História Sombra e Alma - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kuroshitsuji
Personagens Bardroy "Bard", Ciel Phantomhive, Elizabeth Midford, Finnian "Finny", Mey-Rin, Pluto, Sebastian Michaelis
Tags Drama, Hentai, Kuroshitsuji, Romance, Sebastian
Exibições 35
Palavras 1.154
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 16 - Planejamento


Fanfic / Fanfiction Sombra e Alma - Capítulo 16 - Planejamento


Já estavam prontas, dentro da carruagem para partirem. Helena usava o vestido azul e branco que Lisa havia escolhido, enquanto a mais velha usava um vestido preto com detalhes brancos. 
Os cavalos logo começaram a se movimentarem carregando as damas até a mansão Panthomhive, onde não demoram a chegar. Frente a mansão estava Sebastian as aguardando que primeiramente ajuda Helena a descer com seu jeito cavalheiro e depois foi a vez de Lisa que ao tocar os pés no chão apoia suas mãos no peito do homem.
 

-Você está muito bela.

-Obrigada, Sebastian Michaelis.

-Meu senhor está a sua espera, lady Helena. -Retribui o homem com um sorriso.
 

O mordomo as guiam para onde Ciel estava e Lisa pode perceber a mudança de comportamento de Helena ao ver Ciel.
 

-Sejam bem vidas, lady Helena e Lisa.

-Obrigada conde Phantomhive. -Agradece a menina corando.

-Me ajude, Lisa ? -Pede Sebastian.

-Sim.

 

O mordomo e a governanta deixam os jovens e vão para a cozinha da mansão.

 

-Sebastian... 

-Sim?

-O que realmente Ciel sente por Elizabeth?

-Ela é noiva dele, então provavelmente meu senhor a ama.

-Entendo.

-Qual o motivo dessa pergunta?

-Você deve ter percebido, Helena está gostando do conde.

-Suspeitava... Confesso que o conde também se mostra bastante interessado em relação a Helena.

-Bom saber disso, mas vamos guardar em segredo, não quero que ela crie falsas expectativas.

-Como quiser... Mas e você, gostou da nossa noite de folga? -Brinca o mordomo malicioso.

-Como não gostar, não é mesmo, se quiser podemos repeti-la agora mesmo. -Provoca Lisa.

-Quem me dera, mas espero ansioso para uma próxima com mais tempo. 

 

Vão para a sala de jantar onde Ciel e Helena se encontravam. Sebastian serve seu mestre e Lisa faz o mesmo e logo os mais jovens começam a saborear a ótima refeição preparada pelo mordomo.
 

-Gostaria de fazer um convite. -Começa Helena. -O aniversário de meu irmão mais velho sera semana que vem e quero fazer uma surpresa a ele e gostaria de convida-los.

-Ficarei feliz em comparecer.
 

Lisa fica um tanto surpresa, não sabia que seria aniversário de Gilbert e muito menos que Helena faria uma festa.

 

-Lisa, você me ajuda a preparar? 

-Sim, é claro. Já pensou em um presente adequado a ele?

-Queria dar de presente a ele algo que ele deseja muito, mas infelizmente não está em meu alcance, pois o que ele mais quer e você, Lisa.
 

Sebastian olhou de canto desconfortável, pois viu a expressão triste que Lisa fez, algo muito raro.
Continuaram a saborear a ótima refeição tratando de negócios. Ciel comenta o quanto a rainha estava em seu pé e sugere algumas prevenções para não levantar ainda mais suspeitas. 

Logo terminam a refeição, e os assuntos também. As damas resolvem ir embora e Ciel e Sebastian as acompanharam até a carruagem.
 

-Obrigada por tudo. -Agradece Helena.

-Eu que lhe agradeço pela companhia. -Responde Ciel educadamente.

-Quando tiver mais informações sobre o aniversário de meu irmão eu os aviso. 

-Certo, estou aguardando. -Responde o conde ajudando a dama a subir na carruagem. 

-Até logo, Sebastian. -Se despede Lisa de um jeito provocativo.

-Até, Lisa. 

