História Sonhos de Um Vampiro - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saga Crepúsculo, The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Alice Cullen, Aro Volturi, Bella Swan, Bonnie Bennett, Caius Volturi, Carlisle Cullen, Caroline Forbes, Charlie Swan, Damon Salvatore, Demetri Volturi, Edward Cullen, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Emmett Cullen, Enzo, Esme Cullen, Felix, Isobel Flemming, Jacob Black, Jenna Sommers, Jeremy Gilbert, Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Mason Lockwood, Matt Donovan, Mikael Mikaelson, Personagens Originais, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore, Tyler Lockwood, Vicki Donovan, Victoria
Visualizações 25
Palavras 1.318
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiiieeeeeeeeeee!!! BOA LEITURAAAAAAA!!!

Capítulo 6 - Casa comigo?


Fanfic / Fanfiction Sonhos de Um Vampiro - Capítulo 6 - Casa comigo?

- Algum problema por aqui Damon? - pergunta Stefan 

- Não irmão. Está tudo certo... - responde Damon me olhando

- Stefan... Há algum problema? - tento confundir o outro vampiro que estava ligando o carro

- Além de ter um vampiro assassino pela cidade querendo ferrar com todos nós, nada 

Já estava no fim de tarde, e não tínhamos lugar para ficar. Não podíamos voltar para Mystic Falls, não sabíamos o que poderia vir contra nos dessa vez. Então, resolvemos passar a noite em uma pousada, que ficava num local bem deserto.

- Stefan, tem ideia de onde é este lugar? - pergunta Damon observando ao redor 

- Sim. Este local é de um velho conhecido

Damon e eu seguimos Stefan até a entrada. Eu estava um pouco assustada, então seguro na mão de Damon, com a intenção de me sentir um pouco mais segura.

Stefan vai até um balcão, onde se encontrava uma senhora, ela era bem estranha. Não parecia ser humana. 

- Bom, queríamos dois quartos. Um de casal e um de solteiro - Exige Damon

- Para que dois quartos? 

- Não se sabe quais as intenções de um vampiro meu irmãozinho - diz Damon debochando 

Pegamos as chaves, e seguimos em direção a um corredor que estava um pouco escuro. As luzes pareciam estar proximas a queimar.

- Stefan, poderia ter escolhido um lugar melhor. - reclama Damon

- Pare de reclamar. Isso aqui é melhor do que muita coisa - responde Stefan batendo levemente em uma das paredes

- Mas. Você disse que era de um velho conhecido. Quem será está pessoa? - pergunto observando os quadros dá parede

- Está pousada, pertence a um amigo que me ajudou nos momentos mais difíceis dá minha vida humana. Ele cuidou de mim enquanto estáva no processo de transformação

- Uau, então, ele também é um vampiro? 

- Sim... Um vampiro 

- Blá blá, corta essa Stefan. - diz Damon olhando as portas do corredor.

- Damon, onde será os quartos? 

- Bom... Este aqui parece ser o do Stefan. - diz ele entregando a chave para o irmão

- Mas o nosso é um pouco mais longe

Nos despedimos de Stefan, e Damon e eu continuamos a andar por mais alguns minutos. 

Quando encontramos nosso quarto abrimos a porta, e entramos. Exploro o quarto, enquanto Damon tirava seus sapatos. 

- Bom, aqui não é um hotel cinco estrelas, mas concerteza é um lugar bem melhor do que a insegurança dá minha casa. - digo acendendo as luzes do banheiro

- Stefan não sabe escolher lugares mais confortáveis.- diz ele tirando a camisa

- Ah, mas aqui não é tão ruim. Pelo menos temos um lugar para passar a noite 

- Tem razão. Não está tão ruim - concorda ele o vampiro aproximando 

- Stefan sempre foi prestativo assim?

- Sim. Ele sempre foi o queridinho dá mamãe. O mais novo. E o mais responsável. As vezes parece que ele é o irmão mais velho. Ele tem umas atitudes que me impressionam 

- Mas você é um pouco criança as vezes - digo dando uma risadinha

- Criança? Não era eu que estava brincando no carro - diz ele rindo de volta

- Brincando? Você quem pediu pra brincamos 

- Tudo bem senhora Salvatore - ele fala colocando as mãos em minha cintura

- " Senhora Salvatore"? 

- Sim. Não gostou do apelido? - ele pergunta um pouco preocupado

- Não... Gostei sim... Mas, por que? 

- Bom, eu tenho uma proposta para você. - ele diz caminhando até o casaco que estava em cima dá cama

- Proposta? Que tipo de proposta? - pergunto colocando as mãos na cintura

- Eu queria esperar mais um tempo, mas não aguento esperar, quero que aceite logo.

- Damon, do que está falando? 

