História Someday Maybe - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Harry Styles, Hot, One Direction, Romance
Exibições 105
Palavras 2.413
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - 13


Fanfic / Fanfiction Someday Maybe - Capítulo 13 - 13

November, 26/2014

Frustrada... 

Nao ha outra palavra que descreva como Elouisa esta sentindo nesse momento.
Esta na Australia ha quase dois dias, mandou mensagem para Harry dizendo em qual hotel esta hospedada assim que fez o chekin e ate esse momento ele esta ignorando sua existencia outra vez. Tirando um aceno com a cabeça quando ele chegou na premiaçao e a viu de longe, nada mais, nem um olhar!
Ele acha que vai espera-lo para sempre como uma idiota? Esta completamente enganado! 
Agora estao ali, dentro do  Star Event Centre, uma casa de eventos enorme e requintada, assistindo os premios serem entregues aos vencedores e apresentaçoes musicais... Pode ve-lo de costas para ela, mas tem certeza que ele nao podera ve-la a nao ser que gire as costas e se incline para baixo, o que seria estranho demais caso o fizesse.

Precisa se concentrar em seu trabalho, foca nas anotaçoes importantes que ja fez e continua de onde parou, mas o sentimento de frustraçao ainda permanece.

Assim que acaba a premiaçao, Lou sai do teatro e pega um taxi direto para seu hotel, fica a poucas quadras de distancia. Ao chegar, sobe para seu quarto, necessita de um banho para relaxar.

Apos tomar um banho demorado, o que a faz se sentir um pouco melhor, senta de frente ao notebook e começa a digitar suas imprensoes sobre a premiaçao.

Pouco mais de 00:52 o interfone toca, Elouisa levanta da cama e atente, a recepcionista avisa que "Mr Styles" esta ali, se deve manda-lo subir...  Se ve dividida entre o orgulho ferido e a saudade. Decide ceder.

Segundo andar, Harry para em frente o numero 2.07, respira fundo, passando as maos nos cabelos... Recebeu sim o recado dela ha quase dois dias, nao respondeu porque realmente queria cometer uma vingancinha, faze-la sentir na pele todas as vezes que foi ignorado. Porem, ao ve-la no teatro hoje, nao conseguiu resistir. Sua intensao era  procura-la so em Londres, porem, dali tera que ir para LA, esta cheio de compromissos, nao tera oportunidade tao cedo.

Voltara  para casa so primeiro de dezembro, entao ali esta, atras dela... Pelo menos, dessa vez esta seguro de que vai se manter o maximo distante sentimentalmente possivel.
Aperta a campainha e aguarda.

Elouisa passa as maos nos cabelos e caminha em direçao a porta, amarrando o roupao um pouco mais, abre a porta, e la esta ele, todo de preto, aquele olhar intenso, as maos apoiadas no batente... 

Harry engole a seco quando a ve, nao sabe como, seu corpo esta pronto, ela esta com roupao, portanto a imagina nua por baixo, isso o deixa completamente excitado.

Entra no quarto de um passo e a envolve pela cintura beijando-a com vontade.

Elouisa sente um calorzinho no baixo ventre assim que se ve nos braços dele, o sabor do beijo e tao bom! E incrivel como sempre que mascava trident se lembrava do beijo dele e agora esta saboreando novamente aquela delicia!
Apesar de todo desejo, esquiva dos braços fortes:
__ Opa, calma... Calma ai!
__ Que foi, Lou? Quero voce!_ Tenta voltar a beija-la, mas ela se afasta:
__ Nao, espera! Harry! Voce me ignorou todo esse tempo e vai chegando assim... Para! 
__ O que? Começaram as cobranças? Vou embora!_ Harry vira e volta para a porta.

Lou o encara decepcionada:
__ Entao e assim que vai ser?
Harry segura na maçaneta e a olha arrogante:
__ E, e assim que vai ser.

