História Sobrevivendo à Uzumaki Naruto - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Karin, Naruto Uzumaki, Sasuke Uchiha, Suigetsu Hozuki
Tags Ino, Inoita, Itachi, Itaino, Karinsui, Menma, Narusasu, Naruto, Sasuke, Sasunaru, Suika, Suikarin
Exibições 796
Palavras 2.572
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoas *-*
Hoje tia Nana nem vai enrolar vcs kkk
Só deixar um pequeno aviso nas notas finais

Capítulo 15 - Sobrevivendo à impulsividade


Fanfic / Fanfiction Sobrevivendo à Uzumaki Naruto - Capítulo 15 - Sobrevivendo à impulsividade

-Eu te odeio, usuratonkachi. -Sasuke dizia pela terceira vez no mesmo dia.
-Tá... tá... que seja. -Naruto revirou o olhar. -Apenas coma logo isso.
Sasuke desviou o olhar para a comida que lhe fora servida. Havia um motivo para tantas pessoas criticarem comida de hospital. O Uchiha não sabia se estava disposto a descobrir o porquê daquilo.
-Deixa de ser enjoado. -Ino pediu. -Vai acabar ficando frio.
A contra gosto, levou uma garfada da comida a boca, estranhando o gosto agradável. Não era ruim como pensara.
-E então? -Itachi perguntou curioso.
-Falta tomate. -Sasuke respondeu, enquanto comia, fazendo os três segurarem o riso. -Quando poderei ir para casa?
-Só Tsunade pode dizer. -Naruto respondeu pensativo.
Tsunade havia dito que o moreno ficaria internado por cerca de dois dias e bem, aquele já era o segundo dia.
-Com licença. -Ouviram uma voz, reparando na loira que entrava.
Tsunade não morreria tão cedo.
-Como está se sentindo Sasuke? -Perguntou de maneira gentil, cumprimentando a todos com um aceno.
-Entediado. -Sasuke respondeu bufando alto.
-Admito, não há muito o que fazer por aqui. -Tsunade comentou. -Acho que o melhor jeito de resolver isso é mandando-o para casa, certo?
O Uchiha abriu um pequeno sorriso. Finalmente sairia daquele lugar.
-Vai dar alta para ele Baa-chan? -Naruto respondeu feliz, antes de levar um cascudo da loira.
-Já disse que não sou sua avó moleque. -Tsunade o lembrou furiosa. -Sim, vou lhe dar alta. -Informou para Sasuke. -Não há mais motivos para mante-lo trancado aqui. Embora ache que os funcionários vão sentir falta de seu... carisma. -Disse irônica, fazendo Ino e Naruto se acabarem de rir. -É sério, não aguento mais ver a briga que está ocorrendo entre as enfermeiras, disputando sobre quem irá lhe atender. -Suspirou cansada, fazendo o sorriso de Naruto morrer.
"Tinha que levar Sasuke o quanto antes para casa"
-Quanto a sua faculdade, pode ficar tranquilo, lhe darei um atestado abonando a semana inteira. -Avisou com um sorriso. 
A maioria dos universitários davam pulos de alegria quando recebiam um atestado assim.
-A semana inteira? -Perguntou confuso. -Eu só fiquei internado por dois dias e um desses foi domingo.
