História Something's Gotta Give - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Visualizações 49
Palavras 1.643
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Said what?


Eu estava no colo do Mike, beijando-o e explorando cada canto da sua boca. Nunca tínhamos tido tanto tempo para nos beijar com calma e realmente aproveitar o momento. Ele descia seus lábios até meu pescoço e os sugava com força, como se pudesse tirar o pedaço de mim para si. Eu soltava gemidos baixos em seu ouvido enquanto sentia o ambiante ficando cada vez mais quente.

Michael colocou a mão por dentro da minha blusa, desçendo os dedos até minha coxa e voltando. Apertei sua nuca e me mexi em seu colo, como se pudesse trazê-lo cada vez mais para si. Eu nunca tinha sentido todo aquele tesão que sentia no momento. Fiquei um tempo bricando com a barra de sua blusa, até finalmente tirá-la. Mike abaixou a cabeça e percebi que corou, mas passei minhas unhas sobre a parte descoberta e ouvi-o gemer baixinho. Podia sentir sua calça crescendo embaixo de mim e sorri em meio ao beijo por isso.

-Vamos subir? -ele perguntou, entre um beijo e uma respiração acelerada.

Assenti e ele levantou, ainda comigo no colo. Ficamos um tempo parado nos beijando, o suficiente para escutar que Alex descia as escadas correndo. Pulei do colo do Mike e joguei ele num canto escuro da cozinha.

-Al? -fui até a ponta da escada encontrar meu irmão -Desculpe estar acordado, mas eu estou com dor de cabeça -ele fez careta e eu sorri preocupada.

-Está tudo bem, Alex. Eu vou subir e levar um remédio para você, tudo bem? -ele assentiu e dei um beijo em sua testa antes que subisse as escadas.

Voltei para a cozinha, rindo ao encontrar um Mike desesperado tirando as coisas da mesa.

-Eu vou levar o remédio e ficar com ele até que durma -avisei, dando-lhe um beijo -Eu sabia que ele não devia ter passado tenta tempo no hospital, agora estou preocupada.

-Eu achei que ele fosse querer ver ele -Mike se defendeu e eu assenti -Te encontro lá em cima, vou só arrumar aqui.

Peguei o remédio e um copo d'água, subindo até o quarto do meu irmão. Ele estava deitado, com a luz ao lado da cama acesa e sorriu levemente ao me ver. Ele tomou o remédio e deitei ao seu lado.

-Eu fiquei preocupado com você, Ally -ele disse, bocejando -Você prometeu que iria ficar bem -fez um bico com a boca.

-Me desculpa, maninho -respondi triste, eu realmente havia prometido - Não consegui controlar.

-Tem alguma coisa a ver com a mamãe e o papai? -ele perguntou, todo inocente -Sei que você sempre fica brava com eles.

-Nada com que você tenha que se preocupar -tentei sorrir e passei a mão em seu cabelo -Quer que eu leia alguma hostória? -ele assentiu animado e eu ri. Logo Michael abriu uma fresta da porta e Alex convidou-o para entrar. O mesmo deitou do outro lado do meu irmão e sorriu para mim.

-O que vamos ouvir hoje? -perguntou para Alex.

-Peter Pan. Eu adoro ele -Alex sorriu, me fazendo fazer o mesmo por impulso. Meu irmão era a coisa mais preciosa que eu tinha no mundo.

-Falando nisso, preciso devolver seu livro -falei para Mike -Gostei bastante dele, na verdade -ele sorriu de volta, meio surpreso -Vamos começar essa história então.

Quando terminei de ler, Alex ainda estava acordado, por isso me deitei e tentei ficar até que ele caísse no sono. Mas devo ter caído primeiro, porque a última coisa que lembro era de ser carregada por Michael até meu quarto e vê-lo deitar ao meu lado.

Segunda-feira

Meri: Eu não acredito que ele passou o final de semana todo com você

Meri: Esse cara tá roubando você de mim e

Meri: EU NÃO ADMITO DONA ALLYSON

Sorri ao ler as mensagens da America quando caminhava até meu armário.

Você: O que eu não admito é você me deixar sozinha nesse inferno, America!

Você: Vou ter que passar a merda das aulas sozinha

Você: Eu JURO que vai ter volta

Bloqueei meu celular e peguei meu material para as primeiras aulas. Vi Ashton e Luke se aproximarem de mim e dei um abraço em cada um.

-Você assustou a gente, nunca mais faça isso -Luke brigou.

-Duvido que tenha sido a última vez -Ash deu de ombros e ganhou meu dedo do meio como resposta -Acordou de mau humor, foi?

-America está em casa cuidando do cachorro da mãe, eu não fico de bom humor longe dela -dei de ombros e fomos caminhando até a sala. Tinha a primeira aula com eles.

Encontrei Mike passando pelo corredor e ele se juntou à nós a porta. Jogamos conversa fora até Calum me puxar para um canto e dizer que precisava demais de mim.

-Eu espero que seja importante -comentei. Ele tinha uma cara assustada.

-Luke me mandou mensagem de bom dia. Junto com uma música. Eu estou preocupado em quando isso vai acabar -ele despejou rapidamente.

-Calum, primeiro de tudo: respira. Eu sei que é difícil, mas vá com calma, não se anime tanto. É só a primeira semana, você conhece o Luke. Eu não queria dizer isso, mas não posso te iludir.

