História Sobre a Luz das Estrelas - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Armin, Castiel, Debrah, Lysandre, Nathaniel, Rosalya, Violette
Exibições 18
Palavras 3.583
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ameii esse capitulo, ficou um pouco grande mas espero que gostem. <3

Capítulo 3 - Matando Aula com o Bad Boy


Fanfic / Fanfiction Sobre a Luz das Estrelas - Capítulo 3 - Matando Aula com o Bad Boy

POV ALICIA
   
   Acordei animada pra ir para a escola e conhecer mais pessoas. Fui tomar um banho e coloquei uma blusa branca e minha saia preta curta com babados.

  — Bom dia flor do dia. — Vinicius falou assim que entrei na cozinha onde todos já estavam lá comendo.

   — Bom dia. — Falei em conjunto com Bianca e minha tia.

   — Querida se quiser te levo pra aula. — Tia Agatha falou me deixando um pouco confusa.

  — Mais a gente não vai com a carro da Bianca — Falei olhando para meus irmãos e percebi que os dois estavam péssimos, um pior que o outro. Bianca parecia um zumbi, estava enrolada em uma coberta bem grosso mesmo não estando nem um pouco frio e também estava com um lencinho perto do nariz me fazendo concluir que ela estava com gripe. Vinícius não estava muito diferente  mas parecia um pouco menos ruim que Bianca.

   — Bianca e Vinícius pegaram um resfriado ontem e não vão pra aula, então eu vou te levar e falarei com a diretora. — Tia Agatha falou mas eu não estava mais ouvindo.

  — Meu deus Bianca você ta queimando em febre... O vini não ta tão quente assim... — Falei colocando a mão na testa deles.

   — Vinicius não ta tão doente assim mas a pressão dele baixou de novo. — Olhei preocupada para meus irmãos.

   — Então eu vou ficar e cuidar deles...— antes mesmo de eu terminar a frase os três já estavam balançando a cabeça.

   — Alicia seus irmãos são bem grades e podem se cuidar direitinho então a senhorita vai pra aula. — Tia Agatha falou pegando minha bolsa e me puxando com ela.

   Quando chegamos a sala da diretora Nathaniel estava falando com ela, mas logo parou e olhou para nós duas paradas ali.

  — Oii Agatha tudo bem? — A diretora falou deixando Nathaniel de lado.

  — Shermansky eu to bem e você querida? — Tia Agatha perguntou. Suponho que elas sejam amigas.

  — Ótima. Mas estão oque te trás aqui? — A diretora falou olhando para minha tia.

  — Vinicius e Bianca estão doentes e não vão vir à escola por uns dias. — Fui até Nathaniel, parando ao seu lado.

   — Tudo bem, vou avisar os professores deles. — Minha tia se despediu-se de mim e me deixou junto a Nathaniel.

  — A gente atrapalhou a sua conversa com a diretora né. — Falei andando lado a lado com Nathaniel.
  
   — Não tem problema, eu sei que terei que fazer Castiel assinar isso mesmo. — Nathaniel falou erguendo a folha de ausência.

   — Qual o problema nisso? — Perguntei vendo três meninas me encararem de um jeito estranho no fim do corredor.

   — É que eu simplesmente não suporto o Castiel e ter que fazer ele assinar isso vai ser muito estressante. — Nathaniel falou suspirando.

  — Se você quiser eu falou com ele. — Falei querendo ajudar.

   — Sério? — Assenti ignorando as meninas que ainda me encaravam. — Ai Alicia obrigado. — Nathaniel falou me abraçando.

  — De nada... Mas... Não é os pais dele que assinam? — Perguntei curiosa.

   — Ele é emancipado então ele que tem que assinar. — Nathaniel falou olhando para Castiel parado nos observando. — Bem, eu tenho umas coisas pra fazer, obrigado de novo Alicia. —Sorri pra ele e fui até Castiel.

   — Oi Bad boy. — Castiel respondeu com um "oi" seco. — Nath me pediu pra te dar isso, é pra você assinar. — entreguei a folha pra ele.