-O atestado de uma semana não é por sua internação, é para os dias que ficará em casa. -Tsunade informou, fazendo-o abrir a boca surpreso. -Vai ficar uma semana de repouso senhor Uchiha. -Mandou autoritária.
-Nem pensar. -Sasuke discordou. -Eu tenho minha faculdade, tenho compromissos, não posso ficar parado.
-Não só pode como vai. -Itachi lhe cortou. -Obrigada por tudo Tsunade-sama.
-Vou porra nenhuma. -Sasuke falou estressado. -Diminua isso. Não vou ficar tanto tempo. Diminua. -Exigiu.
-Escuta aqui garoto. -Tsunade o puxou pelo roupão do hospital. -Você VAI ficar de repouso. Seu pulmão foi muito afetado, precisa de descanso, entendeu? -Perguntou furiosa. -E vocês...  -Apontou para Ino, Naruto e Itachi fazendo o trio se encolher. -Vão garantir que ele irá descansar e não fazer nenhum esforço físico, fui clara? -Perguntou, fazendo-os acenar assustados. -Foi um prazer conhece-los. -Informou com um sorriso gentil, enquanto deixava a sala. -E Sasuke, se voltar à esse hospital por falta de repouso eu irei saber. Lhe mandarei aplicar vacinas em lugares que até mesmo estudantes de medicina desconhecem, estamos entendidos?
Sasuke apenas acenou assustado ao ouvir aquilo.
Se voltasse a passar mal obrigaria Itachi a dirigir à outra metade da cidade só para não passar por ali.
-Ela é... -Ino tentava dizer.
-... assustadora. -Naruto completou. -Você ouviu Sasuke, repouso.
-Acham mesmo que vou fazer isso? -Sasuke perguntou surpreso com a ingenuidade dos mesmos.
-Você vai. -Itachi repetiu sério. Embora não o ameaçasse com Tsunade, seu tom era igualmente assustador. -Deixarei alguém com você para garantir isso.
-Quem você deixará? -Sasuke perguntou com uma sobrancelha arqueada. -Vocês três fazem faculdade, não podem faltar uma semana inteira.
-Pior que ele está certo. -Ino suspirou derrotada. -Tenho três provas essa semana, não vou poder ajudar. Você também tem duas, não minta Itachi.
-Tenho uma prova e seminário para apresentar. -Naruto informou desanimado.
Adoraria faltar para fazer companhia a Sasuke.
-Eu pagarei alguém. -Itachi informou, achando que acabaria com o sorriso vencedor de Sasuke.
-Vai mesmo colocar um estranho dentro da minha casa, enquanto não posso fazer esforço? -Sasuke ampliou o sorriso. -Se a pessoa roubar algo terei que me limitar a assistir a cena, é o que quer?
Se o problema de Sasuke fosse qualquer outro e não faltar de ar, Itachi teria pulado em seu pescoço.
-Fala sério. -Ino falou chateada. -Não conhecemos nenhum desocupado, sem emprego ou estudo para nos ajudar? -Perguntou pensativa, até dar um sorriso com aquilo.
-Ah não... não. -Sasuke negou. -Eu prometo fazer repouso. Qualquer um menos ele.  

