História Solidão - Capítulo 52


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Magia Suicida
Visualizações 2
Palavras 314
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Magia, Musical (Songfic), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Tá saindo ep pq eu to mt precisando escrever pra vcs e sério

Capítulo 52 - Rosa azul


Fanfic / Fanfiction Solidão - Capítulo 52 - Rosa azul

Liay narrando

Desci achando q o Kaio tinha saído para visita os pais dele mais pra minha surpresa ele estava brincando com o Miguel de "cadê a maça" essa e uma brincadeira q a gente inventou para ele pq ele ama maça 

[Liay]- brincando se "cadê a maça"? 

[Kaio]- sim 

[Miguel]- e eu jla clomi pedledaços de maça (sorri)

[Liay]- kkk e a Ana já acordou ?

[Kaio]- ñ 

[Liay]- tá vou ver c tem correspondência 

[Kaio]- ok

Saio e quando abro a caixa do correio me deparo com uma caixa escrita de Bruno para Ana dps entro em casa

[Liay]- olha q fofo mori (mostro a caixa a ele)

[Kaio]- vdd

Passou um tempo e ouvimos passos da escada e logo vemos longos cabelos loiros q só poderia ser uma pessoa

[Ana]- bom dia 

[Kaio]- boa tarde

[Ana]- tarde? (Nos olha confusa)

[Liay]- filha já são 12:00 (meio dia) (aponto para o relógio)

[Ana]- nossa kk e oq e essa caixa ? 

[Liay]- e para vc foi do Bruno (entrego a caixa a ela)

Ana narrando 

Mamãe me entrega a caixa q Bruno me enviou quando a abro me deparo com uma rosa azul mt bonita (midia) quando a cheirei ela tinha uma cheiro maravilhoso 

[Liay]- Ana acorda pra vida filha (estala os dedos na minha frente)

[Ana]- ah foi mal kk 

[Liay]- ela e mt bonita

[Ana]- vdd

Dps de um tempo vejo q tem um papelzinho dentro da caixa e nela tem inscrito o seguinte:

"Vamos botar chapéu de burro na cabeça do rei deixar a tristeza no canto e sair para batucar na rio branco as seis,vamos cantar glórias mofadas de um braguinha qualquer sambar na via atravessar (sambar na via atravessar) deixa eu cantar deixado não fique ai parado essa e a lei, vou pintar um lugar mais bonito pra fazer meu festival quando o carnaval passar,quando o carnaval passar (...)"

Sim ele escreveu um trecho de "Laiá laiá" do Cícero dps escureceu e fomos dormir 


Notas Finais


Então escrevi e tchau gente e eu to mt triste e talz e PUTA Q O ME PARIU CARALHO PORRA BUCETA PAU NO CU DA 5° SERI PORRA dps explico pq escrevi td isso talvez amanhã


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...