História Sobrenaturais - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Justin Bieber, Kat Graham, Lily Colins Shawn Mendes
Exibições 32
Palavras 1.898
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Festa, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ooiiiieee minhas ou meus fulor de mandacaru, tudo bem? Ta ai mais um capitulo da nossa fanfic.😇🌸🍃

ÓTIMA LEITURA MEUS AMORES❤❤

NOTAS FINAIS.

Capítulo 17 - Os três homens da sua vida


Fanfic / Fanfiction Sobrenaturais - Capítulo 17 - Os três homens da sua vida


 - você não pode ta falando sério.

- não to, meu pai não me falou oque iria fazer acho que vai mata o Justin e suas amigas vampiras na sua frente ou sei lá vai te tortura não faço a menor ideia.

- quem esta lá em baixo.

- bom nos temos uma loirinha ela deve ser a Ray temos o lobo que é o Justin e temos o bruxo que é o Shawn e também tem um vampira morena bem gata que deve ser...a Jazzy.

- por que o Shawn está ai?

- ele é amigo do Lorenzo.

- você se escuto agora?

- oque eu falei de mais?

- você chamou ele de Lorenzo não de pai.

- há isso foi sem quere, isso não muda o fato que eu vou te matar.

- eu te pergunto, por que? Você quer me matar? Por que ainda faz isso? Por que ainda ta com ele?

- por que você ainda não me provou que tudo que falou sobre ele é verdade.

- ele tentou me abusar hoje mais sedo.

- isso não prova nada.

- tudo bem você vai ver hoje o quanto o Lorenzo é louco.

On Justin

Já fazia um bom tempo que estava sentado na sala de espera e ninguém aparecia.

- bom gente iai alguém viu o filho da Jenny ?

- não Jazzy ninguém nunca viu ele antes – falou a Ray.

- eu já, eu morrei com eles aqui – falou o Shawn.

-  e ele é se parece com o pai?

- olhe você mesma amor – falou o Enzo descendo as escadas quando a Jazzy se levantou.

- meu Deus você é a idêntico ao seu pai os seus olhos .

- prazer em te conhecer – ele falou e deu um beijo na mão da Jazzy.

- o prazer é todo meu amor.

- olá Justin.

- oi.

- como tem passado ainda toma muita tequila?

- cadê a minha namorada?

- a senhora Marlarkey já vai desce queridos convidados – falou o Lorenzo entrando na casa – eu mesmo vou busca la, por favor vão se sentando a mesa – ele falou e saio.

On Jenny

- vamos querida- ele falou dando o braço mais não peguei – se você não pega em meu braço eu vou arranca o coração do seu namoradinho eu vou enfiá em sua garganta. – ele falou e eu peguei em seu braço e nos décimos.

- Justin – falei baixo e sair mais o Lorenzo me puxou pelo braço.

- queridos amigos como todos devem saber essa e minha mulher Jenny Malarkey.

- sua mulher? Cara você é muito doente – falou a Jazzy.

- Jazzy Saiva, me lembro de você humana quem te transformou mesmo? a me lembrei fui eu depois de uma grande tortura.

- me lembro desse dia foi tão lindo, você arrancando todos os meus órgãos e depois me dando e seu sangue foi incrível.

- que bom que você gostou.

- você é louco cara por que ta fazendo isso ? - falou a Ray.

- você é a Ray Bennet, acho que já transei com você, não me lembro.

- da pra acaba com essa palhaçada? Tenho que ir embora antes da meia noite - falou o Justin.

- por querido vai se transforma em uma princesa?

- não amor você se esqueci que hoje e lua cheia ne.

- vamos começar, por favor querida senti se- falou e puxou uma cadeira pra mim ele se sentou do meu lado.

- ponde se servi – ele falou mais ninguém tocou na comida todos olhavam pra ele.

- me deixa ir embora Lorenzo isso já passou dos limites.

- você que ir embora por que minha querida – ele falou e apertou meu pescoço.