   — Não vou assinar, fala pro "Nath" que ele não terá a folhinha linda dele assinada. — Castiel falou entregando a folha de volta pra mim

   — Ah Castiel qual é? É só uma folha. É só assinar e pronto. — falei vendo ele ir se sentar no branco trás da estufa.

   — Você já assinou uma dessas? Sabe como funciona? — Castiel perguntou parecendo desinteressado então não poderia ser tão ruim assim.

  — Não, eu nunca matei aula. — Disse sentando do lado dele.

  — Pensei que você era uma Bad Girl. — Castiel disse em tom de ironia.

   — E eu sou mas não preciso matar aula pra ser uma Bad Girl, eu gosto de aprender.

  — Bom, se você matasse aula saberia que é muito mais legal que assistir aula. — Falando isso Castiel me deu uma ideia.

  — Bom se você assistisse aula e PRESTASSE atenção na aula você saberia como assistir aula e muito melhor que matar aula. — Castiel começou a rir.

  — Claro que é, você é muito doidinha.

  — Então ta, vamos fazer um acordo? — Perguntei, recebendo um olhar desconfiado. — Vamos matar a primeira e a segunda aula e depois a gente volta e assisti a terceira e a quarta e depois a gente discuti sobre isso, que tal? — Castiel não era muito fácil de convencer mas acho que consegui.

  — E a folha? — Castiel perguntou me analisando.

   — Eu deixo em cima da mesa do Nath com um bilhete falando que não consegui fazer você assinar.

  — Ta bom mas eu escolho onde vamos. — Castiel falou pegando minha mão e me puxando com ele.

  POV CASTIEL

  — Onde a gente ta? Castiel que lugar é esse? CASTIEL ME RESPONDE. — Alicia gritou tão alto que quase fiquei surdo.

   — Cala a boca ai tabua. — Falei lembrando que isso era totalmente mentira mas querendo irritar-la.

   — Tomate eu já falei pra parar de tentar diminuir meus bebês. — Alicia falou parecendo irritada.

   — Tomate? Rosalya me chama assim sabia? — Falei distraido.

   — Sabia não, só me deu vontade de te chamar assim...Castiel dá pra me falar onde estamos? — Alicia falou e percebi que já era hora de abrir o jogo até porque estamos chegando.

   — É tipo um clube onde eu venho ficar sozinho, pensar, tocar, olhar as estrelas... —Alicia me interrompeu com os olhinhos brilhando.

  — Gosta de estrelas também? — Assenti venho seus olhos brilharem mais ainda. — Eu também, são tão lindas, tão brilhantes e intensas.

   — É mas agora não dá pra ver as estrelas... — Alicia me interrompeu novamente se sentando no branco, fui até lá me sentando do lado dela.

  — Eu vejo elas no telhado da minha casa, na verdade é uma sacada que fica perto do telhado mas eu gosto de chamar de telhado. — Alicia disse olhando pro céu como se pudesse ver as estrelas.

   Fiquei ali parado olhando pra ela pensando como ela pode ser tão única, tão diferente das outras meninas que eu conheço.

   — Que foi tomatinho? Oque ta olhando? — Alicia perguntou se virando de frente pra mim.

   — To olhando você, sua cara é estranha. — Falei rindo e fazendo ela rir e me empurrar de leve.

  — Você já se olhou no espelho? Já viu sua cara que linda? — Alicia falou ainda rindo.

   — Já, ela é maravilhosa né? — Começamos a rir mais e mais até os dois perderem o fôlego.

   — A segunda aula acabou agora, ainda temos algumas horas, então que tal a gente conversar? — Olhei pra ela como se estivesse pensando mas já sabia a resposta.

  — Conversar sobre oque? — Falei mesmo sabendo que não vou conversar sobre nada com ela.

  — Sobre sua banda? — Alicia parecia perguntar mas ao mesmo tempo estava afirmando.

  — Lysandre e eu temos uma banda. — Falei achando divertido irritar ela.

  — Isso eu sei né... Onde vocês ensaiam? — Ela não parecia irritada, pelo contrario parecia feliz de falar sobre isso.

