História Sob você - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Rap Monster
Tags Bts, Lemon, Namjin, Nudez
Exibições 8
Palavras 989
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drabs, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


É a primeira vez que escrevo esse tipo de história,então espero que vocês possam me ajudar como puderem.
O tema de cada casal,irá ser escolhido por vocês,os shipps serão escolhidos por vocês também.
Para isso eu peço que peçam no meu twitter:@Mingyu
Só aceito os pedidos lá.

Boa leitura :)

Capítulo 1 - O dançarino de lábios fartos (Namjin)


Eu não estava acostumado com esses tipos de ambiente, precisava aliviar o stress que estava me dominando,era muita pressão sobre mim, larguei desses pensamentos quando as luzes do espaço em que estava foram diminuindo. As estrippers saíam do palco rebolando despudoradamente para os homens que estavam no local, mas nada daquilo chamou minha atenção, aos poucos as luzes ficaram nulas deixando tudo no mais total escuro.

No centro do grande palco surgiu um homem, arrisco dizer que ele era pouco centímetro maior que eu. Como estava muito escuro não era possível muito, até que um refletor foi ligado iluminando-o.

Ele vestia uma calça justa de couro, uma camisa folgada de botões e sem nada nos pés, descalço. Seu cabelo era loiro caído sobre os olhos. Uma música lenta começou a tocar der repente.

Aquilo estava me surpreendendo demais, ele fazia movimentos suaves com o corpo, só que porra como aquilo estava sensual. Ele era incrível. Mesmo dançando ele agora alisava seu corpo sensualmente. Bonito para ele era pouco, o cabelo ainda continuava em sua face mais nada me impedia de assisti-lo dançar.

Em um determinado momento daquela dança ele estava próximo de minha mesa, eu estava tão encantado com o dançarino a minha frente que não notei nada. A música ficou mais rápida e agora a batida era frenética, a letra continha puro teor sexual.

Ele jogou a cabeça para trás, seus olhos transmitiam um olhar bonito, sexy, como de um felino prestes a capturar a presa, eu era sua presa. Minha boca estava seca, minhas calças estavam começando a incomodar, agora eu queria a todo custo desviar meus olhos dos dele.

A música trocou novamente, era americana, The Weeknd.Vi um homem colocar algumas notas de dinheiro em seu bolso.

Coloquei algumas notas em seu bolso também, ele sorriu e começou a dançar de novo. Ele rebolava tirando a camisa, botão por botão com os olhos cravados em mim, e em fim pude ver sua pele. Era muito branca, mais ainda sim bonita.

Ele jogou a camisa rapidamente para mim, seu perfume era forte, muito bom. Pegou minha mão colando nossos corpos, sussurrou em meu ouvido: ”que tal irmos para um lugar mais reservado”

Segurando minha mão ele me guiou para um cômodo mais reservado, mesmo longe a música ainda podia ser ouvida. Estava hipnotizado pelo seu corpo, cor, tudo me encantava. Vendo meu olhar sobre seu corpo ele sorriu sapeca, agora levando minhas mãos para lhe tocar.

Passei minhas mãos novamente, agora sem sua ajuda, era macio. Comecei a percorrer desde seu pescoço até o cós da calça jeans. Ao sentir seus músculos, eu os apartei, a cada movimento realizado por mim, podia-se ver o contentamento em seu olhar.

Arranhei sua cintura com minhas unhas curtas vagarosamente e ele mordeu o lábio inferior. Aquela cena me deixou tão duro.

Tirei suas calças rapidamente, jogando a peça em um sofá no canto da sala, foi impossível não reparar no volume que já se formava de baixo de sua cueca. Ele se aproximou ainda mais de mim, deixando cada perna ao redor de minha cintura. Pude senti-lo ainda mais, músculos, intimidade ereta e rígida.

Encostei meus lábios sob seu peito, rocei levemente meus lábios por todo o seu tronco. Beijei cada extensão de seu corpo, com minhas mãos alisava suas coxas fartas, deixando as marcas de meus dedos naquela pele tão pálida.

Com um pouco mais de pressa passei a beijá-lo com mais vontade. Dei leves mordidas em seu mamilo, pude ouvi-lo gemer. Fui descendo aos poucos, passei a lamber seu corpo com mais gosto.

Coloco minha mão em sua ereção, começando movimentos de vai e vem lento. Ele me olhou mantendo um contato visual, assim fui aumentando os movimentos de minha mão tornando tudo mais frenético e necessitado, vendo ele ali tão entregue mordendo os lábios com força. Suas reações eram excitantes, com um último gemido dele senti algo quente em minhas mãos.

Deito por cima do stripper tirando toda minha roupa deixando apenas minha cueca em meu corpo, começo a rebolar em seu colo fazendo uma fricção gostosa em nossos corpos, céus isso está muito bom. Sinto meu membro doer de tanta excitação, meu coração estava batendo rápido e suas mãos em volta do meu corpo transmitiam um calor fora do normal, suas mãos seguravam minha cintura de forma possessiva e isso de algum modo me excitou ainda mais.

Meu corpo foi puxado com mais força pra baixo, me desfiz rapidamente de minha cueca, agora nossos corpos completamente nus se tocando, e sua boca castigando meu pescoço. Apertei seus ombros marcando-o. Era como se o simples fatos de estarmos juntos fosse o bastante, somente um.

Suas mãos passearam firmes por minhas coxas, seu falo completamente duro roçava contra mim, tirando de minha boca gemidos sôfregos, os deles eram apenas palavras desconexas curtas.

Eu estava impaciente e ele vendo isso ele entrou em mim, tentava respirar devagar mais a dor começava a espalhar pelo meu corpo. Vendo que estava desconfortável ele distribuiu leves selares por meu tronco sussurrando palavras doces. Suas mãos alcançaram meu membro até então esquecido, realizando movimentos de vai e vem. Nessas alturas eu não lembrava de mais nenhuma dor existente.

À medida que seus movimentos aumentavam de intensidade e rapidez minha sanidade foi se esvaindo. Sem me importar onde estávamos, gemia alto e ele mais ainda. O barulho de pele contra pele ecoando pela sala era louco, mas isso não me importava agora.

Logo ele mexeu-se em espasmos contra mim e eu sabia que ele estava no limite. Minha mão foi até meu membro e me masturbei loucamente, tentando alcançá-lo. Seu orgasmo chegou me fazendo tremer e logo gozamos juntos gemendo alto. Ele continuou dentro de mim dando mais algumas investidas, minhas pernas estavam fracas.

Ele se aproximou de mim e sussurrou novamente naquela noite:

“Espero que tenha te deixado mais relaxado”.

A partir daquele dia eu comecei a ser um cliente assíduo daquele dançarino.


Notas Finais


Espero que tenham gostado essa é a primeira vez que escrevo Namjin e tals.
Não sei se ficou legal,sejam sinceros,isso me ajudará a melhorar.
Até.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...