História Sonho se tornando Realidade- 3 temporada - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jared Padalecki, Jensen Ackles, Supernatural
Exibições 37
Palavras 1.228
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem amores <3

Capítulo 18 - Eu não sei o que fazer.


Fanfic / Fanfiction Sonho se tornando Realidade- 3 temporada - Capítulo 18 - Eu não sei o que fazer.

ANTES:

POV ISA:

- Espera, me desculpe.

Ficamos nos encarando e do nada ele coloca uma mão em meu rosto e me beija, fecho os olhos para sentir aquele beijo, aquele beijo suave e que eu adorava sentir e que eu estava sentindo falta disso.

AGORA:

POV ISA:

Eu estava adorando o beijo, mas não consegui e me afastei.

- Desculpe Jensen... Não posso. – Disse chorando.

Me afastei dele e sai de meu escritório.

- Lauren espera. – Ouvi ele me chamar.

Não voltei para trás, eu simplesmente não podia, eu estava correndo para qualquer lugar, quando sinto alguém segurar meu braço, tento me soltar mas não consigo.

- Da para se acalmar um pouco? – Jensen disse.

- NÃO DÁ. – Gritei chorando.

Me virei para ele com raiva e suspirei tentando me acalmar.

- O que está acontecendo? Porque agiu assim? – Ele pergunta.

- Porque você é casado e isso... – ele me interrompe.

- Eu sei, eu só quero pedir desculpas, não foi minha intenção é que... – o interrompo.

- Esqueça, eu que tenho que te pedir desculpas, pelo meu modo de agir. – Disse chorando.

- Desculpas aceitas. – Ele disse sorrindo e eu sorri triste. – Se quiser desabafar... eu estou aqui. – Ele disse.

Olhei para o chão chorando e simplesmente volto a olhar para ele até que eu disse:

- Eu acabei de perder meu marido e... –ele me interrompe.

- Eu pensei que... – o interrompo.

- Eu ainda fico com minha aliança, pois assim eu não esqueço ele, ele foi a melhor parte da minha vida, pena que ele não sabia disso. – Disse chorando.

- Sinto muito.

Jensen falou me abraçando e fiquei apenas ali sentindo o melhor abraço do mundo, queria tanto falar para ele quem eu sou. Ele me solta do abraço e apenas fico me olhando, ele coloca sua mão em meu rosto secando minhas lágrimas e disse:

- Sei que quanto a isso, eu não posso fazer muito mas... – ele deu de ombros. – aceita ir passear em algum lugar? Você está precisando se destrair um pouco. – ele diz sorrindo.

Coloco minha mão em cima da dele e a tiro de meu rosto falando:

- Eu queria muito Jensen, mas você é casado... iria ficar chato se.. – ele me interrompe.

- Quanto a isso não se preocupe, vem, tudo por minha conta. – ele disse piscando.

POV JENSEN:

Levei Lauren a um parque aqui de Vancouver, Vandusel Botanico Garden, era o nome, simplesmente um lugar lindo de se ver, cheio de flores e lugares encantadores, observei ela de longe vindo ao meu encontro com dois sorvetes na mão, apenas sorri ao ver ela sorrindo.

- Espero que goste, era o favorito do meu marido. – Ela diz triste.

Experimentei o sorvete e falei:

- É bom mesmo. – Disse a olhando.

Ela sorriu sem jeito e eu falei:

- Vamos, tem muita coisa ainda para explorar.

Disse colocando minha mão em seu ombro.

POV ISA:

Depois de um tempo, Jensen volta ao meu encontro e eu pergunto:

- Quem era?

- Era o Jared, perguntando onde estávamos e... – o interrompo.

- Ai meu Deus, esqueci do trabalho e... – ele me interrompe.

- Ei calma. – ele disse sorrindo. – Está tudo resolvido, pode confiar em mim. – ele disse me olhando.

Apenas sorrio timída e ele me fala:

- Então você não é daqui? – Ele pergunta sentando na grama.

- Não. – Disse tímida também me sentando na grama o olhando. 

POV JENSEN:

- O que a fez vir para cá? – Pergunto curioso.

