História Sobrevivendo como zumbis - Capítulo 14


Escrita por: ~ e ~Ka_Winch

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Carl Grimes, Michonne, Negan, Paul "Jesus" Monroe
Tags Carl, Romance, Twd, Zumbi
Exibições 18
Palavras 591
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 14 - Maggie


Fanfic / Fanfiction Sobrevivendo como zumbis - Capítulo 14 - Maggie

Acordei com o sol batendo no meu rosto meus olhos ardiam e minha cabeça doia, levantei de cima do Carl e vi que ele ja estava acordado.

-Você acabou dormindo no meu peito-falou e soltou um sorriso timido

-Ah desculpa-falei olhando para o chao- sempre quando eu estava triste dormia com meus pais

-Não disse que foi um problema..-ele foi cortado por Carol

-Karien esta acordando ela precisa de agua, alguem pode buscar?-falou alto

-Eu vou ela é minha amiga-me levantei mas Carl me puxou pelo braço

-Não!-Carl falou

- Você deve estar abalada pelo incidente ontem, melhor ficar aqui e cuidar dela-Rick completou e ele sorriu vitorioso

Fiquei de joelhos enquanto ela estava deitada no banco com a cabeça apoiada na perna de Daryl, eu olhava para ele que a fitava com um rosto aparentamente triste. Passei a mao em sua testa que estava quente e me assustei arregalando os olhos.

-Ela ta com febre-falei e ele me olhou serio- ela precisa de remedio vocês tem?

-N-nao mas eu acho que por aqui deve ter uma farmacia

Corri ate fora da igreja procurando por alguem que me levasse ate lá mas so achei Maggie sentada no chao passando a mao pela sua barriga balbuciando algumas frases.

-Ma-maggie?-chamei e ela me olhou tampando o rosto contra o sol- preciso que vá comigo a farmacia, se nao for encomodo claro

-Farmacia?-perguntou e voltou a olhar reto com os olhos vazios, depois de alguns segundos pensando ela respondeu- tudo bem eu vou.

O caminho era longo e eu levava uma enorme mochila, estava um silencio constrangedor eu me sentia insegura de perguntar algo , sabe, ela estava fragil e a gravidez era de risco nessa situaçao nao quero abalar mentalmente.

    Apos uma enorme caminhada achamos uma farmacia destruida com remedios quebrados no chao, prateleiras derrubadas, peguei de todos os tipos colocando na mochila. Ouvimos barulhos de motos e carros nos escondemos atras de uma porta que dava pra uma sala cheia de andantes, Maggie soltou um grito abafado atraindo eles em nossa direçao, atirei fechando a porta o mais rapido, engatinhamos de baixo do balcao. Ela respirava fundo e fazia algumas caretas.

-Você ta bem?-perguntei mexendo a boca e ela assentiu com a cabeça

[...]

-Ora ora ora, oque temos aqui- uma voz conhecida falou quando saimos da farmacia, ja era noite, meu corpo tremeu e por impulso se virou para tras

-Negan-Maggie falou com lagrimas nos olhos

-Seu desgraçado filho da puta-falei e ele riu pegando seu taco

-De joelho as duas. AGORA- gritou e obedecemos- merda vamos galera

Eles sairam montando em suas motos nos deixando sozinhas sem explicaçoes sem pensar corremos também para longe o mais rapido, ficamos muito tempo lá escondidas eu ja estava com meus joelhos doendo e cada passo era um estralar.
   Paramos um pouco e nos sentamos no chao, Maggie do nada começou a chorar.

-Negan matou a pessoa que eu mais amava o pai do meu filho-passou a mao na barriga e eu tampei a boca com a mao- "Eu vou te encontrar Maggie" foi a sua ultima frase.

-Essa criança vai vir com saude e muito amor de todos nós pode ter certeza-a abracei, ela deitou sua cabeça em meu ombro soluçando e eu passei a mao em seu cabelo

-Me desculpe por isso-falou limpando as lagrimas

-Todos nós temos que desabafar, um dia nosso corpo nao aguenta mais nossas magoas-dei uma piscadela levantando e sacudindo a poeira da minha roupa, estendi a mao e ela pegou fiz um esforço pra ela se levantar



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...