História Sol da Meia Noite - Armadilhas do Destino - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Kisame Hoshigaki, Konan, Konohamaru, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Moegi, Nagato, Naruto Uzumaki, Obito Uchiha (Tobi), Pain, Rin Nohara, Sasori, Sasuke Uchiha, Shisui Uchiha
Tags Itadei, Lemon, Romance, Yaoi
Visualizações 226
Palavras 2.775
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente, tudo bem com vocês?

Cheguei com o antepenúltimo capitulo dessa fic, espero que gostem e boa leitura.

Kissus.

Capítulo 25 - Casamento e surpresa?!


Fanfic / Fanfiction Sol da Meia Noite - Armadilhas do Destino - Capítulo 25 - Casamento e surpresa?!

Sasuke ..............

 

Acho que nunca fiquei tão nervoso em minha vida como estou agora – pensei sorrindo terminando de ajustar meu quimono – Quem imaginaria que aquele loiro marrento que entrou na minha simples e humilde oficina a quase dois anos atrás seria o amor da minha vida? Ah Kami-Sama muito obrigado por coloca-lo no meu caminho – agradeci me olhando em frente ao espelho.

- Nervoso irmãozinho? – perguntou Itachi entrando em meu quarto – Se quiser ainda dá tempo de desistir sabia? Nem se preocupe com nada que eu tomo conta do loirinho – provocou sorrindo – Sem problema nenhum.

- Até parece que eu iria abandonar o amor da minha vida – resmunguei corando logo em seguida pela gargalhada do maldito do Itachi.

- Ahhh você é o noivo, mas, eu estou tão feliz quanto você sabia? – perguntou me abraçando – Você não faz ideia de como fico feliz por você Sasuke – sussurrou em meu ouvido – Eu desejo toda a felicidade do mundo a ti meu irmão.

- Obrigado Itachi – agradeci sensibilizado com suas palavras.

- Trate de cuidar muito bem do Naruto entendeu? Porque se não, você vai se ver comigo e com a pimenta sangrenta também – afirmou me fazendo sorrir – Vê se não demora muito, todos os convidados já chegaram – disse indo embora.

- Hai – concordei suspirando.

Assim que Itachi me deixou sozinho meu pai chegou, acho que nunca o vi tão emocionado como hoje – pensei ao vê-lo sorrir para mim.

- Esse quimono ficou muito bem em você Sasuke – comentou meio sem jeito.

- Obrigado otou-san – agradeci.

- Eu...eu queria que soubesse que estou muito orgulhoso de você meu filho – afirmou com os olhos lacrimejados – Você está dando um passo muito importante na vida de um homem hoje, mas, queria que soubesse que sempre pode contar comigo entendeu? Você vai construir sua família ao lado do Naruto muito em breve, então, você saberá que nem sempre é fácil ser pai, mas, todos os dias quando vemos nossos filhos crescerem com saúde e ser tornarem homens de bens......Pensamos, valeu a pena cada segundo.

- Ai Fugaku deixa de enrolar e fala de uma vez que ama seu filho homem – disse Kushina parada na porta do quarto, fazendo meu pai corar de vergonha.

- Eu te amo meu filho – afirmou antes de me abraçar.

- Também te amo pai – respondi emocionado – Obrigado por tudo.

- Ahhhh que momento lindo – disse Kushina vindo juntar-se a nós no abraço – Vocês vão me fazer borra minha maquiagem antes da hora sabiam? – murmurou fugando – Ah Sasuke, eu estou tão feliz por você meu menino – disse segurando meu rosto – Hoje eu estou casando um filho de sangue e outro do meu coração sabia? Você é tudo que eu sempre desejei ao Naruto meu querido – afirmou beijando meu rosto – Faça meu filho feliz ok? Eu te amo meu menino.

- Também te amo Kushina-san – disse a abraçando com força – Te amo minha okaa-san, obrigado por sempre cuidar de mim e da nossa família viu? – agradeci, beijando o topo de sua cabeça – Você foi o melhor presente que Kami me deu sabia? Você salvou a minha família quando mais precisamos e ainda fez o amor da minha vida – disse sorrindo – Eu te juro que irei fazer o seu filho o homem mais feliz – afirmei a olhando nos olhos – Desse universo.

- Ahhhh para com isso menino – disse chorando emocionada – Olha o que você fez? Eu estou chorando agora – murmurou pegando o lenço que meu pai ofereceu – Não tenha maquiagem que sobreviva ao meu choro agora – murmuro fugando – Obrigada Sasuke, muito obrigada por não desistir do Naruto e por fazê-lo tão feliz como já faz.

- Calma mulher ainda nem começou o casamento sabia? – disse meu pai sorrindo – Já está na hora, vamos descer – chamou-a oferecendo o braço a ela.

