História Sobrevivendo como zumbis - Capítulo 15


Escrita por: ~ e ~Ka_Winch

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Carl Grimes, Michonne, Negan, Paul "Jesus" Monroe
Tags Carl, Romance, Twd, Zumbi
Exibições 16
Palavras 360
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 15 - Love is love


Fanfic / Fanfiction Sobrevivendo como zumbis - Capítulo 15 - Love is love

Voltamos ate a igreja e todos estavam reunidos junto com Karien que estava sentada, cheguei perto jogando a mochila do lado dela e me sentando no banco. Todos nos olhavam serios e aliviados.

-Conseguiram o remedio?-Daryl perguntou

-Ah sim os remedios, deixa eu pegar aqui-abaixei meu tronco pegando todos os remedios de dentro da mochila, entreguei a ela uma cartela- Vocês viram algo de diferente aqui?

-Nao que eu saiba, por que?-Rick pressionou com seus olhos querendo saber tudo

-Encontramos com Negan-sussurrei e Daryl se levantou quase empurrando o banco

-Eles fizeram algo com vocês? Aquele filho da puta!

-Nao, quero dizer ia...me desculpa Maggie a culpa foi minha eu coloquei a gente em risco-Olhei para ela que estava do outro lado da igreja e me olhava confusa, sai correndo com lagrimas nos olhos.

Todos gritavam pelo meu nome mas eu não queria saber entao corri para bem longe passando por arvores e todo tipo de mato com espinhos que cortavam meus joelhos me jogando no chao sentindo as malditas lagrimas rolarem e o peso da consciencia.

-Te achei!-Exclamou Carl se deitando do meu lado- tudo bem Magg nos contou e ela nem tinha pensado nisso

-Carl eu nao sirvo pra ficar em grupos por isso fugi do ultimo, eu sempre vou fazer uma besteira-me levantei com o cutuvelo no chao e a mao apoiando a cabeça.

Ele me puxou pela cintura me deixando em cima dele e num movimento rapido ele selou nossos labios, seu gosto era amargo do tipo de pessoa que guarda magoas, paramos por um breve tempo e nisso ficamos fitando nossos olhos.
   Tao castanho e cheio de historias, como um labirinto, eu me sentia perdida e mesmo que eu quisesse voltar nao conseguia. Ele rolou ficando por cima dando um sorriso malicioso voltando aos beijos.

[...]

-Eu sinto que fiz algo errado-falei abotoando minha camisa xadrez, ele levantou meu queixo dando um beijo na minha bochecha direita

-Shiih! Amar nao é errado- ele passou a mao por tras da minha nuca colando nossos corpos de lado, voltando para a realidade andamos juntos sem trocar palavras ainda estava um pouco envergonhada e com o coraçao acelerado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...