História Sonhando acordada - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Aluna, Colégio, Literatura, Professor, Romance
Exibições 88
Palavras 714
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 37 - Jantar de noivado


Fanfic / Fanfiction Sonhando acordada - Capítulo 37 - Jantar de noivado

-Hope! Como assim você vai casar? Tá louco ?
-não estou louco, estou apaixonado, e até onde eu sei você também está. E pisou feio na bola.
-eu sei que pisei-terminei de tomar o meu 3º copo de whisky- o que eu faço? 
-você sabe que se a Yuki falar vai ser pior não é? Mas pelo menos explica pra menina. Hoje vai ter uma confraternização não vai? Você é obrigado a ir, espera ela ir embora e fala.
Juro que eu não queria estar alterado, mas foi feio difícil.
A Anna chegou linda, cabelos curtos, maquiada e com um vestido que deixava o seu corpo lindo, claro que eu preferia ela nua. Mas o que me irritou foi ela dar em cima do Tae, Anna, como eu queria poder te dar uns bons tapas e te mostrar que você é toda minha.
Era mais ou menos meia noite e a Anna estava indo embora, era a minha chance.
-Anna?-ela olhou para mim e voltou a andar, quando foi que ela ficou tão mal criada? -o que você fez no cabelo? 
-cortei ora.
-ficou linda.
-obrigado.-e voltou a andar.
-Anna, precisamos conversar.
-não tenho nada pra falar com você.
-Anna, da pra falar comigo?
-não ,não dá, você terminou comigo no dia dos namorados, no dia em que eu me matei para fazer um bolo, você acabou comigo Namjoon... -ela começou a chorar-eu amo você é você brincou comigo.você brincou com os meus sentimentos.
-Anna...
-Namjoon me deixa ok? Você não diz que eu tenho que prestar atenção? Então vamos manter a nossa relação nisso.
Ela me largou lá.
Merda!
Eu sabia que ia vê-la amanhã . Precisava dar um jeito.
O jantar ia começar as 7, em um dos hotéis da cidade,eu cheguei com uma de antecedência , precisava dar um jeito.
Lá pelas 7:30 a Anna chegou, ela estava com o cabelo meio preso ,com um vestido preto é um salto vermelho, ela estava tão linda. 
Antes que ela pudesse entrar no salão de jantar do hotel eu peguei o braço dela , e a puxei para o meu quarto, sim tinha alugado um quarto só para conversar com ela.
-O que você está fazendo?
-fazendo você me ouvir.
-abra essa porta Namjoon.
-só depois que você me ouvir.
Ela sentou na cama.
-então fala, eu tenho logo que descer.
-me desculpa pelo dia dos namorados. A Yuki apareceu lá em casa...
-novamente ela? Vai me dizer o que? Transou com ela?
-não , Anna, ela descobriu sobre a gente e tava ameaçando contar para todo mundo.
-o que?
-por isso eu não fui, por isso eu fiquei daquele jeito, e toda vez que eu ia te explicar tinha alguém. Bom ... tinha o Tae .
Ela se levantou 
-ok, você já explicou eu posso ir ?
-você não vai falar nada?-ela parou na minha frente
-Namjoon , eu não tenho o que falar, eu não posso ficar com você, meu coração...-eu só conseguia ver a boca dela, eu precisava dela.
Eu a beijei, e ela correspondeu ao meu beijo, claro que correspondeu, nosso corpo estava interligado.
Eu a beijei com vontade, eu precisava dela, precisava da minha pequena.
Ela começou a pegar no meu membro.
-pequena quando foi que você ficou tão safada?
Ela voltou a me beijar, sabia que aquilo era a resposta que eu precisava. 
-a gente vai ter que descer, vão sentir a nossa falta.
-foda-se eles .
Eu fui tirando o vestido dela, precisava sentir ela, precisava amar ela, tinha passado tempo demais sem tocar aquele corpo.
Ela também ia tirando a minha roupa. 
Fui a guiando para a cama. Eu sentei , e ela começou a chupar o meu membro, como ela fazia isso bem, ela o colocava todo na boca. Mas logo eu a tirei, precisava dela, precisava entrar dentro dela. Na mesma posição ela sentou no meu colo, e eu fui entrando na pequena entrada sem, como ela era deliciosa. Ela gemia.
-eu te amo Namjoon.
Eu fui acelerando o ritmo, precisava tê-la, precisava mais do que tudo.
No chegamos ao ápice juntos. 
Ela deitou ao meu lado.
-eu também te amo pequena.
Ficamos assim por um tempo, mas logo depois nos vestimos e voltamos para a festa.
Dessa vez estava tudo bem . 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...