- Nós vemos lá embaixo Sasuke – afirmou sorrindo – O Naruto está quase pronto, então, é melhor espera-lo lá embaixo.

- Sim, já estou descendo – concordei pegando os meus votos de casamento – Hoje você será para sempre meu, Naruto – sorri relembrando cada palavra escrita naqueles pedaços de papeis.

 

Naruto ..............

 

Ahh meu Kami-Sama eu vou desmaiar a qualquer momento – pensei sentindo minhas pernas tremerem – Hoje finalmente irei me casar com o teme, finalmente serei Uchiha Naruto – pensei sorrindo ao olhar meu reflexo no espelho mais uma vez aquele dia.

- Você está lindo Naruto – disse Deidara ajustando o obi do meu quimono – Como está se sentindo hein? Esse é o seu grande dia não é mesmo?

- Ah eu estou quase enfartando aqui sabia? – murmurei nervoso – Nunca pensei que casar pudesse deixar alguém assim .......Feliz e completamente assustado de uma vez só – disse suspirando – São tantos sentimentos dentro de mim agora que acho que vou desmaiar a qualquer momento – confessei sorrindo – Mas, com certeza o nervosismo é o que mais está se destacando no momento – afirmei mostrando minha mão tremula.

- Eu nunca me casei, mas, acho que o nervosismo faz parte – disse Deidara sorrindo –Eu vendo seu casamento já estou nervoso também ao pensar no meu – confessou suspirando – Mas, não se preocupe com isso e sim no homem que te ama e que está esperando por você no altar – afirmou sorrindo – Vocês são lindos juntos e vão formar uma família linda Naruto.

- Você tem razão – concordei sorrindo – Formar uma família com o Sasuke é tudo que eu mais quero em minha vida – afirmei – Hoje eu vou amarar aquele teme ao meu lado para sempre e nunca mais vou deixa-lo escapar – disse com convicção.

- É isso ai Naruto – concordou sorrindo.

- Obrigado Dei –agradeci o abraçando – O Itachi realmente é um homem de sorte por ter você sabia? Eu fico muito feliz que faça parte da nossa família.

- Ahhh você vai me fazer chorar sabia? – murmurou emocionado – Quem tem que agradecer a você sou eu por me tratar tão bem – disse emocionado – Essa família é tudo que eu mais queria e finalmente encontrei – murmurou me fazendo sorrir.

- Mas o que significa isso hein? – murmurou Itachi entrando no quarto – Vocês nem me convidam para o abraço coletivo? Eu fico no meio – disse vindo nós abraçar, fazendo-nos sorrir com seu comentário bobo – Uau Naruto, você está maravilhoso .......Tem certeza que vai casar com o Sasuke? – perguntou sorrindo – Ainda dá tempo de fugir sabia? Qualquer coisa eu, você e o Dei podemos ir para uma praia deserta e vivermos uma caliente paixão a três que tal? – sugeriu com malicia.

- Itachi?! – repreendeu Deidara sorrindo, dando uma tapinha em seu ombro – Para de graça seu idiota.

- Não se preocupa Deidara – murmurei sorrindo – Só nós seus sonhos eu largaria o Sasuke, Itachi – murmurei sorrindo – Ele é o homem que eu amo – afirmei com convicção.

- Eu sei loirinho – afirmou me abraçando e beijando o topo da minha cabeça – Estava apenas brincando – disse sorrindo – Então, está pronto para se amarar pelo resto da sua vida com meu irmãozinho?

- Sim – respondi.

- Está pronto para ser meu otouto? Esse é um cargo muito importante entendeu? – disse seriamente – Você tem bastante sorte sabia? Eu sou um irmão muito disputado e estou te concedendo esse privilegio, então, cuide muito bem do meu irmãozinho tolo viu?

- Sim, eu cuidarei – afirmei emocionado.

- Então, vamos descer de uma vez antes que o Sasuke tenha um treco achando que você fugiu – disse abraçando o Deidara.

- Vamos sim – concordei pronto par descer e finalmente me tornar o esposo de Uchiha Sasuke.

 

Sasuke ..............

 

                Acho que nunca em minha vida vi alguém tão lindo como Naruto nesse momento, ele sem sombra de dúvida é a pessoa que eu amo e que quero compartilhar o resto de meus dias – pensei admirando-o ao descer as escadas.

                - Você está simplesmente deslumbrante meu amor – afirmei assim que ele chegou até mim.

                - Você também está muito bonito senhor Uchiha – disse visivelmente emocionado.

                - Está pronto para ser meu esposo? Ser o senhor Uchiha Naruto? – indaguei lhe oferecendo o braço.

                - Sim, eu estou – concordou – Estou mais que pronto senhor Uchiha.