- Ganhei uma viagem da minha mãe de aniversário e.. – ela fez uma pausa.

- E? – continuo e ela volta a me olhar.

- E eu conheci ele... – ela disse derramando lágrimas. – e ele foi o motivo de eu ter permanecido aqui, eu fiz tudo por ele e faria de novo. – ela disse chorando.

- Eu não sei o que dizer. – disse a abraçando forte e fechando os olhos em seguida.

Senti ela me abraçar forte e ouvi ela falar algo baixinho, mas não deu para ouvir, afinal foi mais um sussurro, ela se afasta de mim e ficamos um tempo nos olhando, até que eu comecei a sentir uma tontura, mas dessa vez a tontura foi mais forte, pisquei uma ou duas vezes e ouvi Lauren me chamar:

- Jensen? Jensen você está bem? – Ela pergunta.

Não consigo a responder e aparecer mais imagens.

- Não se preocupa, vai dar tudo certo. - disse entrando no banheiro com uma toalha.

- Agora temos que nos apressar temos que estar no palco dentro de duas horas.

Disse fechando a porta do banheiro, depois que sai do banheiro encontro a garota na varanda e a abracei por trás passando os braços pela sua barriga e dei um beijo em sua bochecha e ela falou:

- Você toma banho rápido em. ( brincou a garota )

Eu ri e a beijei de novo, mais na boca ainda a abraçando.

 

- Agora deixa eu ir tomar um. ( Ela disse )

- Ainda dá tempo.  ( disse a abraçando com mais força)

- Não senhor.

Ela disse brincando e levantando da cadeira me olhando, eu estava com a toalha enrolada na cintura pra baixo e fazendo beicinho, ela não resistiu e me deu um último beijo entrando no banheiro e eu apenas sorri.

 

- JENSEN! – Lauren grita assustada.

Apenas respiro fundo fechando os olhos, dentro de alguns segundos eu a olho e digo:

- Estou bem, pode ficar tranquila. – disse dando um sorrisinho de lado e passando a mão pelo meu rosto.

- Tem certeza? – Ela pergunta.

- Sim. – Minto.

- Eu acho melhor voltarmos, já está tarde e eu tenho que ir buscar meus filhos na escola e... – a interrompo.

- Você tem filhos? – pergunto.

- Sim, uma menininha linda e um menino lindo, igual ao pai. – Ela disse emocionada.

Sorri de canto e disse:

- Qual os nomes? – Pergunto curioso.

- Allie e Jacob. – Ela responde.

- Belos nomes. – eu digo e ela sorri tímida. – Quer uma carona? – Pergunto.

- Não precisa, obrigada. – Ela disse se levantando ás pressas, mas seguro seu braço.

- Lauren... – ela me interrompe.

- Não precisa, eu pego um táxi. – Ela diz chorando. – Obrigada pelo passeio. – Ela agradece e vai embora.

Assim que ela sai, mais umas imagens apareceram.

Entrei no quarto, me aproximei da garota e tentando segurar ás lágrimas de emoção segurei a mão dela que por acaso ela apertou com força e eu falei:

 

- Vai ficar tudo bem, aguenta só mais um pouquinho. (Disse baixinho)

 

Eu estava olhando para a garota, quando de repente eu ouvi um chorinho de criança que chamou minha atenção e sorri que nem um bobo, deixando cair uma lágrima, que logo em seguida enxuguei, olhando para a garota sorrindo vendo ela pegar nossa menininha, ela me olhou sorrindo e chorando e disse:

 

- Quer segurar ela um pouco? (Ela perguntou emocionada)

 

Peguei a bebê no colo e ela parou de chorar dando uma risadinha, que me fez rir e limpei minhas lágrimas.

 

 

As imagens sumiram e eu estava ofegante, voltei para casa e fui direto para meu quarto.

- O que essas imagens querem me falar?

Falei a mim mesmo, eu precisava saber quem era essa garota, porque ela estava aparecendo para mim, mas eu não conseguia a enxergar? O que tenho que descobrir? São muitas perguntas e poucas respostas... eu não sei o que fazer.


Notas Finais


espero que tenham gostado <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...