História Sogans - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Heróis
Visualizações 3
Palavras 315
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Fantasia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Shounen
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Pansexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Anormal


Disseram que festa ia ser inesquecível.

Não sou do tipo que vai a festas, pois sou um tanto diferente da maioria das pessoas. Eu sentia que alguma coisa ia dar errada e não ter ido à festa. Eu deveria não ter ido.  

Você deve estar pensando que sou aquele nerd estranho e isolado que tem só um amigo, e ele é tão estranho quanto você, fazendo da gente a dupla esquisita da escola que você, meu amiguinho preso aos padrões sociais, provavelmente não gostaria de ser visto junto. Errado. Sou um cara relativamente “normal”, chamado Marcos, nome muito normal, não gosto muito desse termo, pois no meu mundinho, esse termo é um tanto sem valor. Tenho 1,71 de altura, um corpo bem cuidado eu diria, cabelos longos e cacheados, sempre presos por um elástico verde, formando um estilo samurai. Moreno, uso óculos, dizem umas línguas que tenho uma covinha na bochecha esquerda, mas nunca consegui enxerga-la, e uma pinta na bochecha direita. Não visto nada extravagante, geralmente são roupas compradas em um brechó qualquer. Mas então no que eu sou um tanto diferente das pessoas? A verdade, meus caros, é que sou um sogan.

Não, eu não vou explicar o que é um sogan, pois nem mesmo eu sei o que exatamente isso significa. Tudo o que posso lhe dizer é que temos poderes. Isso mesmo, poderes. De algum modo isso faz com que a sociedade tenha medo da gente, e entendo completamente. Adicione poderes que podem causar grande destruição com a mente diabólica que o ser humano é capaz de ter, e “bam”, surgem os vilões, que fazem com que todos nós, sogans, sejamos mal vistos.

Bem, explicações dadas, mas e a festa? Por qual motivo que eu não deveria ter ido? O motivo, é que, se eu não tivesse ido, eu não teria entrado naquele beco, visto aquelas coisas, e conhecido àquele cara. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...