 

-Não, não, não. -Menma falava estressado. Não acreditava que o irmão tinha ido até sua casa para fazer uma proposta como aquela. -Não vou ser babá do Uchiha.
-Por favor. -Naruto implorou. -Não se sente culpado pela história do milk shake? -Tentou apelar para o lado emotivo do irmão.
-Não, não sinto. -Menma informou. -Eu nem sabia que Sasuke não comia canela. Isso é assunto entre vocês dois, não vou me envolver nisso.
-Qual é? -Naruto perguntou com cara de gatinho pidão. -Vai negar isso pro seu irmão?
-Vou. -Menma respondeu ríspido. -Pode fazer essa cara o quanto quiser, nada do que você fizer ou disser vai me fazer mudar de ideia.
-Tá, entendi. -Naruto deu de ombros. -Vou falar pro Itachi contratar alguém.
-Espera. -Menma pediu não acreditando no que ouvia. -Vão pagar para cuidar do Sasuke? -Perguntou incrédulo, vendo Naruto acenar. -De quanto estamos falando? -Perguntou interessado, fazendo Naruto o repreender com o olhar enquanto falava. 


**************

-É sério Naruto, eu estou bem. -Sasuke explicava pela milésima vez seguida, enquanto via o loiro tentando fazer tudo para si. -Tive um ataque alérgico, não fiquei paraplégico. -Informou quando Naruto tirou o prato de jantar de suas mãos, antes que o Uchiha o lavasse.
-Repouso Sasuke. -Naruto o lembrou de forma firme, imitando Tsunade.
Sasuke apenas levantou uma sobrancelha. 
Será que o Uzumaki sabia que a médica se referia a esforços físicos como subir escadas ou caminhadas?
-Tsc. -Rosnou indo em direção a sala. -Pode ficar tranquilo, o peso do controle remoto não irá me matar. -Informou sentando-se no sofá enquanto via televisão.
-Uh. -Naruto resmungou, terminando da lavar os pratos da janta e indo para a sala.
Sentou-se ao lado de Sasuke sem dizer uma palavra.
Fingiu por alguns segundos prestar atenção no noticiário, embora vez ou outra desviasse seus olhos para o Uchiha.
Não haviam trocado uma palavra sobre o beijo que tiveram desde o primeiro dia de internação de Sasuke.
Aquilo fazia se sentir estranho. 
Já havia formulado diversas teorias para aquilo. Desde a timidez que Sasuke poderia ter, embora fosse a hipótese mais improvável, até um possível arrependimento pelo ato.
A pior das hipóteses era a que mais o preocupava. O esquecimento.
Já havia sentido na pele aquilo uma vez, ser tocado e logo após esquecido pelo Uchiha. No dia em que se beijaram Sasuke estava levemente dopado com a quantidade de medicamentos que tomara. Não podia sequer pensar na hipótese daquele momento ser apagado. Não, não aguentaria passar por aquilo de novo.
-Ah... Sasuke. -Chamou o Uchiha de maneira hesitante, vendo o mesmo esfregar os olhos cansados.
-Fala. -Sasuke o incentivou a continuar.
-Ah... Uh... -Naruto tentava achar um jeito de começar aquilo. -Sobre o hospital... -Fez rodeio, tentando adiar a pergunta. -... do que você se lembra?
-Além daquela médica louca e das enfermeiras oferecidas? -Sasuke perguntou em um bocejo. -Não muito, passei a maior parte do tempo dormindo. Aqueles medicamentos me deixaram tão tonto que não duvidaria se tivesse sido molestado por uma daquelas malucas. 
Naruto apenas entreabriu os lábios com o peito apertado. 
"Não, de novo não."
-Não sobre isso. -Naruto respirou fundo criando coragem. Não perderia a chance de confrontar o Uchiha outra vez. -Sobre minha visita, uma em especial, do que se lembra? -Perguntou esperançoso, vendo o moreno entregue ao sono.
-Tá de sacanagem? -Naruto perguntou com um sorriso trêmulo, descrente com sua falta de sorte.  -Ei Sasuke. -O segurou pelos ombros enquanto o sacudia. -Vá dormir na cama. Não vou te carregar. -Deixou bem claro.
Sasuke apenas piscou os olhos negros, encontrando a figura difusa do Uzumaki.
-Não me deixa lavar meu prato, mas não tem pena de me balançar. Você é o pior, usuraton-ka-chi. -Bocejou a última parte, se levantando e indo em direção ao quarto.
-Não. Você é o pior, Sasuke. -Naruto sussurrou para si mesmo.


************


-Ainda dá tempo de voltar atrás? -Menma perguntou confuso, encarando o rosto entediado de Sasuke.
-Não, não dá. -Naruto respondeu. -Já estou atrasado pra faculdade e você já pegou seu pagamento.
-Extorquindo meu irmão. -Sasuke balançou a cabeça em reprovação. -Devia se envergonhar Uzumaki.
-Acha que eu aguentaria olhar para essa sua cara feia de graça? -Menma revidou.
Naruto apenas olhou de um para o outro, quase podia sentir as faíscas que soltavam entre eles.
-Ah... eu vou indo. Tentem não se matar. -Pediu ao sair, deixando Menma e Sasuke para trás.
-Fala sério. O que vamos fazer o dia inteiro juntos? -Menma perguntou entediado.
-Você é o enfermeiro. -Sasuke disse sarcástico. -Não deveria pensar em algo?
-Tsc. -Menma resmungou, mudando os canais da TV. -Devia assinar alguns canais de filmes. -Reclamou sobre a programação, até que seus olhos se encheram com o aparelho próximo ao televisor. -Você tem um PS4? -Menma perguntou boquiaberto.
Sasuke apenas revirou o olhar. Devia ser coisa de Uzumaki ser viciado naquilo.
-Não é meu. É do Naruto. -Informou, vendo Menma o olhar incrédulo.
-E aquele desgraçado nunca levou na minha casa. -Informou inconformado. -Vamos jogar Uchiha? -Perguntou animado, fazendo Sasuke dar um sorriso de lado.
Vinha treinando sozinho a quase um mês para pedir revanche contra a derrota humilhante que teve de Naruto. Estava na hora de testar seu avanço e nada melhor que o gêmeo de seu adversário para isso.

