História Sobrenatural Primeira Temporada - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2012, Supernatural, The Vampire Diaries
Personagens Castiel, Crowley, Dean Winchester, Katherine Pierce, Lúcifer, Personagens Originais, Rowena MacLeod, Sam Winchester
Tags Drama, Romance, Supernatural
Exibições 9
Palavras 1.951
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ola pessoal aqui vai mais um capitulo novo pra voces, espero que gostem *--*

Capítulo 10 - A Prisioneira De Azazel


Fanfic / Fanfiction Sobrenatural Primeira Temporada - Capítulo 10 - A Prisioneira De Azazel

 

Dias Depois...

Toledo - Ohio

Já se passaram vários dias depois que eu ressussitei, Crowley me disse toda a verdade e disse quem eu realmente sou, não sou a Vitória Curtis e sim uma cópia dela feita por Azazel uns dos demônios do Inferno, ele disse que eu sou a terceira irmã dela e que ela pode voltar a qualquer momento e vamos acabar com Lúcifer e abri o portal do inferno e assim acabar com o mundo, esse é o meu plano e também o de Crowley, mas antes ele quer que eu acabe com os irmãos Winchester isso mesmo os caçadores e os queridinhos da minha irmã mas nova.

Eu e Crowley estávamos em um bar da cidade de Toledo, a partir do dia em aquele bruxos me trouxeram de volta, tinha que fingi muito bem ser a minha irmã Vitória só assim iria ganhar a confiança de Sam e de Dean no momento em que eles me encontrasse,mais até quando vou aguentar isso ?

- Será que posso usar o palco ? - Perguntei ao dono do bar que estava atendendo algumas pessoas.

- Pode sim boneca. - Disse o homem.

- Aff, ele me chamou de boneca vei pela trevas né. - Disse pensativa e saiu de perto do cara

As pessoas me viram subir no palco e começaram a se perguntar quem ela, eu olhei para todas aquelas pessoas com um olhar maldoso e nem me importei para o que estavam pensando de mim, afinal é eu e não elas então What The Hell, logo o dono pediu para tocar a música, o DJ do bar começou a tocar Secret ( Shh ), começei a cantar e dançar no ritmo da música.

Garotas boas não deveriam festejar Fazemos o que supostamente fazemos Falamos, mas nunca gritamos Chegar em casa, estar na cama por dois

Crowley olhava pra mim.

Mas eu não vou seguir isso, não mais Eu me vejo a cima de você, com certeza Você me faz quebrar todas as regras Deixar ir, deixar ir

Enquanto isso...

Dean para o impala na frente do bar, e olha para Sam e Castiel.

- Sam você está péssimo meu irmão. - Disse Dean.

- E o que quer que eu faça Dean ? - Perguntou Sam.

- Vai se divertir um pouco Sam, vai pegar algumas mulheres cara. - Diz Dean.

- Não Dean eu não vou fazer isso, não quero mais nenhuma outra mulher. - Disse Sam.

- Cara se conforma a Vitória esta morta e não vai mais voltar, entendi isso cara. - Resmungou Dean.

- Não fala isso Dean, ela vai voltar e ver se respeita ela viu. - Gritou Sam.

- Sam você não está bem, vem tendo pesadelos com a Vitória todas as noites e quase toda semana voltamos pro Kansas para você visitar a defunta, eu já tô cansado disso Sam ela morreu cara deixa ela descansar em paz, se continuar assim você acabar muito mau Sam. - Diz Dean irritado.

- Ei vocês dois parem já com essa briga e vamos comer alguma coisa. - Resmungou Castiel.

- Estáabem Castiel, vamos. - Disse Sam abrindo a porta do impala.

Dean abri a porta do impala e fechar com força.

Sam, Dean e Castiel entram no bar e logo ficam impressionado ao ver Vitória, ela tava cantando e dançando sensualmente.

Se eu compartilhar o meu segredo, segredo, ah ah Promete que vai mantê-lo, mantê-lo um segredo Se eu compartilhar o meu segredo, ah ah Ninguém saberá além de você Ninguém saberá além de, shh Shh Shh Shh Shh

 

Crowley se vira e ver Castiel e os irmãos Winchester.

