História Sofa (Taekook/Vkook) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Bromance
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jeon Jungkook, Jimin, Jin, Namjoon, Taehyung, Taekook, Vkook, Yoongi
Visualizações 87
Palavras 3.706
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie gente, voltei! Pfv, não me matem pela demora, é que comecei a trabalhar e estou muito sem tempo, mas como já disse antes e volto a dizer, eu nunca vou deixar vocês, posso demorar um pouco...Mas sempre volto.

Bom gente, queria pedir um favorzinho pra vocês...Se vocês gostam da historia, pfvzinho <3 divulguem a fic, pq eu queria muitoooooooo q essa fic crescesse, bom é isso.

Amo muito vcs nenês e obg por tudo <3

Capítulo 2 - Taehyung gosta de verão.


Fanfic / Fanfiction Sofa (Taekook/Vkook) - Capítulo 2 - Taehyung gosta de verão.

Jungkook se remexeu inúmeras vezes, de um lado para ao outro na cama, não estava com sono, mas sua vontade de levantar era quase inexistente. A manhã estava fria de uma forma gostosa e o menino se deixou aconchegar ainda mais em meio aquelas cobertas quentinhas. Abraçou um dos travesseiros que ali estavam e sorriu de forma confortável. Deus, como ele amava dormir.

E ele permaneceria ali por ainda muito tempo, se seu celular não começasse a tocar.

-Hummmmmmm- resmungou o menino, se espreguiçando e tateando o chão ao lado da cama, em busca do aparelho. Pegou e arrastou o dedo para o lado, aceitando a ligação.

-Alô- Sua voz saiu extremamente rouca por ter acabado de acordar.

Uma musiquinha chata pode ser ouvida do outro lado da linha e a voz computadorizada de uma mulher oferecendo um plano melhor de celular que o atual, fez Jeon bufar e sentir extrema vontade de jogar o aparelho contra a parede. Odiava do fundo de sua alma, as propagandas feitas por telefone, principalmente a àquela hora da manhã.

Encerrou a chamada e se levantou da cama. Pelo menos aquela merda de ligação, havia servido para algo, ele havia sentindo toda a paz e conforto ir embora, não havia mais o por que continuar deitado.

Suspirou e coçou os olhos, olhando ao redor. Estava sozinho! Aquilo o incomodou de certo modo. Onde estava Taehyung? Teria ele passado a noite fora?

Foi em direção as malas que se encontravam ao pé da cama, iria tocar de roupa e sair. Talvez tia Liza, já ouve-se voltado do trabalho, então os dois poderiam tomar café juntos e o menino perguntaria sobre Taehyung.

O menino optou por vestir algo mais confortável, uma blusa branca, simples e que ficava bem folgada sobre o corpo, uma calça jens escura sem nenhum rasgo, seu habitual coturno bege, que já estava quase caindo aos pedaços, mesmo assim o menino amava o usar. Fazer o que? Era confortável e apenas isso bastava para Jeon.

Ele fechou as malas, após pegar sua necessaire com a escova de dentes e tudo o mais que precisava para fazer sua higiene pessoal. Quando estava prestes a sair do quarto se deteve. Seu mal educado!   Pensou e logo deu meia volta, iria  arrumar a cama, aquele quarto tecnicamente não era seu, portanto tinha que mantê-lo o mais arrumado possível.

Após seu pequeno gesto de educação, Jeon abriu a porta do quarto com delicadeza e diretamente até o banheiro, fazer suas necessidades básicas. Após tudo isso, voltou para o quarto e guardou o objeto de volta a sua mala.

Tornou a sair do quarto, agora realmente olhando em volta, podendo ver assim que havia alguém deitado no sofá, se aproximou e acabou ficando surpreso ao perceber que na verdade se tratava de duas pessoas. Essas que dormiam abraçadas uma a outra.

Uma das pessoas, era Taehyung. Que tinha seus cabelos vermelhos totalmente bagunçados, usava a mesma roupa de ontem, quando saiu totalmente apresado de casa, mas estava sem os sapatos, estes que se encontravam ao pé do sofá.

