História Sonho ou Destino? - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bruno Mars
Tags Drama, Romance, Sonhos
Exibições 58
Palavras 1.265
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura amores.

Capítulo 31 - Ensaio.


Fanfic / Fanfiction Sonho ou Destino? - Capítulo 31 - Ensaio.

23 de novembro 


- Malu, é a primeira vez que você vai cantar sua música ao vivo? ~ meu professor perguntou.
- Sim, estou tão ansiosa. ~ digo afinando o violão.
- Não se preocupe. ~ disse.


 Estávamos no estúdio da UCLA ensaindo para o festival. Além disso tínhamos que fazer as ordens das apresentações, repertório e as atrações entre cada música. Não temos mais aula, já foi tudo encerrado, então os dias que nos restão aqui serão dedicados ao festival. Dylan está nos ajudando muito, ele é aluno daqui e está se formando em eventos ou seja, organizar algo desse tipo é a função dele. O conheci antes de ontem, parece ser bem simpático. No almoço, encontrei a Isa, deixei avisado pra ela que não iria ao estúdio hoje por conta dos ensaios e que se precisasse de algo era pra ela me avisar.

- Não muito o que fazer lá no estúdio mesmo amiga, relaxa. ~ disse Isa.
- Claro que tem louca, meu álbum não está pronto. ~ rimos
- Eu sei né, mas daqui a pouco todos vão viajar por conta das festa de final de ano. Isso significa férias. 
- Por mim eu trabalhava. ~ digo tomando meu suco. ~ Você sabe que não gosto muito dessa época.
- Eu sei amiga. Mas as coisas podem mudar. 


 Por quê não gosto das festas de final de ano? Simples, eu nunca me senti confortável e totalmente feliz, meus pais são separados e eu sempre tenho que escolher com quem vou ficar. Digamos que nesses momentos ficamos com nosso família, mas eu tinha que ficar igual bola de pingue-pongue entre os dois, desde pequena... Hoje que estou longe me sinto mais confortável, pois não preciso escolher, não vou estar nem com um nem com o outro. Isa volta para as suas aulas e eu para o estúdio. Tinha muita coisa a ser feita.


- Malu, você poderia me ajudar lá no palco? ~ Dylan me perguntou.
- Claro, mas em que? ~ pergunto.
- Eu quero testar a iluminação, os efeitos e tudo mais. Preciso que alguém me diga se está bom. ~ falou enquanto íamos até o local onde o palco estava montado. ~ Cada um que vai se apresentar , quer de um jeito. Estou ficando louco. ~ disse me fazendo rir.
- Calma. Vou subir lá e você põe a iluminação. Ok? ~ falei 
- Ok. ~ ele se sentou próximo à mesa de aparelhos.

 
 Assim que subo Dylan ativa as luzes, elas trocavam de cor em um ritmo coordenado, mais ficava difícil de saber se estavam no tempo certo sem um som. Peço pra banda tocar minha música para fazermos um teste, pego o microfone e começo a cantar. As luzes tinham sim um ritmo bom, os efeitos estavam no tempo certo, estava tudo perfeito. Encerro a música e desço do palco andando até Dylan. Ele estava me olhando diferente, seus olhos estavam brilhando.

- Que foi? ~ pergunto desligando o microfone.
- Você é incrível. ~ disse me encarando.
- Ah, a gente tenta né?! ~ digo o fazendo rir.


 Ficamos mais um pouco ali testando as luzes e os instrumentos, Dylan era bem perfeccionista, fazia questão de testar tudo mil vezes. E ele dando ordens era muito engraçado, porque ele é do tipo fofo sabe? Carinha de menino, era muito educado e lindo. Sim, lindo mesmo. A tarde passou bem rápida, com toda essa agitação é difícil ver o tempo passar.

    - Malu? ~ disse Isa quando atendi meu celular.
    - Fala louca. ~ digo.
    - Já acabou aí? ~ me perguntou.
    - Sim, já estou saindo da UCLA.
    - Vem logo, estou aqui fora com o Kameron. Vamos a um barzinho com os caras.
    - Já estou indo. ~ ando rápido em direção à saída.

