História Sonho Possível - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 1
Palavras 834
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Ecchi, Famí­lia, Harem, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Mais um capítulo *v* ~ espero que gostem~

Capítulo 4 - A doce Charlotte


Ele se aproximou de mim, com intenção de me beijar. Imediatamente levantei, num movimento brusco. Novamente a raiva toma conta de mim, afinal quem ele acha que é?!

Eu dei um tapa em seu rosto, mas um tapa bem dado, a ponto d’ele cair do banco que ficava em frente ao piano, em cima de um vaso que parecia extremamente caro.

-O que você pensa que está fazendo?! –Disse irritada –Há, aposto que é um playboyzinho que pega todas que quiser. Comigo não vai ser assim... otário.

Ele me encarou surpreso por um momento. Eu o olhei com certo desprezo e saí, depressa, resmungando baixinho para mim mesma. Eu acabei sem prestar atenção no caminho, e esbarrei naquela garotinha baixinha e fofa de antes. A tal Charlotte.

-... Perdão –Falei, ainda irritada

-N-Não se preocupe –Ela levanta, tirando pó do seu vestidinho com corte romântico –Alguma coisa aconteceu Srta. Louise? Parece irritada...

- É tudo culpa daquele playboyzinho que acha que pode alguma coisa.

- Brandon? –Perguntou, parecia surpresa.

-Ele mesmo. Nojento. Ele me conheceu ontem e já tentou me beijar.

Ela pareceu ainda mais surpresa.

-Mesmo? Ele não é do tipo que faz essas coisas...

-Está defendendo ele? Por acaso é seu namoradinho, seu crush, seu-

-Não...Ele é só como um irmão... –Ela me cortou, parecia contrariada.

-.... Desculpe se te ofendi...

-Oh –Ela sorriu-Não se preocupe Srta. Louise!

Sorri também, e ao longo da conversa, convidei-a para tomar um chá em minha casa. Ela parecia muito animada com o convite, o que me alegrou muito.

-Prefere o jardim ou meu quarto?

-Gostaria de conhecer um pouco de você.... Imagino que seu quarto seja...

-Escuro? Sombrio? Está enganada –Dou uma risada em tom baixo –Ele é rosa, muito claro e cheio de bichinhos de pelúcia.

- Woah! –Ela falou com os olhos brilhando –Quero conhecer!

-Será um prazer mostra-lo a você –Sorrio. 

Eu levava e a cada passo, ela parecia mais animada. Incrível como ela pode ser tão fofinha...

-Ei, quanto você tem de altura?

- Uh? Ah –Ela dá uma risadinha –Eu tenho 1,40. Você deve ser uns 10 cm maior que eu, uh?

-Ah.... É por aí…Eu te achei muito fofinha e não me segurei em perguntar.

Ela fica absurdamente corada.

-...D-Desculpe se eu falei algo que te incomodou e-

-I-I-Imagina! E-Eu agradeço! –Ela tapa o rosto, definitivamente ela é adorável –Eu fico feliz!

-Ah! –Digo sorrindo aliviada –Que bom.

Eu abri a porta no meu quarto, e ela entra correndo, abraçando um grande urso no canto do quarto. Eu realmente não paro de sorrir, a amabilidade dela é contagiante.

-Eu posso te abraçar? –Digo, com um sorriso fofo no rosto que eu realmente não queria dar.

-Woah! –Diz ela olhando para mim –Você fica realmente bonita sorrindo assim! -Uh?

–Viro o rosto-Obrigada...

-E hã.... Sim você pode me abraçar –Diz ela com aquele sorriso adorável.

Eu abracei ela, acho que tenho algum problema com abraços e coisas ou pessoas fofas. De qualquer maneira é uma ótima combinação.

Ela além de amável, fofinha e estilosa, tinha uma pele muito macia também. Era o tipo de garota completamente feminina. Tinha um cheiro doce de perfume de rosas brancas, que apesar d’eu ser hétero, me atraia bastante. Suas unhas eram delicadamente pintadas de rosa com algumas pedrinhas de strass e seu cabelo era incrivelmente brilhante e bem cuidado. Corto o abraço, olhando no fundo dos seus olhos azuis céu, ela sorri ainda um pouco corada. Era incrível como parecia ser tão simples socializar estando perto dela. Afaguei sua cabeça enquanto ela fecha os olhos.

-Obrigada, sabe, por falar comigo mesmo depois do que eu disse para aquela garota.

-Evelyn? Ah sim, ela nunca foi muito legal. Eu só fico com ela porque Brandon e Nanda são meus melhores amigos, e o Brandon achou que não seria legal deixar ela sozinha.

-Ele até parece gentil, visto desse ponto.

-Ah sim, ele é muito! Ele sempre foi como um irmão mais velho para mim, aprecio muito a sua companhia. Até me surpreendi quando você falou que ele tentou te beijar. –Ela fala “beijar” de um jeito menos doce.

-Eu até entendo agora. Ele não tem cara de que faz o tipo “quantas mais, melhor”

Charlotte dá uma risadinha contida

-Sim, sim. Ele nunca sequer beijou uma garota, por isso foi como um choque para mim. Ele sempre pareceu tão “certinho” tão “não faço nada de errado” que nossa.

-Imagino!

Damos risadas juntas sobre os comentários. Depois de um tempo em que tomamos chá, brincamos de maquiagem e até mesmo falando sobre Brandon, Nanda e Evelyn, ela decide ir para casa por causa do horário. Demos um último abraço, eu respirei fundo para novamente sentir o cheiro adocicado de seu perfume e me despeço da amável Charlotte. Depois de um tempo, decido ir dormir, mesmo que eu não tenha um bom sono à noite. Fiquei pensando sobre como aquele dia foi agradável, e como felizmente estou conseguindo me incluir e saber mais sobre meus novos... Amigos.


Notas Finais


Primeiro de tudo: Entendam Louise, ela acabou de conhecer Brandon XD
Bem, eu espero que tenham gostado ♥ e eu juro que vão ter mais interações entre o casal principal em breve XD
Obrigada por lerem ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...