História Some mysteries are worth. - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf, The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Allison Argent, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Chris Argent, Cora Hale, Corey Bryant, Damon Salvatore, Derek Hale, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Gerard Argent, Hayden Romero, Hayley Marshall, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Jeremy Gilbert, Jordan Parrish, Kaleb Westphall, Katherine Pierce, Kira Yukimura, Klaus Mikaelson, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malachai "Kai" Parker, Malia Tate, Mason Hewitt, Melissa McCall, Meredith Walker, Natalie Martin, Peter Hale, Rafael McCall, Rebekah Mikaelson, Scott McCall, Sheriff John Stilinski, Stefan Salvatore, Stiles Stilinski, Theo Raeken, Tyler Lockwood
Tags Argentfamily, Beaconhills, Delena, Klausmikaelson, Maleo, Mysticfalls, Scallison, Steferine, Stydia, Teenwolf, Thevampirediaries
Exibições 27
Palavras 2.301
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção Científica, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Último capítulo!
Boa leitura!

Capítulo 40 - Prom. - End.


Beacon Hills — 09h15min AM.

Três meses depois...  

 POV'S Lydia Martin. 

 Acordei animada, pois faltavam apenas algumas horas para o baile, estava tudo perfeito, o ginásio estava lindo.  

— Lydia?  

— Bom dia mãe!  

— Que horas vai ver seu vestido?  — Daqui algumas horas, vou esperar as garotas. 

— Escolha algo que marque o final do segundo ano!  

— Pode deixar! — Olhei meu celular e nada do Stiles. Nem uma mensagem, nem uma ligação perdida. — Mãe, vou ir até a casa do Stiles. Até mais tarde. — Peguei minha bolsa e bati a porta, entrei no carro e coduzi até a casa do Stiles. Toquei a campainha várias vezes.  

— Stiles? — Gritei. 

— Entraaaaaa! — Ouvi a voz de Isaac na janela.  

— Está trancada!  

— Ah é, espera. — Ele segurou minha mão e me puxou para cima do telhado.  

— Isaac! — Gritei. 

— É que o xerife trancou o Stiles em casa. 

— Porque?  

— Ele ficou desesperado por levar você ao baile.  

— Isaac cala boca! — Stiles atirou um travesseiro em Isaac. 

— Ficou? — Perguntei. 

— Não muito.  

— Mentira, ficou sim, foram 38 ligações em menos de uma hora! — Scott deu risada. 

— Falando em ligação, cadê a Allison? 

— Ela está com a Carolina e a Amera, ela vem sentindo dores e coisas assim. — Scott sorriu fraco. 

— Normal para alguém de 5 meses! — Sorri aberto. 

— Já? Eu errei nas contas?   

— Scott, o bebê retarda o crescimento humano. 

— Ah é.. 

Olhei para as roupas encima da cama de Stiles.  

 — Vai vestir qual?  

 — Não sei, me diz você. 

 — O terno Preto. — Apontei. 

 — Como quiser.  

 — Agora ou buscar a Allison, Elena, Bonnie, Hayden, Malia e a Hope. 

— Haja mulher. 

— Diga isso a Elena Isaac. — Puxei Stiles para a janela da cozinha, tirei os saltos. — Vejo você as 8? 

— Estarei lá. 

— Até mais tarde. — Aproximei nossos lábios e dei um rápido selinho nele, pulei a janela e entrei no carro.  

 Fui até a casa da Melissa. Toquei a campainha.  

 — Lydia! — Allison me abraçou. — Já ia te ligar. 

— Vamos ver o que eu faço nesse vestido para caber em você.  

— Amera deu um jeito! — Allison vestiu o vestido e sorriu. Estava lindo. 

— Salva pela Amara. — Disse sem prestar a atenção nas palavras. 

— É Amera Lydia!  

— Eu disse Amera. — Retruquei. — Vamos, eu preciso ir buscar as outras para irmos compra os outros vestidos. — Allison tirou o vestido e colocou suas roupas, descemos. 

 *** 

11h57min. AM.

 Na loja..

 Depois de provar mais de vinte vestidos finalmente escolhi.  Malia e as outras não demoraram nada, deixei as garotas em casa e fui o salão aonde tinha marcado hora para fazer as unhas.  

