História Sonhando acordada - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Aluna, Colégio, Literatura, Professor, Romance
Exibições 70
Palavras 741
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 35 - O lado dele.


Fanfic / Fanfiction Sonhando acordada - Capítulo 35 - O lado dele.

Sabia que não era uma coisa boa quando a Yuki apareceu na minha casa as 10 da manhã do dia dos namorados, eu estava me arrumando para ver a Anna, aposto que ela tá linda, o que será que ela fez para mim?
Eu tinha negado todos os chocolates na sexta feira, por mais que eu não visse problema nenhum eu sabia que a Anna queria que eu aceitasse apenas o dela.
Yuki entro na casa.
-onde está ela?
-ela? -levantei uma das sobrancelhas .
-eu sabia que você estava com alguém , mas não sabia que você seria tão baixo de deflorar uma das suas alunas. Me diga Namjoon? Com quantas você já ficou?- Tinha que negar tudo.
-você está louca Yuki, o quanto você bebeu? 
-eu voltei para a Coreia e fiquei com isso na cabeça, não era possível que você tinha me esquecido assim tão fácil... 
-tá e isso não explica a sua loucura.
-aí eu comecei a falar com Hope, já que ele é mais próximo de você... e ele deixou escapulir.
-você tá inventando isso.
-Namjoon! Tem foto dela aqui... como é que eu posso ter mentindo ? -ela tinha pegado a foto da Anna em Tokyo , era uma surpresa que eu estava preparando , eu tinha tirado uma foto dela enquanto ela não estava vendo, em um dos tempos, ela estava tão linda.- você vai terminar com ela agora-ela pegou o telefone.
-você tá louca Yuki, não vou fazer isso.
-então tudo bem... eu vou avisar na escola que está transando com uma aluna deles. Eles vão ficar tão felizes não é? 
-não faz isso-eu comecei a pensar como aquilo iria interferir na vida da Anna, não podia estragar a vida dela assim.
A Anna começou a ligar.
Deixei a primeira cair na caixa postal, precisava pensar em algo.
Ela ligou de novo(droga Anna)
-alô?- a Yuki olhava tudo atentamente.
-você está chegando? Vai começar a chover.
-me desculpa Anna, eu não posso ir.
-por que? Aconteceu algo? 
-eu estou terminando com você.- merda.
-o que? Não deu muito para escutar, tá tendo muito barulho.
-Anna, não dá mais pra mim, eu não quero mais isso pra mim.
-e a Yuki? Você está apaixonado por ela?
-não tem nada haver com isso, eu não quero mais.
Desliguei o telefone.
-tá feliz? 
-meu bem... entenda , isso é para o seu bem. Ela nunca te fará feliz como eu faço, ela só vai estragar sua vida.
-Yuki, vai embora. Eu não quero ficar com você. Vaza daqui. 
-Nam... se você voltar a namorar com ela eu vou contar para todo mundo entendeu? Não me importo de você não ficar comigo, mas com ela você não vai ficar.
Na segunda a Anna faltou, ela nunca faltava, eu estava preocupado , queira mandar mensagem para ela, mas não podia estragar a vida dela.
Na terça ela apareceu com o Tae, porra Anna. Estava morrendo de raiva, mas podia ver a tristeza dela, ela não me olhava nos olhos, ela estava dispersa.
-Anna, você pode responder essa questão de matemática?
-não fiz... 
-Mei?
-da 37.
-muito bem. 
Como eu queria cuidar da minha pequena , aquilo estava me matando.
No final da aula não consegui resistir , tinha que falar com ela...
 -Anna? Posso falar com você? 
-sim-ela não olhou para mim.eu percebi que o Tae tinha chegado , tinha que medir muito bem minhas palavras.
-você precisa prestar mais atenção nas aulas ok? Você já faltou muito e do jeito que está agora você não vai conseguir acompanhar a turma- toquei a mão dela, precisava mostrar que eu me importava com ela, mas ela soltou a minha mão logo.
-você acha que eu estou assim por que? 
-Anna, términos de namoro acontecem, você tem sobreviver a isso...
Nessa hora o Tae abriu a boca.
-não acha que está sendo um pouco duro professor Namjoon?se a Anna te contou que terminaram e por que confia no senhor.
-mas...
-você não sabe como ela estava no domingo, na chuva, ensopada. Se eu soubesse quem era esse cara , eu daria um murro na cara dele, quem é babaca a esse ponto? 
Anna, por isso combina perfeitamente com você? Você parecia ter saído de um filme, um que eu estava preso e que eu amava, como eu podia deixar ela tão magoada.
O Tae a levou daqui, eu não consegui suportar.
-----------------------------------

Tá ocupado hoje Hope?
Preciso beber.
N.

-----------------------------------



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...