-Eu sei, por isso estou assustado. Eu sei que vou acabar me iludindo sozinho, sem a ajuda de ninguém. Ele sorriu ao me ver agora, mas não disse nada. É difícil fingir ser só amigo agora que isso tudo aconteceu.

-Você consegue, eu sei que sim -sorri, tentando incentivá-lo -Agora vem, eu preciso de cafeína.

Fomos até a máquina de café e pequei um copo grande, checando se tinha alguma mensagem da America logo em seguida.

Meri: Eu vou compensar, miga :)

O sinal tocou e fui até a sala. Praticamente dormi durante toda a aula, já que os meninos sentaram longe de mim e America tinha avisado que estava meio ocupada. Quando o sinal da segunda aula bateu, Ashton chegou até nós desesperado falando sobre uma garota e que queria chamar ela para sair. Depois de tanto ele encher o saco, fui com ele até a tal menina.

Ela estava numa bancada que não entendi direito do que se tratava. Deixei Ash falando com ela enquanto checava meu Twitter e só me virei quando ouvi meu nome no meio da conversa.

-Tudo bom? -perguntei, mas fui ignorada. Quando ele acabou, ficou com uma cara estranha durante todo o caminho de volta para a sala. Parei no caminho -Por que você está com cara de quem fez merda, Fletcher?

-Ah, não foi nada de mais...-ele tentou mentir.

-Seu rosto demonstra quando está mentindo, fala logo. Ouvi meu nome na conversa.

-Meio que a Chloe tem esses projetos com natureza e eu inscrevi a gente num "curso de sobrevivência" -eu fiz uma expressão aliviada e ele fez careta. Arqueei as sobrancelhas -A gente vai passar um final de semana numa área de preservação ambiental.

-A gente vai o quê? -gritei e senti alguns olharem sobre nós

-Vamos ser todos nós, vai ser divertido -ele tentou ajeitar a situação -Eu entrei em pânico, okay?

-Não é pra mim que vai ter que se explicar, Iwrin -voltei rindo para a minha sala e ele foi para a sua.

Você: Miga, você não acredita no que o Ashton fez

Você: Ele inscreveu a gente num negócio para passar um final de semana no meio do mato

Você: Os meninos vão surtar quando souberem disso

Meri: ELE O QUÊ?

Enquanto eu digitava explicando a história, recebi notificação de que ela tinha me adicionado em um grupo.

QUEM DEIXOU O ASHTON NO COMANDO?

Meri adicionou você

Meri adicionou Lukey

Meri adicionou Cal

Meri adicionou Mikey

Meri adicionou Ash

Meri: EU ESPERO QUE O AHSTON TENHA UMA BOA EXPLICAÇÃO PARA TER NOS COLOCADO NO MATO DURANTE TRÊS DIAS

Meri: PORQUE EU ODEIO MATO E COM CERTEZA ODEIO ELE AGORA

-É O QUÊ? -Cal gritou no meio da sala e eu abaixei a cabeça.

Você: Ninguém estava sabendo ainda, VOCÊ ARMOU O CIRCO AQUI AMERICA TOMAR NO SEU CU

-É O QUÊ? -Cal gritou de novo e o professor pediu para que ele parasse -ASHTON FEZ O QUÊ? O DESGRAÇADO NEM GOSTA DE MATO! -ele olhou indignado para mim.

-Garotos, se não ficarem quietos...

-Vai pedir para que terminemos isso lá fora, estamos indo -completei sua frase e puxei Calum para fora.

Luke, Mike e Ash já estavam discutindo quando chegamos até o corredor.

-Eu vou fazer questão de enterrar você vivo, Ashton Fletcher Iwrin! -Luke reviou os olhos -Eu odeio natureza.

-Ele também odeia, não sei que merda tem na cabeça -Mike gritou e veio me abraçar -Por que deixou ele fazer isso, Wendy? -fez voz de choro e eu ri.

-Ele disse que entrou em desespero, achei que Ash fosse grande o sufciente para não precisar de babá.

Ficamos mais um tempo discutindo até o sinal bater e irmos para a última aula. Aquela era uma das únicas aulas que tínhamos todos juntos e formamos uma dupla para alguns exercícios.

Mikey: Eu sou o único que achei que Ashton tinha alguma coisa com a Meri?

Cal: É O QUÊ?

Meri: É O QUÊ?

Ashton: É O QUÊ?

Lukey: É O QUÊ?

Você: Desisto de vocês

Lukey: Ally me passa a resposta da questão 2

Você: Eu nem sou a sua dupla, Hemmings

Você: Se vira com o Mike

Coloquei o celular de volta no estojo e senti ele vibrar novamente. Ash era minha dupla e começou a rir assim que percebeu os olhares de Michael sobre mim, provavelmente porque a mensagem era dele. Peguei o aparelho de novo e comecei a rir com a mensagem.

Mikey: Eu sempre quis fazer sexo numa barraca

Você: Você não tem um pingo de juízo mesmo, Clifford

Mikey: *contando os dias para o final de semana*

Mikey: Eu vi pela sua cara que gostou da ideia

Você: Não vou admitir nada pra você *revirando os olhos*

 


Notas Finais


Eu li muita fic texting essa semana gente, desculpa HEUHEUHE
O que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...