História Some mysteries are worth. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf, The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Allison Argent, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Chris Argent, Cora Hale, Corey Bryant, Damon Salvatore, Derek Hale, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Gerard Argent, Hayden Romero, Hayley Marshall, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Jeremy Gilbert, Jordan Parrish, Kaleb Westphall, Katherine Pierce, Kira Yukimura, Klaus Mikaelson, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malachai "Kai" Parker, Malia Tate, Mason Hewitt, Melissa McCall, Meredith Walker, Natalie Martin, Peter Hale, Rafael McCall, Rebekah Mikaelson, Scott McCall, Sheriff John Stilinski, Stefan Salvatore, Stiles Stilinski, Theo Raeken, Tyler Lockwood
Tags Argentfamily, Beaconhills, Delena, Klausmikaelson, Maleo, Mysticfalls, Scallison, Steferine, Stydia, Teenwolf, Thevampirediaries
Exibições 399
Palavras 906
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção Científica, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Essa é a minha primeira fanfic aqui, achei curioso criar o meu final para Teen Wolf e The Vampire Diaries, nessa fanfic achei interessante explicar como Allison Argent sobreviveria e Elena Gilbert também. Afinal as duas estão "mortas" nada aqui deve ser levado para a realidade, a categoria já diz "ficção. " Bjinhos pra vocês.

Capítulo 1 - Second chance.


Fanfic / Fanfiction Some mysteries are worth. - Capítulo 1 - Second chance.

Beacon Hills — 11h30min.

POV'S Lydia Martin.

Enfim estava em casa, depois de uma longa tarde com o Stiles no meu pé querendo achar "corpos" de possível uma ameaça. Sentei na cama e escrevi um pouco em meu diário, na verdade o diário que substituía Allison. Já fazia três anos que ela estava em processo de "cura" devido ao sacrifício oferecido por mim e Meredith, todos que eu confiava sabiam, mas depois de tanto tempo as esperanças foram embora, eu ouvia todos os dias. "Ela está morta Lydia! Morta!" Mas pra mim não estava, eu podia sentir que não, ela ia dar resultados ela precisava voltar. Decidi dormir um pouco.

Beacon Hills — 00h30min.

Acordei um pouco assustada, minha garganta estava ardendo e na minha cabeça só tinha vozes me mandando gritar, eu tinha que gritar. Foi quando senti algo forte contra meu corpo, era uma sensação horrível, algo estava acontecendo e eu precisava avisar. Olhei para o espelho e notei a minha íris branca meus olhos pareciam totalmente vazios, gritei pelo desespero e pela vontade, podia ouvir as janelas caindo pelo grito estridente, os alarmes dos carros estacionados ali próximo machucavam cada vez mais meus ouvidos e isso só ajudava na potência do meu grito.

POV'S Scott McCall.

Stiles e eu estávamos na rua indo para casa quando ouvimos o grito da Banshee, senti uma dor de cabeça horrível era como a cada músculo do meu corpo e cada veia estivesse explodindo a cada onda sonora, levei as mãos ao ouvido para tentar amenizar a dor, àqueles gritos só aumentavam e eu não conseguia me manter em pé, me apoiei em Stiles e tirei as mãos do ouvido quando percebi que não havia mais dor.

  — Cara o que foi esse grito? — Olhei para Stiles preocupado.
  — Allison,  Scott, a Allison! Vai para o hospital, te encontro lá depois, vou ajudar a Lydia! — Meu coração acelevara enquanto Stiles repetia o nome da Allison por várias vezes, as minhas esperanças estavam voltando, sai correndo pela reserva até chegar a porta do hospital, abri a porta com tanta força que o vidro quebrou, sai correndo até o elevador e apertava o botão para o quarto andar desesperadamente, as portas se abriram e eu só conseguia pensar na Allison. Empurrei a porta da sala dos fundos aonde Allison estava, abri uma das gavetas e puxei com força para fora.
  — Não! — Olhei para Melissa na porta.
  — Mas mãe! — Eu não consegui segurar as lágrimas, ela entrou eu me abraçou forte.
  — Você precisa aceitar Scott. Já fizemos de tudo por ela. — Melissa tinha razão, respirei fundo enquanto me acalmava, deixei meus batimentos estáveis foi quando ouvi um suspiro.
  — Ouviu isso? — Me afastei de Melissa indo até Allison.
  — Scott!
  — Eu preciso! — Segurei o lençol que escondia o rosto de Allison, a última vez que tinha erguido aquele lençol eu fiquei arrependido, mas eu precisava ver, precisava ter certeza, levantei o pano e vi Melissa fechar os olhos, olhei para Allison, seus olhos continuavam fechados, sua aparência estava mudando, seu corpo reagindo e lutando para voltar, eu sabia que a Lydia iria conseguir! A minha Allison estava voltando.
  — Mãe! — Dizia eu sorrindo e emocionado ao mesmo tempo. — Ela melhorou, mãe ela vai voltar. Vai voltar pra mim! — Disse sem pensar, foi quando notei Kira parada na porta.— Kira! — Abri a porta e sai atrás dela, ouvi Melissa gritar. — Me espera aqui! Por favor! — Voltei ao quarto correndo.
— Scott! Scott! — Me aproximei com cautela de Melissa, eu não sabia se a Allison voltaria ela mesma, não sabia se tinha risco dela não ser mais a mesma, a minha vontade era enorme, agir sem pensar era errado, mas eu não tinha tempo para pensar, me aproximei de maca de Allison, olhei para seu rosto, podia ouvir seu coração, sua respiração ainda fraca mas que aumentava a cada segundo, seus olhos se abriram de uma forma rápida, me afastei pouco, mas era o bastante para notar o castanho virar um vermelho escuro e logo depois voltar ao normal.

  — Allison! Allison?
  — Scott.. — Recebi um leve aperto em minha mão como resposta, ela estava ali, o sacrifício tinha dado resultados, não foi em vão, ela tinha voltado. Acaricei seus cabelos e sorria feliz, foi como a primeira vez, eu não estava acreditando, eu a vi morrer em meus braços e quando ela teve uma segunda chance era comigo que ela estava. Olhei para Lydia que chorava abraçada em Stiles que sorria enquanto tentava acalmar Lydia.

  — Lydia me ajuda com ela. — Disse Melissa.
  — Eu ajudo! — Olhei para Melissa.
  — Não vai dar banho nela Scott! — Em troca ganhei um tapa no braço. Stiles e eu saímos do quarto para que Melissa e Lydia ajudassem Allison a levantar. Eu estava pensativo, não estava mais ali, estava pensando em como dizer ao Chris que a filha dele tinha voltado, como explicar para o pai do Stiles o que havíamos feito.
  — Scott? — Chamou Stiles.
  — O que foi?
  — Kira foi embora.
  — Eu não posso deixar a Allison aqui Stiles, ela vai entender.
  — Como vai dizer ao restante da alcatéia?
   — A alcatéia sabe do sobrenatural. Estou preocupado em como dizer para o Chris.
  — Ele também sabe Scott.
  — Não do sacrifício. — Stiles ficou calado..


Notas Finais


Está ai o primeiro capítulo! Eu não sei se ficou bom, mas me agradou e espero que agradem a vocês também.
Bjinhos e até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...