- Já vou avisando que não sou uma das melhores pessoas pra se fazer isso. Tenho mais de quatrocentos anos, mas nunca tive experiência com isso - diz ele chegando perto de mim

- Você está me deixando nervosa. Fale logo qual é a proposta

- Candice Cooper, gostaria de se tornar a minha futura Senhora Salvatore? - ele pergunta se ajoelhado 

Fico calada por alguns segundos, o encarando sem acreditar no acontecido. Até que ele quebra o silêncio dizendo: 

- Sei que não é a melhor hora para ficarmos noivos, mas talvez isso demore pra acabar. Só quero que acabe com nós dois juntos

- Damon... Eu... Não sei o que dizer. - digo com as mãos no rosto

- Não precisa responder agora. Vou entender

- Não... Quer dizer, sim, eu aceito

- Sério? Seria minha esposa? - pergunta ele tirando uma caixinha do bolso de sua calça

- Sim. Seria 

- Então, posso colocar o anél em seu dedo? 

- Claro que pode. Deve - respondo sorrindo 

Damon sorri de volta, colocando o anél em meu dedo. Ele se levanta, e diz:

- Agora sim, futura Senhora Salvatore - diz ele me beijando

- Damon, mas como...

- Também não sei, só... Fiz o que deveria fazer. - ele me interrompe colocando as mãos em minha cintura novamente

Sorrimos e nos beijamos. O beijo ficava cada vez mais intenso. Tiro minha camisa, ficando de sutiã na frente de Damom, que morde os lábios ao entender o que eu queria naquele momento

Ele me segura no colo, me colocando em cima dá cômoda.

- Sabe tirar meu sutiã? - pergunto entre beijos

- Sim...

Damon tira meu sutiã, abocanhando um de meus seios, me fazendo arranhar suas costas.

Ele tira minha calça me deixando apenas de calcinha.

Ele volta a me beijar, me deixando mais exitada. 

Ele tira a calça, juntamente com a coeca, ficando nu. Ele tira minha calcinha rapidamente. Ele segura em uma de minhas pernas, a apertando. Ele geme ao sentir seu membro ser introduzido em mim.

Damon fazia movimentos rápidos, e gemia em meu ouvido, me fazendo arranhar cada vez mais suas costas. 

- D-Damon... Ah, cama...

Ele entende o que eu tento dizer, e me leva pra cama, me deixando por baixo dele.

Depois que ele se cansa, o mesmo faz movimentos mais lentos, me fazendo gemer calmamente 

Alguns minutos depois, ele repete os movimentos rápidos. Seguro em um dos braços de Damon, o arranhando. 

Ele me coloca por cima dele, me fazendo sentir seu membro alcançar meu útero. 

Alguns minutos depois, me jogo ao lado de Damon, tentando respirar. 

- Está tudo bem? - ele pergunta ofegante 

- Sim. - respondo dando um sorriso

- Quer continuar? - ele pergunta mordendo os lábios

- Quero...

Damon se posiciona novamente por cima de mim. 

Ele coloca suas mãos sobre o meu rosto, me beijando. Sinto sua respiração cansada, e pauso o beijo, deixando o vampiro respirar. 

Ele tenta não se cansar, e continua a fazer os mesmos movimentos, até chegar ao ápice.

- Aqui não é o melhor lugar pra isso, mas foi a melhor noite dá minha vida. 

- Uau, hoje foi... - digo tentando respirar

- Será que vai ser sempre assim? Pergunta ele encarando o teto 

- Vai, mas só depende de você...

- Como assim? Você cansa rápido 

- Não fui eu quem estava quase "morrendo" naquela hora 

- Claro que foi. Estava cansada - ele sorri

- Adoro seu sorriso. - digo o beijando

- E eu adoro você...

Se passaram algumas horas, e Damon e eu passamos a noite em claro. 

Quando foi pela manhã, ouvimos alguém bater a porta. Damon se levanta e abre a porta.

- Olá irmão. Bom dia 

- Olá Damon, como passou a noite? - Stefan pergunta entrando

- Muito bem

- Seus braços estão bem avermelhados não acha? - ele pergunta ironicamente

- É... Estavamos brincando - respondo para Stefan 

- Uau, que bela brincadeira. Mas precisamos partir

- Espera, mas já? Nem passamos um dia aqui - me levanto dá cama e indo em direção ao vampiro

- Essa foi a intenção. Não podemos passar muito tempo em um só lugar. Podem nos rastrear.

- Não acho isso possível Stefan, estamos longe de Mystic Falls. Não nos alcansariamos aqui 

- Isso é o que você pensa. Arrumem - se. Espero vocês lá em baixo 

Stefan sai do quarto, nos deixando sozinhos outra vez


Notas Finais


Eita jão, to inspirada hj kkk espero que tenham gostado...
Um bjo, queijo e tchau ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...