História Sobrenatural Primeira Temporada - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2012, Supernatural, The Vampire Diaries
Personagens Castiel, Crowley, Dean Winchester, Katherine Pierce, Lúcifer, Personagens Originais, Rowena MacLeod, Sam Winchester
Tags Drama, Romance, Supernatural
Visualizações 106
Palavras 2.320
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoal, essa é umas das minhas fanfic mais antigas, e resolvi posta -lá, mais antes de posta -lá estou revisando ela.

Então espero que gostem :)

Boa leitura ;)

Capítulo 1 - Pilot


Fanfic / Fanfiction Sobrenatural Primeira Temporada - Capítulo 1 - Pilot

 

 20 De Agosto De 2013 

Kansas City ( Lawrence )...

11:00 am

Eu, minha irmã Natália Curtis e os meu pais éramos uma família normal e muito feliz até aquele dia, pois com a chegada dos irmãos Winchesters na cidade, mudou a minha vida para sempre, eu era uma menina normal, e tinha planos para o futuro, mais infelizmente eles foram destruídos, os irmãos Winchester são amigos do meu pai, pois o meu pai foi o melhor amigo dos pais deles.

Casa Da Família Curtis.

Estava no meu quarto ouvindo, Viveme música da cantora Laura Pausini, e minha mãe tava preparando o almoço, meu pai estava trabalhando na oficina que fica ao lado da casa.

Enquanto isso...

Os irmãos Winchester chegam na cidade, e estão indo em direção ao restaurante perto, mais são impedido de chegar até o restaurante pois deu problema nas peças do carro.

-Parece que o motor morreu Dean. - Disse Sam.

-Ferro irmãozinho. - Dean diz abrindo a porta do carro.

-E agora como vamos chegar na casa de Jackson Curtis ? - Sam perguntar indignado,

-Vamos a pé e empurrando o carro. - Disse Dean.

-Ah Não Dean. - Murmurou Sam.

-Deixa de ser froxo Sam, a casa do Sr. Curtis é logo ali, vamos. - Disse Dean apontando para casa.

-Está bem, vamos. - Sam dar um suspiro e ajudar Dean a empurra o carro.

Sam e Dean empurram o carro até chegar na oficina.

Na oficina.

-Ora, Ora, Ora vejam só se não são os irmãos Winchester. - Diz Jackson.

- E ai Sr. Jackson. - Diz Dean.

Os dois se cumprimenta.

-O que aconteceu com essa beleza de carro ? - Pergunta Jackson.

-Acho que o motor pifou. - Disse Dean.

-Pode deixar eu conserto. - Diz Jackson para Dean.

-Cara eu tô com uma fome. - Disse Sam.

- Eu também estou. - Disse Dean.

-Agora que você falou em fome, estou indo pra casa almoçar, estão convidados a irem também.

- Obrigado Sr. Jackson. - Agradeceu Dean.

Meu pai e os irmãos Winchester foram pra casa.

  Minutos Depois...

Casa Da Família Curtis...

- Nossa que casa linda mano - Diz Dean admirado com a casa.

- Isso é porque você não viram ela por dentro ainda. - Disse Jackson.

Jackson estacionou o carro na garagem, Sam e Dean descem do carro.

- Vitória o papai chegou. - Gritou Natália.

Natália desce as escadas que dar para a garagem.

-Papai. - Ela grita e o abraça.

-Oi minha filha. - Diz Jackson.

- Hum que cheiro bom. - Disse Sam.

- E é eles quem são papai ? - Natália pergunta olhando para Sam e Dean.

- São meus amigos filha. - Explicou Jackson.

- Hum que ótimo. - Murmurou Natália.

- Sam e Dean essa é a minha filha Natália a mais velha. - Disse Jackson apresentando a sua filha Natália a Sam e Dean.

- Prazer em conhecer -lá - Diz Dean beijando a  mão de Natália.

- O Prazer é meu. - Diz Natália olhando para Sam.

- E a sua irmã filha ? - Perguntou Jackson ?

- Ela está lá no quarto ouvindo música pai. - Explicou Natália.

- Bom vamos entrar. - Disse Jackson.

Meu pai, minha irmã Natália, Sam e Dean entram dentro da nossa casa.

E ao entrarem dentro da casa, Sam e Dean eles ficam maravilhados a tamanha beleza da casa.

- Uau mas que casa linda. - Diz Dean.

Fundo Musical

Enter Sandman - Metallica

- Perai eu conheço esa música, é Enter Sandman do Metallica. - Diz Sam cantando o refrão da música.

Say your prayers, little one
Don't forget, my son
To include everyone
I tuck you in, warm within
Keep you free from sin
Till the sandman he comes

Sleep with one eye open
Gripping your pillow tight
Exit light
Enter night
Take my hand
We're off to Never-never Land

- É a minha irmã ela é fã do rock anos 80. - Diz Natália.

- Eu também, aliais tenho várias fitas de AC/DC. - Disse Dean.

