História Soldados - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Naruhina, Narusaku, Sasusaku
Visualizações 130
Palavras 1.564
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Mágoas


Fanfic / Fanfiction Soldados - Capítulo 6 - Mágoas

... no domingo de manhã...

(Sakura on)

- Bom mãe, eu tenho que ir agora. Não esquece de pegar o dinheiro no banco todo dia 10 que é quando eu recebo ok? - falei, pegando minha mochila que já estava na porta de casa.

- Você tem que ir mesmo filha...? Eu sei que esse lugar paga bem, sei que é o exército que vai pagar a faculdade dos seus sonhos mas.. você é tudo que eu tenho. Eu sinto a sua falta. - disse a minha mãe, com os olhos cheios de água, me abraçando forte. 

- ... quando eu me formar eu estarei sempre ao seu lado. - respondi com o coração apertado, segurando o choro.

- Pode ser tarde demais. Eu não sou mais tão jovem. - disse ela, se afastando.

- Você é forte o suficiente. Eu te amo. - falei, beijando a sua testa. Depois, peguei minhas coisas e sai sem dizer mais nada. Mas com certeza... meu coração havia ficado com ela.

- Você demorou. - disse o Sasuke, parado na porta com o seu carrão.

- Que susto..! - falei, secando minhas lágrimas.

- Entra logo. - disse ele, entrando no carro.

- Eu disse que não precisava. - falei, entrando também.

- Eu estava passando por aqui. - disse ele, ligando o carro e saindo.

- Se você não tem pais, com quem passou o fim de semana? Pelo que eu saiba o Itachi fica la no quartel.. - perguntei.

- Haha quer mesmo saber!? - respondeu ele, com um sorriso malicioso.

- Ai, que nojo de você! - falei abrindo o vidro. E então ele riu sem dizer mais nada. 

 

... enquanto isso...

 

(Naruto on)

-H-Hinata!? O que faz aqui!? Já voltou!? - falei ao encontrar a princesa lendo um livro de baixo da árvore do parque do quartel.

- E-é! É complicado.. - respondeu ela, sorrindo sem Graça.

- Hahaha não precisa explicar se não quiser! - falei me sentando ao lado dela. 

- É que.. eu briguei com meus pais. - respondeu ela, fechando seu livro e suspirando.

- Uau, isso parece complicado haha não posso dizer que entendo, porque você sabe né! Mas.. o que aconteceu?

- Ele ainda não aceita a ideia de eu querer ser um soldado. Sou uma princesa e não um guerreiro, é o que ele diz. Mas é pra fugir dele que estou aqui! É para eu ser mais eu. Não quero ser uma princesa, não quero casar com alguém por obrigação.. isso não é justo. Eu o amo, mas não é justo. - disse ela, deixando as lágrimas escorrerem pelo seu rosto.

- Ah.. que complicado. Eu sinto muito por essa situação que você está passando. Eu não posso fazer nada sobre, mas sempre que quiser conversar... ok!? - respondi sorrindo, secando suas lágrimas.

- O-obrigada.. - disse ela.

- Agora que tal largar o livro e correr um pouco comigo pelo parque!? - falei, levantando.

- O-o que!? - disse ela.

- Vamos vamos! - falei puxando-a pela mão e então começamos a correr juntos! 

 

... a noite... 

 

(Naruto on)

- Olha olha, o príncipe do quarto chegou. - disse o Sai, assim que o Sasuke entrou no nosso quarto.

- E ai seus bosta. - disse o Sasuke, largando suas coisas tudo no chão. 

- Você é tão simpático cara! - respondi, encarando-o.

- As gatinhas adoram. - respondeu ele, se jogando na cama.

- Haha eu vou até tomar um banho ! - disse o Sai, saindo nos deixando a sós.

- O orfanato me ligou hoje. Falando que uma pessoa que eles não podiam contar foi la procurando pelos dados da Kurama. - falei, ja sabendo que foi o Sasuke.

- Hm, e eu com isso? 

- Deixa ela seguir a vida dela Sasuke. - falei, levantando e parando ao seu lado na cama.

- Você realmente não se importa? Não queria ao menos saber se ela está bem!? - disse ele, levantando e me encarando rosto a rosto.

- Ela está bem! Acredite Sasuke!

- Como você sabe Naruto!? Porque você pode falar com ela e eu não?

- Eu não falo com ela!!! 

- ENTÃO COMO VOCÊ SABE!? - gritou ele, socando o guarda roupas.

- .... eu não sei. - respondi, abaixando a cabeça.

- Foi o que eu pensei. - disse ele, voltando para sua cama. E, foi neste momento que o meu celular tocou, cortando o clima tenso. Era a Sakura, ela queria me encontrar na cobertura. Então fui para la. 

 

...

 

- Naruto! - disse ela, com um sorriso lindo no rosto.

- Oi Sakura-chan! - respondi após respirar fundo.

