História Sofrer por amor... Não né? - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 17
Palavras 544
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Gente eu sou pessima para títulos de capítulos então ignorem isso e a imagem representa o abraço da Manuela e da Isadora... ❤😍

Capítulo 31 - Amor de irmãs


Fanfic / Fanfiction Sofrer por amor... Não né? - Capítulo 31 - Amor de irmãs

Depois de um certo tempo meu pai chegou e nos ficamos na sala de espera por um tempo.

- Mamãe eu vou aproveitar que estamos aqui e vou ver o Rafael - falei
- Ta bom... Mas nao demore

Então eu fui , ele estava do mesmo jeito a  quase dois meses , isso me preocupava , no momento em que Isadora mais precisa dele , ele nao pode ajudar.

Nao demorei muito para sair do quarto e assim que sai me dei de cara com as meninas: 

- O que vocês estão fazendo aqui? - perguntei

- Sua mãe ligou para gente explicando o que aconteceu - Naty disse

- Eu lamento muito amiga - Gaby disse

- E a Kamila e os meninos? - perguntei

- Não puderam vir , Miguel disse que talvez mais tarde ele virá - Naty falou

- Obrigado por avisarem eles - falei

- De nada amiga , vamos para a sala de espera? - gaby perguntou

- Vamos - falei

Nós fomos para a sala de espera e para minha infelicidade Angela e Letícia estavam lá , afinal elas são amigas da minha irmã.

Me sentei ao lado do papai e as meninas do meu lado , Angela estava sentada do lado da minha mãe... Que ódio , eu espero que aquelas vadias nao abram a boca sobre a suspensão.

- Quem aqui é a irmã da Isadora? - uma enfermeira chegou e perguntou
- Sou eu - respondi
- Ela esta chamando por você! - a enfermeira disse

Então eu fui , quando cheguei no quarto , ela estava deitada com os olhos inchados de tanto chorar. Me sentei na poltrona no lado da cama.

- Eii mana vai ficar tudo bem - falei

- É eu espero , porque ultimamente só tem acontecido tragedia na minha vida - ela respondeu

- Mana não fala assim...

- Falo , já nao basta o Rafael estar em coma aqui ha quase dois meses , eu ainda perco meu filho e o papai doente também.

- Eu sei que nao ta sendo nada fácil para você , e você sabe que vai poder contar comigo , eu nunca vou abandonar você.

- Obrigado pela força e desculpa por tudo o que eu fiz com voce!

- Voce é minha irma , é óbvio que eu desculpo.

Depois disso dei um abraço forte nela ( a foto de capa ) e nos ficamos conversando por mais uma meia hora.

- Interrompo a conversa das madames? - minha mãe chegou

- Claro que nao mamãe. As meninas tao lá ainda? - perguntei

- Não , seu pai também já foi , ele não estava se sentindo muito bem , a mãe da Naty deu uma carona para ele.

- Quando ela vai poder dar alta?

- Agora mesmo. Se arrume e podemos ir.

- Aleluia nao aguentava mais ficar ai - Isa falou.

Ela se arrumou e nos fomos para casa , quando chegamos lá , meu pai estava fazendo o jantar.
Eu ajudei a Isa subir para o quarto dela , depois disso eu fui tomar um banho.

Eu fiquei pensando se deveria ou nao contar aos meus pais sobre a suspensão e eu não mudei de ideia.


Notas Finais


Espero que estejam gostando e se nao for pedir muito , comentem o que vocês estão achando da fanfic 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...