História Someday My Cinderella Will Come - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Vocaloid
Personagens Gakupo Kamui, Gumi Megpoid, Hiyama Kiyoteru, IA, Kaiko, Kaito, Len Kagamine, Leon, Luka Megurine, Meiko, Miku Hatsune, Rin Kagamine, SeeU, Utatane Piko, VY2 Yuma, Yuzuki Yukari
Tags Kaitoxlen Kailen Romance
Exibições 26
Palavras 1.740
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Yoo gente owo a ideia era essa parte estar inclusa no próximo cap, que pra felicidade de muitos vai focar no Yuuma e no Piko.
Mas como vcs devem estar achando que eu morri e eu tb estou com muita saudade, resolvi adiantar como uma parte que pertenceria ao próximo cap, como um extra. xD
O resto ainda está apenas como rascunho e tinha apenas esta parte inteira, é o ultimo bimestre do meu ultimo ano e estava atolada em trabalhos gigantes além do meu trabalho no supermercado q convenhamos xD eu só chegava e capotava, não dava de escrever.
Mas estou terminando o ensino médio finalmente \*0*/ vou poder focar aqui sem desculpa pq vou ter tempo livre qwq isso soa tão bem.
Já disse muito xD se divirtam gente

Capítulo 6 - Extra 2 - My dear Knight


  

 

- Pikoo!!!

 

O jovem albino que naquele instante via sua vida passar por seus olhos, se martirizava pelo momento em que, após muita insistência de Len para que não ficasse à sós com Kaito resistindo aos avanços do mesmo, (naquele dia Rin havia se negado a participar) o acompanha-se no treino de montaria que tinha junto do azulado. Estranhava o fato do amigo não querer contar o por quê do rompimento de ambos já à quase um ano, e também a razão de não haverem solucionado o problema após tanto tempo, considerando que era claramente um amor recíproco. Então preocupado, acabou cedendo ao olhar pidão do outro na esperança de com sua interferência, talvez descobrir e ajudar a resolver a desavença que havia ficado pendente entre os dois, e apenas talvez , se divertir um pouco observando, sempre amara animais de qualquer forma.

 

Mas a calmaria presente naquela tarde tão comum no estábulo, havia acabado de ser interrompida ao som de um cavalo assustado com a repentina aparição de um esquilo, que cruzou a gramado vindo do bosque próximo, provavelmente em fuga de algum predador, no exato momento que após muita insistência de Kaito e Len, aceitara aproveitar a oportunidade para aprender um pouco de montaria também, e com a ajuda do mais velho subira no cava-lo.

 

- Alguém segure-o rápido! - Conseguia ouvir os gritos desesperados de Len aos guardas nos arredores, sendo que o loiro e o azulado já haviam montado em um dos cavalos e o seguiam o mais rápido que podiam, na intenção de acalmar Josephine, a égua a qual montava e pertencia à Rin, que disparara na direção do bosque próximo. No entanto, as rédeas da mesma ainda se encontravam muito longe do alcance de Len, precisavam salvar o garoto antes que acabasse cedendo e caindo com os movimentos bruscos da mesma, o simples fato de Piko não ter caído ainda não passava de sorte. Pórem, antes que o jovem albino tivesse chance de se segurar em meio as batidas rudes dos galhos contra seu corpo, a égua para bruscamente, fazendo Piko se encolher e cerrar os olhos cheios de lágrimas, já visualizando o lançamento e queda dolorosa pelo barranco em frente ao qual Josephine parara, que no mínimo, causaria horríveis fraturas.

 

Mas por alguma razão, a dor não chegou.

 

Ué ..? eu não caí? - No instante que os olhos bicolores são abertos, se deparam com um belo jovem de cabelos róseos e olhos verdes brilhantes, trajando o uniforme correspondente à guarda real e o segurando protetoramente contra o peito com um dos braços, o fitando preocupado e arfante, indicando que o mesmo havia cavalgado o mais rápido que pôde de uma das proximidades, para salva-lo antes da queda. Com a mão livre o mesmo segurava tanto as rédeas de Josephine, quanto as do próprio cavalo.