   —  No porão da escola. — falei sem interesse nenhum em conversar sobre nada.

  — Como? Tipo vocês invadem a escola? Ou a diretora deu permissão? — Ela parecia tão confusa que me deu vontade de rir.

  — Nathaniel me deu a chave e a gente ensaia lá...— Falei sem pensar. — Não é pra contar pra ninguém viu tabua.

   — A palavrinha magica? — Alicia colocou o dedo no ouvido como se ela quisesse ouvir mais alto.

   — Se contar pra alguem a Bad girl vai se arrepender. — Sussurei no ouvido dela vendo ela tremer

   — Ta bom então... E seus pais? — Alicia perguntou com calma como se tivesse com medo da minha resposta.

  — Viajam muito então eles me emanciparam... Lá em casa somos eu, Dragon e a Violette— Falei vendo ela sorrir de leve.

   —Violette é sua irmã? — Assenti. — Como pode isso? A Violette? como ela te aguenta?

   — Do mesmo jeito que o Vinicius aguenta você. — começamos a rir sem nem saber porque.

— Dragon é seu cachorro? — Assenti. 
— Eu tinha um cachorro chamado leão... Eu sei é meio estranho mas eu sou assim meio doida. —  Ela disse sorrindo, um sorriso tão meigo.

   — Qual a história? — Alicia perguntou me deixando bem confuso.

— Historia? — Falei fazendo ela revirar os olhos.

   — Eu sei que tem uma historia. — Continuei sem saber do que ela estava falando.— sabe? a historia de como você mudou tanto desde que te conheci no acampamento.
   
   — Por que acha que tem uma historia? — perguntei mesmo não querendo falar sobre isso.

   — É meio obvio, agora me fala...—  Hesitei por um momento. — A qual é Castiel? Me fala vai ser legal desabafar com alguém.

  — Não tem história eu sou assim e pronto. — Falei meio irritado com o rumo da conversa.

  — Meu irmão também diz isso pra todo mundo e eu sei que é mentira. Ah vai,me conta por favor... Prometo que não conto pra ninguém.

   — Não vou te contar nem adianta continuar pedindo. — falei vendo ela bufar.

   — Você é muito chato sabia... Sei que tem uma história mas se não quer me contar tudo bem. — Ela falou olhando novamente para o céu.

  Conversamos por um bom tempo sobre estrelas, bandas, música e mais algumas coisas até o telefone de Alicia tocar me fazendo lembra que a aula já tinha acabado.

POV ALICIA

   Peguei o telefone mesmo pensando quem me ligaria no meio da aula.

   — Victor? Aconteceu alguma coisa? — Falei meio confusa.

  — Não, mas combinamos de ligar assim que a aula acabasse, né? — Olhei com os olhos arregalados para Castiel e puxei seu braço onde tinha um relógio.

  — Claro eu não tinha percebido que a aula tinha acabado. — Falei pegando minha coisas e torcendo pra Castiel continuar quietinho.

   — Não foi pra aula? — Victor perguntou me fazendo gelar.

   — Fui mais não fiquei lá. — Falei sabendo que de um jeito ou de outro ele iria ficar sabendo.

   — Você ta matando aula? — Victor parecia surpreso até demais.

   — To mas por favor não fala por Vinícius nem pra Bianca. — falei não querendo mentir pra ele.

    — Alicia anda estou com fome. — Castiel falou me deixando em desespero.

  — Quem é esse? Alicia por que ta mantado aula com um garoto?! — Victor parecia tão irritado que senti vontade de chorar.

  — Não é nada do que você esta pensando por favor acredita em mim não aconteceu nada, depois eu te explico preciso ir pra casa.— Falei ainda me sentindo sem chão, desesperada e com muita vontade de chorar.

— Você vai ter que me explicar isso direito. — Ele falou ainda irritado.

  — Eu juro que vou te explicar ta meu amor mas depois preciso mesmo ir. — falei já alcançando Castiel e desliguei o telefone.

   — Tudo bem ai no paraíso das maravilhas? — Castiel perguntou brincando.

