História Sonhando acordada - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Aluna, Colégio, Literatura, Professor, Romance
Exibições 115
Palavras 403
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Sem palavras


Fanfic / Fanfiction Sonhando acordada - Capítulo 13 - Sem palavras

Depois que o Namjoon tomou a sopa ele caiu no sono...
-Mais um beijo-toquei os meu lábios .
Resolvi dar uma geral nas coisas, (era bastante normal no Japão) coloquei as roupas no cesto de roupa suja , lavei as louças sujas, guardei uma revistas , (demorei  um pouco para entender o que tinha nas revistas , mas quando eu percebi não sabia aonde enfiava a cara-Ana relaxa ... ele é um homem de vinte e dois anos solteiro, ele com toda certeza já deve ter feito coisas piores , se controle)vi uma foto do Namjoon mais novo, provavelmente na faculdade, com uns 6 caras , eu reconheci o tal do Hope na foto. 
Tinha encontrado algumas folhas e para não perde-las eu coloque-as dentro de uma gaveta da escrivaninha dele.
No fundo de uma das gavetas tinha uma foto dele com a uma mulher , uma mulher loira e alta, bem magra pra falar verdade, senti um arrepio , não queria pensar o que poderia significar aquilo. 
Era mais ou menos umas 7 da noite quando eu saí da casa dele, estava bastante frio, tentei caminhar o mais rápido o possível para casa, precisava fazer o meu melhor, já que agora... eu tinha inspiração .
Meus pais ainda não tinham voltado, parece que meu irmão e minha cunhada estavam na reta final da gravidez e precisavam mais da ajuda dos meus pais que pareceu.
No dia seguinte como sempre me atrasei , mas dessa vez Namjoon estava de volta:
-senhorita Anna, peço que você fique até o final da aula, precisá-los conversar sobre os seus atrasos.
Ele falou em alto bom som quando eu entrei.
-sim.
Eu estava envergonhada, não por chegar atrasada, isso eu já tinha me acostumado, mas sim por ele estar ali.
E logo a aula começou...

田子の浦に
うちいでて見れば
白妙の
富士の高嶺に
雪はふりつつ
"Assim como o riacho que desce da montanha Tsukuba vai ganhando força até se tornar um rio, meu amor também cresce devastadoramente."

(Me senti ficando vermelha)
Vocês já tiveram uma boa base dos poemas dos apaixonados , agora eu quero que vocês me entreguem , como valor parcial da nota, um poema de vocês, que mostrem o real significado desse amor, pode ser de perdas, achados, traições e reconciliações , desde que tudo que escrevam conduza com o que a imperatriz é o guerreiro sintam um pelo outro.
Vocês têm ate amanhã para me entregarem, estão dispensados 
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...