História Someone tell me that's wrong - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Policial
Exibições 10
Palavras 628
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Luta, Policial, Romance e Novela
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oiie gente!! Voltei com outro cap, espero que gostem!
Ps: imagem meramente ilustrativa

Capítulo 20 - Y-you love me?..


Fanfic / Fanfiction Someone tell me that's wrong - Capítulo 20 - Y-you love me?..

- Quezia… Eu te amo…- ele disse entre os soluços e Quezia sorriu fraco.

- V-Você me ama?!- ele concordou e olhou para o rosto da garota.

- Com todas as minhas forças.- ele sussurrou e a beijou em seguida. Ele sentiu o corpo de Quezia amolecer em seus braços e cortou o beijo.

- Eii.. P-Por favor... Olha pra mim, Quezia!!- ela olhou pro garoto e acariciou seu rosto.

- Também te amo, Anthony…- ela sussurrou e fechou os olhos, adormecendo. Anthony a pegou no colo e a tirou daquela poça de sangue. Tirou sua blusa e usou para cobrir o corpo da garota. Ficou horas pensando em algum jeito de sair daquele lugar, precisava  urgentemente falar com Renato, mas não tinha como. Ele viu Quezia se mexer no chão e foi até ela.

- Anthony…- ela disse ainda fraca.

- Shh… você não pode falar muito. - ela passou a mão lentamente na nuca do garoto, que a olhava atentamente.

- Não me olhe assim…- ela sussurrou e ele sorriu.

- Me desculpa,Quezia, eu fui ridículo, sempre achei que estava certo…

- Anthony, você fazia o que era melhor e certo… não se desculpe…- Ela puxou sua nuca e colou suas testas.

- Eu não pude te ajudar, eu não fui forte…- ele deixou uma lágrima escorrer por seu rosto.

- Eu também não.- ela limpou seu rosto com o polegar.

- Eu vou tirar a gente daqui...- ele disse baixo e Quezia assentiu.- Ele me paga.- Anthony murmurou acariciando a cabeça de Quezia.

- Eu pensei em você, todo o tempo… Tentei  pensar que era você… Mas você não me trataria daquele jeito…

- Não, Quezia… Nunca, nunca… eu me mataria antes disso.- Quezia sorriu.

- Lembrei da nossa noite…- Anthony sorriu e Quezia também.

- Desde aquele dia nós estamos conectados Anthony. Eu sinto seu coração bater junto do meu… Parece até mentira.- ela riu e ele confirmou.

- Isso acontece comigo também.- ele colou levemente seus lábios nos dela. Quezia sentia a língua de Anthony acariciar carinhosamente a sua e fez o mesmo com ele.

- Parem com isso.- Eles escutaram a voz de mais alguém no quarto e se separaram para ver quem era. Um garoto bem mais novo estava com um cobertor surrado em mãos e uma vasilha com água.

- Pra você limpá-la.- ele entregou para Anthony que assentiu. O garoto saiu do quarto trancando a porta. Ele tirou a blusa de cima de Quezia e o resto da blusa da garota. Pegou a blusa dela e a molhou passando na região do ventre dela, que gemeu por a  água estar gelada. O garoto molhou novamente e abriu as pernas dela carinhosamente abaixando a calça da mesma, limpando suas coxas que começavam a ficar roxas.

O coração de Anthony doeu por ver Quezia daquela maneira, ele mordeu o lábio inferior com outro gemido vindo da garota. Ele acariciou carinhosamente as coxas dela, tentando acalmá-la, ela suspirou baixo e relaxou aquela região de seu corpo. Anthony subiu suas mãos para a intimidade de Quezia que estremeceu com seu toque, por mais que sentisse dor.  

-Vou fazê-lo pagar por tudo isso.-Anthony falou baixo, sentindo a mão de Quezia acariciar sua nuca carinhosamente. Eles escutam a porta ser aberta novamente e outro homem entra.

-Já chega.- Ele fala sério e puxa Anthony prendendo-o novamente na cadeira.

-Fez o que eu mandei?- Collins passa pela porta e pergunta para o homem, porém olhando para Quezia.

-Sim senhor.- o homem fala e Collins fecha a porta atrás deles.

- Almeida, isso vai ser muito simples. Nós fazemos as perguntas e você responde, se seu namoradinho intervir… as notícias não serão muito agradáveis.- Collins diz andando até Quezia que não se moveu.

- Entendeu?!!- Collins pergunta entre dentes e ela balança a cabeça afirmando.-Bom, bom.- ele fala andando de um lado para o outro.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...