História Sonhando acordada - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Aluna, Colégio, Literatura, Professor, Romance
Exibições 100
Palavras 642
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 19 - Jantar


Fanfic / Fanfiction Sonhando acordada - Capítulo 19 - Jantar

Quando acordei de amanhã e vi a mensagem da vitória senti um arrepio na espinha, sabia que não seria boa coisa.
-----------------------------------

O que foi?? 
Vick fala logo.
Anna.

-----------------------------------
A vitória demorou a reponder, eu tomei um banho preocupada, e quase não toquei na comida. 
-----------------------------------

Vou te buscar as 5 horas.
Tudo bem? 
N.

-----------------------------------respondi logo o Namjoon, estava muito insegura para falar qualquer coisa, tinha que descobrir do que a vitória estava falando primeiro. Lá pela duas horas da tarde recebi uma mensagem.
-----------------------------------

Advinha amiga!
Descobri uma coisa que você vai ficar chocada.
・:*+.\(( °ω° ))/.:+
V.

-----------------------------------

O que você descobriu ?
A.

-----------------------------------
Prendi minha respiração enquanto ela falava.
-----------------------------------

O gato maravilhoso da escola, Tae senpai, perfeito maravilhoso.
Falou que tá afim de você.
Vai te pedir em namoro segunda feira depois das provas .
A minha amiga vai deixar de ser solteira.
ʕ•̫͡•ʕ•̫͡•ʔ•̫͡•ʔ•̫͡•ʕ•̫͡•ʔ•̫͡•ʕ•̫͡•ʕ•̫͡•ʔ•̫͡•ʔ•̫͡•ʕ•̫͡•ʔ•̫͡•ʔ
V.

-----------------------------------
Eu respirei de alívio por um momento, até que percebi uma coisa.
Não seria muito estranho eu negar o pedido do menino mais popular da escola? As pessoas não iriam desconfiar?
Aí que a minha cabeça foi a mil.
As cinco em ponto o Namjoon já estava na minha porta, ele estava lindo como sempre, dessa cez ele estava com uma camiseta preta e calça jeans.
Estava tão agoniada com tudo que não conseguimos falar nada dentro do carro.
-está tudo bem?
-sim.
Olhei para ele, queria disfarçar a minha agonia, mas também queria que ele me ajudasse ... mas não era uma coisa que você falava assim pro cara que você gosta.
Passou um tempo e ele tornou a falar:
-anda, fala , o que está acontecendo ?
-vamos chegar atrasados.-tentei fugir da resposta.
-não me importo, o que está acontecendo .
Olhei para ele, vai Anna e a hora de você falar, abri a boca (deixa, não fala) mas logo a fechei, não preciso falar nada.
-Anna?
-ok, você ganhou...-não podia mentir para ele-ontem eu recebi uma mensagem da vitória, o que me deixou bastante preocupada.
-o que tinha na mensagem?
-não quero falar sobre isso, não é nada de importante.
-Anna você já começou a falar, então termina.
-ela disse que o Tae tá afim de mim, e eu não sei o que fazer, se eu não aceitar tenho medo de que chame a atenção para a gente, mas eu também não quero aceitar por que eu não gosto dele gosto de você.
Falei tudo o mais rápido o possível. Ele permaneceu parado, não falou nada, só olhou para a frente e fez uma cara que eu nunca tinha visto. Será que deixei ele bravo?
-Namjoon? 
-vou pensar em alguma coisa ok? Não se preocupe, o que você tem que focar agora é em ser amável com todo mundo da minha família.
Droga, ele estava de mal humor.
Chegamos na casa da família dele e todos foram uns amores comigo, mas o Namjoon estava bravo, ele começou a beber uma garrafa meio quadrada com um líquido cor de caramelo claro, eu sabia o que era aquilo... 
era mais ou menos umas nove horas da noite quando o jantar acabou e ele não está lá nas melhores condições.
Ele começou a falar coisas que não faziam muito sentido , fora ainda o bafo de álcool, sabia que não deveria ter dito nada.
Os pais dele não deixaram a gente voltar com o Namjoon daquele jeito , fui forçada a dormir lá. 
-Anna querida, você pode dormir aqui , não será incomodo algum, desculpa pelo meu filho mal criado, ele puxou o pai. Você pode ficar no quarto do Namjoon ok? É o do final do corredor.
Me guiei para o quarto, a mãe dele havia deixado um pijama da filha para que eu pudesse dormir. No meio da minha troca de roupa ele entrou dentro do quarto.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...