História Sobre amores e borboletas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Black Veil Brides (BVB), Bring Me The Horizon
Personagens Andrew "Andy" Biersack, Oliver Sykes, Personagens Originais
Tags Andy Biersack
Visualizações 9
Palavras 1.086
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem os erros, e o capitulo tão extenso.
Espero que gostem..

Capítulo 1 - O Primeiro Beijo


Fanfic / Fanfiction Sobre amores e borboletas - Capítulo 1 - O Primeiro Beijo


Já é manhã e o sol bate na janela trazendo a claridade para dentro de meu quarto. Lentamente eu abro meus olhos e me espreguiço.
- Bom dia, keeyo!
- Miaau...
Pego minha gata e lhe dou um beijo, então levanto e vou ao banheiro para fazer minhas higienes matinais, enquanto escovo os dentes meu celular toca:
- Alô?!
- Sammy, ainda bem que está acordada! (Lindy disse em tom cantante)
- Oi, Lindy.. hahaha qual o motivo da sua alegria posso saber?
- Sammy, sammy... Sabe o primo do oliver? 
- Como eu poderia me esquecer? Você não parou de falar sobre ele o verão inteiro (O motivo não era sobre lindy ficar sempre falando sobre ele, mas realmente não tinha como eu me esquecer daquele belo par de olhos azuis tão intensos e apaixonantes)
- Pois é, ele vai vir morar na casa do Oly por conta da faculdade
Nesse momento eu fiquei em silencio, não sabia o que dizer, não esperava por aquilo... eu sempre esperei que ele voltasse. alguns segundos se passaram e Lindy me chama
- amiga, ainda está ai?
- Sim, estou.. mas tenho que desligar!!!
Eu desligo o telefone, jogo em qualquer canto, e vou me sentar na cama. Fico ali durante um bom tempo olhando fixamente para, bom para nada.. em minha mente passava o dia que que havia conhecido andy.
*pensamento on*
Era manhã de setembro, eu e Lindy caminhavamos pelas ruas conversando e rindo de coisas bobas da época do colégio, quando passamos na frente da casa do nosso melhor amigo Oly, ele era lindo, não muito alto, cabelos castanhos, olhos de um tom esverdiado (que mudava de cor conforme a luz), varias tatuagens por todo o corpo. Mas nesse dia, algo me chamou atenção, tinha alguém com ele,  foi quando oly nos chamou. Lindy e eu, fomos até onde eles estavam. e então oly nos apresentou. Ele estava sentado em um dos degrau da escada que havia em frente a casa de oly, usava oculos escuro por conta do sol, e então o tirou revelando aquele olhar hipnotizante, eu jamais esqueci.
*pensamento off*
Depois de um tempo eu me levantei, e tentei dissipar a imagem dele de minha mente, eu jamais poderia estar com ele... Lindy havia se apaixonado, e ela é minha melhor amiga, jamais faria algo do tipo com ela... então ele apenas se tornou meu amor platonico.
Tempos depois oly mandou mensagem, informando que haveria uma festa de recepção para andy ao anoitecer.
Eu não queria ir, sabia que eu não conseguria disfarçar o meu desejo de estar com ele, mas lindy me convenceu. Pouco antes de dar o horario da festa, lindy veio a minha casa para nos arrumarmos... Ela usava um vestido acenturado preto, que revelava suas tatuagens distribuidas pelos braços, deixou seus longos cabelos loiros soltos e colocou um scarpin vermelho que ficava perfeito nela, fez uma maquiagem que destacava seus belos olhos azuis cintilantes, estava realmente linda. Já eu, não estava com minimo de vontade de me produzir, coloquei um shorts, e uma camisa regata grande, que provavelmente peguei do meu irmão... fiz um coque no alto da cabeça, deixando varios fios soltos, e coloquei um all star preto. Lindy me olhava e dizia que eu tinha que me arrumar, mas eu não estava afim, eu não queria.. não fazia questão. 
Quando chegamos na festa, já havia muitas pessoas e andy estava com oly então lindy me puxou para chegarmos perto.
- boa noite, meninos... e bem-vindo de volta andy (lindy disse o olhando)
andy simplesmente saiu e a deixou falando sozinha, algo estava errado, eu o olhei e o vi subindo as escadas que levavam para os quartos...
- O que aconteceu aqui? (lindy perguntou chateada)
- Não leva a mal lindy, o andy está realmente muito chato hoje.. nem comigo quis conversar (oly disse tentando conforma-lá)
- Oly eu quero ir ao banheiro.. (falei para oly, e o mesmo disse para eu usar o do quarto dele, já que o do andar debaixo havia muitas pessoas querendo utilizar) eu subi as escadas e fui direto para o quarto dele, onde avistei andy deitado na cama olhando para o teto.
- Desculpe, eu não sabia que estava querendo dormir.. eu só queria usar o banheiro..
Andy me olhou, e apontou para o banheiro. Mas eu não fui, eu fiquei ali parada e eu realmente não sei o que deu em mim quando eu disse..
- Qual seu problema garoto, fizeram uma festa pra você, e simplismente os deixou lá embaixo.. e einda tratou mal minha melhor amiga que só queria ser gentil... 
Ele ficou me olhando por alguns segundos,a aparentemente irritado com que eu havia lhe dito, quando sentou na cama e por fim disse algo..
- Eu lamento, não quis ser rude com nenhum deles.. e nem com sua amiga, quero dizer, eu não queria essa festa... não estou no clima, minha namorada me traiu (ele deu uma pausa, me olhou atentamente) porque estou falando isso com você? esquece..
- Não tudo bem! Me desculpe, ter falado aquelas coisas.. eu não sabia
Me sentei na cama a seu lado... e só o observei... ele me olhou e eu senti meu coração acelerar, em questão de segundos eu senti um frio na barriga, eu sabia que não era certo, mas eu não resisti, com uma das mãos eu acariciei seu rosto... em segundos ele estava tão perto de mim, nossas respiração viraram apenas uma, o mundo la fora não existia era apenas nós dois, ele colocou uma das mãos em meu rosto meu olhou de um jeito tão delicado e encantador, olhou para meus lábios semiaberta, e foi quando nossos olhares se cruzou, ele me beijou tão intensamente, o ritmo era perfeito... eu jamais havia experimentado algo do tipo, seus lábios quentes, macios... delicados. O beijo cessou, e eu ainda estava de olhos fechados, não queria que aquele momento acabasse... quando eu abri os olhos ele estava me olhando, um sorriso se formou em seus lábios, revelando seu desejo. 
Eu me levantei, olhei para ele e disse:
- Me desculpe, eu não deveria ter feito isso.. A Lindy, desde a primeira vez que te viu.. ela (eu desabei em choro)
ele me abraçou, e beijou o topo de minha cabeça. Era o melhor abraço, a melhor sensação.... era tudo que eu queria, aquele momento, aquele homem... o sonho mais perfeito, de repente a porta se abriu, era lindy
- Sammy..
- Lindy (nesse momento ela saiu correndo)

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...