História Somos Soldados - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Alemanha, Arma, Drama, Fanfic, Guerra, História, Literatura, Luta, Lutar, Morrer, Morte, Reino Unido, Segunda Guerra Mundial, Seriado, Tiro, Triste, Tristeza, Violencia
Exibições 1
Palavras 403
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Científica, Harem, Hentai, Josei, Kodomo, Lemon, Lírica, Luta, Magia, Mecha, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Steampunk, Super Power, Super Sentai, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Obrigado por ler!

Capítulo 4 - 1-Almas Para o Combate


Fanfic / Fanfiction Somos Soldados - Capítulo 4 - 1-Almas Para o Combate

"Querida mãe e querido pai, estou bem, por mais difícil que seja a vida no exército, estou feliz por contribuir com meu país, vou tentar escrever com mais frequência, dêem lembranças minhas a Zoe e Toby, um feliz natal, eu amo todos vocês..."


-Thomas Thompson

(12/12/1939)


Todos os soldados entregavam suas cartas ao correio postal aéreo, e eram praticamente obrigados a fazer, no mínimo, uma referência positiva ao exército:


-Escreveu para quem Thomas? Perguntou Lewis. Na sala estavam Lewis, Elliot, Alfie e Jacob...


-Escrevi para minha família. -Respondeu Thomas, olhando para um relógio de bolso.


-Eu escrevi para minha garota.-Disse Lewis, olhando para o teto.


-Qual o nome dela? Perguntou Jacob, rindo um pouco. 


-Karen...sabe de uma coisa? Não existe olhos mais lindos que os dela. -Disse Lewis. 


-Eu escrevi para minha esposa, nem imagino como ela está se virando sem mim, agora que a gente tem uma filha, quando a gente vencer essa guerra de merda, vou voltar correndo para casa. -Disse Alfie, um homem negro, tirando Thomas ele era o único que sabia algo de alemão, ou seja, era valioso no exército assim como Thomas. 


Todos olharam para ele, depois alguns para o chão, Elliot pois sua mão direita no seu ombro.

 Começou 1940, passaram meses ali, aprendendo, conhecendo mais sobre a vida uns dos outros, a solidão não era mais o maior problema, eles descobriram um apoio que nem eles sabiam que poderiam tirar uns dos outros.

Fevereiro, março e abril se passaram, restava saber o que o destino preparava para eles, a resposta demorou, mas chegou, em doze de maio de 1940.


-Vamos! Arrumem suas coisas! Nós embarcaremos ainda nesta manhã! Pegue as mochilas William! Vamos depressa! Gritou o tenente Jobynd. 


Nenhum deles entendia o por que o senhor Jobynd estava gritando ali no pátio de fato, até o tenente Philips deixar claro. 


-Chegou a hora soldados, vocês vão para a França, linhas de combates nazistas estão nas localizações que nós demos a vocês nos mapas. Iremos o mais depressa possível! 


O coração de Thomas estava acelerado, havia finalmente chegado a hora, ele poderia morrer ali, qualquer um poderia. Pegou a mochila que tinha seu nome reservado escrito: "Thompson"


-Vamos Thompson, ande! Nós temos que ir agora. Disse o tenente Philips, quase arrastando Thomas para dentro daquele enorme caminhão.


-Acha que estamos preparados? Perguntou Thomas


-Acho que vão dar o seu melhor, temos que ir agora...


 Haviam vários caminhões levando trinta e nove soldados, trinta e nove almas para o combate.


Notas Finais


Este é o quarto episódio!
Obrigado pela atenção!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...