  — Péssimo, meu namorado acha que eu trai ele com você. — Falei sem nem ficar com vergonha, estava muito desesperada e nervosa por Victor desconfiar de mim mas eu sabia como ele era ciumento.

   — Esse cara é meio doido, porque eu jamais ficaria com você — Castiel falou acho que tentando me fazer rir mas não deu muito certo.

    Fomos até minha casa em silencio e eu não parava de pensar em como explicaria isso pra Victor.

   — Oii Aly, Oii Cast. —  Bianca falou abrindo a porta. —  Vai almoçar com a gente? —  perguntou a Castiel.

   — Só vim ver como ta o Vinicius. — Castiel mas eu nem estava escutando direito.

   Quase atropelo Bianca quando passo com tudo pela porta vendo que minha irmã esta bem melhor. Fui até meu quarto e liguei pra Victor que não me atendeu. Continuei ligando mas nada, ele não me atendia então resolvi ligar pra Dhébora.

   — Oi Dhébora cadê o Victor? — Disse quando ela atendeu, não queria tratar ela assim mas precisava muito falar urgente com Victor.

   — Esta no banho. — Dhébora falou nem um pouco chateada com a maneira que liguei pra ela e nem falei com ela. — Aly ele já me contou. — Dhébora falou me deixando mais sem chão ainda.

  — Dhébora eu posso explicar não era nada demais, acredite em mim não aconteceu nada só ficamos conversando, seu irmão precisa me ouvir, eu jamais faria isso com ele eu amo ele. Olha a gente combinou de matar a primeira e segunda aula e ai ficamos conversando e perdemos a hora mas nada aconteceu eu juro pela nossa amizade, juro pelo meu amor pelo seu irmão, por favor acredita em mim. — Falei desesperada pra explicar.

  — Aly eu tenho uma coisa pra te contar...— Dhébora falou com una voz de pena que me arrepiou do pé a cabeça.

  — Pode falar mas você acredita em mim né? — Falei segurando o fôlego.

  — Claro, mas eu tenho que te contar mas não...— Dhébora desligou me deixando confusa, comecei a chorar igual a uma louca. Me joguei na cama afogando minha cabeça no travesseiro para ninguém me escutar.

  POV DHÉBORA

  Me senti horrível em ter que escolher entre meu irmão e minha melhor amiga mas oque me ajudou foi o fato de que ela iria ficar muito magoada se ouvir isso de alguém que não seja o Victor.

   — V-Victor você precisa falar pra ela sobre a Miranda. — Falei soluçando perto de meu irmão e queria tanto abraçar ele mas não dava com ele fazendo isso com  a Alicia, a minha melhor amiga, a única que sabe de todos os meus segredos. — Você ouviu oque ela disse não aconteceu nada.

  — E você acredita nela? Ah por favor acha que ela tava falando a verdade? — Victor falou se afastando de mim.

  — Logico que sim, ela é melhor amiga eu sei quando ela ta mentindo e quando ela ta falando a verdade...— Victor me interrompeu irritado.

   — Ah claro ela ia chegar em você e falar assim "Amiga eu trai seu irmão não é legal?" — Victor falou fazendo gracinhas.

   — Ela não precisa mentir já que não fez nada, você fez e se não contar pra ela eu vou contar. — Falei indo pro meu quarto e comecei a chorar.

   POV CASTIEL

   Fui até o quarto do Vinicius onde ele estava tocando guitarra.

   — Você não parece estar doente. — Falei desconfiando que ele só não queria ir pra aula.
  
   — Não estava tão doente assim mas minha pressão baixou de novo. — Vinicius falou deixando a guitarra de lado.

   — Você tem problema de pressão? — ele fez que sim com a cabeça.

   — Minha tia achou melhor eu não ir a aula hoje...— Vinicius disse e ficamos em silencio por um momento. — que tal você chamar seu amigo pra tocar nós três? Seria legal.

   — Ta claro, vou ligar pra ele. — Falei quase saindo do quarto e pegando o celular pronto pra ligar para lysandre mas Vinícius me chamou.

  — Cadê a Aly? — Por um segundo meu corpo gelou sem nem saber porque. — Ela veio com você né?

