História Sonhos Agridoces - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, Girls' Generation, Super Junior
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Cho Kyuhyun, Choi Siwon, D.O, Henry Lau, Jessica, Kai, Kangin, Kim Heechul, Kim Ryeowook, Kris Wu, Lay, Lee Donghae, Lee Hyukjae "Eunhyuk", Lee Sungmin, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Shindong, Suho, Sunny, Taeyeon, Tao, Tiffany, Xiumin, Yesung, Yoona, Yuri, Zhou Mi
Tags Drama, Exo, Girls' Generation, Romance, Super Junior
Visualizações 14
Palavras 1.116
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mas um por hoje para estrear essa fic, espero que gostem do capítulo ❤

Desculpe-me os erros 😆

Capítulo 3 - O Anúncio


Fanfic / Fanfiction Sonhos Agridoces - Capítulo 3 - O Anúncio

POV - SunHee

- Isso é mesmo sério pai?! - disse eu em um tom meio confuso para tentar fugir do assunto.

- Mas é claro que sim querida, você começa semana que vem. - Ele diz isso como se fosse a melhor coisa do mundo.

- Ai como o senhor pode fazer isso? - perguntei de forma grosseira e meio rude - O senhor não pode simplesmente decidir o que eu quero e o que eu não quero fazer da minha vida. - Mas uma vez... A grossa.

- Mas querida... Você é tão boa em matemática, porque guardar esse talento tão produtivo e virar a merda de um Idol? - disse ele em um tom debochado e apontando para um retrato do Kyuhyun que eu tinha ao lado da televisão.

- Pai! Eu faço contas e cálculos por obrigação! Se eu pudesse eu nem ia mais pra escola. - disse eu, mas dessa vez mais calma.

- Kim SunHee! - Quando ele chama pelo nome todo, não é coisa boa - Você deveria usar essa sua cabeça para uma coisa mais produtiva, mais útil. Não usar ela para ser uma Idol ou coisa do tipo, isso não dá futuro. - disse ele de forma que me deixou ofendida.

- Não dá futuro?! O senhor por acaso conhece algum Idol pra saber se não dá futuro?! - Perguntei dele, só pra testar a sanidade mental, por que pra ele dizer uma coisa dessas, ele só pode estar louco.

- Conheci um nojento aí... De um tal de Bigue Bangue (Leiam da forma que está escrita), sei lá, um tal de G-Dragon - Disse ele.

Mas uma vez, o meu instinto de fã cresceu e eu defendi o meu Idol.

- G-Dragon?! - exclamei de forma debochada - Ah, tá! Conta outra... O senhor não deve nem ter chegado perto... - Daí veio a bomba, eu acho que a fã aqui irritou o pai bravo.

- Já chega Kim SunHee! - gritou ele segurando meu pulso com força e olhando com os seus olhos de lobo bem em meus olhos - Você vai para essa escola na próxima semana sem reclamar! Você não se governa garota! - Após gritar isso, ele subiu as escadas e foi direto para o meu quarto e começou a destruir tudo - Nunca mais! Nunca mais... Eu quero saber dessa história de Idol na minha casa.

Eu fiquei sem reação, fui vendo cada pôster meu sendo destruído e cada CD meu sendo jogado no chão como se fosse lixo, meu pai realmente não ligava nem um pouco para os meus sonhos.

- P-p-pai... p-p-porque? - Eu estava sem palavras e meus olhos já se enchiam de lágrimas - Porquê pai? Porquê o senhor fez isso comigo? - perguntei com voz de choro.

- Pro seu próprio bem SunHee! - respondeu ele de forma calma.

- Pro... Pro... Meu próprio bem... Pai? O senhor acabou de destruir a única coisa que me deixava perto dos meus sonhos. - disse eu, mais chorosa do quê nunca.

Minha mãe estava atrás de mim, pasma com as atitudes do meu pai, tanto que até colocou a mão da boca, pois não conseguia fechar a mesma.