Mas por mais que a beleza de Kim Taehyung sempre fosse digna da atenção e curiosidade de Jeon, o que realmente chamava atenção naquela cena, era a garota que se encontrava deitada em cima do outro. Seu rosto estava escondido no pescoço do ruivo e suas mãos meio que passando pelo pescoço dele. Ela tinha cabelos longos e ondulados, eram escuros como a noite. Ela usava roupas pretas e pesadas, calça jens preta e justa e uma jaqueta de estampa militar. Era possível ver os diversos anéis do dedo da garota, ela tinha um em cada dedo e suas unhas se encontravam pintadas com um esmalte vinho, que estava começando a descascar. Algo que também chamava muita a atenção do casal, era que ambos emanavam um forte cheiro de bebida.

Por mais que muitas perguntas pudessem ter passado pela mente de Jeon, apenas uma se sobressaltava. Quem era apenas garota?

O menino não teve noção, mas acabou por ficar olhando aqueles dois, por um grande período de tempo. Ele apenas se deu conta do que fazia, quando a garota desconhecida se mexeu sobre o corpo de Taehyung, apertando os olhos e ameaçando levantar. Ela estava acordando! Tal constatação, fez o garoto se mexer, indo rapidamente até a cozinha, para não ser o estranho que observa as pessoas dormindo.

Ele abriu a geladeira rapidamente e praticamente entrou ali, apertou os olhos e praguejou baixinho. Droga! Fez questão de apurar muito bem os ouvidos. Tentando ouvir algo, que indicasse a movimentação de alguma das outras duas pessoas.

Ficou alguns segundos assim, com a cabeça totalmente dentro da geladeira, então, não ouvindo nada, decidiu sair. O que foi uma péssima ideia. Assim que se virou, pensando seriamente em voltar para o quarto, deu de cara com o tronco de Taehyung, fazendo ambos se chocarem.

-Desculpa- Disse se afastando do ruivo envergonhado, pelo olhar estranho direcionado a sí.

Taehyung travou o maxilar e limpou a garganta, colocando as mãos dentro da jaqueta.

-Bom dia...- Disse simples e ficou encarando Jeon por um longo tempo.

O mais novo se segurou muito para não suspirar, ainda não estava acostumando ao som daquela voz, depois de tanto tempo. O olhar de Taehyung sobre sí era tão...confuso e misterioso, ele mais uma vez não sobre como agir.

-Tae..- Uma terceira voz se fez presente no local. Era a garota de mais cedo, que agora caminhava lentamente até Taehyung, de uma forma quase que pornográfica de tão lenta. Ela parecia uma leoa, com seu andar lento, fascinante e seus olhos vorazes em direção a Taehyung. Jeon não pode deixar de notar, o quanto ela era bonita. Seu rosto tinha feições simples e serias, o que combinava perfeitamente a sua sobrancelha grossa e seus olhos escuros, seus lábios eram carnudos e ela tinha um piercing no lábio inferior. Seus cabelos eram bem maiores do que ele havia notado antes e ela agora não trajava a jaqueta de antes, e sim uma simples blusa de alcinhas preta.

E mais uma vez, apenas naquela manhã, Jeon se perguntou quem seria a tal menina. Talvez sejam amigos! Talvez ela seja uma ficante...Talvez, mas quilo não fazia nenhum sentido...Ele não foi capaz de concluir os próprios pensamentos, pois sua mente travou ao ver o beijo doce que ambos agora trocavam...Ok...talvez uma ficante...pensou novamente, tentando não demostrar o incomodo crescente em seu ser.

- Summer- Taehyung disse assim que ambos se separaram e agora voltando a olhar para Jungkook. Ele fez uma longa pausa antes de continuar e Jeon pode ver o quanto ele parecia desconfortável- Este é o Jungkook.

Apenas isso! Apenas aquela simples apresentação sem complemento algum, sem sentimento, sem nada. Apenas um nome.