 

- Está bem?! Sente alguma dor?! - Dizer que Piko estava atordoado era pouco, apenas pode ouvir o chamado preocupados do garoto que desconhecia o nome e possuía olhos esmeralda incomparavelmente gentis, além de braços acolhedores e quentinhos, ficarem cada vez mais distantes à medida que perdia a consciência, a ultima coisa que vira foram dois vultos, um azul e outro amarelo descendo de um cavalo enquanto gritavam preocupados, seguidos de cavaleiros que provavelmente ouviram o pedido de ajuda anterior, se aproximando de si e daquele que podia considerar seu salvador.

 

------------------

 

- ... _ko .. ikO... PIKO! - Acorda em um pulo, se assustando e reconhecendo o lugar em que se encontrava como sendo seu quarto na ala de criados do castelo, mas mal tem tempo de respirar, antes de ser envolvido por um vulto amarelo que o abraçava apertado.

 

- E-eu fiquei com tanto medo! Pensei que não fosse mais acordar..! - Os soluços da jovem loirinha eram audíveis enquanto a mesma  molhava seu peito o fazendo sorrir gentilmente enquanto lhe afaga os cabelos. Para um órfão como ele, que havia sido abandonado no castelo em meio a uma crise de fome que se assolara sobre a vila que nasceu, a sensação de uma família tão calorosa e que se importava tanto consigo, era maravilhosa. Assim que percebe Rin se acalmar, em meio a caricia e " eu estou bem" que precisava repetir várias vezes, levanta o olhar da mesma e analisa o cenário à volta.

 

- E-eu.. m-me desculpe.. é tudo culpa minha.. vo-você podia ter.. - Len que agora percebia sentado na borda da cama, desvia o olhar enquanto segura  uma de suas mãos apertado, enquanto as lágrimas descem copiosamente por suas bochechas e pelo toque sentia-o tremer ainda muito assustado. Kaito podia ser visto atrás do Kagamine, lhe tocando os ombros e tentando acalma-lo, apesar de ter os olhos visivelmente vermelhos também. Gumi estava ao lado do mesmo, aparentando semelhante estado e limpando o rosto inchado de choro. Luka que parecia a responsável por ter lhe acordado, sentava em uma cadeira ao lado oposto do de Len na cama e lhe tocava o rosto delicadamente, tentando identificar sinais de febre e trocando a compressa morna que possuía na testa. Ainda podiam ser percebidos no pequeno cômodo: Meiko, Neru e mais alguém que não reconhecia e se encontrava atrás dos demais.

 

- Contanto que não me obrigue mais a segurar vela, nem resolver D.R, ficarei ótimo. - Sussurra brincalhão ao amigo loiro, dando uma piscadinha e sorrindo ao ver o mesmo corar levemente, agora já não chorando mais, enquanto que Kaito que se inclinara para escutar, se afasta um pouco acanhado, fazendo Rin também relaxar em uma risadinha, enquanto limpa o próprio rosto.

 

- Como se sente? - Quem pergunta é Neru que lhe sorria gentilmente, apesar da preocupação expressa nos olhos, assim como todos presentes no cômodo.- Nos deu um grande susto.

 

- Sinto como se meu estômago tivesse aprendido a dar cambalhotas enquanto da chutes em todo o resto, Gumi vai ter que limpar meu prato por mim por um tempo. - Um “conte comigo” choroso é ouvido por parte da esverdeada, arrancando algumas risadinhas de todos agora mais aliviados, e Piko consegue reconhecer a pessoa no canto do quarto. Pessoa essa que se aproxima timidamente, revelando ser o jovem guarda que lhe salvara mais cedo.

 

- Por que não os deixamos a sós? Já sabem que o pirralho branco esta bem e acredito que esses dois tem bastante a conversar - Meiko se aproxima bagunçando os fios albinos e róseos ao mesmo tempo e empurrando o mais velho para mais perto ainda da cama, enquanto todos vão deixando o quarto aos poucos depois de Luka confirmar que que Piko não estava ferido e desmaiara apenas pelo susto. - Aquilo foi um excelente trabalho Yuuma, estou orgulhosa. - Meiko e Luka sorriem gratas ao rosado surpreso, antes de deixarem o cômodo.