Eu não pensei duas vezes, peguei um casaco azul e sai correndo dali para casa de Yeonghan.

- SunHee! SunHee! SunHee volte aqui! - gritou ele e eu simplesmente ignorei.

Eram quase oito da noite e Yeonghan deveria estar no seu quarto assistindo doramas. Eu cheguei lá com a cara toda inchada e com os olhos vermelhos de tanto chorar, respirei fundo e toquei a campainha.
A minha sorte era que Yeonghan havia atendido então eu fui logo pulando em seus largos ombros.

- SunHee o que houve?! - perguntou ele preocupado.

- Meu pai! Ultrapassou os limites... Ras-rasgou os meus pôsteres do Super Junior todinhos e ainda me humilhou dizendo basicamente que meu sonho era ridículo. - disse eu.

- Venha, entra! Vou te fazer um chá. - disse Yeonghan que como sempre foi muito gentil comigo.

Ele fez o chá, e arrumou alguns biscoitos para eu acompanhar o chá.

- Seus pais não estão em casa?! - Perguntei à ele que aparentava estar sozinho.

- Não. Eles saíram para jantar com um tal de Kim JongKyun. - disse Yeonghan.

- Ai... Seus pais parecem serem tão perfeitos... Meu pai... Não quer saber o que eu quero para a minha vida - Me lamentei para Yeonghan, que desde a minha pré-adolescência está acostumado a ouvir meus choros.

- Talvez ele esteja apenas inseguro... Não é fácil para os pais deixarem os filhos baterem asas e voarem em plenos 16 anos e ainda mais viajando para uma cidade bastante distante daqui - disse Yeonghan que parecia procurar algo de interessante para assistir na TV.

Pulando de canal em canal, Yeonghan parou no canal da Mnet, onde normalmente lançam os MV's novos dos grupos, assistimos à alguns MV's antigos como "Fantastic Baby" do BigBang, "A-CHa" do Super Junior e até mesmo "Gee" das Girls' Generation, até aparecer um MV novo do EXO que se chamava "Growl" e que era muito legal.

- Deve ser legal gravar um MV. - comentei mais uma vez lamentando os acontecimentos daquela noite.

O programa foi passando e foi para os  comerciais, apareceram muitos, até a programação ser rapidamente interrompida para um assunto urgente da TV local de Donghae.

"Atenção você que mora na humilde e nobre cidade de Donghae, nesse mês de Agosto de 2013, nós, a SMTOWN, estaremos realizando as primeiras audições para novos talentos da SM Entertainment. Se você souber dançar, cantar ou atuar, é só mandar um vídeo para o site ××× da SMTOWN mostrando o que sabe fazer de melhor, desde já, boa sorte e obrigado"


Aquela mensagem, aquela voz, tudo aquilo veio como música para os meus ouvidos.

- Isso é algum sinal, porque eu acho que eu já sei o que vou fazer até o final dessa semana. - disse muito confiante em mim.

- Ahhhh SunHee o que você está aprontando?! - perguntou Yeonghan preocupado.

- Hum... Não se preocupe Yeonghan-oppa, você vai saber logo logo! - disse eu num tom "maléficamente feliz".

- Ah não! Eu não quero me envolver em problemas por causa de você. - disse Yeonghan.

- Você vai embora quando mesmo? - perguntei da forma mais inocente e com todo o aegyo que eu pude fazer.

- Daqui a duas semanas, porque? - perguntou ele, já com uma cara de preocupado.

- Eu acho que nós vamos gravar um vídeo meu, Cho Yeonghan.  - disse eu.

Aquele anúncio mudou completamente meu destino, mas será que eu vou conseguir realizar meus sonhos, sem meus pais saberem?


Notas Finais


Essa SunHee é louca oh! Ela vai mesmo querer fazer as audições sem seus pais saberem?

Até mais pessoas 😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...