Os dois se encaram sem nada dizer, Harry respira fundo, solta o ar lentamemte olhando para o teto enquanto apoia as costas no batente, displicente:
__ O que voce quer que eu faça, Lou? Nao tenho nada a te oferecer.
__ Como assim? 
__ E isso ou nada. Eu perguntei se voce topava!
__ Entao e so sexo? So isso?
Harry a encara desistente:
__ Voce sabe que com voce nunca sera so sexo, Lou. Mas nao posso oferecer alem disso, nao estaria sendo honesto.
__ Uhm... Voce nao me ama mais_ Lou afirma insegura.
__ Nao sei_ Harry mente.

Elouisa engole a seco, cruza os braços impotente, observa ele afastar as costas do batente:
__ E pegar ou largar, se nao quiser vou embora_ Harry tenta se mostrar seguro, quase insensivel.

Lou engole a seco, o medo de acabar sofrendo com esse acordo a incomoda. Respira fundo, tomando coragem:
__ Fique_ Quase sussurra. Prometeu arriscar por ele, nao vai voltar atras.

Harry fecha a porta devagarinho, caminha ate ela, ficando frente a frente, olho no olho. 
Elouisa levanta a mao e o acaricia no rosto:
__ Daquela vez voce disse que ia me provar o quanto me amava, o quanto valia a pena... Agora e minha vez. Vou te fazer me amar de novo, porque eu te amo, e voce vale muito.

Harry se emociona por baixo da postura firme... Quantas vezes sonhou em ouvir aquilo? Anos atras jogaria tudo para o alto por ela... Mas agora nao. Agora e diferente.

Elouisa se aproxima e o beija com carinho, sensual,  seduzindo-o.

(Kiss it Better/Rihanna)

Harry realmemte achou que conseguiria se conter, mas assim que ela o beija, deixa de raciocinar, a saudade falando mais alto. Nao tem vontade propria, correspondendo as caricias e mesmo tentando manter os ultimos resquicios de sua sanidade, sabe que e uma luta perdida... Porque com ela e assim? Porque nao consegue manter o controle?

Lou o envolve com os dois braços pelo pescoço, a lingua invadindo a boca gostosa, pressiona os seios no peito reto, gemendo baixinho,  provocante.
Suas maos deslizam pelo pescoço ate agarrar os cabelos cacheados, o empurra de leve.

Harry se deixa levar, sente as maos dela tirar seu blazer puxando por seus braços, a peça cai pesadamente no chao.
Logo os dedos experiente desabotoam sua camisa, ja estao ambos ofegantes...

Interrompe o beijo e a olha enquanto solta o roupao, enfia as maos por dentro tocando a pele ardente, ela cheira a banho recem tomado, tao macia, tao gostosa!

Lou puxa a camisa pelos ombros, observando como estao mais largos, ele e tao atraente! Esta tao mais homem! Nao ha nada ali do rapaz de dezenove.
Morde o labio inferior excitada ao desnudar os braços com muitas outras tatuagens... Proximo ao ventre reto  tambem tem novas tatuagens, e tao bonito ele ser tao natural, nao aqueles tanquinhos exagerados, adora ainda mais cada detalhe daquele corpo, tudo e um charme a mais naquele homem que exala masculinidade em todos os poros.

Harry deixa a camisa cair no chao, a agarra pela cintura puxando-a para perto, a suspende do chao em um beijo ousado,  os dois riem baixinho, labios unidos, achando graça sem motivos, felizes somente por estarem juntos.

Elouisa abaixa a mao e abre o fecho da calça, o empurra na cama, Harry cai sentado, os cabelos no rosto em um bagunçado sexy, ela monta nele, uma perna de cada lado, segurando-o pelo rosto, outro beijo... 

Harry perde a cabeça, a boca, a lingua, o sabor dela o provoca, levanta a mao puxando o roupao enquanto desliza os labios por aquela pele naturalmente perfumada, sente ela rebolar em sua ereçao, aperta os olhos tentando conter a loucura que ela causa.