 

- Chegou a hora. - Disse Crowley em voz baixa.

 

Se eu compartilhar o meu segredo, segredo, ah ah Promete que vai mantê-lo, mantê-lo um segredo Se eu compartilhar o meu segredo, ah ah Ninguém saberá além de você Ninguém saberá além de, shh

 

Sam e Dean ficam de boquiabertos ao verem Vitória cantando e dançando sensualmente.

 

- Retire o que o disse sobre a Vitória está morta Sam. - Disse Dean.

 

Vitória terminar de cantar e de dançar e todos aplaudam, Crowley se levanta da cadeira também aplaudindo e sai do bar.

 

As pessoas logo saem.

- Moça já vamos fechar o bar. - Disse o homem.

- Não vai não Moço, você vai me obedecer e vai deixar esse bar aberto ok. - Disse e logo os meus olhos ficam vermelhos.

O homem acena que sim com a cabeça e sai de perto de Vitória.

Vitória rir e ao se virar ela dar de cara com Sam e Dean e um cara de sobretudo que está com eles.

- Vitória. - Diz Sam.

Olhei pra Sam cruzei os braços e dei um sorriso cínico.

- É sou eu, qual é hein porque estão com essas caras que quem perdeu a mãe. - Disse.

- Mais como, não pode ser. - Disse Dean.

- Pois é lindo sou eu mesma, estou viva, voltei. - Disse abrindo os braços.

- E quem é você ? - Perguntei para o homem de sobretudo.

- Eu sou Castiel, o anjo do senhor, seu anjo da guardar Vitória. - Explicou Castiel.

Vitória dar uma risada.

- Meu anjo da guarda, anjo do senhor cara você está maluco ? - Perguntei rindo.

- Não estou não. - Disse Castiel com uma expressão séria.

- Ah vá ! eu não tenho anjo da guarda não maluco, nem acredito nessas coisas ouviu. - Disse.

Castiel ficou decepcionado, quando ouvi aquelas palavras sai da boca de Vitória.

- O que aconteceu com você Vitória ? - Perguntou Sam.

- Eu estou bem, estou ótima Sam nunca me senti assim na vida, e agora eu sinto tudo isso. - Disse.

-  isso Tudo  o quer ? - Pergunta Dean.

- Não vou te dizer Dean, há querido Sam sabia que menti é feio e fazer uma promessa e não cumpri também. - Disse me sentando e abrindo uma garrafa de cerveja.

- Me desculpa, eu ia fazer de tudo para te trazer de volta, mais eu não consegui. - Explicou Sam.

- E você anjinho do senhor, porque me disse que ia me tirar do inferno, porque mentiu ? - Perguntei indo até ele.

- Eu não posso entrar no Inferno Vitória, porque se eu fosse te tirar de lá eu ia ficar -lá para sempre. - Disse Castiel.

Os olhos de Vitória logo ficam pretos, ela avança em cima de Castiel e colocar a mão no peito de Castiel o fazendo gritar de dor.

- Eu odeio vocês, mentiram pra mim, eu quero ver vocês mortos. - Gritei com muito raiva.

- Para Vitória vai matar Castiel. - Grita Sam.

- Tá na hora de dormir Vitória. - Diz Dean enfiando a injeção no pescoço de Vitória.

Vitória cai e Sam a segura em seus braços, Castiel se levanta com a ajuda de Dean.

- Você está bem Castiel ? - Pergunta Dean.

- Um pouco, não acredito que ela tentou me matar. - Disse Castiel.

- Pois é nem eu. - Disse Dean.

Dean, Sam e Castiel caminham até o impala, eles entram dentro do impala e seguem o caminho.

Dean para o impala, Sam e Castiel faz o mesmo, ao descer do impala Sam pega Vitória em seus braços.

Dean toca a companhia de uma casa.

- Já vou. - Gritou Sabryna descendo as escadas.

Sabryna abre a porta, e ao abri a porta, ela dar de cara com, Dean, Sam e Castiel.

- Quem é Sabryna ? - Pergunta Juliana.

- Com licença moça, a sua prima está ? - Dean pergunta para Sabryna.

- Está sim. - Respondeu Sabryna.

Assim que Sabryna termina de falar, Juliana aparece na porta, e ver Dean, Sam e Castiel.