   — Veio , ela...— Quando estava prestes a falar, Alicia bateu na porta e abriu.

   — Oi... Vim ver como você ta...— Alicia falou com os olhos vermelhos e inchados. Quando ela percebeu que eu tinha notado seu rosto abatido e inchado, baixou a cabeça e fui até Vinicius.

  — Aly... Tudo bem? Oque aconteceu? — Vinicius perguntou preocupado.

  — Não é nada, eu só estou cansada... Posso? — Alicia perguntou erguendo a guitarra de Vinícius e quando ele assentiu ela começou a tocar.

   Depois de chamar Lysandre, fomos todos para o jardim onde tem uma piscina grande e convidativa. A campainha tocou me fazendo lembrar que provavelmente era o Lysandre.

   — Eu vou lá abrir. — Alícia gritou correndo até a porta.

  — Vou com você. — Falei na intenção de perguntar se estava tudo bem com ela.

   — Oi Lysandre entra. — Alicia falou sorrindo ao abrir a porta. — Todos estão no jardim.

   — Oi Aly, tudo bem com você? — Lysandre perguntou notando a tristeza da garota.

  — Tudo sim, pode ir pro jardim, eu vou fazer um suco. — Alicia falou indo em direção a cozinha. Quando Lysandre saiu, fui até Alicia à oferecendo ajuda.

  — Oque aconteceu? Parece bem triste. — Falei olhando-a de cima a baixo.
   
  — Não é nada de mais...— Fiz cara feia pra ela sabendo que logo ela iria me contar. — Bem...ta...Eu tive uma briga com a minha amiga, Dhébora, e nem sei direito se era uma briga mas fiquei confusa, ela disse que iria me contar uma coisa e depois desligou.

   — Pode ser que ela tenho ficado com medo de você ficar brava com ela, ou que ela tenho desistido de contar... Tem varias explicações pra isso. — Falei tentando ajudar mas acho que acabei deixando ela mais confusa.

   — Ta esquece. Leva o suco pro jardim por favor. — Alicia falou me entregando uma jara de suco de abacaxi.

  POV ALICIA

  Depois de falar com Castiel na cozinha tentei ligar pra Dhébora e depois para Victor mas nenhum dos dois me atendeu. Então resolvi colocar meu biquíni e ir me divertir junto com meus amigos. Coloquei meu biquíni azul com babados brancos e fui até o jardim.

  — Aly que tal chamar a Rosa e o Alexy? —Bianca falou quando me viu entrar no jardim.

  — Boa ideia vou ligar pra eles. — Falei pegando meu celular e me sentando na beira da piscina.

   — Rosa? Oi é a Aly — Falei quando Rosalya atendeu o telefone.

   — Oi aly, por que não foi pra aula hoje? — Tinha me esquecido de falar para Rosalya que matei aula com Castiel.

   — Rosa depois eu te explico isso, não fala nada sobre isso pros meus irmãos. Vem aqui em casa tomar um banho de piscina com a gente. Vou chamar o Alexy, o Armin, o Nath e pensei em chamar a Violette mas não sei se ela vai querer vir. — Falei observando Bianca e Lysandre sentados perto da piscina conversando e Vinicius e Castiel dentro da piscina.
  
    — Chama ela, acho que ela vai gostar, chego ai em dez minutos ou mais. — Rosalya falou me fazendo rir.

   Depois de falar com Rosalya liguei para Alexy, depois pro Nathaniel e pra Violette. Em vinte minutos a campainha tocou e sai correndo atender.

   — Oii gente!! Vem vamos pro jardim. — Falei levando Rosalya, Alexy, Violette e Armin lá pra fora.

   — E então porque não foi pra escola? — Rosalya me perguntou quando Armin e Violette estavam longe e ninguém poderia nos ouvir a não ser o Alexy.

  — Eu fui pra escola, só não fiquei lá. — Falei indo até a geladeira e pegando meu suco  favorito Smoothie de framboesa.

   — Você matou aula? — Alexy perguntou enquanto Rosalya olhava confusa para meu copo de suco.