- Olha temos visita, porque não me disse que seus amigos vinha almoçar amor. - Disse Amanda entrando na oficina.

- Sam e Dean, essa é a minha esposa Amanda Curtis. - Diz Jackson.

- Prazer em conhecer - lá. - Diz Sam e Dean.

- Prazer. - Amanda diz apertando a mão de Dean e de Sam.

Sam e Dean ficam quietos.

- Bom vamos almoçar ? - Pergunta Amanda.

- É pra já. - Disse Sam.

Amanda, Jackson, Sam, Natália e Dean, foram pra cozinha.

Na cozinha.

Corta a Música

Sam e Dean se senta.

- Com licença mamãe, pai. - Disse ao entrar na cozinha.

- Pode sim filhota. - Disse Amanda.

Sam e Dean olham para Vitória, e ficam encantados com a beleza da garota.

Vitória ao olhar para Dean, seus olhos ficam pretos, e Dean logo perceber.

- Sam você viu isso ? - Pergunta Dean para Sam.

- Vi o quer ? - Sam perguntar meio que sem entende nada.

- Os olhos dessa garota. - Disse Dean em voz baixa.

- Você deve tá delirando Dean, tá chamando a garota de demônio ? - Pergunta Sam.

- Não sei Sam, mas nessa casa tem algo de ruim, essa garota e eles podem está em perigo. - Explicou Dean.

- Rapazes essa aqui é a minha filha. - Disse Amanda me apresentando para Sam e Dean.

- Oi. - Disse para Sam e Dean.

- Olá prazer em conhecer -lá. - Disse Sam ao se levantar e aperta minha mão.

Quando apertei a mão de Sam, senti meu coração acelerar, nunca senti isso  antes.

- Prazer em conhecer - lá. - Disse Dean.

Ao apertar a mão de Sam senti uma tontura, foi ai que fechei os olhos e balancei a cabeça para ver se passava a tontura.

Terminando de cumprimentar Dean e Sam, fomos almoçar, depois que todos terminaram de almoçar, fui pro quarto tomar meu banho e me arrumar para ir pra escola, Sam e Natália foram ajudar a minha mãe na cozinha e Dean foi conhecer a casa e sem conhecer muito a casa, acabou entrando no meu quarto sem saber que é o meu quarto.

- O que você está fazendo aqui ? - Perguntei assustada.

- Há me desculpe, por entrar assim não sabia que era seu o quarto. - Explicou Dean.

Eu tava enrolada na toalha e com medo que ela caísse.

- Acho melhor você sair do meu quarto, porque se não eu vou gritar. - Disse com muita raiva.

- Tudo bem, eu vou sair do quarto com licença. - Disse Dean.

- Idiota. - Resmunguei.

Minutos Depois...

Fundo Musical

Side To Side - Ariana Grande

Já estava pronta para ir pro colégio, e estava na frente de casa esperando alguma carona.

- Você que eu te leve pra escola ? - Pergunta Dean.

- Você me leva pro colégio ? esquece - Disse.

- Sim, ou você prefere pegar uma carona de estranhos ? - Perguntou Dean.

- Sabe de uma coisa, eu vou a pé. - Disse e me viro.

Ao se virar, Dean a puxar para perto dele, fazendo com quer os dois fiquem bem juntos.

Corta a Música

Fundo Musical

All This Love - DeBarge

Vitória olha nos olhos de Dean, e ver que eles estão brilhando mas do que tudo, mas ela não sente seu coração acelerar, como aconteceu quando ela apertou a mão de Sam.

- Será que pode me soltar ? - Perguntei.

- Pronto está solta. - Disse Dean abrindo a porta do carro.

- Será que podemos ir, não quero chegar atrasada no colégio. - Disse.

- Está bem, primeiro as damas. - Disse Dean.

Vitória entrar no carro e fecha a porta e logo em seguida Dean também entrar dentro do carro, fechar a porta e segue em direção ao colégio de Vitória.

No Caminho.

Dean tentar puxar conversa com Vitória.

- Então você curtir rock dos anos 80 ? - Perguntar Dean.

- Como você sabe que eu curto rock dos anos 80 ? - Perguntei um tanto surpresa.

- Sua irmã me disse. - Disse Dean.

- Ela não devia ter dito isso para um estranho. - Disse.

- Então eu sou um estranho pra você ? - Perguntou Dean.

- Sim, meu pai poder ser amigo do seu pai, e conhecer você muito bem, mais eu não falou. - Ironizei.

- Nossa, que garotinha mas rebelde. - Murmurou Dean.

Vitória fica quieta e olha pra Dean com a  cara feia.

De repente bate um clima de silêncio no ar , e Dean resolve quebrar esse silêncio.

- A sua escola fica muito longe ? - Pergunta Dean.

- Pode para o carro, já chegamos. - Disse apontando para o colégio.

- Uau. - Diz Dean olhando para o colégio.

Dean desce do carro e abre a porta para Vitória descer.

- Obrigado. - Agradeci ao descer do carro.

- De nada. - Disse Dean.

