História Sobre a Luz do Luar - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Armin
Tags Amor Doce, Armin, Docete, Floresta, Hentai
Exibições 181
Palavras 738
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


a imagem n tem nada a ver com a fanfic dsclpa
n achei uma imagem então coloquei essa que é bonitinha

Capítulo 1 - Capítulo Unico


Fanfic / Fanfiction Sobre a Luz do Luar - Capítulo 1 - Capítulo Unico

-Aviso- 
Todos personagens estão de acordo com o que acontece na fanfic!
*Uma noite ao luar*
 Ja era final do dia, era sexta feira então resolvi sair com o Armin depois da aula, não achei que meus pais iriam brigar comigo porque amanhã não tinha aula, mas por via das duvidas, liguei pra eles... obviamente não falei que ia sair com o Armin, não estou pronta pra assumir esse namoro pra ninguém, falei que ia sair com a Íris, pois meus pais não conhecem os pais dela então não tem perigo de ligarem perguntando se eu realmente estava com ela... Tudo deu certo, meus pais deixaram e o Armin concordou em sair!
 -Você aceitou sair de casa? a ciência foi muito longe?- Eu disse, enquanto olhava a vitrine de uma loja.
 -Você sabe que por você eu faço qualquer coisa! Ele respondeu apoiando seu braço em meu pescoço dando um sorrisinho.
 -Qualquer coisa ahn? Então compre um presente pra mim!- eu disse rindo e apontando pras lojas.
 -Hey, não se aproveite do meu amor assim! Mas como eu sou um ótimo namorado eu vou te dar um presentinho, me espere aqui!- Após falar isso ele foi correndo em direção as lojas... 
Passou uns 15 ou 20 minutos e ele voltou com uma sacolinha na mão.
 -Me dá!- eu falei tentando pegar a sacola mas ele levantou numa altura em que eu não alcançava!
 -Não não, peça direito-, então eu falei com um tom sarcastico -Oh grandioso senhor Armin, poderia me entregar esse presente divino que o senhor comprou em total homenagem a minha pessoa?, pronto? ta bom assim? me da logo que ja está escuro e não posso chegar tão tarde em casa!-
 -Apressadinha, me siga e eu te entrego o presente!- Depois de falar isso nós andamos durante uns 15 minutos até chegar numa floresta, uma reserva ambiental
 -Ok agora me mostre!
 -Claro- Ele falou beijando meu pescoço e passando a mão na minha coxa, a mão subiu até meu quadril e depois seus dedos apertaram a parte de baixo do meu shorts!
 -Eu não achei que você fosse tão bom assim!- eu falei com um sorriso malicioso...
 -Não me subestime- Após falar isso ele pegou dois lenços de uma sacola, com um ele amarrou minhas mãos numa arvore, e com o outro ele me vendou. Ele tirou minha blusa e meu shorts, colocou suas mãos por baixo da minha calcinha e começou a passar rapidamente em movimentos circulares, eu dei um gemido não muito alto, ele tirou minha calcinha e se agaxou, lambeu algumas vezes mas depois começou a chupar, dessa vez eu gemi alto durante um longo periodo de tempo!
 Eu ouvi ele pegando algo na sacola, um vibrador,  ele ficou passando na entrada da minha vagina, era tão bom, ficou nisso durante bastante tempo, mas quando eu ja estava exitada o bastante ele me desamarrou da arvore e re-amarrou minhas mãos nas costas dele, como se eu estivesse meio que abraçando ele, retirou suas calças, levantou minhas pernas e colocou seu membro na entrada minha vagina me provocando e fazendo eu implorar para que ele colocasse dentro, quando ele finalmente fez isso, eu dei um pequeno grito de prazer, ele colocava e tirava, ficamos nisso durante um bom tempo! Ele tirou os lenços das minhas mãos e olhos, se deitou na grama e me colocou em cima dele, eu começei a rebolar só na parte de cima membro dele, dessa vez quem estava provocando ele era eu, mas chegou uma hora que eu não aguentei e sentei totalmente, ele deu gemidos baixos e fez um expressão de prazer, colocou suas mãos na minha cintura e me fez subir e descer, primeiro foi de uma forma mais lenta mas depois ele foi fazendo isso mais rapido, ele era realmente muito bom nisso.
 Depois de fazer isso ele sentou encostado numa arvore e me colocou no colo dele, eu rebolei em cima dele e o fiz gozar. Levantou minhas pernas, lambeu e chupou minha vagina novamente, mas dessa vez numa frequencia tão rapida que me fez ter um orgasmo!
 Nós dois ja estavamos extremamente cansados, eu não ia voltar pra casa agora, já nem me importava se meus pais iam me deixar de castigo ou brigar comigo, acho que com o Armin era a mesma coisa, eu me deitei na grama mas dessa vez ao lado dele, nós estavamos quase dormindo enquanto assistiamos o sol nascer.


Notas Finais


ta pequena
mas é a vida


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...