História Solo tú RBD , Vondy, Ponny e Chaverroni. - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Rebelde (RBD)
Personagens Alfonso Herrera, Anahí, Christian Chavez, Christopher Uckermann, Dulce Maria, Maite Perroni
Tags Chaverroni, Ponny, Rbd, Rebelde, Vondy
Exibições 66
Palavras 569
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Fala galera, ai está mais um capítulo da fic... Obs: Lembrando que é só um capítulo ta, eu não conseguiria escrever coisas piores pra falar a verdade quase nem consegui escrever esse então vcs devem não estar entendendo nada porém quando lerem irão entender, tenham uma boa leitura. 😘

Capítulo 30 - Torturas.


POV Annie

Isaac tirou a chave de fenda do seu peito e pegou o kit de primeiros socorros,  fez um curativo e se sentou ao meu lado novamente. 
Isaac: Olha só oque você fez! 
Eu não gostei nada disso ~ falou ele me enforcando ~
Agora a garotinha maldosa vai ter castigo. 
Annie: Me solta por favor ~ falei tossindo ~
Isaac apertava cada vez mais meu pescoço,  fiquei vermelha e desmaiei.
Assim que acordei estava no sofá ao lado de Dul e Noah ele estava a reclamar com ela.
Noah: Você também vai receber castigo por ter se cortado.
Dul: Não por favor
Isaac veio com suas ferramentas.
Isaac: vocês duas devem estar se perguntando por que né? 
Mais vocês não sabem oque fazemos com essas ferramentas. 
Ele deu risada e Noah também.
Noah me puxou pelo braço me pós em uma cadeira e me acorrentou assim como fez com Dulce.

POV Dul

Noah colocou as cadeiras em frente ao sofá e se sentou atrás de mim com uma chave de fenda na mão.
Noah: Como você gosta de se cortar,  já tentou com chave de fenda? , aposto que não né.
~ falou ele sussurrando em meu ouvido ~
Ele então passou a chave de fenda no meu braço,  estava quente provavelmente ele teria esquentado no fogo,  meu braço começou a sangrar na mesma hora que ele passou,  o corte foi profundo e me fez estremecer de dor.
O mesmo tampava minha boca enquanto eu gritava fazendo Annie ver tudo.
Noah: Eu vou te torturar até eu achar que você aprendeu a lição!
Dul: Não por favor!  ~ gritava enquanto ele abafava minha boca e passava a chave de fenda em meus braços cortando os mesmos com movimentos repetitivos~
Annie me olhava assustada e ela apertava sua mão,  queria fazer algo eu via, porém não podia nem conseguia.
Isaac se sentou atrás dela e pegou sua cabeça virando até onde eu estava obrigando a mesma a olhar Noah me torturar.
O mesmo pegou uma tesoura e tambem esquentou a mesma depois passou em minhas coxas fazendo seu nome,  eu já estava toda ensanguentada e não tinha forças, ele fazia seu nome profundo na intenção de querer deixar a cicatriz em minha coxa e cada vez que ele passava mais eu gritava de dor, logo após isso vi tudo escurecer e assim desmaiei.

POV Annie

Assim que Dul desmaiou Noah tratou dos seus ferimentos e estancou o sangue,  deitou ela na cama e a trancou no quarto de novo, ele veio andando com uma risada maliciosa e perguntou se Isaac queria ajuda,  o mesmo falou que sim então comecei a chorar.
Noah tirou uma Gillette do seu bolso .
Noah: Olha como você é bonita,  e esse corpo,  que tal estragarmos um pouco? 
Ele passou a Gillette em minha barriga me fazendo arquear as costas de dor eu gritava porém Isaac tampava minha boca.
Noah fazia tudo dando risada, estava satisfeito com oque ele fazia.
Noah tirou minha blusa e o meu sutiã e começou a apertar o bico do meu seio,  enquanto Isaac me cortava escrevendo também seu nome então eu desmaiei de dor.
Não via a finalidade naquilo,  poderiam estar possuídos porque um ser humano não tinha um coração de pedra ao ponto de fazer aquilo,  eu queria a morte,  era a única coisa que eu pensava,  não tinha mais medo, queria acabar com essa tortura.


Notas Finais


Ai gente escrevi esse capítulo com uma dor no coração sabe, o pior capítulo da fic...
Então já vou logo pedindo desculpas e tal,mais então até o próximo capítulo. Beijinho para acalmar o coração de vocês! 😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...