História Sob Pressão - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Jade, Kentin, Leigh, Lysandre, Melody, Nathaniel, Professor Faraize, Rosalya
Tags Armin, Castiel, Kentin, Lucy, Lysandre, Nathaniel, Romance
Exibições 27
Palavras 1.006
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Harem, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Voltamos :3 esse demorou um pouco, mas aqui está u.u
Sorry se tiver erros, e boa leitura :3

Capítulo 7 - Mais alunos novos ? Dois ainda por cima !


Já era intervalo, os grupos se espalharam pelo pátio e pelos corredores, eu pretendia passar aqueles vinte minutos com Castiel e Lysandre, porém Rosa saiu da sala colada em meu braço, então decidi ficar com ela. Conversamos um pouco, e logo ela afirmou :

-Vou comprar um suco, você quer ?

-Sim, por favor. - E ela se afastou, seus cabelos brancos voavam enquanto ela andava, ela era realmente linda.

Fiquei esperando sentada em um dos bancos. Ouvi passos se aproximarem, alguém com botas de salto grosso parou ao meu lado.

-Oh… Então, não se envolve muito com o Castiel, okay ? - Lysandre disse com sua voz grave e calma.

Será que ele sabia sobre o beijo ?

-Como assim ? - perguntei, querendo entender melhor.

-É que...você parece ser alguém gentil, enfim, era só isso mesmo ! - Ele cobriu uma parte do rosto com a mão e saiu rapidamente.

Rosa se aproximava com dois copos, me entregou um.

-Só tinha de laranja ( Dani : AI Q DLÇ CARA (referências) Aleb: meu Deuduséu Dani ja tomo seu gardenal hoje miga  ), espero que goste !- Diz toda sorridente, acho muito engraçado a maneira como ela sempre está sorrindo.

-Eu aceito Rosalya, obrigado !- agradeço à mesma.

-Me chame apenas de Rosa, sim ? - Ela pediu.

-Pode deixar.- Dou um sorriso, nada muito exagerado.

-Mas, e então, como está sua relação com os rapazes daqui ? - Ela pergunta sem muito interesse.

-Bom, eu não fiz muitooos amigos se é isso que você quer saber, mas maioria me agradou ! - Respondi, despreocupada.

-Entendo, fico feliz, e espero que possamos ser boas amigas futuramente também !

-Quem sabe. - Falo sorrindo, a Rosa não parece ser uma má pessoa, e só que...eu meio que não consigo confiar, ainda não tenho certeza se ela é tão boa quanto aparenta.

-Hora de voltarmos para a sala !- Ela se levanta e segura em minha mão, me puxando com ela em direção à sala enquanto o sinal soava. Que ansiosa !

No corredor, a sala da diretoria estava aberta, Rosa acabou se precipitando e eu fiquei vários passos para trás. Observei dentro da diretoria enquanto passava lentamente na frente da porta, havia um garoto esperando sentado numa cadeira, ele tinha cabelos azuis e roupas coloridas.

-Ai ! - Alguém esbarrou em mim, acabamos caindo um por cima do outro, nisso ouvi o barulho de algum aparelho se colidindo com o chão, seria um celular ?

-Ah, não ! - O garoto pegou o aparelho no chão, era um PSP - Perdi a partida ! Não ! Estava quase indo para o boss final ! Ahhhhhh !

Ele não percebia que ainda estava acima de mim, e aquilo me deixou constrangida, me movi, tentando me levantar, o que fez com que ele percebesse a posição que estávamos. Pensei que ele fosse me ajudar a levantar, porém não, apenas se ergueu e disse nervosamente :

-Não fique no caminho ! Viu o que você fez ? - O mesmo mostrou a tela do vídeo game portátil escrito : Game Over. Seguidamente passou por cima de mim, entrando na diretoria.

-O que eu fiz? Você que não estava prestando atenção! - Digo nervosa.

- Haha agora sobrou pra mim ? Faça-me o favor, eu estava há dias tentando chegar no boss e VOCÊ me fez perder! - diz dando ênfase no você, quem esse idiota pensa que é ?

- Olha, não vou perder meu tempo em algo que eu sei que eu tenho total razão !- Encerrei o diálogo e saí esbarrando no mesmo, só me faltava isso. Chego na sala e encontro com a Rosa, sentando em meu lugar, coloco meus materiais sobre a mesa, não demora muito e o professor chega, junto dele entram os dois garotos de antes. Fala sério! Esse garoto vai ficar na minha sala? Eu pensando que aqui ninguém iria me perturbar.

-Bom dia turma, hoje temos dois alunos novos, que vieram bem atrasados no caso. Se apresentem, por favor...- pediu o professor, educadamente.

-Meu nome é Aexy, tenho 16 anos e me mudei há pouco tempo para cá,espero que nos demos bem e possamos ser amigos !- Diz ele sorridente, chega a ser contagiante tamanha simpatia.

-É…Armin, 16 anos também. Bom dia à todos. - O garoto estava distraído em algo, ansiosamente seguiu para procurar um lugar vago na sala.

Sussurrei um pequeno “nem tanto” em resposta de seu bom dia, que não soou tão baixo assim, pois acabou chamando a atenção dele.

-Olha se não é a senhoria não me toque!- diz fazendo uma voz enjoada.

-Qual é?! Justo você vai ser da minha sala, o senhor chilique ! - digo fazendo a mesma voz enjoada que ele.

-Tcs, meu “ chilique” foi mais que com motivo! - Me responde com irritação na voz.

-Olha...- sou cortada pelo professor no mesmo instante.

-Já chega, senhorita Lucy! Vejo que os dois já se conhecem, não é mesmo?

-Infelizmente ! - Nós dois falamos ao mesmo tempo.

-Bom, acho que você já pode se sentar, espero que gostem de estudar conosco ! - Finalizou o professor.

Armin me dá uma ultima encarada e se senta em uma das carteiras que estavam vazias, a qual infelizmente era um pouco perto de mim.

Do outro lado, Castiel lançou um olhar desconfiado para o garoto de cabelos pretos, será que ele….se importou com a implicância de Armin sobre mim ? Seria possível que ele se importasse daquela forma ?

Eu havia esquecido daquilo, meu coração se acelerou só de lembrar, eu precisava falar com ele depois da aula, esclarecer os pensamentos que estão me atormentando após aquele beijo.

Por acaso eu….estou gostando dele ? Nunca senti isso verdadeiramente por alguém, não sabia como era, então não poderia identificar se estava ou não. Um súbito desejo de beijá-lo novamente se acendeu em minha mente, tentei afastar aquela ideia o mais rápido possível, o professor já estava explicando a matéria, e eu aqui, perdida em meus pensamentos.


Notas Finais


Aeewwwwww, então, o que acharam ? *-* comente, iremos responder com todo carinho :3
E até o próximo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...