História Somente uma amizade (Imagine Kim Namjoon) - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine Bts, Imagine Kim Namjoon
Visualizações 54
Palavras 1.800
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Escolar, Harem, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 31 - Hoje


Fanfic / Fanfiction Somente uma amizade (Imagine Kim Namjoon) - Capítulo 31 - Hoje


     Eu estava imóvel, então o que aconteceu ontem foi... Real? EU TÔ PERDIDA, minha mãe como é que eu vou contar pra ela? Ou pior como explicar pro Jin que eu...


NJ:(S/n)?


(S/n):Or-Oi?


NJ:Ata pensei que estava falando e dormindo-Ele se move na cama descobrindo-se da cintura para cima, eu fiquei olhando para o mesmo lugar onde meus olhos se abriram, a ótimo então eu posso concluir que...-Viu minha calça?


 Foi BEM real sim.


   Como eu não tinha como responder ele comecei a rodar os olhos pelo quarto procurando suas roupas mas as únicas que eu via jogadas por aí eram as minhas, então lembrei de olhar debaixo da cama, me estiquei um pouco para ver debaixo da mesma e por uma surpresa acho elas lá: Sua calça e sua cueca box, eu as pego e estendo para o Namjoon.


(S/n):Toma...-Tentei não olhar pra ele mas foi uma tarefa impossível, minhas bochechas estavam vermelhas e outras coisas mais eu podia afirmar que estavam acontecendo...-.


NJ:Ah obrigado-O mesmo pega a roupa e eu automaticamente viro para o lado, eu ainda tinha que achar um jeito de pegar as minhas SEM SER VISTA NUA! O que era impossível porque ele estava alí! Bem alí!-.


    A coberta foi jogada para o meu lado e Namjoon levantou da cama, o mesmo pelo o que eu pude ouvir deu largos passos até entrar do banheiro e fechou a porta, ufa era a minha chance! Levantei meio enrolada no lençol branco e comecei a catar rapidamente as minhas roupas e pegar uma nova blusa já que não alcançava o armário, me vesti correndo como se não houvesse amanhã quando de repente veio a imagem na minha cabeça...



    Eu e Namjoon já estávamos suados e ele parecia realmente cansado, depois de tudo ele me deu um longo beijo e saiu de cima de mim e jogou as costas contra a cama e colocando seu braço por cima de mim abriu um sorriso que fez seus olhos virarem tracinhos cintilantes, ele me deu um beijo na testa e apagou de vez.



   Confesso que foi o melhor momento da minha vida... Com certeza se eu tiver que matar minha irmã pra ficar com o Namjoon eu ostento no funeral dela, mas tem um problema por mim ela já teria morrido se ela não estivesse grávida... Dele :/


  Eu tinha terminado de por minhas roupas quando o Namjoon saiu do banheiro enrolado na toalha, por que ele não pôs a roupa? Ele caminhou até a beirada da cama olhando diretamente para mim, em seguida jogou as roupas em cima da cama e voltou a me olhar e a andar até mim, a sensação foi horrível de um jeito inexplicável... Ele contornou meu pulso com sua grande mão e me puxou de leve me fazendo abraça-lo pude ouvir seus batimentos acelerados enquanto ele começava a rir.


(S/n):Por que você tá rindo?


NJ:Eu? Eu tô rindo de alegria e de nervoso é claro.


(S/n):De... Nervoso?-Olhei pra ele enquanto o abraçava, era como abraçar um urso bem grande!-.


NJ:O Jin vai me espancar até a morte, e olha que ele não tem mais força que eu.


(S/n):É... Eu sei, temos um problema enorme para resolver-Abaixei a cabeça tentando pensar em algo-.


NJ:(S/n)?


(S/n):Huh?


NJ:Você... Ainda ta com raiva de mim?


(S/n):Um pouco...


NJ:Tipo bem pouco?


(S/n):Bem pouquinho mesmo-Olhei pra ele-.


NJ:Prova.


(S/n):O quê?


NJ:Que não ta com raiva.


(S/n):Ai você já abusando da sorte.


NJ:Então você ainda está com raiva de mim...


(S/n):Não tô nada!


NJ:Tá sim...-Ele tenta tirar meu braços que estavam em volta do tronco do mesmo-.


(S/n):Tá duvidando é?-Apertei ele mais ainda-.


  Ele para por um minuto e me olha com uma cara de sabão em pó.


NJ:Tô-Ele começa a rir-.


(S/n):Ave...-Soltei ele-Credo Nam...


NJ:Desculpa-Ele me puxa pra perto dele ainda rindo-.


(S/n):Hu-Fiquei encarando ele com uma cara de zangada inchando um pouco as bochechas-.


NJ:Você sabe que eu te amo né?-Ele tenta segurar os risos-.