                - Eu te amo Naruto – afirmei olhando em seus olhos – Te amo como nunca amei ou amarei alguém – admiti selando seus lábios antes de seguir para o jardim onde nossa cerimônia de casamento aconteceria.

                - Droga Sasuke, não me faz chorar agora – murmurou selando meus lábios – Eu também te amo meu amor, também te amo – afirmou emocionado – Vamos começar o primeiro dia de nossas vidas como casados? – disse sorrindo – Está pronto?

                - Com toda certeza do mundo – afirmei beijando o topo de sua cabeça.

                Assim que chegamos ao jardim todos os convidados se levantaram de seus assentos e dirigiram seus olharem a nós dois. A Kushina, realmente se superou dessa vez – pensei admirado – Todo o nosso jardim estava coberto com flores silvestres e lamparinas que deixavam todo deslumbrante.

                Já era finalzinho de tarde, então, as luzes a noite ficariam mais lindas ainda, com toda certeza.

                - Está tudo tão lindo Sasuke – disse Naruto começando a chorar – Esse com certeza vai ser um dos dias mais especiais da minha vida – murmurou enquanto seguíamos ao som da marcha nupcial pelo extenso tapete até o altar onde um sacerdote nos esperava.

                - Dá nossa vida, meu amor – o corrigi – Será um dos muitos dias especiais que ainda viveremos – falei assim que chegamos ao altar.

                - Hoje estamos aqui para compartilhar com Sasuke e Naruto esse momento que reúne a realização de um sonho em comum, o sagrado matrimônio. Por obra de Kami-Sama esses dois foram postos um na vida do outro e hoje começam uma nova jornada em conjunto.....A criação de um lar, de uma família - disse o sacerdote começando suas palavras – O amor de Sasuke e Naruto é visível a todos os amigos e familiares aqui presentes nesse dia, então, comecemos a cerimonia que pretende unir duas pessoas que se amam e resolveram dividir e unir suas vidas até que a morte os separem. Uchiha Sasuke é de espontânea vontade que aceita Uzumaki Naruto como seu esposo? – indagou-me.

                - Sim – afirmei sorrindo – É de espontânea vontade que desejo fazer-te meu marido Uzumaki Naruto e diante de nossos familiares, amigos e de Kami-Sama prometo te amar e respeitar até os últimos dias de minha vida. Pois, você é o que faltava em minha existência e contigo ao meu lado me sinto capaz de qualquer coisa. Diante de todos, reafirmo meu amor por ti e peço que aceite dividir minhas alegrias, minhas vitórias e meus desafetos, pois, é contigo que quero partilhar os melhores e os piores momentos de minha vida daqui por diante – afirmei olhando em seus olhos.

                - Uzumaki Naruto é de espontânea vontade que aceita Uchiha Sasuke como seu esposo? – indagou a Naruto.

                - Sim – afirmou olhando para mim – É de espontânea vontade que desejo fazer-te meu marido Uchiha Sasuke e diante de nossos familiares, amigos e de Kami-Sama prometo te amar e respeitar até os últimos dias de minha vida. Pois, você é o homem que amo e é ao teu lado que vivo os momentos mais singelos, porém, mais preciosos. Hoje lhe declaro o meu maior sonho....... Envelhecer junto contigo, para aguentar suas rabuchice, e esconder sua dentadura junto com nosssos netos – disse fazendo todos sorrirem - E quando nossa velhice chegar eu te lembrarei desse dia e te direi: eu não te amo mais como naquela época... Hoje eu amo muito mais! – afirmou com lágrimas nos olhos.

                - Sendo assim meus filhos vamos para as trocas das alianças – disse o sacerdote – Uchiha Sasuke repita comigo – pediu recitando o juramento baixinho.

– Eu Uchiha Sasuke juro amar-te e respeitar-te Uzumaki Naruto na alegria e na tristeza, na saúde e na doença até que a morte nos separe – afirmei colocando a aliança em dedo, beijando-a em seguida.

- Uzumaki Naruto repita comigo – pediu o sacerdote a Naruto.

- Eu Uzumaki Naruto juro amar-te e respeitar-te Uchiha Sasuke na alegria e na tristeza, na saúde e na doença até que a morte nos separe – afirmou colocando a aliança em meu dedo.

- O que Kami uniu o homem não separa – afirmou o sacerdote - Pelo poder em mim investido os declaro casados. Os noivos podem se beijar.

E sobe uma salva de palmas dos presentes, puxei meu loirinho para os meus braços e o beijei delicadamente – sussurrando em seu ouvido o quanto o amava.

 

 

Deidara .........

- Você está bem? – perguntou Itachi me abraçando por trás – Parece até que vai desmaiar a qualquer momento sabia? Não me diga que está grávido? – perguntou sorrindo – Eu adoraria ter mais uns seis filhotinhos contigo sabia?