 POV'S Scott McCall. 

— Allison? — Gritei da sala. 

— Hum? — Ela desceu as escadas. 

— Vem cá. — Segurei a mão da mesma, ouvi os batimentos dela acelerando ao ver Rafael sentado no sofá da sala. — Calma, vamos contar com calma. 

 — Não me deixa gaguejar.  

 — Não deixo. — Ela sorriu, seu vestido escondia tudo, então sentamos e ele não desconfiou de nada.  

 — Então? Porque me chamaram aqui? — Rafael sorriu olhando para Allison.  

 — Rafa, essa é a Allison. — Minha mãe sorriu. 

 — Desculpa, mas ela não estava morta?  

 — Ah, não. Eu passei uns tempos internada em Los Angeles.  

 — Uns tempos? — Ele perguntou. 

 — Três anos. — Ela sussurrou. 

 — Mas o assunto não é esse. — Interrompi.  

 — E qual é? 

 — Pai... A Allison.. — Suspirei. — Allison está grávida.  

 — Grávida? Scott! Quantos anos ela tem?  

 — Ele não fala por mim! Pergunte diretamente a mim. — Allison alterou o tom de voz. — Eu tenho 19 anos.  

 — Apenas 19? E você Scott? Só tem 18 anos! — Allison se levantou e aproximou suas mãos dos olhos dele. 

 POV'S Allison Argent. 

Não conhecia bem o Rafael, mas já era insuportável.  

 Me aproximei minhas mãos dos olhos dele e deixei a mão solta, libertando a parte boa, e também o ajudando a entender melhor, apaguei de suas memórias as energias ruins e também a culpa que ele sentia por ter deixado Scott e Melissa.

 Me afastei.  

 — Obrigada. — Melissa sorriu. 

 — Não precisa agradecer. — Sorri novamente.  

 — Então eu vou ser avô? — Rafael se levantou e abraçou Scott dando um leve tapa em suas costas. 

 — Vamos almoçar! — Melissa se levantou.  

 — Ajudo com as coisas Mel. — Deixamos Scott e Rafael a sós.  

 POV'S Scott McCall. 

 — Então, me conte, como foi?  

 — O que? 

 — Scott, você sabe. 

 — Sério mesmo?  

 — Nunca tivemos uma conversa de pai e filho. Tudo tem uma primeira vez. 

 — Foi bom, foi com quem eu amo. — Eu sabia que a Allison podia ouvir, e a olhei. O sorriso envergonhado em seu rosto não escondia nada.  

 — É, sempre especial. Posso te perguntar uma coisa? 

— Quer saber se ainda tem chances com a mamãe?  

 — É, sim.. 

 — Tem, se não bancar o canalha. — Me levantei ao ver Allison chamar, me sentei na cadeira ao lado da Allison.

  *** 

 04h17min

 Allison acordou do seu sono da tarde com 20 chamadas da Lydia. 

 — Ela quer que eu vá mais cedo. — Tá bom, vamos todos cedo então. — Ela sorriu e me deu um demorado selinho.  

 Me sentei na cama e esperei Allison tomar seu banho.  

 Carolina me ligou logo depois.  

 Ligação On. 

  - Como ela está? 

 - Bem, almoçou e depois dormiu como sempre. 

 - Ela está bem cansada, é normal para gravidez sobrenatural. -Carolina riu. 

 - Mais quantos meses ?

 - Scott, nem descobrimos o sexo do bebê ainda, ele não quer abrir as pernas para a Amera ver. 

 - Amera é um ultrassom ambulante? 

 - Quase isso. 

 - Preciso desligar, vou levar a Allison pro baile. 

 - Me avise qualquer suspiro que ela der e você achar estranho.

 - Tá bom.  

 Ligação Off. 

 Allison saiu do banheiro com uma lingerie vermelha. 

 — Allison!  

 — Scott! Não! Vem me ajudar a vestir esse treco. — Ela pegou o vestido em mãos e vestiu. A ajudei a subir o zíper. 

 — Disfarçou bem. Nem parece que está grávida. 

 — De um lobisomem alfa. — Ela riu. 