- NÃO TOCA NELA – falou o Justin , mais ele não o deu atenção e pegou uma faca que tinha na mesa e passou em meu rosto.

-PARA COM ISSO – falou o Shawn.

- olha só querida os três homens da sua vida, eu, o Shawn e o Justin isso não é lindo.

- para com isso agora – falou a Jazzy.

- ou oque sou mais velho que qualquer um de vocês sou mais forte.

- mais não é mais forte do que eu – falou o Shawn.

- Shawn você se faria isso, ela não te ama ela só ama esse lobinho e esse pirralho filho dela, mesmo depois de tanto tempo ela continua amando ele depois do que ele fez com ela, mesmo assim ela ainda ama ele. Por que você não pode me ama? Me diz?- ele falou em levantando da cadeira.- sabe oque eu vou fazer vou mata o seu filho depois o seu namorado e logo depois as suas amiguinhas assim você só vai pode me amar.

- não faz isso Lorenzo não vale a pena deixa eles ai vamos embora nos dois, vamos vive a vida que não podemos vive eu te amo Lorenzo -ele estava totalmente descontrolado.

- você acha mesmo que sou burro?

- como assim?

- se você me ama então mata o Justin agora na minha frente.

- não posso fazer isso Lorenzo.

- então eu mesmo mato – ele falou e foi ate o Justin, so que o Justin começou a sentir muita dor ele tava se transformando em lobo.

- ta parecendo que alguém vai morre – o Justin falou e depois começou a grita pude ouvir os ossos dele se quebrando, ele correu e depois ele voltou como um lobo.

- iai oque nos fazemos Jenny – perguntou a Ray.

- eu não sei – Justin se aproximou de mim .

– Justin sou eu a Jenny.

- ele não esta te escutando minha querida ele só consegui ver um bela refeição a sua frente.

Todos correram mais eu pode notar que ele foi atrás do Enzo então corri em direção deles eles estavam em uma sala que parecia um escritório.

- oque eu faço agora?

- Calma Enzo, não se meche

- o que eu faço então?

- Justin amor, isso meu amor olha pra mim, sabe aquela brincadeira eu corro e você tenta me matar, que brinca comigo? – falei e o Justin correu em minha direção sair correndo pela casa inteira com o Justin logo atrás de mim, não sabia oque fazer ate que me lembrei que em baixo da casa tem o porão e a porta de lá era reforçada pra vampiros, levei o Justin ate o porão chegando lá ele vou em cima de mim e ficou tentando me morde senti uma queimação no meu braço esquerdo, joguei o Justin na parede e sair rápido trancando a porta, quando voltei lá pra cima não vi ninguém sentir mãos atrás de mim quebrando o meu pescoço, me acordei em um dos quartos da casa, meu braço doia muito ate que vi uma coisa parecia com uma mordida de lobisomem.

- isso mesmo querida, o seu amado Justin te mordeu e agora você está morrendo. Mas você pode viver.

- sempre tem uma condição qual é a sua?

- que você seja minha.

- como assim?

- você vai ter que ser minha

- você que transar comigo? – eu estava quase sem ar, estava muito pálida e soando muito a mordida estava muito feia em meu braço.

- não só quero transar quero vive com você.

- saiba que eu prefiro morre do que viver com você.

- tudo bem – ele falou e saio, estava vendo coisas estranhas, não parava de ver o John bem na minha frente com o nosso bebê nos braços, a mordida estava me fazendo ter alucinações.

On Justin

Me acordei e estava no porão da casa do Lorenzo tinha uma calça pra mim vestir já que estava sem roupa nenhuma. O Lorenzo entrou e me agarrou pelo pescoço e começou a me puxar.

- me larga seu babaca – falei tentando me soltar dele, chegamos na porta de um quarto.

- entra ai e depois vem fala com migo lá em baixo – quando eu entrei a Jenny estava deitada em uma cama cheia de sangue completamente pálida e sondo frio.