- Ahhh Itachi para de graça – pedi sorrindo – Eu estou imaginando nosso casamento – admiti suspirando – Tudo estava tão lindo no casamento do Naruto e do Sasuke – afirmei vendo-os se despedindo para irem para a lua de mel – Eu espero que nosso casamento seja tão perfeito assim sabia?

- É claro que será meu amor – disse beijando meu rosto ainda abraçado a mim – Tudo será mais que perfeito meu loirinho – afirmou sorrindo – Eu serei o homem mais feliz do mundo assim que você disser um “sim” sabia?

- Bobo – murmurei sorrindo – Você viu a Sophia? – perguntei notando que não a via a um bom tempinho – Já está passando da hora dela dormir.

- A última vez que a vi ela estava no jardim, quer que eu vá procura-la? – perguntou se oferecendo.

- Não, não precisa eu vou – afirmei me desvinculando de seu abraço – Prepara a cama dela, que eu vou caçar onde anda essa mocinha.

- Ok, não demore muito – pediu sussurrando em meu ouvido – Eu estou super a fim de brincar um pouco sabia? Então, que tal depois de colocarmos a Sophia na cama irmos para a minha cama hein? – indagou maliciosamente.

- Pervertido – murmurei levemente ruborizado – Irei pensar no seu caso – disse sorrindo, indo em direção ao jardim logo em seguida.

O jardim estava realmente lindo com toda decoração de flores silvestre e as luzes das lamparinas espalhadas por todo o jardim, Kushina-san realmente arrasou com essa decoração maravilhosa – pensei ainda admirado – Tomara que ela aceite me ajudar na decoração do meu casamento.

- Sophia?! Sophia?! – chamei passando pelos últimos convidados que estavam de saída – Sophia já está na hora de dormir mocinha, Sophia?! – chamei, mas, ela não me respondeu – Será que ela já entrou e eu não vi? – murmurei comigo mesmo – Sophia?!

- Tio...Dei – ouvi-a me chamar com a voz chorosa, quando me virei em sua direção o meu coração parou uma batida – Me...me ajuda – pediu com medo.

- O que você está fazendo aqui Nagato? – indaguei nervoso ao vê-lo com uma arma na cabeça da minha menina – Solta a Sophia Nagato – pedi tentando me aproximar – Não a machuque, por favor, não a machuque.

- Paradinho bem ai Deidara – afirmou sorrindo – Vamos dar uma volta que tal? Eu, você e a nossa sobrinha.

- Eu não vou a lugar nenhum contigo – afirmei tremulo – Não até você largar a Sophia, o seu problema é comigo e não com ela Nagato – disse nervoso – Larga a Sophia que eu irei contigo para onde você quiser – afirmei decidido.

- Hum essa proposta é bem interessante – disse sorrindo – Só existe um pequeno probleminha.......Eu não confio em você – afirmou irritado – Então, cala a boca e segue até a caminhonete que está parada em frente à casa ou eu estouro a cabeça da sua amada sobrinha aqui e agora.

- Tá bom, eu vou – concordei temeroso que ele realmente fosse capaz de fazer algo de mal com a Sophia – Fica calma meu amor a gente vai sair dessa e tudo vai ficar bem – tentei tranquiliza-la antes de começar a seguir a direção que ele me apontou.

Infelizmente todos pareciam que já estavam dentro de casa e ninguém percebeu o maldito nos conduzindo até sua caminhonete, isso fez o meu medo pela Sophia só aumentar.

Eu não posso deixar esse maluco machucar a minha menina, não posso – pensei nervoso – Eu tenho que fazer alguma coisa.

- Entra no carro Deidara – exigiu ainda com a arma apontada para Sophia que chorava baixinho – Assim que entrar coloque as algemas que estão presas na maçaneta da porta do carro – instruiu me olhando seriamente – Anda faz logo o que estou mandando – grunhiu irritado se aproximando de mim.

E foi nesse momento que reunindo toda a coragem que possuo pulei em cima de dele e começamos uma batalha pela arma depois que ele largou a Sophia para tentar me conter.

- Tio...ti..tio Dei – murmurou Sophia chorando mais ainda.

- CORRE SOPHIA, CHAMA O SEU PAI – gritei vendo-a me obedecer.

- MALDITO, DESGRAÇADO – grunhiu me segurando pelos cabelos e me imobilizando – Acha mesmo que vou permitir que fuja de mim? Não, não vou – afirmou me dando uma coronada com a arma que apagou completamente os meus sentidos.

 

Continua ......................

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


E ai preparados para as fortes emoções que virão no próximo capitulo? Hum, será que o Deidara vai conseguir escapar dessa enrascada? Vamos aguardar para ver rsrsrsrsrsrsrsrs.

Kissus e até os comentários.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...