Lou apoia as duas maos no peito e o empurra deitado, se inclina e beija os mamilos, sentindo o peitoral subir e descer ofegante, sua intimidade comprime ao sentir a protuberancia contra ela, o desejo inundando-a... Continua a descer as caricias com a boca pelo abdome, saindo de cima dele ao mesmo tempo que despe a calça, descalça os sapatos e puxa a calça, ele ja vai retirando a boxer... Fica boquiaberta ao ver a ereçao... Ele ja era bem dotado mas agora... Uau!!! Que desenvolvimento! E um homem feito! 

Harry observa o olhar guloso na mulher a sua frente, nao tem como nao ficar orgulhoso da propria anatomia. Em um ano mudou muita coisa.

Nao esperava por o que se segue, assiste ela se inclinar com um olhar felino e envolve-lo com os dedos, ofega de expectativa ao perceber a intençao dela... Ao sentir os labios abocanha-lo, a umidade da lingua, solta a cabeça na cama gemendo de prazer, o cenho franzido, expressando o choque de sensaçoes que se espalham por seu corpo... Sempre fantasiou como seria se ela fizesse isso, mas  o prazer e tao maior do que imaginou!

Levanta a cabeça, os labios entreabertos, assistindo ela suga-lo de uma maneira tao sensual e intima... Muito tesao... Nao existe outra palavra que descreva.

Elouisa olha para o homem na cama, as faces discretamente ruborizadas, os olhos verdes intensos, ele morde o labio interior de uma maneira libidinosa, a segura pela nuca, agarrando os cabelos gentilmente e puxando-a para cima, vai subindo obediente, ele encontra sua boca faminto, a agarra despindo o roupao e jogando de lado, girando o corpo por cima dela... Elouisa geme profundamente ao sentir ele preenche-la, firme e pungente, o abraça com as pernas, acomodando-o melhor, os olhos verdes estao penetrantes, dominantes, as maos a tocam experientes, caricias ardentes...

Nao e so sexo... Harry ja percebeu assim que a beijou, nao adianta se iludir... Ela sempre o tera nas maos, esse sentimento que aquece seu peito e inabalavel... La esta ele outra vez fazendo amor com a unica mulher que e capaz de amar. 

Elouisa percebe que o olhar dele esta diferente, ele esta vulneravel, isso a enche de esperanças, consegue enxergar amor ali, puro, cristalino.

Quando o corpo masculo e tomado pelos espasmos do orgasmo se abraçam apertado, como se nao fossem soltar nunca mais... 

Foi maravilhoso, um verdadeiro reencontro.

***
Elouisa suspira satisfeita enquanto brinca com o colar de cruz, um sorrisinho bobo nos labios, a cabeça apoiada no ombro dele, o braço a envolve por baixo.

Harry a olha, nao consegue deixar de sorrir, tem nos braços uma mulher visilmente satisfeita. E tao bom sentir aquela sensaçao de dever cumprido!

Elouisa desliza a mao pelo peitoral, observando os detalhes, Harry da uma risadinha:
__ Voce esta amando, nao e?
__ Ah se estou!_ Elouisa sorri sacana_ Voce cresceu eihm!
Harry ri divertido:
__ Acabou o molecote.
__ Pois e! Esta melhor do que eu imaginei que ficaria! E aprendeu tudo direitinho_ Elouisa afirma com um sorrisinho malicioso.

