História Sonhos Escritos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Sonhos Escritos
Exibições 13
Palavras 347
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Suicídio, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Então... Estava com umas ideias aí e como essa ideia é só pra resolver se isso vai pra frente ou não (inclusive outras histórias que talvez, bem talvez, eu poste aqui)


Boa leitura e recomendo vocês lerem com a música Carousel - Melanie Martinez

Ou qualquer outra música legal nesse nível. (Escrevi ouvindo ela :3)

Capítulo 1 - Primeiro sonho escrito


Fanfic / Fanfiction Sonhos Escritos - Capítulo 1 - Primeiro sonho escrito

Lá estava ela novamente. No mesmo labirinto. Tudo estava em seu devido lugar perfeito. A cadeira da verdade estava posicionada e presa no centro da sala sem nome. A caixa dos segredos estava à esquerda da mesinha de madeira de eucalipto. Ela, por sua vez, se encontrava bem encostada na parede, trocando segredos e sussurros que a menina ignorava por educação. As folhas cantantes, a tinta resmungona e a caneta calada encontravam-se à direita da mesinha cochichante. No centro dela havia o espelho julgador, descansando sua falsa e esnobe sabedoria.

A porta se abriu, ele entrou, a manda sair, fecha a porta...

O jogo começou.

Ela corre com uma mão na parede como aprendeu em algum lugar. Foge da cama da loucura, passa pelos portões indiferentes, encontra uma mesa. Ela parece zangada... Olhando atentamente, ela nota, havia uma fita azul céu. Esperava por ela, ansiava por ela, estava ali por ela.

A garota a pega e beija seu lado brilhante e simpático e seu lado fosco e misterioso. Amarrou no pulso esquerdo formando um lindo laço. Como ele sempre quis ficar.

Mas não podia ficar parada, logo ele viria correndo para pegá-la e a levar para a cadeira da verdade e em seguida para a cama da loucura, ele sempre tentava, mas nunca terminava seu "trabalho".

Correu mais uma vez. Foi para lugares desconhecidos dessa vez. Estava prestes a encontrar a Fonte feliz, algo raro no labirinto. Nesse tempo ela encontrou um gato filho te, uma tartaruga idosa e um cachorro adulto. Cumprimentou todos sem parar de correr.

Chegou à fonte. Se ajoelhou perto dela, lavou as mãos e o rosto. Tomou da água cristalina da fonte.

Parou para observar o local em que se encontrava. Era um campo bem amplo, mas ainda era o labirinto. Seus caminhos se mostravam sombrios ao redor do belo campo.

Estava no centro dele. Achou o centro do labirinto, mas não a saída. Mas tudo bem, estava sorrindo. 

Ele apareceu confiante, mas não esperava encontra-la sorrindo. Furioso a golpeou enquanto a pequena estava de olhos fechados. 

Ela desmaiou.

A menina acordou.


Notas Finais


Bom... o que acharam? Deixem suas opiniões (construtivas pelo amor dos trens)

Atéééé


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...