(S/n):Sei...


NJ:Hum-Ele sorri pra mim e poem a mão no meio rosto-Isso é bom...-O rosto dele foi se aproximando do meu até nos beijarmos, por um detalhe lógico eu estava em cima dos seus pés-.


JN:(S/n)?-Jin bate na porta três vezes-.


NJ:Affe-Namjoon encerra o beijo resmumgando-A pantera cor-de-rosa chegou-Ele começa a rir baixinho-.


(S/n):Namjoon!-Disse sussurrando e empurrei ele bem devagar-.


NJ:Desculpa... mas é verdade.


(S/n):Fica queto e procura um lugar pra se enfiar rápido-Me virei e fui atender a porta quando ouvi o Namjoon rindo atrás de mim-Vai logo!-Olhei pra ele e voltei para a porta, abri uma fresta e lá estava a carinha fofinha do Jin brotando da porta-Oi Jin...


JN:Desculpa, te acordei?


(S/n):N-Não-Olhei para trás o Nam já havia sumido, então abri a porta para o Jin entrar-Que horas são mesmo?


JN:Eu acho que umas 8h40... Você dormiu bem?


(S/n):Ah, claro-Muito bem a propósito, espera... Será que ele ouviu os...?-A omma tinha chegado em casa ontem?


JN:Ah não ela... Teve uma dificuldade no serviço.


(S/n):E o papai?


JN:Ele... Ele está bem mas não voltou pra casa ontem.


UFA...


(S/n):Hum...


JN:O café está pronto e os meninos estão esperando lá em baixo.


(S/n):Ata eu já vou descer, não tô com muita fome e acho que vou arrumar meu guarda-roupa.


JN:É...-Ele disse reparando na blusa em cima do armário-Tô vendo... E arruma direito viu.


(S/n):Tá...


JN:Se precisar estou no jardim-Ele sai do quarto e desce as escadas-.


(S/n):UFA...


NJ:Ele já foi?


(S/n):Hã?-Olhei pro lado e pro outro e nada do Namjoon, olhei atras da porta e la estava ele-Seu maluco, por que você se enfiou aí?


NJ:Ué eu não tenho muita criativadade.


(S/n):Tá... Eu...-De repente minha visão ficou lenta e eu Senti do nada uma leve tontura que me fez fechar os olhos por alguns segundos que me fez apoiar sutilmente na porta para não cair-.


NJ:(S/n)?-Abri os olhos e vi ele com uma expressão preocupada-.


(S/n):Hum o que foi?


NJ:Você tá bem...?


(S/n):Acho que foi de tanto ficar chorando ontem...


NJ:Você chorou ontem?


(S/n):Não se preocupa, eu vou tomar um banho pra acordar melhor-Disse indo em direção ao armário para pegar uma toalha e minhas roupas, quando de repente o Namjoon aparece atrás de mim e pega a blusa que estava em cima do armário, eu viro para ele e o mesmo me encara-.


NJ:Tem certeza que está bem?-Ele franze a testa ao levantar as sombrancelhas-.


(S/n):Estou... Por quê?


NJ:Não sei, você vive desmaiando e esquecendo as coisas...


(S/n):Fica calmo, eu estou bem e olha que já faz um bom tempo que eu não desmaio...


NJ:Mesmo assim, não confio desde que entrou em coma...


(S/n):Vamos parar de falar sobre o passado?-Disse interrompendo-Vamos voltar os olhos para agora, e esquecer algumas coisas por favor... E também você precisa por uma roupa e eu vou tomar banho e depois conversamos sobre qualquer coisa, tá?


NJ:Ta bom... Mas se estiver se sentido mal me avisa.


(S/n):Ta.


    Andei até a porta abri, entrei e fechei a mesma, infelizmemte a tontura ficou ainda mais forte fazendo minha visão ficar mais escura. Isso não era normal muito menos frequente nos meus desmaios ou trocas de memorias, eu simplesmente apagava de vez sem qualquer aviso. Tirei a roupa e entrei dentro do chuveiro dessa vez, pela primeira vez na vida o chuveiro estava na opção "chovendo gelo" pois hoje era um dia muito quente, muito MESMO. Tomei meu banho me troquei e sai do banheiro e já me deparei com a roupa de cama trocada e a porta fechada, Namjoon havia sumido no espaço e eu estava MORRENDO de fome.


    Sai correndo pelas escadas pois eu era dessas de correr, mas só na escada, na aula de educação física não, passei pela sala e V o Taehyung jogado no sofá de casa todo atrofiado praticando uma arte ninjutsu secreta, eu acho... Entrei na cozinha e preparei um café da manhã rico em besteiras e chocolate, sentei no sofá de perninhas de índio e liguei a TV.