Vitória olha pra Dean e dar um sorriso sem graça.

- Tem alguém que vem te buscar quando largar ? - Perguntou Dean.

- Tinha era meu pai, mais ele tá trabalhando, então eu vou de pé pra casa. - Expliquei.

- Hum, eu venho te buscar ok, de que horas ? - Disse Dean.

- 17:00 da tarde. - Disse.

- Ok então, de 17:00 venho te buscar. - Diz Dean.

- Ok, obrigado. - Agradeci.

- De nada. - Disse Dean.

Vitória entrar dentro do colégio, Dean a olha e entra dentro carro e vai embora.

Corta a Música

Ao entra dentro do colégio, vejo as minhas amigas Elisa e Anne vindo até mim.

- Quem é aquele rapaz, que trouxe ? - Pergunta Anne.

- Há ele é o amigo do papai. - Disse.

- E qual é o nome dele ? - Elisa pergunta um tanto curiosa.

- Dean. - Disse.

- E o sobrenome ? - Perguntou Elisa.

- Não sei. - Disse.

- Não sabe como assim, não sabe ? - Elisa pergunta em tom alto.

- Elisa, menos. - Resmungou Anne.

- Ele tem irmão ? - Pergunta Elisa.

- Não sei se tem, mais hoje quando eu vi ele tava acompanhado de um cara, parece que é mas novo que ele. - Disse.

- E ele é parece um príncipe. - Disse e dei um suspiro.

- Humm. - Disse Anne e Elisa.

O sinal toca.

E todos os estudantes vão para a sua sala de aula.

Enquanto isso...

Na Casa Família Curtis...

Dean entra dentro da garagem com o carro de Jackson, ele abre a porta do carro e desce.

- E a minha filha Dean ? - Perguntou Jackson.

- Está bem a levei para escola. - Disse Dean.

- Obrigado. - Jackson agradeci a Dean.

- De nada e o meu irmão ?

- Está lá na cozinha com a minha esposa e a minha filha. - Disse Jackson.

- Ok, obrigado. - Disse Dean.

Dean vai até a cozinha chamar Sam.

Ao entrar na cozinha Dean ver Amanda, Natália e Sam conversando e sorrindo.

- Sam. - Disse Dean.

- O que foi Dean ? - Pergunta Sam.

- Preciso falar com você. - Diz Dean.

- Você podem me dar licença o meu irmão quer falar comigo. - Disse Sam.

- Ok Sam. - Disse Amanda.

Sam se levanta e sai da cozinha e segue Dean.

- O que você quer Dean ? Perguntou Sam

- Aquela garota, você não acha ela um pouco estranha não ? - Pergunta Dean.

- A Natália não, ela é normal. - Diz Sam.

- Não seu mané, a irmã mas nova dela a Vitória. - Disse Dean.

- Há sei qual é, nada de mas Dean, ela é só uma garotinha. - Murmurou Sam.

Enquanto isso...

Na Cozinha...

- Mãe a senhora achou os dois irmãos legal ? - Pergunta Natália.

- Achei, eles parecem ser do bem. - Disse Amanda.

- Hum, bom então eu vou me levantar vou para o meu quarto ok mãe ?

- Tá certo, filha. - Disse Amanda.

Natália se levanta da cadeira e vai pro quarto, mais sem querer acaba escutando a conversar de Sam e Dean, e resolver ir falar com eles.

- Por acaso vocês dois estão falando da minha irmã ? - Natália pergunta a Sam e a Dean.

Dean e Sam olham pra Natália.

- Vão ficar parados ai ? - Pergunta Natália.

- Está bem, estamos sim falando da sua irmã. - Disse Dean.

- E posso saber porque ?

- Bom você não notou algo estranho nela ou nessa casa ? - Perguntou Dean.

- Na casa não, mas a minha irmã anda meio estranha esses dias. - Explica Natália.

- Estranha como ? - Pergunta Sam.

- Tem pesadelos durante a madrugada, é só isso que eu sei . - Disse Natália.

- Olha temos que ficar aqui por uns dias. - Diz Sam.

- Quem são vocês ? - Natália pergunta assustada.

- Não tenha medo, estamos aqui para ajudar viu. - Diz Dean.

- E como posso ter certeza que você estão aqui pra ajudar ? - Pergunta Natália.

- Vamos provar. - Disse Sam.

- Está bem. - Natália diz e sai em direção a escada.

- Dean, como vamos ficar de olho na irmã dela, sem ela saber que estamos a espionado ? - Pergunta Sam.

- Fácil, faça como eu se aproxime dela. - Explicou Dean.

- Ainda acho que você está doido. - Disse Sam para Dean.

- Aproveita e vai buscar ela na escola. - Disse Dean.

- Porque eu e não você ? - Perguntou Sam irritado.

- Porque eu já fiz isso antes, agora é sua vez. - Diz Dean dando um tapa no ombro de Sam.


Notas Finais


Continua na Parte 02 :)

Abraços e boa leitura :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...