-Oi, prazer- Jeon disse se aproximando com o intuído de cumprimentar a garota com um aberto de mãos, mas desistiu ao perceber que tal coisa não iria rolar, pois a menina apenas ficou em frente de Taehyung, colocando seus braços para trás do corpo dele, meio que o protegendo de Jungkook, ela ficou grande tempo olhando para a mão estendida do garoto, até que levantou o olhar e uma das sobrancelhas, então disse:

-Summer!- Disse seca, então ignorando Jeon, tornou a olhar para Tae, que agora abraçava a sua cintura- Estou com fome...

-Então vamos comer- Disse sorrindo fraco para ela e a soltando, indo até a geladeira, tirando de lá a caixa de pizza da noite passada- Temos pizza..

-Eu amo pizza- sorriu doce se foi em direção aos armários, pegando três pratos e talheres- Eu quero de calabresa- Disse pegando o pedaço e colocando em um dos pratos- Eeeeee você quer de peperone- Disse prolongando o “e” e cortando o pedaço dele.

-Como sabe?- Perguntou sorrindo e colocando as mãos na cintura. Summer apenas revirou os olhos sorrindo e balançando a cabeça, então se virou para Jungkook, que assistia toda aquela cena, sem saber o que fazer- Qual sabor quer?- Perguntou o encarrando, enquanto Taehyung esquentava os pedaços já cortados no micro-ondas.

-Hammm- disse sem entender.

-Não está com fome?- Ela perguntou agora já um pouco impaciente.

-Calabresa- Quem havia respondido não havia sido Jungkook e sim Taehyung, que ainda não o olhava- Ele prefere calabresa, certo?- Disse o olhando de forma breve, apenas o suficiente para ver Jeon concordar com um linear de cabeça.

Jungkook sorriu discreto. Ele ainda lembra, pensou feliz. Era algo pequeno, mais ao mesmo tempo bem grande.

- Toma isso- Summer disse estendendo um copo de água, junto a um comprimido branco a Taehyung, que a questionou com o olhar- É pra sua ressaca- Disse simples, então ela e Taehyung tomaram um daqueles comprimidos.

 

Assim que todas as pizzas estavam quentes, os três se juntaram a mesa de jantaram, para poderem comer, Tae havia feito um suco de pozinho para que todos pudessem tomar, era um suco de morango, Jeon gostava de suco de morango.

Tae e Summer haviam sentado um ao lado do outro e Jeon de frente para o ruivo, que mantinha a atenção em seu pedaço de pizza. Jungkook não estava muito diferente, ele se sentia incomodado com o silencio, com aquele clima estranho, com Summer, que sempre ficava alternando o olhar entre ele e Taehyung. Ela também nada dizia. Em certo momento, quando Jeon estava quase terminando de comer a sua pizza, ele pode ver de relance, que Summer estava segurando a mão do outro e deixando ali, um leve carinho. Jungkook, não aguentando mais toda aquela curiosidade, resolveu perguntar.

-Hum- chamou a atenção dos dois ali- Vocês...vocês, são...são...

-Namorados.- Summer disse, assim completando a frase do outro e quase fazendo Jeon engasgar. Ele já esperava pela resposta, mesmo que tal não fizesse o mínimo sentido, afinal... Taehyung a dois anos atrás era gay...Mesmo assim decidiu continuar com os questionamentos.

-Estão juntos a quanto tempo?- Perguntou engolindo o bolo que estava em sua garganta.

-Um ano e meio- Essa foi a vez de Taehyung responder e ele não parecia feliz em fazer. Realmente não queria falar com Jungkook- Acabou o interrogatório, ou tem mais alguma pergunta?  

Jungkook engoliu em seco e abaixou o olhar para sua pizza. Por que ele está me tratando tão mal?  Se perguntou, com um misto de sentimentos, vergonha, mágoa, raiva...confusão. Afinal, o que ele havia feito? Desde que havia chegado, vinha sendo muito educado, mesmo assim Taehyung não parecia querer ter qualquer tipo de contado.

Ser tratado de tal forma pelo outro, desta forma tão... fria, o vazia ficar sem reação. Ele não esperava ser tratado assim logo por Taehyung, alguém que já foi e ainda era tanto para sí.  Ele esperava abraços, choros...ele esperava muito carinho...