 

-Cara, você é muito ruim. -Menma ria de se acabar, enquanto Sasuke bufava revoltado. 
Sasuke 02 x Menma 18
Realmente devia desistir daquele jogo.
-Então, é isso que você e meu irmão ficam fazendo? Jogando vídeo game? -Menma perguntou, antes de derrotar Sasuke pela 19° vez. -Que sexy. -Ironizou revirando o olhar, fazendo Sasuke dar pause no jogo.
-O que quer dizer com isso? -Sasuke perguntou confuso.
-Ora Sasuke, não somos mais crianças. -Menma se espreguiçou. -Não vai me ver admitindo isso de novo, mas você é bonito. 
-Kami-sama, por favor, não diga que isso foi uma cantada. -Sasuke pediu retorcendo o rosto em uma careta.
-Claro que não seu babaca. -O Uzumaki respondeu sério. -Só estou dizendo que você é bonito e convenhamos, meu irmão também é. Sei disso, ele se parece comigo. -Menma informou se exibindo. -Só estou dizendo que dois caras iguais a vocês morando juntos, deveriam estar fazendo algo mais produtivo do que jogar, videogame pelo menos.
Sasuke desviou o olhar, desconfortável com o comentário.
-Tsc. -Menma resmungou. -Vai dizer que nunca rolou nada, nem um clima entre vocês? -O Uzumaki o desafiou a negar. -Eu vi o jeito que me olhou quando me conheceu, como se quisesse me comer com os olhos.
-Fala sério. -Agora Sasuke riu. -Acha que quero algo com você?
-Você queria até a hora que descobriu que eu não era o meu irmão. Isso só prova que está afim dele. -Menma informou. -Pelo ataque de ciúmes que Naruto deu no cinema podemos concluir que ele também está afim de você. 
Sasuke apenas ouvia a tudo calado.
-Odeio pessoas que complicam as coisas. -Menma informou cansado de jogar.
-Nós beijamos. -Sasuke assumiu, deixando a frase simplesmente fugir de seus lábios.
-O que? -Menma perguntou boquiaberto. Naruto nunca lhe contava às fofocas.
-No hospital. Durante uma visita. -Sasuke explicou, já haviam entrado no assunto mesmo.
-No hospital? -Menma perguntou com um meio sorriso. -E eu achando que a vida de vocês era um tédio. -Disse com tom malicioso, fazendo Sasuke revirar o olhar. -Então por que estão com essa cara de cachorro que caiu do caminhão de mudança?
-Porque a história terminou aí. -Sasuke respondeu suspirando alto.
-Tá de sacanagem? É sério, vou surrar vocês dois juntos. -Menma o ameaçou. -Está óbvio que estão afim um do outro, por que não pararam de drama e resolvem logo isso? 
-Não sei como agir. -Sasuke admitiu. -Naruto também não se manifestou sobre o assunto.
-Não sabe como agir após ficar com um homem? -Menma perguntou sério.
-Não sei como agir após ficar com alguém. -Sasuke corrigiu. -Nunca precisei procurar alguém após ficar com ela. Sempre foram as meninas que me procuraram. -Explicou. -Não tenho experiência nessa coisa, de conversar com alguém.
Menma deu um meio sorriso, tampando os lábios que a mão.
-Valeu por rir da minha cara. -Sasuke agradeceu irônico, se amaldiçoando por ter se deixado levar e falado sobre aquilo.
-Só acho engraçado. -Menma admitiu. -Somos parecidos, Uchiha.
-E isso é algo bom? -Sasuke perguntou confuso, tentando encontrar alguma vantagem.
-É péssimo. -Menma riu da própria desgraça. -Porque Naruto é o oposto perfeito de pessoas como nós. -Explicou. -Naruto e a pessoa mais impulsiva e ao mesmo tempo a mais hesitante que conheço. É impulsivo em ações idiotas, como pedir canela extra no seu milk shake.
-Ele pediu canela extra? -Sasuke perguntou inconformado. Por Kami. Poderia mesmo ter morrido.
-Mas é hesitante em relação à sentimentos. -Menma ignorou sua pergunta. -Ele deve ter pensado muito e analisado todas as variantes antes de ter te beijado, porque eu aposto qualquer coisa que foi ele quem iniciou o beijo. -Revirou o olhar com aquilo. -Se está esperando que ele tome o próximo passo, desista. -Disse sério. -Se você não se manifestar o mais provável é que Naruto finja que nada aconteceu e acabe colocando uma pedra sobre o assunto. 
-O que exatamente acha que eu deveria fazer? -Sasuke perguntou sarcástico. -Chama-lo para conversar e debater se há ou não chance de uma segunda rodada?
-Novamente complicando. -Menma revidou o olhar. -Não pense, não planeje, porque nada desse tipo vai funcionar em Naruto. Tem que ser rápido, sem deixar tempo para que ele pense. Tem que ser impulsivo. -Completou com um sorriso pervertido.