 

- Você é muito querido sabia? - O jovem lhe fita timidamente e com um olhar bastante curioso, sentando aonde Len estivera antes. - Nunca fui tão agradecido na minha vida.. foram tantas visitas.. Luka não saiu do seu lado até despertar e mesmo a senhora Meiko que os recrutas consideram tirana.. até mesmo a rainha esteve aqui antes de você acordar.

 

 - Todos aqui no castelo são muito gentis.. incluindo você. - Vê o outro corar e completa rapidamente. -  Luka e Meiko são bastante maternais comigo, estou no castelo desde pequeno e praticamente foram  responsáveis por me criar. O-obrigado pelo que você fez antes.. não sei o que teria me acontecido se não fizesse aquilo.. salvou à mim que você sequer conhecia, sou muito grato. - Sorri envergonhado, retribuindo o olhar que parecia encantado de Yuuma e lhe estende a mão timidamente. - Utatane Piko.

 

- R-Roro Yuuma. - Aperta a mão do jovem albino, corando levemente, assim como o outro. Era como se uma corrente elétrica lhe tivesse atravessado o corpo quando cruzou os olhares com Yuuma, e a mesma estivesse causando um magnetismo que estivesse lhes atraindo um ao outro, os distraindo e fazendo aproximar os rostos, lentamente aos poucos. - E-eu hã.. tenho que voltar a patrulha.

 

- A-ah claro.. desculpe.. - Se afasta rapidamente e solta a mão do outro que segurava apertado, bastante envergonhado e deixa escapar antes que Yuuma fugisse do cômodo, vermelho até as orelhas. - Va-vamos nos ver de novo né?

 

- .. Kaito me convidou para treinar esgrima com ele e Len no castelo.. e as garotas querem me agradecer com algum doce.. aquela Gumi é bem louca, querendo me convencer a fazer um lanchinho na dispensa mesmo tão abalada. Disse que chorar lhe dava fome. - Os dois riem desfazendo o clima constrangedor que havia se instalado e Yuuma lhe sorri gentilmente, enquanto aproxima a mão dos fios albinos hesitante, os bagunçando levemente e fazendo as bochechas de Piko esquentarem.  - Somos na verdade bastante parecidos, eu também não fui criado por parentes.. o pessoal do vilarejo onde nasci me acolheu. Eu gostei daqui.. foi um dia divertido como não tinha a muito tempo. Quero estar mais com todos. - Coça a própria nuca encabulado, antes de o olhar corando bastante e fazendo o jovem albino estremecer com as seguintes palavras. - E sobretudo.. quero te conhecer melhor.

 

- E-eu também.. - Gagueja constrangido e os dois se despedem envergonhados, confusos pela velocidade de seus batimentos cardíacos e a estranha sensação de borboletas se remexendo em seus estômagos. Podia isso ser..  amor à primeira vista?  Desviam o olhar rapidamente, não acreditando nos próprios pensamentos, e acenam levemente com a mão enquanto Yuuma abre a porta. Porem os dois  não tem muito  tempo de pensar sobre algo do que sentiam, pois assim que o rosado abre a porta, Rin, Gumi, Len e Kaito caem dentro do quarto por estarem espiando pela maçaneta da mesma.

 

- Desculpem por interromper!! - Len e Kaito fazem uma reverência apressada, fugindo antes que a ira do albino que fervia a um nível de vermelho absurdo se instalasse, mas nem o medo podia deter a perverção das jovens loira e esverdeada que ficam para trás, tempo suficiente para fazer um jóinha com as mãos enquanto sussurram um "good job" para o rosado, tendo nas narinas uma hemorragia nasal. Yuuma apesar de tão vermelho quanto Piko que se levanta rapidamente correndo atrás das duas furioso, pôde apenas rir se divertindo, seus dias com toda certeza seriam mais animados em meio aquele grupo de gente tão maluca e garoto tão interessante a si, que acabara de conhecer.

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


O que acharam da primeiro vez que os dois se viram? Como acharam que seria o primeiro encontro dos dois? xD

Se houver qualquer alteração minha nessa cap eu aviso imediatamente, ele esta sendo postado bastante no impulso, mas as alterações seriam coisas mínimas. ^^

Ansiosos pelo próximo cap? Dúvidas, sugestões, críticas , comentem por favor owo estou com saudade de todos.

Até o próximo cap *0*/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...