 

Terminou de comer e ainda meio magoado se levantou da mesa, sem dizer absolutamente nada. Apenas lavou seu prato e foi em direção ao quarto. Não queria mais ficar ali, na presença pesada de Taehyung. Ele pode perceber o olhar de ambos ali, sobre si, enquanto fazia o caminho até o quarto.

Assim que fechou a porta atrás de si, viu seus olhos se encherem de lagrimas, mas se recusava a chorar, não iria fazer isso. Então fechou os olhos e respirou fundo, contando até dez e então voltando ao um. Até que toda a vontade de chorar fosse embora.

Abriu os olhos e se sentou na cama, apenas queria sair dali, fugir de todo aquele problema. Ele suspirou e pegou o celular, estava perdido, sem saber ao certo o que fazer. Não queria passar o dia todo no quarto. Ele queria visitar os amigos, ver cada um deles e matar toda aquela saudade. Mas aquilo era meio difícil, pois quando foi embora, a dois anos atrás, ele apagou tudo que o ligasse aqui, mantendo contato apenas com o pai, mandando uma mensagem a cada mês, apenas afirmando estar bem. Claro que fora difícil fazer isso, mas também o ajudou muito a lidar com toda aquela dor que ele sentia e que estava presa em si. Ele precisava se afastar.

Pensou em ligar para o pai, mas o mesmo com certeza estava trabalhando e ele não queria incomodar, sem falar que ele não teria o número dos amigos do garoto. Então, Jeon tentou se lembrar o caminho de alguma das casas de seus amigos, mas não obteve sucesso. Apenas lembrava fragmentos de nomes de ruas, nada que pudesse ajudar.

-Droga!- Praguejou baixinho, se amaldiçoando por ser tão ruim em se localizar e lembrar das coisas. Ele não queria incomodar Taehyung, mas parecia a única alternativa. Ele pediria a ajuda do mais velho.

Respirou fundo e se levantou, seria rápido, apenas iria pedir o número de alguns dos antigos amigos e então iria se virar sozinho depois. Talvez pegasse um ônibus.

Abriu a porta do quarto e pode ver que agora a televisão estava ligada. Summer e Taehyung estavam sentados juntos, ela fazia cafuné os cabelos vermelhos dele, que tinha a cabeça abaixada. Taehyung parecia...triste? Mas muito provavelmente aquilo era apenas ressaca.

-Taehyung- Jungkook chamou, quase como um sussurro, ele definitivamente não queria levar outra patada de Taehyung. O outro permaneceu de cabeça baixa, sem o olhar. Suspirou baixinho, cansado com aquela situação-  Taehyung, preciso de algo!- Disse agora mais alto e com maior convicção.

-O que é?- Sua pergunta tinha um leve tão de descaço.

-Preciso do número do Jin Hyung.

-Jin está sem celular- Disse simples, virando a cabeça para encarar Jeon- O que, quer ele? 

- Eu quero ver os meus amigos! - Disse firme, encarando os olhos escuros e pesados de Taehyung, que ao ouvir a palavra “amigos”, travou o maxilar e tratou de se virar novamente, ficando em silêncio. Fitando a televisão.

Jeon revirou os olhos e estava prestes a pedir novamente quando Taehyung se levantou, puxando com sigo Summer, que parecia meio confusa.

-Venha- disse a puxando, passando por Jeon- Vamos tomar banho e leva-lo.

-Pra’ onde? - Perguntaram Jeon e Summer juntos, sem entenderem nada.

- Até os meninos- Disse por fim, entrando no quarto junto a Summer e fechando a porta, deixando Jungkook sozinho na sala, sem entender o que havia acontecido. Ele iria o levar?

 

[...]

Após uma hora, Jungkook, Taehyung e Summer, estavam no elevador. Cada um de um lado do lugar, Tae abraçava Summer pela cintura e tinha a cabeça sobre o ombro dela. Mesmo estando de frente para Jeon, ele não o olhava, não queria o olhar.