A morena sobe na carruagem e a mesma parte em seguida. Lisa pode perceber que Helena estava diferente e resolveu descobrir indiretamente.
 

-É aniversário do seu irmão, mas você parece triste.

-Provavelmente é o último aniversário que passarei ao lado dele. Seu trabalho está acabado, não é mesmo? Você não pode acabar com todo mal do mundo, mas já cortou bastante onde vivemos, cumprindo seu contrato ... A hora de entregar minha vida a você está próxima.

-Esqueça isso e se dedique ao seu irmão nesse tempo que lhe resta, aproveite e faça a melhor festa.

-Você tem razão, preciso aproveitar o tempo que me resta.

***
 Ao chegarem na mansão, começam os preparativos cautelosamente para Gilbert não desconfiar. Seguem sua rotina de costume e logo o homem se recolhe. 
Já era de madrugada, havia chegado a hora do trabalho de um demônio. A morena estava prestes a deixar a casa quando Gilbert a interrompeu.

 

-O que faz acordado, meu senhor?

-Nada... Ouvi você saindo do quarto de Helena. 

-Entendo. Preciso ir, de madrugada é a melhor hora para agir sem prejudicar Helena.

-Entendo... Cuidado.

-Não se preocupe.

Após aquela curta conversa, ela pula a sacada indo em direção a cidade com sua grande velocidade. E como esperado logo sua vítima foi avistada e foi sua hora de agir. Como todas as outras, era um homem sujo, mas imponente diante do demônio. Logo seu trabalho já estava completo.
Lisa foi para um lugar calmo e limpo a espera do nascer do sol. A brisa fazia seu cabelo voar e enquanto isso o demônio refletia, Helena havia se tornado a primeira alma e mexer emocionalmente com seu trabalho e isso seria ruim futuramente.
Havia amanhecido, a morena havia assistido o sol nascendo e já havia retornado a mansão a espera do despertar da mais nova para servi-la. Como rotina, Gilbert se colocou na mesa primeiro e tomou seu desjejum e Helena chegou logo depois e fez o mesmo.
 

-Preciso tratar de alguns negócios. -Avisa o homem limpando a boca e se levantando.

-Bom trabalho. -Deseja a mais nova.

-Se precisar de algo não hesite em me chamar. -Se oferece Lisa.

-Obrigado. -Agradece o homem se retirando.

Sozinhas as meninas aproveitaram para darem continuidade aos planejamentos da festa. Lisa escreveu uma carta a cada pessoa que Helena julgou importante estar ali e as enviou. A decoração decidiram algo mais maduro e adulto assim como a comida. 
As duas resolveram ir até a cidade  a procura de um belo vestido para Helena e ao chegar no local, a mais nova obrigou Lisa a escolher um para ela.

***

O grande dia havia chegado, Helena estava extremamente radiante ansiosa para a reação do mais velho. Gilbert havia saído para uma "reunião" planejada por Helana com o senhor Ryan que aceitou ser cúmplice.
O demônio arrumou sua senhora que ficou linda com um vestido verde água, acessórios dourados com esmeraldas. Seus cabelos estavam totalmente presos.
 

-Você está pronta, Helena.

-Agora é sua vez, Lili.

-Não me chame assim, me sinto um cachorro. Os convidados logo irão chegar, não tenho tempo.
-Eu os recebo, ande logo isso é uma ordem.

A morena bufou, mas foi obrigada a concordar. Tomou um banho relaxante, e colocou um vestido azul escuro extremamente lindo que haviam comprado. Seus acessórios também foram dourados com pedras de diamante. Seu cabelo não havia ficado totalmente presos. Lisa estava extremamente linda.
 

-Está linda. -Comenta Helena espreitando pela greta da porta.

-É feio ficar espiando as pessoas.

-Sou sua senhora, posso espia-la. -Responde a loira com um sorriso.

-Por isso odeio contrato com pirralhos.

-Deveria ter pensando antes de fazer, agora é tarde, você está presa a mim.

-infelizmente.


Logo o primeiro convidado chegou e a mais velha foi recepciona-lo e Helena a acompanhou para dar as boas vindas.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...