Harry fica com um meio sorriso, safado, estreitando o braço na cintura curvelinea, a beija na boca, a olha:
__ Que bom ne? Mas tive a melhor professora, depois foi so praticar.
__ Hum, safado!_ Elouisa faz uma caretinha.
__ O que? 
__ Nada.
__ O que, Lou? Ficou com ciume?
__ Hum, um pouquinho...
__ Ue, voce nao me queria e eu tinha que praticar para depois fazer voce mudar de ideia_ Brinca.
__ Cara de pau!
Harry ri , Lou o abraça pelo pescoço, suspira enlevada. Ele a beija no rosto delicado:
__ Esquece isso, agora sou todo seu... Aproveita!
__ Nao sei se bato ou se te mordo_ Lou o acaricia na face com o indicador.
__ Pode morder mas em lugar discreto, nao quero causar escandalos com marcas suspeitas.
Elouisa nega com a cabeça:
__ Doidinho da silva_ Desliza uma mao pelo braço musculoso, todo tatuado, levanta a cabeça e o beija:
__ Deixei meu trabalho pela metade por sua culpa!
__ E eu que estou sem dormir por voce! Vou ter que estar de pe daqui ha quatro horas! 
__ Oh coitadinho! E voce odiou de eu ter te mantido acordado ne?
Harry da um sorrisinho sapeca. 
Elouisa sai de cima do braço dele e se acomoda no travesseiro, Harry apoia o cotovelo no colchao suspendendo a cabeça sobre a mao, a olha atencioso:
__ Sabe... Eu gosto disso.
__ Uhm?_ Lou observa o rosto bonito, os cabelos dele em um bagunçado sexy.
__ De estar aqui com voce falando bobagem sem a necessidade de um de nos ir embora culpado.
Lou sorri:
__ Vai ser assim agora. Nao tenho mais porque sentir culpa, ja estou separada ha meses... Ele nao quis sair de casa  disse que ia fazer um escandalo e eu suportei mas agora, que faça! Ja nao me importo, quero ser feliz.

Harry fica serio, respira fundo e deita no travesseiro olhando para cima, Lou se aproxima, ficando de bruço, o tronco suspenso pelos antebraços:
__ Eih... Nao estou te cobrando nada, Haz... Mesmo se nao estivesse com voce eu iria me divorciar. Ja nao aguento mais, vai ser no litigioso... Mesmo que meus pais, minha familia me vire as costas, mesmo que me julguem. Vou fazer isso por mim. Quero ser livre.

Harry a olha com carinho, levanta a mao e a acaricia nos cabelos gentil, desliza as costas dos dedos pela face, admirando-a:
__ Vou te processar por  ser tao gostosa_ Fala de uma maneira que a arrepia toda, a voz rouca,  profunda.
__ Uhm! Que arrepio..._ Elouisa sorri de leve, percebendo a mudança de assunto repentina. Tudo bem, ele quer ignorar assuntos sobre o futuro, ok entao. Disfarça o inicio do clima estranho dando um selinho nele... E outro... E outro selinho demorado.

Harry corresponde achando graça, sentindo os pelinhos do braço dela arrepiados enquanto acaricia com uma mao:
__ Voce esta tao sensivel!
__ Nem me fale!_ Lou o segura pelo rosto e da um ultimo selinho_ Ta, chega de bater papo, va dormir, voce precisa descansar.
__ Ah ah, vou ter bastante tempo para descansar, quero matar a saudade de voce direito.
__ Mas nao matou a saudade ainda?_ Lou se finge surpresa, o corpo tambem pede por mais.
__ Nem comecei, meu amor_ Harry desliza a mao pelo bumbum dela mordendo o labio inferior despudorado.
Elouisa umidece os labios:
__ Bem, entao seja bonzinho e começe_ Fala autoritaria.
__ Sim senhora!_ Harry sorri descarado, segurando-a pela coxa, fazendo-a abraça-lo com a perna.

Elouisa ri com o jeito matreiro dele, e incrivel como ele consegue encantar ainda mais com esse carisma!

Os dois se entregam aos beijos outra vez, namorando sem pressa, afinal, ainda tem quatro horas...

Horas mais tarde, Harry desperta meio desorientado, estende a mao e olha no celular... Quase sete horas! Nao tera tempo de se banhar, levanta silencioso e se veste. Ainda olha  para Elouisa por alguns segundos, apaixonado, antes de sair do quarto.

Suspira e sai, um tanto apressado. Ira para seu hotel e tomara um banho rapido. O dia sera corrido.

Elouisa desperta as dez, quase na hora de pegar seu voo de volta para casa, o fato de Harry ter saido sem se despedir a entristece... Mas nao vai desistir dele. Nao vai!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...