História Sonhos devem ser realizados! Piratas devem ser livres! - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Piece
Personagens Boa Hancock, Brook, Franky, Monkey D. Luffy, Nami, Nico Robin, Personagens Originais, Roronoa Zoro, Sanji, Shanks, Smoker, Tashigi, Tony Tony Chopper, Usopp
Tags Luna, Zorobin
Exibições 62
Palavras 588
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Ficção, Luta, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu tenho uma notícia ruim e uma boa. A boa: essa fic chegou à espetacular marca de 50 favoritos. Eu não tenho nada a dizer além de obrigado. Vocês são incríveis! Agora a notícia ruim: essa fic está quase acabando. Acho que só mais uns quatro caps. Eu já tenho o final preparado na mente. Mas não fiquem tristes. Eu já estou planejando uma continuação. Só esperem coisas boas.

Capítulo 22 - Ele ainda será meu!


POV Nami

O que? Uma shichibukai? Porque ela estava chamando o Luffy de amor? Eu só me lembrava dela por ter salvo a tripulação quando nós saímos de Shaboad. Nem naquela época eu pensei muito nisso. O que ela estava fazendo ali?

-Luffy, aquela é a Boa Hancock? -disse eu.

-É. Ela me ajudou a tentar salvar o Ace dois anos atrás. Quando aquele tio da pata de urso me jogou pra longe, eu fui parar na ilha dela. Lá só tem mulheres. No começo eu não gostei muito dela, mas depois ela me ajudou a entrar num navio da marinha pra chegar naquela prisão. Ela sempre pede pra casar comigo, mas eu não quero casamento agora. 

Só tinha mulheres?  O que que o Luffy ficou fazendo nessa ilha por dois anos? E que história era essa de casamento? 

-OE!!! HANCOCK!!! -Luffy deu um grito em direção ao navio que se aproximava. O navio atracou ao lado do nosso. Luffy desceu. A Hancock também. Assim que o viu ela veio correndo na direção dele.

-Oi Hancock. Há quanto tempo!

-Oi meu amor! 

-Por que você está aqui? -disse eu.

-Assuntos do governo. Nunca gostei deles, mas tenho que fazer oo que eles mandam. Assim que vi o navio do Luffy, vim pra cá imediatamente.

-Que bom que você está aqui!  Qu queria muito te ver de novo! 

Ela ficou muito vermelha. 

-Q-q-queria me ver de novo? -disse ela em voz alta-É isso o que eles chamam de... proposta? 

-Não, não é. -dsse eu, para mim mesma, mas parece que ela ouviu.

-E quem é você? -disse ela, com um tom superior, parecendo me reparar pela primeira vez. 

-Eu sou Nami.

Ela pareceu vacilar um pouco.

-N-nami? A navegadora do meu futuro marido? 

-Eu não vou me casar com você. -disse Luffy com um tom de voz normal.

-Tudo bem querido. Eu sei que você precisa de mais tempo para pensar. Mas no fim, eu sei que você vai dizer sim. 

-Não, eu não vou.

-Podemos, por favor, parar com essa cconversa? 

Aquela conversa já estava me irritando, então eu só dei um passo pra frente, ficando entre o Luffy e a Hancock, e disse:

-Com licença. 

Então eu puxei ele para um beijo. Que ele retribuiu. 

-Nami, eu achei que você não queria que os outros soubessem.

-Não tem ninguém olhando. -eu cochichei em seu ouvido.

-A Hancock está.

-O-o-o-o que? -disse Hancock, com lágrimas caindo de seus olhos. 

-Isso aí. Eu sou a namorada do Luffy. 

Nesse momento, sua tristeza pareceu se tornar raiva. Ela se llevantou, me olhou nos olhos e disse:

-Se você pensa -ela ia arqueando as costas enquanto falava- que eu vou deixar o meu amado só por causa de um obstáculo pequeno como você, se enganou. -nessa hora, suas costas estavam tão arqueadas que ela estava olhando para trás- Ele ainda será meu! Só meu! 

-Eu já disse que não quero me casar com você! -Disse Luffy. Eu dei um leve tapa na nuca dele.

-Fique fora disso. -disse eu- Olha Hancock...

-É Hebehime-sama pra você!

-Tá! Hebehime-sama, o Luffy me escolheu. Não você. Parta pra outro. Vá viver sua vida. Ache um homem que te queira.

-Acho... -disse ela, secando as lágrimas- Acho que você tem razão. Então -ela se virou para o Luffy- ttalvez possamos ser amigos.

-Claro! Eu gosto de você! 

Ela ficou muito vermelha. 

-Quer saber? -disse ela, se virando para mim- Eu não vou desistir tão fácil! Eu ainda vou conquista-lo! 

Então ela se virou, subiu em cima da cabeça da cobra que puxava o navio e entrou nele. Eu só sei de uma coisa: eu não gostei dela.


Notas Finais


Um spoiler: ainda não acabou. Esperem a volta da Hancock.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...