História Sonhando acordada - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Aluna, Colégio, Literatura, Professor, Romance
Exibições 103
Palavras 634
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - Omelete de arroz


Fanfic / Fanfiction Sonhando acordada - Capítulo 14 - Omelete de arroz

Quando acordei era o dia seguinte, a Anna já tinha ido para casa, eu comecei a lembrar do que ela tinha me falado ontem, do beijo...
Eu me toquei que a casa estava toda arrumada quando eu não tinha tropeçado nas revistas...
Pera...
As revistas estão organizadas .
Não me diga que ela viu? Puta merda Anna, ela teve achar que eu sou um escroto.
Pego meu celular para conferir as horas e lá estava ela, sendo toda fofa.
-----------------------------------
Espero que esteja melhor,
Desculpe ter mexido nas suas coisas...
As revistas estão debaixo da cama e as folhas da sala na primeira gaveta, não guardei as louça pois não sabia onde ficavam.
Espero que esteja bem mesmo, qualquer coisa me avisa que eu passo aí de novo.
Beijos,
Sua Anna ^_^
-----------------------------------
Sua Anna... essa era nova,
Preferi não mandar mensagem por estar muito atrasado.
Eram exatamente 8:10 quando ela chegou, correndo como sempre , hoje eu tive que perturba-la 
Por que 1º
Para simplesmente perturbar 
2º 
Queria um momento a sós com ela.
-senhorita Anna, peço que você fique até o final da aula, precisamos conversar sobre os seus atrasos.
-sim - ela disse meio envergonhada e logo sentou em seu lugar.
Eu tinha uma aula toda estruturada hoje, mas quando eu vi os muleques do fundo da sala reclamando e quando eu percebi que eu estava simplesmente dando aula olhando somente para Anna, resolvi mudar totalmente minha tática.
-Vocês já tiveram uma boa base dos poemas dos apaixonados , agora eu quero que vocês me entreguem , como valor parcial da nota,-quero ver agora ficar conversando- um poema de vocês, que mostrem o real significado desse amor, pode ser de perdas, achados, traições e reconciliações , desde que tudo que escrevam conduza com o que a imperatriz é o guerreiro sintam um pelo outro.
Vocês têm ate amanhã para me entregarem, estão dispensados.
Me senti que aquilo era a melhor forma de punir aqueles babacas , mas quando olhei para a cara da Anna percebi que estava cobrando demais dela também,mas meio que me despertou uma curiosidade sobre o que ela iria falar?como iria falar?seria para mim? 
Os alunos começaram a se levantar e irem embora, eu fui direto para a minha mesa, precisava me manter frio, eu tomei a decisão de continuar com o meu rolo com a Anna , então eu deveria tomar as rédeas e estabelecer limites , tanto para mim quanto para ela.
Ela se aproximou meio sem jeito.
-oi... você está melhor? 
-estou sim... obrigado.
-sobre meus atrasos...
Sério que ela acreditou ? Eu ri 
-quero que você chegue pontualmente às 18:30 lá em casa, precisamos conversar ,e não pode ser aqui... e eu acho melhor você não ir de uniforme.
-ok... para não chamar a atenção certo? 
-isso também- tive que dar um sorriso. Não era somente para não chamar a atenção... as japonesas quando estão com roupas de colegial são fofas e meigas, já as brasileiras conseguem ficar muito sexys , não era atoa que eu de vez em quando pegava os meninos falando da Anna pelo corredor , ou olhando para debaixo da saia dela quando ela subia na escada. Isso me faz lembrar de uma coisa, tenho que começar a brigar com esses meninos.
-ok... até mais professor Namjoon .
-espero que tenha entendido sobre esses seus atrasos .
Entreguei o meu relatório na diretoria, conversei com uns alunos sobre o futuro deles, e logo cheguei em casa. 
Fui tomar um banho, odiava ficar até tarde na escola. 
Como provavelmente a Anna não comeria nada antes de chegar aqui, comecei a preparar o jantar, seria omelete de arroz, um dos poucos pratos que conseguia me garantir na cozinha.
18:35 ela tinha chegado, realmente horários não eram o forte dela.
-você está atrasada.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...