 — Se não fosse pelo sobrenatural, talvez você não tivesse que mentir para tantas pessoas. 

 — Eu não ligo, agora eu posso fazer qualquer um ver o que eu quiser que veja. — Ela sorriu e me beijou. 

— Vai para o banho McCall. Vou terminar de me arrumar.  

 — Quem vai te ajudar?   

 — Eu, boxer bonita McCall. — Katherine entrou pela janela.  

 — Allison! Porque não avisou? 

 — Eu tinha combinado com a Elena. — Ela deu de ombros. 

 — Elena ainda está se arrumando, então eu vim. 

 — Por boa vontade?  

 — Claro, a Allison é um amorzinho. — Ela sorriu, peguei minhas roupas e fui para o banheiro. 

 Não demorei muito, o banho era apenas um detalhe a mais para a festa. 

Melissa me ajudou com a gravata e quando voltei ao quarto Allison estava linda, seu cabelo estava preso e tinham pequenas flores brilhantes espalhadas por ele. Sua maquiagem estava em tons fortes, mas nada exagerado. Ela estava perfeita. 

 — O que achou? — Katherine levou a mão a cintura. 

 — Ela...  

 — Linda? eu sei, de nada e bom baile. — Katherine pulou a janela novamente.

 POV'S Lydia Martin. 

Recebi uma mensagem da Allison, ela já estava pronta, todas estavam, menos eu. Stiles estava esperando na sala, ele estava sexy, aquele terno preto, aquele cabelo bagunçado e seu perfume era gostoso. Amera entrou no quarto.  

— O que está fazendo aqui?  

— Vim te ajudar.  

— Minha mãe deixou?  

— Claro que sim. — Ela puxou a cadeira da penteadeira e me sentei. — Vou fazer algo que minha família gostava, e gosta. 

— Não deixa brega!

— Eu não sou a Carolina. — Ela riu.

***

O Penteado era realmente lindo, a maquiagem era forte e chamava a atenção, desci as escadas e Stiles sorria sentado no sofá.

— Vamos?

— Claro.

— Esperam. — Um rapaz bem vestido jogou a chave de seu carro para Stiles, saímos para fora e o carro era uma caminhonete linda e preta. 

— Deve ter custado caro.

— Não muito. Ele parece ser rico. 

Stiles dirigiu até a escola, Allison e Scott já estavam lá, entrei no ginásio ginásio acendi as luzes. 

— Pode por a música, todos já estão chegando. E não esqueça de organizar a votação para rei e rainha do baile. — Sorri para a aluna. 

09h20min.

Narradora.

O baile que Lydia havia organizado estava como o de uma realeza, as luzes de todas as cores, copos de cristal e flores espalhadas pelas mesas. Estava tudo perfeito, Isaac e Elena logo chegaram, pararam na porta para a foto que ficaria registrada no mural dos alunos do terceiro ano. Isaac sorriu e não olhou para a câmera, pois seus olhos deixariam varias dúvidas. Stiles e Lydia logo foram tirar suas fotos, entre caretas e brincadeiras um beijo marcado por uma foto.

Allison, Scott, Isaac, Liam, Hayden, Elena, Jeremy, Bonnie, Hope, Malia, Stiles, Lydia, Tyler, Mason e Corey se juntaram para a primeira foto em grupo da noite. 

Entre danças, bebidas e muita bagunça com tinta neon, chegou a tão esperada hora de coroar o rei e rainha.

Lydia ganharia novamente? Quem ousaria tirar a ruiva da jogada esse ano? 

— Agora, Vamos anunciar o rei e rainha do baile... — Senhorita Martin sorria enquanto abria o envelope. — A rainha é ... Bom, parece que tivemos um empate! Teremos duas rainhas e dois reis esse ano? — Lydia estava trêmula de ansiedade. — E as nossas rainhas são.. Lydia Martin e Allison Argent. — Lydia segurou a mão de Allison e correu em direção ao palco, o diretor coroou as duas e todos do ginásio bateram palmas. — Agora.. Os nossos reis! Como todos imaginaram.. Scott McCall e Stiles Stilinski. — Os garotos subiram ao palco e foram também coroados.