 

                 ~~ No barzinho ~~

 Subimos para o segundo andar do bar e avisto o resto do pessoal, todos os caras estavam aqui. Nos acomodamos na casa com eles e nos entrosamos na conversa. Bruno estava sentado na ponta da mesa do outro lado, de frente pra mim, ele não tinha notado ainda minha presença, estava entretido com seu celular. Quando o garçom se aproximou todos fizéramos nossos pedidos e ai sim Bruno me olha, ele piscou pra mim como forma de cumprimento me fazendo sorrir de volta... Não estamos estranhos um com o outro, nos vimos no estúdio depois da nossa conversa e nos falamos normalmente. Ficávamos conversando, comendo, enfim... nos distraindo.

- Vai passar o natal aonde Mano? ~ Jam perguntou para o Kameron.
- Na casa dos meus pais. E você vai comigo. ~ Kameron cutucou Isa.
- Vou? ~ perguntou confusa.
- Vai, vou apresentar você como... ~ ele ainda não tinha pedido a Isa em namoro, está esperando o aniversário dela chegar. ~ A gente vê no dia.
- Você é doido. ~ Isa disse rindo.
- E você Malu? ~ Jam olhou pra mim.
- Vou ficar em casa. Não curto muito essa época, não me traz boas lembranças. ~ digo tomando meu drink.
- Que triste. ~ Bruno entrou na conversa.
- Agora nem tanto. ~ dou uma risada fraca. ~ Ter pais separados não é fácil nessa época. Digamos que eu tinha que ficar escolhendo com quem ficar, mas estando aqui não preciso passar por isso. Vou ficar em casa tranquila.
- O natal é tão legal Malu. ~ disse.
- Talvez. ~ respondo.


 Permanecemos aí por mais um tempo, pagamos nossa conta e aos poucos os caras iam saindo. Isa já estava lá em baixo me esperando pois tinha indo ao banheiro, começo a descer as escadas quando Bruno fala novamente comigo.

- Por que a senhorita não foi ao estúdio hoje? ~ perguntou enquanto descíamos.
- Eu estava ensaiando para o festival e ajudando a organizar também. ~ respondo.
- Eu sei ~ ele deu uma risada. ~ Só queria encher o saco mesmo.
- Besta. ~ rimos.


 Nos despedimos e Kameron nos levou pra casa. Assim que chegamos tomamos nosso banho e fomos dormir.

 

 

                  ~~ Bruno ~~


 Hoje o dia foi bem calmo, dei uma entrevista e depois fui para o estúdio. Os caras estavam bem ansiosas para nossos próximos eventos até o fim do ano. Senti falta de uma pessoa aqui... sim, senti falta da Malu, nós nos falamos esses dias depois da nossa conversa, eu pensei que fosse rolar um clima ruim, mas não, ela foi bem madura e simpática. Acho que se mesmo eu tentasse algo, ela não iria corresponder... Perguntei pra Isa por Malu não veio, me falou que ela estava na faculdade ensaindo e organizando as coisas para o festival que iria rolar lá daqui uns dias. Estou tão orgulhoso dela, da artista que ela está se tornando e o comprometimento com o seu trabalho... Stephani está grudada no meu pé igual chiclete, o mulher chata. Hoje mesmo já dei um basta nela...


                      ~~~~

 Fiquei feliz quando vi a presença da Malu quando ela chegou no barzinho, estava linda como sempre, sorrindo e se divertindo com todas as besteiras que falávamos. E me diz, como alguém não gosta do natal? Preciso fazer essa menina mudar de ideia em relação a isso. Puxei um assunto com ela quando estávamos saindo, ela sorria como um anjo. Eu preciso acreditar que a nossa amizade vai de fato rolar, porque é difícil ficar do lado dela sem tentar algo. A Malu encanta sem querer.


 Vou pra casa e mais uma vez sozinho... Ter várias no seu pé é bom, mas ter alguém te esperando em casa é muito melhor...


Notas Finais


Amores, vou ficar uns dias fora, vou passar uns dias em um sítio. Acho que volto na quarta-feira com um capítulo novo. Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...