História Somente Um - Imagine BTS - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Imagine, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Originais, Rap Monster, Romance, Suga, Taehyung, Yoongi
Exibições 190
Palavras 1.404
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oieee <3

OLHA SÓ QUEM RETORNOU?
ISSO MESMO
O CHAPOLIN COLORADO
Mentira, sou eu

Desculpem a foto. Morri de rir quando vi ela (AHSUAHSUASHAUSHAUHUAH)

FELIZ DIA DAS CRIANÇAS, MEUS BEBÊS! :3
AMO VOCÊS!!
Desculpem a demora :/

Boa leitura!

Capítulo 44 - Ele é assim


Fanfic / Fanfiction Somente Um - Imagine BTS - Capítulo 44 - Ele é assim

                               Tae P.O.V's On

O garoto estava quase colocando mais um daqueles lenços com sonífero na minha boca, mas eu dei um chute, com todas as forças que eu tinha naquele momento em suas "partes baixas", se é que me entendem. Eu estava muito fraco, meus olhos estavam se fechando. O garoto gritou muito alto, e caiu no chão gemendo de dor. Escutei Jungkook consegui arrombar a porta. Ele gritou meu nome me balançando. Eu não conseguia nem me mexer. Realmente parecia que eu estava desmaiado. Somente depois, acabei desmaiando.

                      Tae P.O.V's Off

                       Mi-Cha P.O.V's On 

-Jungkook? O que houve? -Pergunto num tom nervoso.

Só ouvi um "Vem aqui" alto dele. Eu e Chul corremos para lá. Quando chegamos, eu vi Tae desmaiado no colo de Jungkook. Fiquei imóvel. Agora me deu uma enorme raiva da Soon e da Kim. Só de eu pensar que já fui a melhor amiga dela, me dá nojo.

Tentei ligar para a ambulância, mas não seria uma boa ideia, porque iríamos ter que pagar, o Tae iria ficar lá por muito tempo e não daria diferença, Decidi ligar para o Jin, assim ele iria nos buscar e levaríamos o Tae para casa.

                      Ligação P.O.V's On

Eu: Jin?

Jin: Ah, oi Mi-Cha. Conseguiram achar o Tae?

Eu: Sim, mas preciso que você venha nos buscar agora. Sabe onde é a casa da Kim, não sabe? 

Jin: Sei sim, já tô indo.

                        Ligação P.O.V's Off

-O Jin vai vir nos buscar. -Falo desligando o celular.

-Tá, agora só nos resta esperar. -Jungkook fala.

Cerca de 5 a 10 minutos depois, Jin chega. Kookie levou Tae para o carro e fomos para casa. Ao chegarmos, recebemos olhares preocupados de todos. Até o Baek e o Sehun foram correndo para cá ao saber que Tae foi sequestrado. Jungkook deixa Tae deitado na cama de seu quarto e sai, provavelmente para ir à farmácia. (N/A: Quem assiste The Walking Dead entendeu a referência ;) ). Fiquei na sala de estar enquanto Tae não acordava. Me sentei ao lado de Jimin.

-Jimin? Ele vai ficar bem? -Pergunto e sinto meu tom sair inocente.

-Claro que vai, o Tae vai acordar daqui a pouco e nos contar tudo o que aconteceu, tá bom? -Ele fala segurando a minha mão.

-Tá... Obrigada. -Falo o abraçando.

Alguns minutos depois, Jungkook chega com uma sacola com bastantes remédios e curativos. Ele vai para o quarto do Tae e todos nós permanecemos na sala, isso soou até um pouco suspeito. Ficou um clima de suspense ali.

                  Jungkook P.O.V's On

No caminho que eu estava fazendo para ir à farmácia, encontrei a Isabel. Combinamos de ir à uma  sorveteria. Comprei os remédios e bandagens para o Tae e voltei para casa. Só porque eu estou fazendo isso por ele não quer dizer que já estou de bem. Só estou fazendo isso pela Mi-Cha.

Cheguei em casa e fui em direção ao quarto do Tae. Ele já havia acordado. Eu não iria conseguir fazer isso, não iria conseguir ficar cuidando do Tae quando eu fiz tudo aquilo. Fui em direção a sala, onde vi Jimin abraçado com a Mi-Cha. Confesso que fiquei com ciúmes, mas não falei nada para não magoá-los.

-Mi-Cha, pode fazer os curativos do Tae? Eu... Er... Tenho que arrumar o meu quarto. -Falo engolindo seco.

-Tá... Posso sim. -Ela fala se levantando.

                  Jungkook P.O.V's Off

                 Mi-Cha P.O.V's On

-Estranho... -Jimin fala. - Não lembro de ver o meu quarto bagunçado, mas tudo bem. 

-Ok... Vou fazer os curativos do Tae. -Falo me levantando. Caminho até o quarto do Tae. 

Quando cheguei, vi ele encarando o teto. Seus olhos estavam levemente marejados e vermelhos. A sacola com remédios que o Jungkook comprou estava na cama, próxima aos pés do Tae.

-Tae? Você está bem? -Falo me sentando ao seu lado.

Ele apenas deu um "Uhum".

-Não, Tae. Tem alguma coisa errada aí. Você não choraria à toa. -Falo.

