História Society Bitching (Sociedade da putaria) - Prólogo


Escrita por: ~


Sinopse:
Keizaru Azaru chamado de Kei é um garoto colegial com sua ideologias pervertidas de vida reprimidas durante anos, por causa da sua timidez, Kei era estreitamente apaixonado por Messy uma das garotas mais bonitas do colégio, com uma vida ante social, Kei se aprisiona nos grupos de internet até que em um certo dia... Kei e alguns usuários, tem a ideia brilhante de fundar uma sociedade aonde poderiam exercer sua libertinagem e mostrar os seus sonhos ocultos a todos, e assim conseguir superar sua timidez e se declarar para sua amada secreta.

A enfim " Sociedade Secreta Da Putaria" foi fundada, em um certo dia panfletos foram espalhados pela escola inteira convidando os alunos que tivessem o mesmo sonho e as mesma ideologias para participarem da sociedade que se reuniriam em um local marcado pelo fundadores, e para surpresa do grupo as duas primeiras pessoas interessados a participar da sociedade era ninguém menos que Rentaro Zuke um dos integrantes do conselho escolar que tentaria entrar na sociedade secretamente para investigar seus atos e ideologias e Messy Linger á garota por qual Kei era quimericamente apaixonado.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Tags Colegial, Comedia, Ecchi, Harem, Kuromada, Putaria, Romance, Shoujo, Yaoi
Exibições 118
Comentários 0
Palavras 1.487
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction Society Bitching (Sociedade da putaria) - Prólogo
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Ecchi, Escolar, Esporte, Harem, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
O Anti-Social Keizaru Azaru
0
93
943
 
2.
O caso Das Fotos!
0
25
544

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

O autor dessa História ainda não destacou nenhum comentário.