História Sonhando acordada - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Aluna, Colégio, Literatura, Professor, Romance
Exibições 98
Palavras 630
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 21 - Yuki


Fanfic / Fanfiction Sonhando acordada - Capítulo 21 - Yuki

Conheci a Yuki no meu terceiro ano, ela era uma menina linda, maravilhosa e completamente diferente da Anna.
Nós éramos bastante amigos, tínhamos praticamente todos os nossos gostos eram parecidos. Ela era o tipo de mulher perfeita. 
Sempre havia um clima entre eu e ela, a primeira vez que rolou foi no festival de final de ano , um pouco antes de nossa viajem, ela estava vestida de meide, mas tudo realmente se concretizou na viajem para Tokyo , (aquela típica viajem de cidade pequena para Tokyo) eu e a Yuki nos separamos da turma e fomos para um bar beber, lembro até hoje do sorriso, da presença que ela deixara no local. 
Naquele dia nós nos beijamos e juramos sermos um do outro.
Logo entramos na faculdade, eu como professor e a Yuki como cantora, ela era magnifica em cima do palco, esplêndida , de longe a melhor cantora que eu vi. 
Me lembro da primeira vez que saímos para comemorar um show dela, e como depois aquilo a levou para minha cama.
(A mesma cama que a Anna está deitada agora) 
A Yuki era meu sol, minha lua e as minhas estrelas, eu não conseguia fazer nada sem ela.
Mas um dia ela pareceu na minha casa, disse que tinham a chamado para a Coreia debutar em um grupo, e que ela não iria por minha causa. Não consegui suportar a ideia dela perder tudo aquilo. 
Eu a deixei, eu a obriguei a ir. Prometemos continuarmos sendo um do outro, mas dessa vez como amigos e quem sabe um dia voltamos a ser algo mais.
Ela brilhou lá, ela simplesmente era o alvo de tudo, toda mídia queria saber quem era a japonesa linda que cantava maravilhosamente.
Passei meus últimos anos de faculdade deprimindo, quem não ficaria? 
Um pouco antes de me formar Yuki voltou para o Japão, ela estava em torne, fiz de tudo para vê-la , ela tinha mudado, estava mais espalhafatosa, mais mulher mas não era a minha Yuki.
Deixamos de nos falar, não pelo fato dela ter mudado, mas pelo fato deu também ter me mudado.
Acho que foi por isso que a minha mãe se espantou quando eu falei que a Anna era minha namorada, já tinha passado tempo demais sozinho e a Anna era muito diferente da Yuki.
Em comparações em Rústicas a Anna era delicada, meiga, baixinha e tinha um corpão e a Yuki era engraçada, inconveniente , alta e bem magra. 

Anna estava dormindo aí meu lado, não podia passar essa preocupação para ela, ela já era delicada demais para isso.
Mas estaria mentindo se não disse-se que estava pensando em
Como estaria a Yuki.
Voltamos um pouco antes do meio dia, eu deixei a Anna em casa. Quando chego em casa lá estava ela , a moça perigosa.
-você não respondeu minha mensagem...
-não?
-não, vai vamos ... temos que beber, vamos relembrar os velhos tempos.
-não. 
-por que não?
-por que eu estou cansado, fui para a casa dos meus pais, você já sabe como é.
-porra Namjoon, vamos por favor , vai ser divertido.
-ok... só uma cerveja.
Fomos para um bar antes da ponte, era um bar de família, eu via a Yuki virar os copos de cerveja enquanto eu estava no primeiro .
-a qual é, você era mais divertido , vai me dizer que tá mole .
-não é isso, só não quero beber.
Todos olhavam para ela, é claro ela chamava bastante atenção.
Estava dando seis horas da noite e nada de conseguir sair de lá, ela era bastante persuasiva .
No meio do bar eu vi uma menina de cabelos escuros caminhando em direção a escada, eu reconheceria aquela menina em qualquer lugar , merda o que a Anna tá fazendo aqui? 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...