************


"Ser impulsivo"
A frase soava alto nos ouvidos do Uchiha, enquanto via Naruto entediado sobre o sofá.
Novamente, nenhuma palavra foi dita de ambos os lados.
-Ah. -Naruto bocejou alto, enquanto coçava os olhos -Vou indo dormir. Boa noite Teme. -Avisou, se levantado, deixando Sasuke pensativo para trás.
Tinha que fazer algo. Tinha que agir. 
Não podia deixar o cena do hospital ser simplesmente esquecida.
"Seja impulsivo"
Seguiu à passos largos atrás de Naruto, sem a mínima ideia do que faria.
Com a agilidade de um gato, entrou no quarto do loiro, reparando na silhueta coberta.
Antes que sua cabeça tivesse tempo para pensar sobre aquilo, levantou uma parte da coberta, deitando-se na cama e abraçando Naruto por trás.
-T-Teme. -Naruto disse confuso e constrangido quando sentiu os braços o envolverem.
-Shii. -Sasuke emitiu o som o calando. -Não diga nada, está bem? -Perguntou vendo Naruto concordar com um aceno.
Vendo o corpo entregue do loiro, Sasuke se limitou a segurar seu queixo, forçando sua cabeça um pouco para trás, roubando-o um selinho rápido.
-Sua cama é desconfortável. -Sasuke criticou, fazendo Naruto soltar uma pequena risada. -Amanhã voltamos para a minha. -Avisou sério, fazendo Naruto concordar. -Boa noite, usuratonkachi. -Terminou sonolento, descansando sua cabeça na curva do pescoço do loiro, enquanto ainda o abraçava.
 


Notas Finais


Bom pessoas, é isso :)

Tia Nana, cadê o aviso?
Bem, como podem perceber, nosso casal favorito está começando a se acertar, com isso algumas pessoas me perguntaram preocupadas se a fic está acabando... de verdade, não sei responder à isso.
Tenho pelo menos mais cinco capítulo em mente, até pensei em um sexto hoje, mas tenho que ver se vai casar bem com a história. Então, considerando que posto em média um capítulo por dia, a fic terminaria semana que vem (fim de semana não vai ter capítulo, vou viajar)
Mas é só uma média, como eu disse, pode acontecer da imaginação ajudar a pensar em algo a mais.
Se a fic realmente terminar semana que vem não fiquem tristes, isso é bom e ruim. Ruim porq já me acostumei com a história é com vcs diariamente aqui, bom porq já estou escrevendo minha 3° fanfic (SasuNaru, é claro), e terei tempo para me dedicar a esse novo projeto
De qualquer forma, vou me dedicar ao máximo para fazer o possível para a fic ter o final digno que vcs merecem.. sério, me apaixonei por vcs
Obrigada, por tudo :D
Até amanhã...
Spoiler do título de amanhã: Sobrevivendo ao pedido ;D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...