Assim que as portas se abriram, eles saíram do elevador e saíram do prédio. Jeon pode ver que ali na recepção, se encontrava o mesmo porteiro do dia anterior, que tinha uma cara de sono monstruosa, era mais do que evidente sua luta para manter os olhos abertos.

Taehyung se negou a pegar um ônibus, dizendo que o lugar era perto e que aquilo seria bom para Jungkook memorizar o caminho, pois aquela seria a primeira e última vez que ele o levaria para algum lugar. Jeon bufou e cruzou os braços enquanto seguia andando, atrás do casal, que caminhava de mãos dadas logo a frente.

Por mais que estivesse irritado com todo aquele tratamento recebido de Taehyung, ele realmente aproveitou a caminhada para tentar memorizar o caminho. Agora era ele que não queria mais a ajuda de Taehyung.

Ele tentava se lembrar de algo por onde passava, algo de anos atrás, mas nada parecia igual, isso era frustrante. Como iria se locomover ali, se parecia um turista idiota, que nem ao menos sabe o caminho do mercado? Decidiu que faria o possível e o impossível, para se lembrar de tudo e conhecer aquela cidade como conhecia a palma de sua mão.

Como um método meio infantil ele tentou memorizar: Casa que parece uma igreja, mercado azul, praça que vende sorvete, dentista, posto de gasolina, um fila de casas exatamente iguais e de cores claras, estacionamento, bar, bar, bar, restaurante e outro bar.....Ok, aquilo seria algo realmente difícil! Ele nem ao menos se lembrava da primeira coisa vista. Aquilo era inútil.

Em pouco tempo os três se encontravam parados em frente a um prédio de apenas dois andares abandonado, que tinha praticamente todas as janelas do primeiro andar quebradas, algumas com tabuas de madeira cobrindo os buracos. O terreno era bem grande e onde a construção não ocupava, se podia ver o mato tomando conta. Claramente aquele lugar já estava abandonado a um bom tempo.

- O que estamos fazendo aqui?- Perguntou Jungkook sem entender nada- Pensei que iriamos ver os meninos.

-É aqui, Jeon- Taehyung disse firme, entrando no terreno, com Summer, sem esperar pelo menino, que se mantinha totalmente indignado pela forma que fora chamado.

-Jeon?- Disse baixinho, para si mesmo, ainda sem acreditar. Taehyung NUNCA o havia chamado de Jeon antes!!! Eles definitivamente precisavam conversar e isso aconteceria naquela noite mesmo.

Depois do baque inicial, ele começou a seguir os dois, que já estavam longe, entrando por uma porta que parecia estar totalmente presa pelas madeiras pregadas nela. Mas que na verdade não atrapalhavam em nada a passagem para o interior.

O menino se deixou admitir que estava com um pouco de medo de entrar, o interior era muito escuro e assim que os pés tocaram o chão cheio de poeira do lugar, ele sentiu imensa falta do lado de fora, com toda a sua claridade e ar limpo. O lugar cheira a velho, mais especificamente a mofo, muito mofo mesmo!

- Taehyung...- Jungkook começou, esboçando sua melhor cara de “me tira daqui imediatamente”.

-Não julgue um livro pela capa Jungkook- Summer disse simplista, indo até  Taehyung, que só podia ser visto graças as poucas faixas de luz que passavam pelas brechas da madeira das janelas.

-Vamos, aqui fede- Taehyung disse e começou a andar, indo para a parte de trás do prédio, onde se encontra um corredor totalmente escuro. Era realmente escuro, nada se podia ver, por isso Jeon logo tratou de ligar o celular e usar a lanterna dele, iluminado o caminho.

Ele seguia Taehyung e Summer por todos os corredores que viravam e não demorou muito até que Tae parasse em frente a última porta do corredor, está que tinha um “X” pintado com tinta vermelha.

- Não vamos entrar ai, vamos?!- Jeon arregalou os olhos e disse expressando todo o seu nervoso- É assim que as pessoas morrem nos filmes, entrando em lugares idiotas, que parecem perigosos, isso- apontou para a porta com o “X”- Me parece um lugar idiota e perigoso.