- Jenny – falei me sentando do lado dela.

- meu amor?

- sou eu Justin.

- amor eu não queria, me desculpa não queria ter feito isso com você meu amor, o nosso bebê onde esta o nosso bebê, ele vai mata o nosso bebê por favor – ela chorava muito e só fala nesse em um homem acho que era o pai do Enzo.

- sou eu Justin.

- Justin?

- sim meu amor sou eu.

- ta doendo Justin.

- aonde ta doendo meu amor?

- o meu braço ta queimando, faz para de doer – ela falou e começou a se mexer muito ate que ela adormeceu.

- vai fica tudo bem amor eu te prometo – ela se acalmou e dormiu.

Desci pra falar com o Lorenzo.

- oque ta acontecendo com ela?

- você a mordeu e agora o seu veneno de lobo ta matando ela.

- como assim tem que ter uma cura.

- eu tenho.

- então da pra ela.

- tem uma condição.

- qual?

- você vai sumir da vida dela, e nunca mais voltar. Se não fizer isso deixo ela morre.

- antes cura ela, quando cura eu vou embora e nunca mais volto.

- ok.

Subimos pro quarto onde a Jenny estava. Ele deu um vidrinho que parecia sangue e a ferida começou a cicatrizar.

- oque é isso?

- vai embora agora – ele falou e eu sair.

Fui ate em casa e peguei minhas roupas, comprei uma passagem pra Nova Yuok, fui atrás de uma pessoa.

On Jenny

- Lorenzo se filho de uma cadela- falei e virei a cama do quarto – vem aqui se for homem mesmo seu covarde filho de uma mãe – joguei o abajur na porta – vou arranca a sua cabeça e guarda de recordação em meu porão – então virei uma cômoda que tinha.

- calma querida eu to aqui.

- cadê o Justin e o Enzo.

- o Justin disse que não te amava mais e foi embora e o Enzo deve esta tentando dormi.

- cadê o Justin seu bosta.

- ele foi embora pra sempre.

- cadê o meu anel?

- eu peguei pra você não sair.

- eu vou te matar.

- tudo bem estou te esperando para toma café.

Sair casando o quarto do Enzo ate que o achei ele estava só de cueca dormindo.

- Enzo acorda – falei balançando ele.

- oque é? me deixa dormi – ele falou e se virou.

- levanta – falei e virei a cama.

- ta ficando louca?

- você ainda não viu nada.

- fala logo oque você quer.

- quero que você me ajude a fugir daqui.

- como assim?

- o Lorenzo ele pirou de vez. Olha pro seu dedo, pois e cadê o seu anel?

- por que ele tiraria o meu anel?

- ele vai nos prender aqui pra ser a familinha dele.

- e oque nos vamos fazer?

- temos que acha um jeito de fugir daqui.

- você me abandou não vou com você.

-escuta aqui moleque sou sua mãe você queira ou não, salvei a sua vida ontem, tomei uma mordida por sua causa, meu namorado sumiu e não faço a menor ideia de onde esta as minhas melhores amigas, então você vai comigo por que é meu filho e estou mandando. 


Notas Finais


Roupa Da Jenny

Vestido da festa


http://www.polyvore.com/m/set?.embedder=20918392&.svc=copypaste-and&id=211522899


Roupa Do Dia Seguinte


http://www.polyvore.com/m/set?.embedder=20918392&.svc=copypaste-and&id=211521800




Iai gostaram? Se gostaram já sabem oque fazer, crítica ou sugestões são sempre bem vindos.

Gente que a Jenny colocou morau nessa moleque, mais sera que ele vai deixa ela fala isso com ele, e o Justin se sacrificou o Amor dos dois pra saúva a vida da Jenny, e oque sera que o Lorenzo ta pretendendo fazer? Leiam o próximo capitulo vai acontecer muita coisa nesse próximo capitulo espero que não perca.👍😇🌸🍃


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...