- DEANNN. - Gritou Juliana indo abraça-ló.

- Oi Juh. - Disse Dean.

- E eu Juliana não ganho um abraço não. - Disse Castiel.

- Claro Cass. - Diz Juliana indo abraçar Castiel.

- Podem entrar, entrem. - Disse Sabryna.

Sam, Dean e Castiel entram dentro da casa de Sabryna.

- E ai o que trazem vocês aqui ? - Perguntar Juliana.

- É que temos um grande problema Juliana. - Explicou Dean.

- Quem ela ? - Pergunta Sabryna.

- Deixa que eu explico Dean. - Diz Castiel.

- Está bem. - Disse Dean.

- O nome dela é Vitória Curtis, filha de Amanda Curtis e Jackson Curtis, ela tem 20 anos e faleceu devido ao ataque de Azazel que matou seus pais e sua irmã, bom já se passou um ano e trouxerem ela de volta a vida, mais não sabemos que foi que fez este ritual. - Disse Castiel.

- Nossa, por acaso ela é uma Wicca ? - Perguntou Sabryna.

- Como você sabe que ela é uma Wicca ? - Pergunta Dean surpreso.

- Eu conheço muito bem quando uma pessoa é Wicca. - Disse Sabryna.

- A Vitória não é mais a mesma, depois que voltou a vida ela está muito diferente. - Diz Sam.

Juliana passa a mão em cima do corpo de Vitória.

- Não é a Vitória Sam, essa ai é a cópia dela. - Explicou Juliana.

- O quer mais como ? - Perguntar Sam.

- Tem algum jeito de trazer a verdadeira Vitória de volta ? - Perguntou Sabryna.

- Tem sim, vamos ter que voltar pro Kansas pro cemitério Stull, onde foi feito o ritual, porque lá é o portal do inferno. - Explicou Juliana.

- E quando partiremos ? - Pergunta Castiel.

- Amanha de manha. - Disse Juliana.

- Ótimo então vamos dormir cedo. - Diz Dean.

- E o que vão fazer o corpo da garota ? - Pergunta Sabryna.

- Eu vou ficar aqui caso ela volte a si. - Disse Castiel.

- Vocês não querem jantar não ? - Pergunta Juliana para Sam e Dean.

- Sim. - Disse Sam e Dean.

Juliana dar um sorriso e vai para cozinha, Sam e Dean acompanha Juliana até a cozinha.

Enquanto isso...

No inferno...

- Eu preciso sair daqui. - Disse tentando me solta das correntes.

- Olá querida. - Disse uma senhora de cabelos ruivos.

- Quem é você é ? - Perguntei.

- Prazer me chamo Rowena MacLeod. - Diz Rowena estendendo a mão.

- Prazer Vitória Curtis. - Disse estendendo a mão para Rowena.

- Então você é a famosa Vitória Curtis, a donzela do Sam Winchester. - Disse Rowena.

- Sim eu mesma. - Disse.

- Sinto que você está com muita raiva de um demônio chamado Azazel e sabe se nós duas nos juntarmos podemos acabar com ele e sair daqui, mais você infelizmente será controlada por um demônio dos olhos amarelo. - Diz Rowena.

- Como é que é ? - Perguntei indignada.

- Sinto muito, e ai aceita a minha proposta ? - Pergunta Rowena.

- Aceito. - Disse.

- É por isso qe você é tão perseguida pelos o demônios e por Lúcifer, sabe porque, porque você Vitória é uma bruxa boa, você é que nem eu, nós duas somos muito poderosas e você pode matar demônios. - Disse Rowena quebrando as correntes.

- Como você sabe disso ? - Perguntei.

- Porque eu sou a sua vó, mãe da sua querida mamãe. - Explicou Rowena.

Vitória usar seus poderes e se solta de uma vez das correntes e abraça a sua vó.

- Me desculpa Vó eu tentei lutar com Azazel mais ele foi mais rápido e matou a minha mãe e a minha irmã, me desculpa por favor. - Disse chorando.

- Está tudo bem, agora vamos acabar com esse desgraçado ok. - Diz Rowena.


Notas Finais


Bom espero que gostem, em breve capitulo novo, aguardem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...