Taehyung riu e balançou a cabeça, o que fez com que Jeon esquecesse todo o seu medo e se foca-se apenas no som melodioso que era a risada de Kim Taehyung. Não pode deixar de sorrir bobo. Pelo menos a risada continua a mesma, pensou observando o sorriso pós riso de Taehyung. E ele poderia ficar ali o dia todo, admirando Taehyung, se Summer não tivesse entrado na frente, com um ar irritado e aberto a porta com brutalidade, fazendo um barulho alto, estragando todo aquele pequeno momento de felicidade e beleza compartilhada.

- Vamos logo com isso- Disse entrando e puxando Taehyung com sigo, que já não ria mais. Jungkook suspirou baixinho, desapontado e seguiu ambos para dentro do novo local.

Aquele lugar, ao contrário de todo o resto, não era escuro, ele tinha apenas uma luz diferente. Era verde e o que causava isso era o letreiro neon que tinha as palavras “ Mundo purpurina” escritas e brilhantes logo em cima de um alçapão no chão.

-Mundo purpurina, isso é sério? -  Jungkook perguntou rindo com gosto, tirando de Taehyung mais um olhar divertido.

-Não fui eu que dei o nome- Disse com diversão, mas logo mudando a feição, ao receber um olhar significativo de Summer, que agora tinha os braços cruzados sobre o peito. Ele apenas limpou a garganta e abaixou a cabeça, disfarçando e puxando a porta do alçapão, liberando a luz que tinha no andar de baixo- Vamos descer.

Eles começaram a descer, um por um, a escada que levava para o andar de baixo. Mas antes de descer, Jungkook deu ouvidos ao seu lado fotografo e desligou a luz da lanterna para tirar uma foto do letreiro na parede. Ele queria guardar aquela lembrança.

Assim que eles desceram a escada, que parecia bem maior do que realmente era. Jeon, logo de cara, pode ouvir o som de vozes e música, vindo que vinham de algum lugar próximo de onde a escada ficava. Eles andaram mais um pouco e então logo puderam ver...Todos estavam ali.

O lugar era muito grande, quase como um enorme porão. Era muito bem iluminado e parecia ter tudo, mesmo que não fosse possível. Havia uma cozinha, grande e bem organizada, de lá vinha um cheiro espetacular de bolo, o que logo deixou Jungkook animado para ir para lá. Mas o que mais chamou a sua atenção, foi o “lugar” que ficava bem no centro do lugar. Era uma espécie de sala de estar. Todos estavam ali, assistindo uma batalha de dança animada e aparentemente muito divertida. Quem batalhava eram Jimin e Hoseok, que executavam seus paços de dança com muita mestria.

- Você vai muito perder baixinho- Hoseok disse, antes de dar um mortal para trás e parar com habilidade do chão.

- É tudo o que tem? - Jimin perguntou, fazendo uma cara convencida e virando a aba do boné para trás, antes de começar a usar a própria cabeça para girar rapidamente no chão. Hoseok ria e batia palmas, estava muito animado, como sempre.

Jungkook sorriu abertamente. Meu Deus, como havia sentido falta de toda aquela animação. Ele foi rapidamente para o meio de todos e antes que eles pudessem perceber do que se tratava, o menino entrou dançando no meio dos outros dois que ali batalhavam. Fazendo movimentos de robô, fingindo realmente ser uma máquina.

-MEU DEUS!- Jin gritou colocando as mãos sobre a boca e arregalando os olhos. Os outros demais seguiram o seu gesto, totalmente surpresos.

-JUNGKOOK!- Hoseok gritou, logo se jogando sobre o amigo que a muito não via, sendo seguido por todos, que criaram um grande abraço coletivo em cima de Jeon, que ria e recebia todo aquele carinho com muito gosto.

Isso sim é uma grande recepção, pensou abraçando todos de volta, com a mesma intensidade que era abraçado. Ele realmente havia sentido falta de todos eles!


Notas Finais


Pfv, deixe a sua opinião sobre a historia, isso é muito importante, pra eu saber se continuo ou não a escrever ela.
<3
Lembrando: Todas as capas dos caps tem significados.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...