele chão imundo.

- Ah galera! Parem de palhaçada, eu sei que todos vocês queriam estar sentados no chão agora.

Depois de alguns minutos o Matteo chega todo molhado, usando apenas um short. Deixando seus músculos e seu abdômen totalmente expostos.

- ONDE VOCÊ ESTAVA? – A diretora grita com raiva.

- Na piscina, perdi esse direito também diretora? – Ele faz uma piada irônica.

A diretora revira os olho e volta a falar sobre o mesmo assunto de antes.

- As meninas vão dividir um quarto e os meninos outro. Vocês não vão poder participar das festas que tem todo mês, nem dos concursos, a piscina e as outras atividades vocês vão poder usar, mas o resto não. Vocês vão continuar comendo no refeitório todos os dias.

Nem nos concursos vamos poder participar? Que absurdo!

- Eu quero ir pra a festa. – Gastón reclama.

- Eu já comprei meu vestido pra festa. – Ámbar surta.

- Eu não quero saber. – A diretora fecha a cara e simplesmente vai embora.

Todos ficamos nos encarando, no maior silêncio do mundo. Fico um pouco constrangida.

- Olha, isso tá mais estranho do que a Selena Gomez namorando o Justin Timberlake. – Gastón faz uma careta.

Ámbar também faz cara de nojo.

- Seria muito estranho.

- Querem saber? Acho melhor não nos falarmos, nunca seremos amigos mesmo, então cada um fica no seu canto e finge que o outro não existe, não vamos nos falar até a formatura. – Matteo responde tranquilo.

- Eu concordo. – Ámbar diz.

- EU ACEITO. – Gastón grita, fazendo graça.

- Tá. – Simón diz.

- Pode ser. – Luna fala.

- Ok. – Digo.

Cada um vai para um lado da casa e eu decido ir para o quarto arrumar minhas coisas. Coloco tudo bem arrumado no meu canto do armário e pego um livro pra ler. Desço as escadas devagar e sento na poltrona mais próxima.

Gastón e Matteo estão jogando lascrosse lá fora. Acho que eles são os únicos aqui que são amigos. Luna está vendo Netflix na sala de jantar. Ámbar está num vídeo chamada com suas amigas no quarto e Simón está escutando músicas no quarto dos meninos.

Dou um suspiro cansado e começo a ler o primeiro verso do meu novo livro.

“Eu estava no barco vendo a vista com alguns marinheiros desconhecido e foi aí que eu percebi que a partir daquele dia que ficamos todos juntos, tudo iria mudar”.


Notas Finais


Até a próxima!
BJ's da Ana..!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...