JN:Menina que tanta comida é essa?-Jin passa pela sala com uma tesoura na mão-.


(S/n):Eu tô com fome!


V:Deixa ela comer, faz bem.


JN:Que orgulho, se quiser mais comida fala.


(S/n):Vou precisar sim!


. . .


   Acho que comi demais, lógico não precisei que o Jin fizesse mais comida mas eu acho que poderia voltar a dormir, ei... Agora que eu percebi que por um milagre aquela...


TT:Oi Oi Tae!-Ouvi aquela voz enjoada descendo as escadas-.


Ave... Por que eu fui abrir minha mente? Ou minha boca sei lá.


V:Oi~-Ele dá um sorriso quadrado pra ela, já eu reviro os olhos e volto a ver TV-.


TT:O que você está fazendo de bom?


V:Ninjutsu!


TT:Ah... Que pena eu não posso fazer-Ela passa a mão na barriga-Bom dia (S/n)!-Ela quase "gritou" no meu ouvido-.


(S/n):Bom dia-Disse seca enfiando um cookie na boca-.


TT:Podemos conversar?


  Olho para ela de cima a baixo com um monte de biscoitos na boca, ela quer conversar? Pois bem, vamos conversar! Eu amo conversar...


(S/n):Claro! Fala aí!-Quero... Quero muito de enforcar ela, mas não sou assassina de crianças-.


TT:Tae pode nos dar licença?


V:Acho que o Ninjutsu fica melhor no gramado mesmo-Ele sai de cima do sofá-.


TT:Com certeza-Ela diz sorrindo falsamente, agora com ninguém na sala eu poderia xingar ela A VONTADE-É sobre o Namjoon-Ela senta no mesmo sofá mas numa distância respeitável-Ele esteve aqui ontem que eu sei.


(S/n):E...?


TT:E você estava com ele.


(S/n):Sim é MEU AMIGO, tem algum problema?


TT:Muito, porque ele é meu marido...


(S/n):Quem disse?


TT:Eu disse.


(S/n):Aaaahhhh então ele não disse?~-Falei num tom de piada quase rindo da cara dela-.


JN:Tô interrompendo alguma coisa?-Jin chega na sala-.


(S/n):Não, quer um Biscoitinho?


JN:Não... Valeu-Ele senta bem do meu lado e eu encosto a cabeça no ombro dele olhando pra minha irmã com uma expressão tipo... "Vai contínua, AMIGA"-.


TT:Jin sai da sala.


(S/n):Ele também é da família e ele também tem direito de saber.


JN:Saber o quê?


(S/n):Ela acha que o Namjoon esteve aqui ontem.


JN:E esteve?


(S/n):Se veio eu nem percebi.


TT:Mentirosa, tinha acabo de dizer que falou com ele!-Ela protesta-.


JN:O quê?!


(S/n):Olha... Se quiser falar com ele eu deixo tá, não precisa ficar com ciumes-Disse provocando ela-.


JN:(S/n) você falou com ele?


(S/n):Infelizmente tivemos uma discussão sim.


TT:Sabia!


JN:O que ele veio fazer aqui?


(S/n):Falar comigo.


JN:E sobre o que falaram?-Jin me fitou no fundo dos meus olhos-.


(S/n):Sobre uma pessoa-Apontei para trás aonde se encontrava aquela criatura-. 


TT:E depois?


(S/n):E depois ele foi embora, eu acho.


TT:Acha?


(S/n):Acho-Rebati ela e levantei do sofá indo para as escadas-Sabe...Eu também acho que você deveria parar de ser louca.


   Comecei a subir as escadas quando ela se pôs a berrar.


TT:Sua idiota! Fica roubando os homens do outros, estupida que só gasta de dinheiro!


NJ:E você só gasta bebida né?-Olhei para cima e o o Namjoon encarando ela-.



TT:N-Namjoon?!-Ela responde num susto-.


 A vadia... Agora que você poem o rabo entre as pernas né? Sua... Ai! Nossa minha cabeça... ( - * -")


NJ:E aí? Como é que vai o bebê?


TT:Forte e saudável que nem o pai~-Ela sorri cínica-.


NJ:Hu, duvido muito-Ele olha para mim e eu começo a subir as escadas em sua direcão, mas tinha um pequeno problema... minha cabeça estava doendo muito, eu comecei a sentir minhas pernas fracas, do nada tive que dar uma freada brusca e parar de imediato pegando firme no corremão porque parecia que eu ia cair para trás-(S/n)?



   Jin levanta desesperado do sofá e me encara, minha visão vai ficando turva até meu olhos se fecharem e eu finalmente sentir o meu corpo caindo...



NJ:Merda!-Ouvi o Namjoon gritando-.







Notas Finais


Já podem fazer as teorias, eu deixo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...