   — Matei aula com Castiel mas antes que perguntem não aconteceu nada. — Alexy estava com os olhos arregalados pra mim e Rosalya ainda concentrada no meu copo.

  — Você matou aula com o Castiel e ainda diz que não rolou nada, ah vai por favor pode confiar na gente, conta!! — Alexy falou quase gritando.

  — Alexy fala baixo, Rosalya quer parar de ficar olhando pro meu suco! — Falei indo me sentar no sofá até explicar tudo pra eles.

  — Oque tem nisso? — Rosalya perguntou sentando do meu lado.

   — Rosalya concentração lembra? Ela matou aula com o CASTIEL.— Alexy falou fazendo parecer a pior coisa do mundo.

  — Alexy ela tem namorado lembra e ela disse que não aconteceu nada então não aconteceu nada. — Rosalya falou tirando o vestido branco e revelando um lindo maio roxo. — Vamos nos divertir? 
  
    POV VINICIUS

— Oi Castiel. — Falei me sentando ao lado do ruivo.

   — Oi Vinícius. — Castiel falou pegando uma toalha e secando seus cabelos.

   — Violette é sua irmã né? Tipo irmãzinha mais nova que é protegida pelo irmão? — Perguntei imaginando que eles também eram como eu e Alicia.

   — É mais ou menos isso. Eu sou tipo o guarda costas dela.— Castiel falou rindo e olhando para a irmã.

    — Eu também sou assim com a Aly. Eu sempre tento proteger ela de todos que eu acho que vão machucar-la. Aly é uma pessoa meiga, frágil e vulnerável e eu me sinto na obrigação de proteger ela. — falei vendo minha irmã vindo em nossa direção.

   — Oi gente. — Alicia, Rosalya e Alexy falaram em conjunto. Eu e Castiel respondemos o mesmo. — Do que estão falando? — Alicia falou se sentando ao meu lado.

   — Nada de mais, só conversando. E vocês estavam conversando sobre oque? — Perguntei, fazendo os três se entre olharem.

   — Sobre a escola, nada de mais. — Alicia falou se levantando e pulando dentro da piscina.

POV ALICIA

   — Aly acho que a campainha ta tocando. — Rosalya falou dentro da piscina.

   — Deve ser o Nath, eu vou lá. — Falei saindo da piscina, peguei uma toalha pra não molhar a casa e fui até a porta onde Castiel já estava abrindo.

   — Nathaniel?! — Castiel falou em tom alto.

   — Oi Nath. — Falei indo até os dois.

   — Oi Aly tudo bem? — Nathaniel falou me abraçando.

   — Tudo, pode entra... — Falei fazendo um gesto para que ele entrasse. — Vem Cast. — Falei vendo o garoto parado na porta observando Nathaniel com atenção. — Vocês estão na minha casa agora então não quero vocês brigando, entenderam? — Perguntei ficando seria.

   — Você já deveria saber que eu não obedeço ordens Alicia. — Castiel falou com um sorriso bobo na cara.

   — E você já deveria saber que eu não aceito menininho desobediente na minha casa. — Falei vendo Nathaniel já no jardim.

   — Garota esperta, sempre uma resposta na ponta da língua não é? — Castiel falou ainda sorrindo e sorri de volta.

   — Não somos tão diferentes quanto pensa. Vem, a galera deve estar procurando a gente. — falei puxando Castiel pela mão.

   Passamos a tarde toda nos divertindo na piscina e de noite Castiel e Lysandre tocaram junto com Vinícius.

   — Posso tocar com vocês? Por favor? — Perguntei fazendo biquinho.

   — Por mim tudo bem. — Lysandre falou sorrindo pra mim, o abracei agradecendo.

   — Viu ele é mais legal que vocês dois. — Falei mostrando a língua para Castiel e Vinícius.

   — Ta bom, pega logo sua guitarra antes que eu me arrependa. — Vinicius falou revirando os olhos.

  — Aih maninho te amo. — Falei correndo pra pegar minha guitarra.


Notas Finais


Hello Baby, então espero que tenham gostado vou tentar postar o próximo capitulo semana que vem ta? Beijinhos babay


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...