História Sonho Se Tornando Realidade - 2 Temporada! - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jared Padalecki, Jensen Ackles, Misha Collins, Supernatural
Personagens Jared Padalecki, Jensen Ackles, Misha Collins
Exibições 93
Palavras 1.063
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Escolar, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltei amores <3 no final do cap ouçam a música que está ali no link no meio da história escutem junto com o cap a tradução da música vou colocar o link abaixo do cap, Espero que gostem ;)

Capítulo 3 - Adoro vê-lo assim, feliz.


Fanfic / Fanfiction Sonho Se Tornando Realidade - 2 Temporada! - Capítulo 3 - Adoro vê-lo assim, feliz.

ANTES:

POV JENSEN:

Olhei Isa enquanto o sinaleiro estava fechado e ela me olhou chorando, segurei sua mão e falei:

- Calma amor, vai dar tudo certo.

Dei um beijo na sua testa e voltei a dirigir, deixei escapar uma lágrima em meu rosto e só pensava em meu filho.

AGORA:

POV JENSEN:

- Amor está doendo. (Isa falou)

- Calma, já estamos chegando, segura só mais um pouquinho.

Falei tentando me manter calmo e não causar nenhum acidente, avistei o hospital e estacionei o carro bem na frente, sai correndo do carro dando a volta e segurei a mão de Isa a ajudando a levantar fechando o carro, ela se desequilibrou e a segurei com mais força, entrei dentro do hospital pedindo ajuda e logo em seguida estavam levando ela para a sala de parto, tentei ir junto mas me impediram.

- Desculpe o senhor não pode entrar. (Um médico falou ficou na minha frente)

- Mas eu... (Falei desesperado e o médico me interrompe)

- Desculpe, regras são regras. (Ele falou)

- MAS EU SOU O PAI DA CRIANÇA! (Gritei desesperado)

- Desculpe, daqui a pouco liberamos para o senhor.

Ele falou entrando na sala, chutei um balde de lixo de raiva e não sabia o que fazer, realmente eu estava com medo de acontecesse algo com nosso filho, Isa se estressou demais hoje, não era para ela ter ficado daquele jeito, eu já estava suando frio de tanta demora e depois de uma hora e meia exato o médico aparece me chamando falando:

- Senhor...

Me virei me levantando rapidamente de frente para ele e falei:

- O que?

- Seu filho nasceu, se quiser entrar pode entrar.

Meu coração se acalmou na hora.

POV ISA:

Eu estava segurando nosso pequeno Jacob no colo e realmente me acalmando por ele ter nascido seguro, olhei para o lado e vi Jensen entrando na sala, ele se aproximou segurou minha mão beijando minha testa e falou me olhando:

- Fiquei tão preocupado.

- Estou bem amor.

Falei com lágrimas nos olhos o olhando, Jensen apenas ficou de bruços na cama e falou olhando para nosso filho:

- E ai pequeno, que susto deu nos seus pais em.

Enquanto ele falava, agradei seu cabelo, Jensen me olhou sorrindo e reparei que ele também estava com lágrimas nos olhos, ele veio até mim ainda meio abaixado e me deu um beijo falando em seguida:

- Te amo amor.

- Te amo mais.

Eu falei agradando ele no rosto, mas fomos interrompidos por um chorinho de Jacob, Jensen e eu o olhamos e sorrimos, Jensen secou suas lágrimas e falou:

- Acho que alguém está com fome, vou deixar vocês sozinhos e vou registar ele.

Ele disse me beijando na testa e saiu da sala, logo depois os enfermeiros me levaram para o quarto e levaram Jacob para o berçário, depois que o amamentei pela primeira vez, acabei dormindo no quarto.

POV JENSEN:

Tinha acabado de registar nosso filho e fui ao quarto de Isa, chegando lá ela estava dormindo, segurei sua mão e dei um beijo em sua testa falando mesmo sabendo que ela não ia me ouvir:

- Você me assustou pequena, nunca mais faça isso.

- Eu prometo.

Ela disse acordando e virando a cabeça para me ver, sorri de leve ainda segurando a sua mão, a olhei e falei:

- Eu pensei que íamos perder nosso filho, fiquei com muito medo.

Disse e em seguida beijei sua boca, ela me abraçou pelo pescoço e eu também então Isa falou:

- Mas estamos os dois aqui meu amor, estamos prontinhos para voltar para casa.

Ela disse enquanto eu me levantava.

- O Jacob vai ter que ficar aqui ainda uns 2 meses e meio, por conta de nascer prematuro, mas você já pode ir para casa amanhã a noite.

- Eu queria que ele fosse para casa com a gente.

Ela falou fazendo beicinho, não resisti e ri dando um beijo em seguida falando:

- Calma amor, tudo tem seu tempo, agora você se importa se eu for até lá em casa ver como as nossas meninas estão? (Falei em um tom de brincadeira)

- Não, pode ir. (Ela falou me beijando) Te amo. (Ela terminou)

- Também te amo minha princesa.

Falei e sai do quarto, durante o caminho até em casa, fiquei pensando em meu filho, que susto ele deu na gente, ainda bem que nasceu forte e saudável, não vejo a hora de ele estar com a gente, eu estava no sinaleiro e senti um pressentimento ruim acabei ficando tonto e tive que estacionar o carro, durante alguns segundos depois eu voltei ao normal, mas estranhei, isso não acontecia raramente.

POV ISA:

Senti de novo um pressentimento ruim assim que Jensen saiu, depois de alguns minutos passou, o que estava acontecendo comigo? Porque estava tendo esses pressentimentos?

- PASSOU DOIS MESES –

POV ISA:

- Finalmente nosso pequeno Jacob pode ir para a casa conosco amor.

Disse pegando Jacob no colo e Jensen me beijou sorrindo e me abraçando no pescoço segurando a mala de Jacob, então ele olhou para mim e falou:

- Até que enfim amor, não via a hora de brincar com esse meninão.

Jensen disse agradando a barriga de Jacob que se mexeu rindo e eu e Jensen rimos, saímos do hospital, levei Jacob no colo pois ele estava mamando, enquanto Jensen dirigia ele colocou uma música calma no carro (https://www.youtube.com/watch?v=OHA2aIwKhS4 – Música: Omi ~ Cheerleader) e quando percebo qual é coloquei uma mão na boca e Jensen se assustou rindo em seguida e eu falei:

- Adoro essa música.

- Sério? Então acho que ela é a música perfeita para nós meu amor.

Ele disse me beijando, olhamos Jacob e ele estava quase dormindo então Jensen falou:

- Acho que mais alguém aqui curtiu a música.

- Pelo visto sim. (Eu falei olhando meu filho)

Ele tinha dormido, então parei de amamentar ele, olhei para Jensen que estava sorrindo olhando para a estrada e eu sabia porque, a letra da música resumia nossa vida, Jensen estava com a mão na marcha do carro e eu a segurei o agradando, ele olhou para mim sorrindo e eu sentia que ele estava feliz, adoro vê-lo assim e então ele começou a cantar e fingir que o volante era uma bateria, simplesmente sorri, como era bom ver ele feliz.


Notas Finais


espero que tenham gostado amores <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...