- Ei, o que houve? - disse ela, percebendo na hora.

- Não é nada! Como você está!? Senti saudades. - respondi, abraçando-a forte.

- Foi bom. Eu estava com saudades da minha mãe. Mas, enfim! E aqui? Como foi as coisas? - perguntou ela, toda animada.

- Ah, como sempre! Finalmente sai da cadeia haha posso dormir em uma cama digna hoje! - respondi.

- Hmmmm que ótimo! Então, para de parabenizar pelo seu ótimo comportamento.. eu te trouxe isso! - disse

- Ela, me dando uma caixinha.

- O que é!? - perguntei, enquanto abria. 

- É uma surpresa! 

- NOSSA! É UMA CARTEIRA DE SAPO! - falei surpreso.

- Não entendo seus gostos por sapos fedorentos  mas.. é um presente. Hehe. - respondeu ela, mantendo seu sorriso no rosto.

- Nossa Sakura-chan! Você não existe.. - falei, morrendo de vontade de agarra-la e beija-la.

- É o que dizer cof cof que sou maravilhosa cof cof. - brincou ela. E então assim ficamos por um bom tempo, brincando e conversando.. e foi como sempre maravilhoso! Não importa se o dia foi ruim, ou o que aconteceu.. quando estou com ela... é tudo tão incrível!!! 

 

 

... no dia seguinte...

 

(Sakura on)

- Bom dia Alunos. Que bom que voltaram vivos. E, pelo visto boa parte da sala já desistiu e voltou para o colo da mamãe haha. - disse o Tenente Kakashi.

- O Naruto não voltou porque não tem mãe, se não ja tinha desistido hahahaha. - disse o Sasuke, e todos os idiotas da sala riram também! 

- O que adianta ter mãe mas ela estar de baixo da terra? - respondeu o Naruto, encarando-o.

- ORRAAAAA. - gritou a Sala. 

- Silêncio pessoal. Aqui não é a 5ª série. - disse o professor.

- Isso foi ridículo Sasuke. - falei baixinho, ja que ele senta atras de mim, encarando-o. 

- Não se mete vai. - disse ele, virando minha cabeça para frente.

- Bom. Como vocês sabem... ja se passou meio ano desde que vocês entraram aqui. E no final do ano a turma será dividida em "aqueles que vão fazer universidade " e "aqueles que farão carreira de soldados ". Os que farão universidade, serão os engenheiros e médicos do quartel. Os que forem para carreira de soldado, bem, serão capitão, coronel, tenente. Essa decisão não basta apenas a força de vontade de vocês, mas também depende da nota. Se não tiver nota boa, o quartel não vai dar o curso de medicina ou engenharia a vocês. E se não tiver notas boas nas aulas praticas, não seguirão carreira militar. E como ja sabem, o treinamento militar nosso é em uma base que temos no Havaí. Ficarão lá por 5 anos em treinamento. Então! Faça o favor de decidir até o meio do ano, e de estudarem. Só isso. Agora, o Tenente Guy espera vocês para aula de luta. Até. - disse o professor, saindo em seguida.

- Nós seremos medicas né Sakura! - disse a Ino, abraçando meu braço enquanto íamos para o campo. 

- Com certeza! E você Hinata!? - perguntei.

- E-eu.. eu quero seguir carreira militar. - respondeu ela.

- O-o que!?!? - falamos surpresa.

- Sim. Esse é o meu sonho. - disse ela, firme... 

 

(Naruto on)

- Ah, eu sei la cara.. eu não queria decidir logo o que eu quero ser! Na verdade eu queria ser o cara que treina os cachorrinhos do quartel sabe, queria fazer essas coisas! - dizia o Kiba, enquanto treinávamos.

- Nossa, esse é o seu sonho de vida!? Uau. - disse o Neji, rindo.

- E você Neji, vai querer o que por acaso!?  - perguntou o Kiba.

- Eu vou ser o que a Hinata-sama decidir ser. - respondeu ele.

- Ué, como assim!? - perguntei.

- Vocês são burros? Não viu o que o Kakashi disse? Se a Hinata escolher medicina ou engenharia e ele carreira militar vão ter que ficar separados por 5 anos. - disse o Sasuke.

- Isso quer dizer que.... a Sakura-chan vai querer medicina.. né!?!? - falei, acordando.

- Claro que vai. Olha como ela da um soco. Parece que está fazendo massa de pão. Ela não leva jeito nenhum para isso. Parece um flamingo desengonçado. - disse o Kiba, observando a Sakura-chan lutar contra a Ino.

- Hahahaha ela é péssima. - disse o Shikamaru, rindo.

- Qual é! Ela não é tão ruim assim!! - falei.

- Vai se acostumando com a ideia Naruto. Vocês vão ter que se separar. - disse o Neji.

- Vai ser bom pra ele. Vai ver como é ter que ficar longe da pessoa que gosta. - disse o Sasuke, me encarando.. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...