História Soft - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Cara Delevingne, Dove Cameron, Magcon
Personagens Cameron Dallas, Cara Delevingne, Dove Cameron
Tags Cameron Dallas, Romance
Exibições 31
Palavras 364
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Festa, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - Capitulo 18


Fanfic / Fanfiction Soft - Capítulo 18 - Capitulo 18

— Você já está vestida para impressionar. Por que desperdiçar o visual? — insistiu ele.

— Eu não sei por que ainda estou pensando nisso.

— Porque há uma parte de você que não quer passar a noite sozinha, lavando a cabeça.

— Eu não me importo em ficar sozinha.

Ela era um osso duro de roer.

— Tudo bem — disse Cameron. — Mas você não sabe o que está perdendo.

Assumindo um risco calculado, ele se virou para ir embora.

— Espere. — disse Cara Delevingne.

Cameron sorriu e parou, mas não se voltou.

— Sim?

— Eu estou morrendo de fome. Eu vou, em troca de comer alguma coisa. — O barulho dos saltos altos contra o metal dos degraus da escada ressoou na escuridão.

Cameron flexionou o braço e o ofereceu a ela. Para surpresa dele, Cara Delevingne aceitou.

— Só porque estou usando saltos altos. — explicou ela, enquanto enlaçava o braço no dele, como se soubesse o que ele pensava.

Assim que ela o tocou, foi como se ela tivesse ateado fogo nele. Cameron engoliu em seco.

Que bom que, no dia seguinte, ele estaria levantando âncora. Mais um dia com Cara Delevingne, e não se sabia o que poderia acontecer.

Cara Delevingne não sabia por que deixara a fala macia de Cameron Dallas convencê-la a voltar para a festa.

Em parte, ela realmente estava com fome e odiava cozinhar só para ela. Além disso, fizera uma promessa a Dove Cameron.

Mas havia uma parte que ela não queria cutucar: a parte que gostava de estar perto de Cameron.

Assim que chegaram ao convés do iate de Cameron, Cara Delevingne soltou o braço dele, perturbada ao descobrir que estava sem fôlego.

— O que gostaria de beber? — perguntou Cameron.

— Você não precisa pegar bebida para mim.

— Não é nenhum problema. — Ele acenou para um garçom de luvas brancas no balcão.

Cara Delevingne imaginou que muitas mulheres se deixariam impressionar pelo papel de comandante e mestre de Cameron.

Qualquer desejo dele era uma ordem. Sedutor, com certeza, mas ela desconfiava de tudo que não resultasse de trabalho árduo.

O garçom apareceu e se aproximou de Cameron.

— Pode, por favor, trazer uma bebida para a srta. Delevingne? Um…

— Um refrigerante diet.

— Está brincando!

— Eu não bebo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...