-Eu não sei por que o Jungkook anda me tratando assim. Ele me machucou, quem deveria estar com raiva era eu, mas não. -Ele fala suspirando.

-Do que você tá falando? Ele te salvou daquele sequestro. -Falo confusa.

-É, eu sei disso. Mas salvou porque senão eu iria morrer, não acha? Estou falando que... Ele não se desculpou, e chegou aqui me encarando e foi embora. -Ele fala.

-Tae... O Jungkook é assim. Sei que é estranho eu dizer isso para você, que conhece ele a muito mais tempo que eu, mas entenda. -Falo colocando a mão em seu ombro e dando um sorriso sem mostrar os dentes.

Pego a sacola de remédios e o encaro.

-Onde são os machucados? -Pergunto.

Ele levanta a camisa, mostra um no peito, um na perna e outro na testa, que já estava a mostra. Pego uma espécie de gel. Passo em seu abdômen, depois na perna, parte da coxa. Por último passo no corte que ele tem na testa. Ele estava sentado e eu de joelhos na cama. Termino de passar o remédio e me sento. Ele dá um sorriso em agradecimento e eu retribuo.

              Jungkook P.O.V's On

Dei a desculpa de que tinha que arrumar o meu quarto para a Mi-Cha ir fazer os curativos do Tae. Eu não queria nem falar com ele, depois do que ele fez com minha irmã, não. Deitei em minha cama e cobri meu rosto com as mãos. Logo ouço a porta ser aberta.

-Estranho. -Ouço a voz de Jimin. -Não estou vendo o quarto bagunçado. -Ele caminha até mim e se senta ao meu lado e coloca a mão no meu ombro. -Kookie, tá acontecendo alguma coisa?

-Jimin... Se eu te contar... Você vai surtar... -Digo.

-Para eu te ajudar, eu preciso saber. Não importa se vou surtar ou não. -Ele fala.

-A Mi-Cha, Jimin... -Falo começando a soluçar. Ouvi um "O que tem ela?" preocupado dele. -Ela... Fez "aquilo" com o Tae...

Ele arregala os olhos e olha para mim, assustado. Seu olhar dizia "Tem certeza?". Eu mesmo fiquei triste com a reação do Jimin. Era horrível ver aquele rosto tão fofo com uma expressão assustada e sem querer acreditar. Sei que Jimin gosta muito dela, era uma péssima notícia ouvir aquilo.

-Eu prometi para ela que nunca mais seria ciumento com ela -Continuo -Eu bati no Tae sem ela saber... Eu me sinto horrível. -Falo desabando em lágrimas.

Cubro o rosto com as mãos e começo a chorar. Ele logo me abraça, um abraço com amizade e amor (Amor de amigo, claro)

Acabei dormindo em seus braços, já que também estava bem tarde.

>[22:00]<

                      (Quebra de tempo)

                      Jungkook P.O.V's Off

                      Mi-Cha P.O.V's On

>[06:00]<

Acordei com o barulho do despertador. 

Tomei um banho, visto meu uniforme, arrumo o cabelo e pego minha mochila. Todos já estavam na sala de estar, então fomos para a faculdade.

>[06:45]<

Entramos na sala. Chul já estava em seu lugar. O professor entra batendo a porta, deveria estar furioso.

-Bom dia. Hoje irei ser rápido. -O professor fala. -Vou formar grupos de quatro alunos para fazer uma apresentação na festa da escola. Cada um terá um tema. Sem "mimimi" se não for o que escolheram. Agora silêncio, vou dizer os nomes.

-Parece estressado. -Chul cochicha. Concordo com a cabeça.

-Mi-Cha, Chen, Chul e Sehun. -Ele fala. Vejo Sehun fazer uma cara de raiva para o professor.

Os grupos já haviam sido sorteados. Jungkook iria ficar com Jimin, Tae, Hoseok e Isabel.

No intervalo, eu me juntei com o meu grupo para ver onde será o ensaio.

-Antes que alguém pergunte, eu sou o Chen. -Ele diz. Parecia ser o garoto que eu vi trabalhando na boate.

-Onde vai ser o ensaio? -Sehun pergunta fazendo uma espécie de exclusão com o Chen. Eles pareciam ser inimigos, ou algo do tipo.

Permaneço calada.

-Pode ser na minha casa. -Chul fala.

-Ok, agora só falta o professor dar os roteiros... -Quando Chen acabou de falar, o professor chega dando algumas folhas de papel grampeadas para todos nós.

-Podemos ir na sua casa hoje? -Chen pergunta ao Chul.

-Por mim, tudo bem. -Ele fala.

                  (Quebra de tempo)

>[13:30]<

Eu já estava na casa de Chul. Iríamos começar o ensaio.

>[14:45]<

Finalmente terminamos. Estávamos todos suados, além do calor, e sim pelos movimentos que fizemos.

O único problema no dia da apresentação, é o Jungkook. Ele não reagiria muito bem ao saber o meu papel na peça. Nem quero imaginar a reação dele.

 

Continua...

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Obrigada por ler!
Sei que esse capítulo tá ruim, mas prometo melhorar ;)

Gente, 271 favoritos!
Já disse que amo vocês, meus bebês?

Só um avisinho, não haverá detalhes nos ensaios que eles estão fazendo. O que vai acontecer na peça só será dito no dia da apresentação.
AMO VOCÊS
Fui!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...