O ginásio todo aplaudiu e gritou o nome dos Reis e rainhas. 

— Hora do discurso dos nossos futuros veteranos. Gostaria de chamar Allison Argent, a nossa aluna exemplar este ano. Parabéns Allison, e seja breve em seu discurso.

Allison segurou o microfone e sorriu, sua timidez estava clara, Scott se aproximou de seu ouvido e sussurrou.

— Pense apenas em falar. Ou em mim pelado. 

Allison riu e agora parecia mais segura.

— Eu não sei muito o que falar, apenas vou dizer. Não quero ser lembrada como a veterana chata e metida. Quero ser lembrada como Allison Argent. Ser lembrada pelas minhas artes, minhas brincadeiras, quero que todos os veteranos sejam lembrados por suas capacidades, suas habilidades. Agradeço a cada um deles, a cada professor, a cada diretor, eu voltei de Los Angeles a alguns meses e algumas pessoas se perguntam, como eu tive forças? A resposta é simples. Eu tive amigos que ficaram do meu lado, não desistiram de mim, não deixaram de lembrar de mim, existe sim uma coisa pior do que a morte. Ser esquecido. Eu tenho um ótimo namorado, ótimas melhores amigas, e ótimos melhores amigos, somos em 19 e mesmo que alguns saíram ou simplesmente a afastaram, estamos felizes. Estamos preparados para o último ano, eu sou Allison Argent e eu sobrevivi.

Lydia não aguentou segurar as lágrimas e abraçou Allison, todos aplaudiram e alguns até choravam. 

— Scott McCall. Seja breve.

— Eu também não muito a falar, e meu amor, você tirou as palavras da minha boca. Eu quero agradecer aos meus amigos e aos meus melhores amigos,obrigado por estarem comigo, por fazerem parte dessa jornada, Stiles?  Obrigado por estar comigo desde o começo, desde o nosso primeiro ano juntos, por me dar conselhos. Não vou ficar aqui falando de você cara... Obrigado Liam, Isaac, Allison, Lydia, Stiles, Malia, Hayden e ao Derek que não está aqui está noite, vocês são mais que uma família, são a família que eu nunca tive. E principalmente a Allison, por estar me dando a chance de construir a minha, meu filho, que você venha com saúde e saiba que aqui, em Beacon Hills vai encontrar as melhores pessoas, os melhores amigos até professores que você pode imaginar. 

Todos levantaram-se e aplaudiram o discurso de Scott.

Allison segurou a mão de Scott e desceram os pequenos degraus até a ala de bebidas.

— Lydia Martin.

— Eu queria dizer que eu vou sentir falta de tudo,  queria agradecer a todos, até mesmo aos diretores. Faço das palavras de Scott Mccall e Allison Argent as minhas. E também, quero dizer que Stiles e eu não estamos namorando. 

Todos gargalhavam e fizeram expressões de tristeza.

— Stiles Stilinski.

— Olha, eu não vou agradecer não, amo vocês e tamo junto treinador! — Stiles bateu no peito e deu risada, o que fez todos rir também. Lydia e Stiles foram juntos até o gramado aonde todos esperavam.

— Mais uma jornada completa. — Derek se aproximou.

— Até que enfim. — Allison sorriu e todos a olharam sem entender. — Tem alguém querendo lhe ver. — Allison se aproximou de Derek suas mãos estavam próximas aos seus olhos. Suas lembranças com Paige passaram como um trailer em sua cabeça.  

Em suas lembranças Paige sorria e estava bem. 

— Derek? Allison me prometeu hoje, que vamos nos ver em breve, e através dessa lembrança eu digo o que eu não disse aquela noite. Eu te amo Derek. — Allison se afastou e Derek a abraçou. 


...... 

Suas vidas estavam apenas começando. 

Poderia ser o começo do fim, ou o começo do começo porque o para sempre é eterno para os novos veteranos de Beacon Hills.




Notas Finais


Meu Deus! Quatro horas para escrever esse capítulo, muito energético e muita música!
Chorei e sorri a cada discurso, a cada palavra.
Estamos apenas começando! Obrigado a todos que estão comigo ❤

O começo do começo. ❤

Deem suas opiniões. ❤

Até mais, meus betas. ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...