História Something in the way - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Guns N' Roses, Nirvana
Personagens Axl Rose, Dave Grohl, Duff Mckagan, Izzy Stradlin, Krist Novoselic, Kurt Cobain, Personagens Originais, Slash, Steven Adler
Visualizações 36
Palavras 987
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Heey, voltei!! Demorei só um pouco, mas é a vida heueheueheu.

Espero que gostem, bjs 😘😘

Aaah o nome do Cap foi tirado de uma música do Guns, se quiserem, escutem ela enquanto leem, fiquei com preguiça de colocar ela aqui, sorryyyy '-' =/ °~°

Capítulo 18 - Coma


Uma semana depois


Victoria estava em coma há uma semana, o explicado para isso, foi a overdose sofrida pelos calmantes. Fiquei ao seu lado a todo momento, os médicos falaram que ela poderia acordar dentre uma semana, um mês,um ano ou nunca mais, estou chocado com a notícia, aquilo não poderia ser real, mas era e estava acontecendo.

Não podia negar meus sentimentos por Vicky, eu sentia algo a mais do que uma simples amizade, não podia ser uma mera confusão da minha mente, ou poderia?  Eu não sei, fico pensando nisso dia e noite, mas não chego a nenhuma conclusão.

Eu não sabia que ela estava tão machucada assim, eu li odiário dela inteiro,a história dela não foi nada fácil, ela sempre esteve sozinha. Me sinto culpado, ela não merecia coisa do tipo,espero que ela acorde logo.


Axl OFF


Aut ON


Axl estava sentado na poltrona ao lado da cama de Victoria,ele mantia segurando a mão da morena, não queria se afastar dela, por motivos óbvios,porém era difícil para o ruivo entender.

No dia em que Vicky foi hospitalizada, tiveram que ressuscitá-la,por pouco ela não morre.

Ao longo da semana, as pessoas descobriram o ocorrido, graças a uma ligação feita por Rose, pois teria que ficar um tempo afastado do colégio.

Os garotos da Hell House passavam por lá quando tinham tempo livre,ficaram chocados e preocupados com a notícia. Eles também ficaram surpresos com a decisão tomada pelo ruivo, ele determinou que Vicky moradia com eles assim que ela recebesse alta, ele achou melhor fazer isso por conta de Josh, ela não estria segura morando ali.

-Hey… Duff, fala entrando na sala, sua voz saiu num tom baixo.

-E ai? Steven fala preocupado.- Alguma notícia boa? Permanece com o mesmo tom.

Axl suspira pesado, balança a cabeça em jeito de negação, a preocupação era visível de longe.

-Mas que merda, cara. Não fica assim, ela vai acordar. Slash fala sem emoção.

Rose se mantia calado e olhando para a garota pálida, ele mal falava com os outros, permanecia perdido nos devaneios da mente dele, tinha parado de comer, de se comunicar e não saía do lado de Victoria. Izzy notava de longe a mudança de comportamento do ruivo, sabia que algo de errado estava acontecendo com ele.

-Axl, a gente precisa conversar. O moreno fala sério. Logo ele desvia o olhar para todos e eles saem. -O que foi? Fala no mesmo tom.

Como resposta, o mais baixo da de ombros e volta a observar Willams. Starlin, suspira paciente e senta na cadeira ao lado do ruivo.

-Você tá estranho, mal fala, não come e aparentemente não está dormindo direito. O albino, que era muito observador, disse notando as olheiras profundas que Rose tinha. -Ela vai ficar legal, cara. Ninguém teve culpa, as vezes,a lgumas pessoas fingem estar bem para não falar sobre o que realmente sentem, a pressão é tanta e elas acabam achando maneiras de lidar com isso. Fala te tanto consolar o amigo.

-Eu tive culpa. Disse baixo.

-Por que? Izzy estranha a resposta do ruivo, afinal, em hipótese alguma Axl diria aquilo.

-Porque eu tive. Pode me deixar sozinho, por favor!? Soou como uma ordem o modo que o ruivo disse.

-Cara, fala logo que merda ta acontecendo. O moreno tentava mantendo a calma.

-Me deixa em paz, eu to legal. Ríspido, foi o jeito de sua resposta.

Logo Stardlin revira os olhos e se levanta, achou melhor deixar para depois a conversa, afinal o humor do ruivo não estava dos melhores.

-Quando precisar, me chama. Fala calmo e se retira do local.

William, de um lado sabia muito bem o que estava acontecendo, porém de outro estava completamente perdido e confuso,ele acabou descobrindo os sentimentos pela garota quando viu ela quase morrendo.


Flashback ON


Os paramédicos adentraram o hospital com pressa, os batimentos cardíacos de Victoria estavam parando, tiveram que desfibrilar o coração dela.

Axl, assistia imóvel a cena, o medo e a culpa tomaram conta do coração do ruivo, mas por que se sentia assim? Eles nem amigos eram direito. Era uma coisa além de amizade a preocupação dele, não, não era possível. “Eu não podia estar apaixonado por ela, mas vê-la neste estado meio peito doí só de pensar em perde-la. Rose, que merda é essa?!” Pensou o ruivo.

Tudo parecia em câmera lenta para o ruivo, os médicos arrastando Vicky, na maca, para a sala de cirurgia, as vozes dos médicos abafadas e  os vultos das pessoas, faziam com que ele ficasse meio tonto. Provurou senator em album lugar, logo acha uma cadeira e se joga ali.

Will, new viu o tempo passar, mas havia passado mais ou menos ums Dumas hot as até o médico aparecer novamente.

Era um senhor grisalho, aparentemente beirava os quarenta, a expressão dele era de cansaço e preocupação.

-Responsável por Victoria Morgan Williams. Se pronunciou olhamdo para a prancheta que tinha em sua mão direita. -Senhorita Williams, alguém? Fala novamente, logo o ruivo acorda do transe que estava.

-Oi, pois não! Sou eu. Como ela está? Axl fala num pulo.

-Bom, ela sofreu uma overdose de calmantes, tivemos que fazer curativos nos braços dela, ela está num coma devido a altas doses de remédio tomada por ela, o organismo ainda está tentanto reagir, mas isso pode levar um tempo até conseguir. Fala receoso o homem.

-C-como?! O ruivo arregalou os olhos, sua preocupação foi de dez para sem. -E quanto tempo isso vai demorar?!

-Um dia, uma semana, um mês ou talvez nunca mais. Sinto muito, mas creio que ela consiga sair do estado que está, faremos o possível.


Flashback OFF


As memórias rodeavam a cabeça de Axl, ele não conseguia engolir o fato que estava acontecendo. Logo ele é interrompido com a porta abrindo e revelando um loiro, ele reconheceria ele de qualquer lugar, logo a sua expressão se transformou numa coisa assustadora,o ódio eminente em seus olhos era de se arrepiar a espinha.

Kurt ficou estático ao ver a figura ruiva, mas logo o seu semblante muda, a raiva estava estampada nos azuis das suas pálpebras.

-O que diabos você que está fazendo aqui?! Rose fala impaciente.

-...



Notas Finais


Ooi, espero que gostem e desculpa qualquer erro bjs 😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...